Vereadores de CG aprovam aumento do próprio salário e 13º

Publicado em quarta-feira, dezembro 14, 2016 ·

camaraOs vereadores de Campina Grande aprovaram, nesta quarta-feira (14), de forma sorrateira no apagar das luzes, o aumento do próprio salário e, para piorar, a implantação de um 13º salário. Com isso, as remunerações dos parlamentares passarão de R$ 12 mil para R$ 15 mil, ou seja, 23,6%. O presidente da Casa receberá, já a partir do ano que vem o valor de R$ 22,7 mil.

O documento que prevê o reajuste foi assinado por todos os vereadores presentes, que logo após a sessão desligaram os telefones e não conseguiram ser encontrados pela imprensa. A proposta estava marcada para ser votada no próximo dia 21, mas os parlamentares decidiram convocar uma sessão extraordinária para votá-la.

O presidente do Legislativo campinense, Pimentel Filho, disse que o projeto sobre o aumento não partiu da Mesa Diretora, mas sim de um requerimento assinado por 13 vereadores que pedia o reajuste. “O projeto não pode sair da Mesa Diretora, tem que vir assinado por no mínimo 13 vereadores. Assim aconteceu, eles apresentaram o documento e a mesa tem obrigação de colocar em votação”, disse em entrevista ao programa radiofônico Correio Debate, da rádio 98 FM/Correio Sat.

Ele defendeu o reajuste, apesar da crise que obrigou o governo federal a apresentar uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que estabelece um teto para os gastos públicos. PEC esta aprovada pelo Senado nessa terça-feira (13). “O que é imoral é um salário de R$ 880. É o salário dos professores. É isso que a gente precisa discutir”, rebateu.

 

Nice Almeida do Correio da Paraíba

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627