Violência: um bom motivo para migrar

Publicado em segunda-feira, Fevereiro 4, 2013 ·

 

artigoniceFaz um bom tempo que ouço relatos de pessoas que precisam deixar as suas casas, as suas terras, vender tudo, abandonar a Zona Rural e ir embora, de ‘mala e cuia’ como se diz popularmente, para a Zona Urbana de seus municípios. Na verdade esse ato de migrar do sítio para a cidade não é novo, mas agora tem acontecido por um motivo ‘especial’: a violência.

 

Quantas notícias, meu caro leitor, você já não leu, viu e ouviu relatando que pessoas – em sua maioria idosas – foram surpreendidas em suas casas, em seus sítios, por bandidos que invadem o lar de cidadãos honestos, desarmados e indefesos e cometem as maiores e piores atrocidades.

 

Já ouvi relatos inúmeros de senhores e senhoras, jovens, adultos, idosos, crianças, que foram espancados, que viram seu dinheiro ser levado e outros que até perderam a vida nas mãos de criminosos.

 

Eu mesmo tenho um exemplo na minha família. Um tio avô – tio Cícero (Ciço para os mais íntimos) – que depois de uma vida inteira morando na mesma casa, na mesma terra, teve que abandonar tudo para não cair novamente nas mãos de bandidos. Sim, novamente, porque já aconteceu uma vez. Ele já se deparou com criminosos que vivem livres aterrorizando a zona rural dos municípios paraibanos.

 

Segundo ele, “se a gente deixar um toco de pau aqui minha filha, eles vêm e levam tudo. Até os fios da ligação de energia eles levaram”. Esse relato, quando ouvido pessoalmente, é bem emocionante porque conseguimos ver nos olhos dele, a tristeza que está guardando em seu peito por não poder mais viver na casa onde nasceu e viveu.

 

Nenhum levantamento foi feito ainda na Paraíba sobre os principais motivos que têm levado os habitantes da Zona Rural seguirem para a Urbana nos últimos anos. Mas, se fizermos um comparativo podemos, pelo menos, perceber que a violência deve sim já ser enquadrada no principal motivo.

 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2001, a Paraíba possuía 882 mil habitantes morando na Zona Rural, ou seja, 25,08% da população total era moradora dessa área.

 

Dez anos depois, em 2011, o IBGE já registrou um número bem diferente. Nesse ano foi verificado que 715 mil pessoas moravam na Zona Rural (18,64% do total). Uma redução de 167 mil.

 

Claro, esses números não provam nada já que a migração da Zona Rural para a Urbana pode ter acontecido por vários fatores. Entretanto, se pegarmos os números do Mapa da Violência-2012 podemos ver o quanto a violência cresceu no Interior do Estado.

 

A taxa de homicídios no Interior, por exemplo, passou de 7,5 em 2000 para 24,1 em 2010, significa um crescimento de 133,8%, de acordo com o mapa.

 

Por esses dados podemos ter a noção de que a violência nas pequenas cidades está, infelizmente, seguindo os passos das grandes cidades e fazendo reféns inúmeros inocentes que recorrem a migração para fugir daqueles que deveriam estar aprisionados, mas que ao contrário, estão aprisionando homens e mulheres de bem.

 

 

 

 

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Comentários

Tags : , ,

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627