Tião Gomes denuncia o excesso de multas BR-230

Publicado em segunda-feira, agosto 8, 2011 ·

tião gomeO deputado estadual Tião Gomes (PSL), formulou apelo ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), para que haja flexibilidade em relação ao excessivo número de multas que está sendo aplicado aos condutores de veículos, através dos mecanismos operacionais que dispõem os redutores eletrônicos de velocidade, os pardais eletrônicos, instalados a margem da rodovia BR-230.

O apelo do parlamentar, através de requerimento apresentado em Plenário, também solicita que seja estudada a possibilidade de desativação no período noturno compreendido entre as 21h e 5h da manhã, como forma de promover a segurança dos condutores que trafegam em horário considerado perigoso, “mediante a ação daqueles meliantes que elegem a noite para as suas investidas.”

Ele justificou que, apesar de ser favorável à educação no trânsito, e que a aplicação de multas seja um procedimento normal, atualmente estaria havendo uma grita geral por parte dos condutores, os quais se mostram atônitos com o excessivo número de multas aplicadas.

“Os condutores alegam que estão sendo lesados pelos equipamentos. O movimento contra os pardais cresce a cada dia, inclusive com a possibilidade de ingressar na justiça contra os equipamentos”, advertiu.

Tião reconhece, no entanto, que há imprudência por parte de muitos motoristas, mas entende que não se pode generalizar. “É preciso disciplinar e impor limites de velocidade àqueles que relutam em desobedecer à legislação de trânsito”, defendeu.

Com relação à arrecadação dos recursos oriundos das multas, Tião Gomes defende que uma grande parte “deveria ser utilizada em campanhas educativas, como forma de orientar e propiciar a redução do elevado número de infrações que se verificou no curto período de um mês.”

paraibaja

Comentários

Tags :

REDES SOCIAIS













ARTICULISTAS
Ramalho Leite
Karlos Thotta
Padre Bosco







Focando a Notícia -
Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio
jornalismo@focandoanoticia.com.br
(83) 99301.2627