Vigilante é torturado e morto em escola da zona rural de CG; motivo seria dívida de drogas

Publicado em quarta-feira, Abril 18, 2012 ·

A Polícia Militar informou a morte do vigilante Severino Gomes Barbosa, 47 anos, na madrugada desta quarta-feira (18).

O crime aconteceu dentro de uma sala de aula na Escola Luiz Gil, localizada no Sítio Capim Grande, no Distrito de São José da Mata, em Campina Grande, Agreste da Paraíba.

Segundo informações, a vítima foi esfaqueada, teve os pés e as mãos amarrados com uma corda, a cabeça enfaixada com uma fita adesiva e ainda o corpo parcialmente queimado com combustível de sua própria motocicleta.

Os bandidos ainda deixaram um recado no quadro, onde se lia “Não pagou as contas das drogas, morreu”.

A Polícia trabalha com a hipótese de acertos de conta, mas ainda não há suspeitos.

Paraíba.com.br

Comentários

Tags : , , , , , , , , ,

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627