Walter Júnior, por ajudar a todos, está sendo apontado como a mais nova esperança do povo Solanense

Publicado em quarta-feira, Maio 2, 2012 ·

“Um programa diferente, humanitário, de muito bom gosto e repleto de expressões de valores”, é como tem sido definido  por incontáveis pessoas, integrantes de segmentos sociais diversos, o Programa radiofônico “Mãos que Ajudam”, no ar há poucos meses, pela Rádio Integração do Brejo e que no seu comando maior tem a presença equilibrada do experiente Walter Júnior.

Todas as Sextas-feiras pontualmente às 11 horas, irradiam-se os altos brados, destinados, única e exclusivamente a ajudar a quem necessita, na tradução dos princípios serenos de aproximar os opostos, integrar idéias e dignificar gestos, num mundo cada vez mais disperso em que vivemos.

É Walter Júnior, com suas mãos amigas, arquitetando as paredes de um futuro melhor de se viver e mostrando, com exemplos de dignidade que as distâncias podem ser encurtadas; Dificuldades amenizadas; Novos tempos edificados, exemplificando o velho ideal de que uma Mão deve serenamente  Ajudar a Outra, como observam os analistas.

 

Exemplos de Nobreza !!!
Toda esta postura equilibrada de vida, segundo fez questão de observar o Ex-Vereador de Bananeiras, Veto já vem se efetivando há muito tempo, pois, nos idos de 1998, Walter Júnior comandava através do Prefixo da Rádio Integração do Brejo, um programa semelhante, objetivando, na sua essência, estender sua mão amiga a quem dela estivesse a necessitar.

Foto: Odilon Almeida

Até bem pouco tempo, o Conjunto Padre Cícero, localizado por traz do Cemitério Público de Solânea, sofridamente sonhava com a recuperação da Capela de Nossa Senhora das Dores, só que não desfrutava de condições financeiras para fazê-la. Ao saber desse desejo, Ele foi decisivo, procurou os encarregados, Dona Vina, uma delas, e não contou história: “Podem contar comigo !” O que estiver ao meu alcance, será realizado” !

Pouco tempo depois, na adoção do lema de que promessa feita deve ser cumprida,  toda grande reforma era concluída, só que com um dado bastante curioso: Além de facilitar tudo que faltava e era necessário, Ele arregaçou as mangas, se meteu dentro da obra, junto com os demais, só saindo, quando tudo estava concluído. E, mais interessante: Não quis ir sozinho, levando consigo, sua Esposa a Dra. Joedna, que ajudava em muitas coisas e sua filhinha de nome Juliana, de apenas 4 anos de idade.

Chegou na Panorâmica, Padre Cícero e Baxio !
Dona Severina, moradora da Rua Panorâmica, atormentada com os embaraços enfrentados por um Parente seu, sonhava adquirir um instrumento de trabalho para o mesmo e, só encontrou uma saída, Escreveu para Walter Júnior pedindo que a ajudasse a realizar esse antigo sonho, facilitando a vida dela e de seu familiar.

Não deu outra; Quando a carta foi lida, Walter Júnior foi taxativo e anunciou: “Pode me esperar, pois tão logo saia da Rádio, estarei passando por aí, levando esse pedido que a Senhora me fez, para essa pessoa trabalhar !”. Pouco tempo depois, Ele, parte com sua família e um grupo de amigos, estavam sendo abraçados por quem pediu e, pelos moradores da Panorâmica que foram prestigiar todo aquele gesto nobre.

Uma Senhora, residente no conjunto Padre Cícero, com Marido desempregado e vivenciando dificuldades diversas, para a manutenção do dia a dia, também vislumbrando a claridade de uma solução humanitária, procurou o Programa “Mãos que Ajudam” e, Walter Júnior, sem maiores delongas, mostrou grandeza de espírito: “Pode contar comigo, eu ajudo a resolver o Problema !!!”

Passando pelo Baixio, na visita a várias pessoas amigas, encontrou o time de futebol de Salão, alí existente, buscando ajuda, vez que não podia treinar, face a inexistência de uma bola, pedindo, muitas vezes emprestada para praticarem esporte ou ficando inativos sem poder entrar na quadra para jogar.

Estendendo sua mão amiga, Walter Júnior, além de doar a tão sonhada Bola, ainda participou do jogo de estréia, ao lado dos diversos atletas, mostrando garra, vigor e determinação em tudo que faz !

 

Dona Marluce; Fazenda Velha !!!

Dona Marluce, moradora do sitio Fazenda Velha, nas proximidades da Fazenda de Dr Orlando, ao procurar o Programa, a princípio não acreditou que aquele Jovem pudesse ajudá-la na resolução dos diversos problemas que vinha enfrentando. Além de dizer, “Eu Ajudo”, tão logo terminou um de seus últimos Programas, colocou no seu automóvel a solicitação pedida e fez questão de ir pessoalmente deixar tudo na casa da solicitante.

Emoção das maiores, foi o que se viu, partindo de Dona Marluce, seus filhos, de toda família e de várias pessoas vizinhas !!!

 

Olha D’água seco !!!
O Agricultor José de Arimatéia e sua esposa, residente no sítio Olho D’água seco, há muito tempo estavam sofrendo por falta da existência de um equipamento para trabalharem.

Escreveram pedindo ajuda de Walter Júnior, ouviram um sonoro: “Eu Ajudo, podem contar comigo !!!”

Como sempre faz, colocou no seu próprio carro e ao final do programa, saiu ao lado de alguns amigos, para a surpresa de toda comunidade, deixar tudo que foi pleiteado pelo solicitante.

Ao longo de praticamente todo caminho, era parado, cumprimentado e aplaudido por incontáveis pessoa que faziam questão de parabenizar aquele gesto de grandeza em favor do próximo !

Assim e desta forma, Walter Júnior tem se notabilizado, como a esperança maior para todo o povo de Solânea, estendendo sempre que pode, sua Mão Amiga a todos aqueles que efetivamente necessitam da grandeza de seus atos.

“Continue Walter Júnior, essa sua luta não pode parar ! Solânea, em muito precisa de de você, na construção desse novo tempo, em benefício de todo nosso povo !”

Esta, na verdade, é a frase que mais se ouve de todas as pessoas, como uma espécie de incentivo direto aos princípios de vida de Walter Júnior, em favor de todo povo de Solânea !

Assessoria para o Focando a Notícia

Comentários

Tags : , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627