Vereador denuncia prefeito de Picuí/PB e presidente da FAMUP ao Ministério Público

Publicado em segunda-feira, outubro 17, 2011 ·


DENÚNCIA_-_MÉDIO_-_JPEGO Agricultor José Laércio Galdino da Silva, residente no Sítio Serra dos Brandões deste município, foi procurado pelo Assessor Especial do Prefeito no Distrito de Serra dos Brandões, o ex-vereador Cícero Avelino, mais conhecido por Nêgo de Tachico, com a finalidade de comprar um terreno para colocar o lixo daquele distrito.
Passados alguns meses, o Assessor levou os documentos pessoais do agricultor e o fez assinar um recibo em duas vias, esse não chegou a receber o cheque ou dinheiro, mas sim uma motocicleta no valor do terreno R$ 1.500,00 (Mil e quinhentos Reais).
Para o agricultor, isso seria o pagamento pelo terreno, no entanto no início do mês de agosto foi acometido por um grave acidente automobilístico, como é Segurado Especial da Previdência Social, o senhor Laércio procurou a Agência do INSS de Currais Novos/RN, para sua surpresa foi informado pelo atendente daquela repartição que consta nos dados da Previdência que o mesmo era Pedreiro e que o cadastro foi feito pela Prefeitura Municipal de Picuí.

DAS PROVAS

Ao verificar os balancetes da Prefeitura de Picuí, constatamos que o Senhor Laércio recebeu conforme consta no empenho 01138-0 de 30 de março de 2010, da Secretaria de Agricultura, a importância de R$ 1.795,00.
O texto do empenho consta:
Valor que ora se empenha, referente aos serviços de recuperação de estradas das comunidades: Saco de Dentro, Mufumbo, carrapateira e Poço da Volta deste município.
O Agricultor afirma que jamais prestou serviços à Prefeitura de Picuí, nunca recuperou estradas e também não é pedreiro conforme consta no documento da Previdência Social.
Mesmo sabendo do ocorrido nenhum membro do Poder Executivo Municipal procurou o prejudicado para tentar sanar o problema, a não ser a esposa do Assessor, a Senhora Bernadete na condição de Agente Comunitária de Saúde, que orientou o Senhor Laércio a dizer no INSS que o acidente foi proveniente de uma queda de uma construção civil.
Depois de muitas idas e voltas o agricultor conseguiu o benefício da previdência Social

Confira abaixo os documentos que comprovam o caso relatado.

Vereador Olivânio para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627