Vereador de Livramento diz que racha de família é um blefe

Publicado em terça-feira, outubro 11, 2011 ·

vereador_guilhermeO vereador Guilherme Vilar foi categórico ao afirmar na manhã da segunda-feira, 10, que o rompimento de Anchieta Anastácio, irmão do ex-prefeito de Livramento, José Anastácio, com o grupo liderado por sua família, não passa de um blefe. Guilherme disse, ainda, que a atitude do empresário pode ser uma estratégia para que, se der certa, a Prefeitura continue nas mãos dos parentes, pois enfrentaria a cunhada e uma terceira opção nas urnas no ano que vem, e a disputa com três candidaturas poderia beneficiar aos ‘Anchieta’.

O parlamentar também criticou a Anchieta quando este declarou que pretende reunir toda a oposição, como se esta já não estivesse unida já algum tempo, contra o governo municipal, e que ele só agora manifesta o interesse depois do, segundo Guilherme, suposto racha com a família ‘Papé’, como é popularmente conhecida no município.

O empresário saiu do PMDB para ingressar no PMN e disse que o objetivo é unir toda a oposição para apontar um candidato com capacidade para enfrentar o adversário que será indicado pela Administração, que para Anchieta, está ultrapassada e precisa de modificações.

Para Guilherme, um dos maiores representantes do bloco contrário ao grupo dos ‘Papé’, o reconhecimento do péssimo governo atual por parte do empresário é tardio e o que é no mínimo curioso, segundo o parlamentar, é que Anchieta se manifesta em defesa de uma mudança para o município que admite está atrasado em detrimento a outros do cariri paraibano faltando apenas um ano para a próxima eleição e num momento em que a Prefeitura é acusada por trabalhadores de está há três meses sem pagar salário.

O legislador livramentense e seus aliados não consideram o irmão de ‘Zé Papé’ da oposição e sim como um integrante que saiu da situação mas que ainda assim continua fazendo parte dela. Guilherme também foi enfático ao dizer que Anchieta só será aceito na oposição enquanto soldado e não general de agora até a campanha eleitoral de 2012.

“Não o tenho como opositor, o tenho como um ex-membro da situação que se separa desta só agora pelos motivos que alegou em matéria veiculada recentemente, mas mesmo assim não me sinto convencido”, destaca Guilherme que informou, ainda, que Anchieta deverá tomar como exemplo a postura dos vereadores Dinê, atual presidente da Câmara de Livramento, e Aliomar Soares, que perceberam rapidamente que o melhor que tinham a fazer era deixar o governo municipal e se juntarem aos colegas que lutam em favor dos livramentenses.

Os dois não concordaram logo no início da administração de Jarbas Correia com seu modelo de governabilidade que mais cedo ou mais tarde prejudicaria o desenvolvimento da cidade, que estagnou nos últimos anos.

Os opositores, de acordo com Guilherme, entende que o nome que disputará a majoritária contra o candidato da situação, deve ser escolhido pelo povo em parceria com políticos, como com a do ex-prefeito Flávio Chaves, a quem o parlamentar segue orientações, e defende que todos deverão ouvi-lo caso ele indique o cabeça de chapa do grupo para concorrer em outubro de 2012.

Jandro Gomes para o Focando a Notícia

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS


















INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627