Wanderlei troca direitos de imagem por material para montar projeto social na Paraíba

Publicado em sexta-feira, novembro 1, 2013 ·

wanderleyNão é de hoje que o ex-campeão do Pride Wanderlei Silva fala sobre o desejo de montar uma filial de sua academia, a Wand Team, especialmente para atender jovens de comunidades carentes no interior do País de forma gratuita. Mas, diferentemente das demais vezes em que tocou no assunto, o lutador tem, de fato, o projeto consolidado.

Diretamente da Campina Grande, na Paraíba, Wanderlei falou com exclusividade com a reportagem do R7 sobre o início dessa nova empreitada, que só foi possível após muitas negociações que resultaram com diferentes tipos de opio, incluindo do próprio atleta, que irá ceder seu uso de imagem para campanhas comerciais.

— Estou muito feliz com esse dia fantástico. O projeto está montado e vim para cá me reunir com o prefeito da cidade que nos mostrou as maquetes e opções de terreno para montarmos a academia. Escolhemos um que fica bem no meio da região carente da cidade, onde tem muita criançada que poderá usar a academia de graça. Agora eu vou ceder meus direitos de imagem para o projeto, porque pediram um modelo bonito [risos].

A princípio, a primeira academia gratuita da Wand Team deve abrir suas portas apenas em 2014, no “mais tardar em fevereiro”, data que, apesar das gravações do reality show TUF Brasil 3, deve contar com a presença de Wanderlei para o aulão inaugural.

— Paguei a passagem do meu bolso e vim para cá. Acredito neste projeto como forma de usar a arte marcial para tirar crianças da rua e do crack. O acordo é simples: eu disponibilizo o sistema de como funciona a Wand Team e dou a minha imagem para comerciais das empresas que apoiarem o projeto com material de construção ou equipamento de treino. A prefeitura entra com o terreno e com o salário dos professores, que são apenas três ou quatro.

Nascido e criado em Curitiba, capital do Paraná, e residente em Las Vegas, cidade americana, o lutador do UFC estranhamente começou seu projeto, que a longo prazo e de acordo com suas estimativas pode atingir dezenas de cidades brasileiras, em Campina Grande.

— Se conseguirmos fazer aqui no interior da Paraíba, porque não daria certo em outro lugar? Aqui nós conseguimos o apoio da prefeitura, que usou influencia para conseguir apoio de empresas. Com a academia andando, poderemos dar aula para mil crianças, e tudo de graça. É um negócio da China.

Vale lembrar que não é de hoje que a cidade exporta grandes talentos do esporte para o Brasil. O atacante as seleção Hulk, os lutadores de MMA Antônio ‘Pezão’ e Jean Silva, assim como a judoca olímpica Edinanci Silva nasceram em Campina Grande.


R7

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627