Traficante tenta fugir da prisão disfarçado de idosa e usando máscara

Publicado em segunda-feira, outubro 26, 2015 ·

O traficante Clodoaldo Antônio Felipe, de 44 anos, tentou escapar da Penitenciária Coronel Odenir Guimarães (POG), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, em Goiás, neste domingo disfarçado de mulher. Ele usava um vestido longo estampado, uma peruca grisalha e uma máscara de silicone que tinha até expressões faciais como rugas. Um agente penitenciário desconfiou da senhora após reparar que ela não tinha entrado no presídio com as outras visitas.

Clodoaldo não recebeu visitas neste domingo
Clodoaldo não recebeu visitas neste domingo Foto: Divulgação/ Policia Civil

Segundo o delegado plantonista do 1º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia André Veloso, a máscara usada por Clodoaldo custa a partir de R$ 4 mil reais:

Segundo a polícia, a máscara é vendida na internet e custa a partir de R$ 4 mil reais
Segundo a polícia, a máscara é vendida na internet e custa a partir de R$ 4 mil reais Foto: Divulgação/ Policia Civil

— O guarda não reconheceu a idosa, por isso a abordou, mas não imaginava que podia ser um preso tentando escapar. Pesquisamos o preço da máscara na internet e ela custa entre R$ 4 a R$ 5 mil reais — explica o delegado.

Clodoaldo foi condenado há 36 anos de prisão por tráfico de drogas
Clodoaldo foi condenado há 36 anos de prisão por tráfico de drogas Foto: Divulgação/ Policia Civil

Clodoaldo está preso desde 2009 e foi condenado a 36 anos de prisão por tráfico de drogas. Ele fazia parte da quadrilha do traficante Leonardo Dias Mendonça, que tinha forte envolvimento com Fernandinho Beira-Mar. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia. De acordo com o delegado, o preso não recebeu visitas neste domingo:

Um agente penitenciário reparou que a senhora não tinha entrado no presídio, e a abordou
Um agente penitenciário reparou que a senhora não tinha entrado no presídio, e a abordou Foto: Divulgação/ Policia Civil

— Ninguém o visitou. Ainda não sabemos como esse material foi parar nas mãos dele. Abrimos uma sindicância para averiguar esse caso. Também vamos analisar punições internas para o preso — destaca o delegado André.

Extra

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS











ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br