Tudo para ficar com ela: Fla e Figueira flertam com a Libertadores

Publicado em quinta-feira, novembro 17, 2011 ·

ronaldinho11Libertadores 2012. É a menina dos olhos de Flamengo e Figueirense. O jogo da conquista, no entanto, ocorre de jeitos diferentes. Aos rubro-negros, ficar com uma das vagas na competição continental é obrigação. Já que as chances de título da equipe são minúsculas, o projeto capitaneado por Vanderlei Luxemburgo está todo direcionado para isso. Com 55 pontos, os cariocas estão em sexto, fora da zona de classificação. Beneficiado pelas derrotas de Botafogo e São Paulo, basta um empate ao Fla para voltar ao G-5. Mas a pressão por uma vitória convincente é intensa. O desempenho apático contra o Coritiba, na rodada passada, frustrou a torcida e gerou questionamentos.

Para os catarinenses, a Libertadores é um sonho que se torna palpável a cada rodada. Ponto a ponto, o time do técnico Jorginho impressiona. Com 56, está em quarto. Se vencer, abrirá três de vantagem para o quinto colocado.

Vice-líder do returno, o Figueira coleciona marcas no Brasileiro 2011: não perde há 13 rodadas, venceu nas últimas seis e está invicto como visitante há nove jogos. Um revés não acontece desde o dia 3 de setembro, quando o São Paulo o venceu por 2 a 1 no Orlando Scarpelli.

Uma curiosidade marca o confronto. O árbitro paranaense Evendro Rogério Roman, do quadro da Fifa, não marcou nenhuma pênalti na competição. O Flamengo não teve nenhuma marcação a seu favor, e o Figueirense nenhuma contra nesta edição do Brasileiro.

A partida, válida pela 35ª rodada, começa às 20h30m (de Brasília), no Engenhão. O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O SporTV Rede, o SporTV HD e o PFCI transmitem.

header as escalações 2

Flamengo: Vanderlei Luxemburgo disse que errou ao escalar o garoto Thomás no jogo contra o Coritiba. A manutenção do meia-atacante de 18 anos na equipe titular virou um ponto de interrogação. Se optar por sacá-lo, a tendência é que o técnico promova a entrada de Willians e deixe Renato um pouco mais avançado para ajudar na armação. Na zaga, outra dúvida: barrado na rodada passada por estar acima do peso, Welinton tem o aval da preparação física para retornar. Resta saber se o treinador vai escalá-lo ao lado de Alex Silva ou manterá David Braz. O time provável: Paulo Victor, Léo Moura, Alex Silva, Welinton e Junior Cesar; Airton, Willians, Renato e Thiago Neves; Ronaldinho e Deivid.

Figueirense: o Figueirense tenta emplacar o segundo triunfo consecutivo no Rio de Janeiro. Para buscar isso, Jorginho repete o time que bateu o Botafogo por 1 a 0 no Engenhão, há duas rodadas: Wilson, Bruno, Roger Carvalho, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio, Coutinho e Elias; Wellington Nem e Julio Cesar.
quem esta fora (Foto: arte esporte)

Flamengo: o goleiro Felipe está suspenso com três cartões amarelos. O volante Luiz Antonio se recupera de cirurgias nos ombros e só volta em 2012. O meia Darío Bottinelli também só estará à disposição na próxima temporada. Ele se recupera de uma lesão no pé esquerdo.

Figueirense: Maicon, com um problema na panturrilha esquerda, e Wilson Pittoni, que torceu o tornozelo direito no fim de outubro, não jogam.

header pendurados (Foto: ArteEsporte)

Flamengo: Gustavo, Júnior Cesar, Muralha, Rodrigo Alvim, Ronaldo Angelim e Welinton.

Figueirense: Aloísio, Coutinho, Elias, João Paulo, Júlio César, Rhayner, Roger Carvalho, Wilson Pittoni e Ygor.

header o árbitro (Foto: ArteEsporte)

Evandro Rogério Roman (Fifa/PR) apita a partida, auxiliado por Roberto Braatz (PR) e Gilson Bento Coutinho (PR). Ao todo, Roman participou de nove jogos, aplicou 53 cartões amarelos (média de 5,8) e sete vermelhos (média de 0,7), marcou 303 faltas (média de 33,6) e nenhum
pênalti no Campeonato Brasileiro, que registra média de 5,1 amarelos, 0,3 vermelhos e 35,7 faltas. Destes amarelos, 30 foram para mandantes e 23 para visitantes. Ele apitou um jogo do Rubro-Negro e nenhum do Figueira na Série A deste ano: Grêmio 4 x 2 Flamengo, pela 32ª rodada.

header fique de olho 2
Flamengo:
Ronaldinho, como sempre, é o centro das atenções. O craque vai entrar em campo pressionado, já que não vive um bom momento. Na reta final do Brasileirão, a expectativa sobre o camisa 10 aumenta. O último gol de Ronaldinho foi no empate por 1 a 1 com o Atlético-MG, no dia 21 de setembro. De lá para cá, passou em branco em seis partidas. Além disso, o atacante recebeu dez cartões amarelos e um vermelho.

Figueirense: o zagueiro Edson Silva tem demosntrado uma solidez impressionante, principalmente no jogo aéreo. Além de bem defensivamente, ele aparece na frente para cabecear. No primeiro turno, marcou um dos gols no empate por 2 a 2 com o Flamengo.
header o que eles disseram

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Flamengo: “Temos que buscar nossa vaga na Libertadores. E para isso será importante vencer o confronto direto com o Figueirense. Nosso adversário é o time que mais cresceu nessa reta final. Precisamos nos preparar muito bem para esse jogo.

Jorginho, técnico do Figueirense: “O Flamengo é uma grande equipe e tem muitos jogadores de alto nível. Nossa equipe também vem passando por uma fase muito boa e esperamos conquistar um bom resultado no Rio de Janeiro”.

header números e curiosidades


* O Flamengo não perde para o Figueirense há quatro anos. A última vitória do Figueira foi no primeiro turno do Brasileiro 2007, em 10 de junho. Os catarinenses venceram por 4 a 0. De lá pra cá, foram disputadas quatro partidas entre as equipes, todas por Brasileiros, com três vitórias rubro-negras e um empate.

* As equipes se enfrentaram apenas seis vezes no Rio pelo nacional, com duas vitórias dos cariocas, um empate e três triunfos dos catarinenses. Será o primeiro confronto no Engenhão.

* A média de gols dos jogos entre Flamengo e Figueirense em Brasileiros é de três por partida. Em 15 confrontos, foram marcados 46 gols, 23 deles nos últimos cinco jogos. Houve apenas um empate sem gols: em 2003, no Orlando Scarpelli.

header último confronto v2

O Flamengo vencia o Figueirense por 2 a 0 até os oito minutos do segundo tempo graças à combinação que o levou às primeiras colocações do Brasileirão 2011: uma defesa segura e o talento de Ronaldinho Gaúcho na frente. No entanto, depois de abrir vantagem com dois gols de Deivid e participação decisiva de R10, o Fla não suportou a pressão do organizado time catarinense no Orlando Scarpelli e cedeu o empate por 2 a 2, em duelo pela 16ª rodada.

A partida teve momentos de tensão entre jogadores do Flamengo e o árbitro Heber Roberto Lopes, que distribuiu seis cartões amarelos para os rubro-negros e nenhum para os donos da casa. Ronaldinho, inclusive, alertou o técnico Vanderlei Luxemburgo que o juiz estaria ameaçando expulsar os jogadores do Flamengo.

Globoesporte.com

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS




















Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627