Treze completa 88 anos sonhando com acesso a Série B do Brasileiro

Publicado em sábado, setembro 7, 2013 ·

trezeUm time de conquistas, glórias e de uma torcida apaixonada. O único campeão invicto da Paraíba em 1966; 15 títulos estaduais, e orgulho de ter sido campeão brasileiro da segunda divisão em 1986 embora a CBF ainda não tenha reconhecido esse título.

Com uma história de vitórias, o Treze completa neste sábado, 88 a nos de existência.De Guiné a Chulapa são 88 anos de uma história de glória, do único clube paraibano a avançar até as oitavas de final da Copa do Brasil. O alvinegro, tem motivos para comemorar essa data. Em ascensão na Série C do Campeonato Brasileiro, o Galo precisa de uma vitória amanhã diante da Luverdense no PV para fugir de vez da zona de rebaixamento do Grupo A da competição, e entrar no G4, sonhando com a Série B no ano que vem.

E a torcida preparou uma grande festa para comemorar o aniversário. As festividades começaram desde a noite da sexta-feira e vão até o domingo.Para festejar a data, a diretoria vai promover queima de fogos, coquetel, feijoada e missa em comemoração a mais um ano do clube.

A festa começou ontem com um coquetel às 21h, nas dependências do Estádio Presidente Vargas. Paraparticipar do jantar, os trezeanos vão tiveram que adquirir ingressos que custaram R$ 30 individual e R$ 100 mesa para quatro pessoas. Durante a festividade, houve queimas de fogos de artífício. Neste sábado, o sábado, a comemoração vai começar a partir das 6h, com outra queima de fogos em frente ao PV. Já ás 13h, uma feijoada também será realizada no local, que contará ainda com uma banda de pagode para animar os trezeanos. A entrada para a festa será mediante a compra de camisa, que custa R$ 30 e também estão à venda na loja do Galo.

A festividade do sábado será finalizada com uma missa em ação de graças realizada pelo padre Márcio Henrique, às 19h, na Catedral de Campina Grande. E a comemoração será encerrada com o jogo contra o Luverdense, às 16h, no Estádio Presidente Vargas. A partida será válida pela 13ª rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro de 2013.

Apesar do clima festivo, o Alvinegro tem uma tarefa difícil pela frente ao enfrentar o primeiro colocado da sua chave. O Luverdense lidera a tabela, com 26 pontos conquistados em 13 jogos, sendo oito vitórias, dois empates e uma derrota. Já o Galo está na nona colocação e zona de rebaixamento, com 17 pontos conquistados em 13 jogos, cinco vitórias, dois empates e seis derrotas. O Treze Futebol Clube surgiu no dia 7 de setembro de 1925, onde treze pessoas lideradas por Antônio Fernandes Bióca(introdutor do futebol na Paraíba), se reuniram na cidade de Campina Grande.

Tudo começou em uma reunião no dia 02 de setembro (quinta-feira), à noite, no clube dos comerciários, onde hoje está situado o o prédio da Associação Comercial, na Avenida Floriano Peixoto. Nesta reunião se propôs fundar uma agremiação esportiva em Campina Grande – Antônio Fernandes Bióca (foto ao lado) foi o que mais se entusiasmou com a idéia, tanto que marcou uma reunião formal para o dia 07 de setembro, ás 09 horas da manhã, em sua residência.

O primeiro título do clube só veio em 1940. No ano seguinte, o time de Campina Grande conseguiu repetir o feito e levantou o bicampeonato. Os amantes do Galo só veriam outro título em 1950. Em 1961, o Treze conquistou o mais importante torneio de sua história: o Pernambuco Paraíba. O time de Campina Grande derrotou os rivais mais importantes como o Náutico, o Santa Cruz e o Sport – e ainda o Botafogo e o arqui-rival Campinense. OTreze sagrou-se campeão invicto da competição.

O Galo acumulou vários títulos estaduais. Entretanto, os trezeanos guardam orgulho maior. O inesquecível título invicto de 1966. No anos sessenta, um famoso ponta direita de pernas tortas, que atendia pelo nome de Garrincha e tratava os seus adversários por João, vestiu o uniforme trezeano para enfrentar a Seleção da Romênia.

O nome “Treze Futebol Clube” só foi definido na reunião de 20 de outubro de 1925, quando José Casado resolveu contar o número de presentes à reunião e observou que eram treze componentes desde a primeira reunião. Nascia ali o “Galo da Borborema”, expressão de autoria do poeta Murilo Buarque, fazendo alusão ao número 13 no jogo do bicho.

Primeiro jogo e gol O primeiro jogo oficial do Treze foi realizado em 1926, contra o Palmeiras, um grande time na época. O time do Treze era formado por: Olívio, Zé Eloi e Lima, Eurico, Zacarias do Ó e Zé de Castro Rodolfo, Casado, Reis, Cotó e Guiné.

O primeiro gol do galo saiu logo no seu primeiro jogo contra o Palmeiras. O gol foi marcado por Plácido Veras “Guiné”, que também foi um dos fundadores do Treze. Gols, euforia, títulos, conquistas e algumas decepções marcaram a história do Galo nesses 88 anos de existência.

Severino Lopes 

PBAgora

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco





INSTAGRAM @focandoanoticia


Focando a Notícia - CNPJ: 11.289.729/0001-46
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627