Arquivo da tag: voltava

Grávida é atingida por bala perdida quando voltava para casa em Santa Rita

sireneUma adolescente de 15 anos grávida foi baleada na Rua Rodrigues Alves, no bairro Alto das Populares em Santa Rita na madrugada deste domingo (28).

De acordo com a Polícia Militar, a grávida teria sido vítima de bala perdida. Ela estava voltando para casa quando foi surpreendida por um disparo.

A jovem deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por volta de 01h15 da madrugada e não corre risco de morte, seu estado de saúde é considerado regular.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Não há informações sobre quem teria atirado.

Marília Domingues / Walter Júnior

Após sofrer um AVC, PM guarabirense morre de infarto quando voltava do hospital de trauma

por Juka Martins
por Juka Martins

O sargento Wamberto Dantas, 45 anos de idade, residente no bairro do Cordeiro, em Guarabira, lotado no 4º BPM e que prestava serviço na cidade de Alagoa Grande, no Brejo, morreu no final da tarde desta terça-feira (25), vítima de um infarto fulminante, quando já havia recebido alta do Hospital de Trauma de João Pessoa.

 

De acordo com as informações colhidas junto a amigos do policial militar que também trabalhava como mototaxista nas horas vagas, Wamberto havia sofrido um AVC (Acidente Vascular Cerebral), na última quarta-feira (19), quando tomava banho e caiu dentro do banheiro de casa. Ele foi socorrido para o hospital regional de Guarabira e em seguida transferido para o Trauma da capital.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ainda segundo as informações, ele já havia recebido alta médica do Trauma e estava voltando para casa, no carro da família, quando voltou a passar mal e morreu.

O sargento Wamberto era irmão de Wandilson cabeleireiro, proprietário de um salão de beleza em Guarabira, e dos também policiais militares, Dantas e Raimundo.

Ainda não temos informações de que horas o corpo do PM deverá chegar a Guarabira para o velório e posteriormente para o sepultamento.

por Juka MartinsPortalmidia

MÍDIA PARAÍBA

Dunga de volta

artigoramalho

O gordinho de maior jogo de cintura que já conheci, está de volta. Para quem começa a vida como caminhoneiro, sentar na cadeira de governador do seu Estado, mesmo por poucas horas, enobrece o curriculum. Quem pensou que ele tinha virado  peça da nossa história, pode tirar o cavalinho da chuva. Carlos Marques Dunga, ou simplesmente Dunga, prefeito, deputado estadual e federal, suplente de senador, está de volta à Assembléia e vai dar o  que falar.

No penúltimo dia do seu governo e também da minha condição de Lider, Tarcisio Burity mandou me chamar e passou a missão:“Procure Dunga e diga que venha assumir o cargo de Governador. É ele que vai transmitir o Governo a Ronaldo”. E assim foi feito.

Eleito entre os nove deputados da bancada governista, a maior delas, do PRN de Burity, Dunga granjeou a simpatia dos seus companheiros e foi eleito Presidente. Nessa condição daria posse ao novo governador da Paraíba, Ronaldo Cunha Lima. Em suma, de chegada, levou os votos do  governador que saía e os votos do governador que entrava.

Atuando, principalmente, na área de influência do Município de Boqueirão, não se saiu muito bem nas ultimas eleições municipais. Julgo que sua posição na eleição de 2010 o tenha prejudicado. Votou em Ricardo, Cássio e Vital, além de Nilda Gondim para deputada federal. Essa mistura de nomes associada a uma sopa de letras de vários partidos, pode não ter sido bem entendida na eleição seguinte. Eu mesmo, que era candidato a suplente de Efraim Morais, quando instado a ajudá-lo na sua eleição de deputado, neguei-me a fazê-lo, justamente por que ele não estava votando em Efraim, e, em conseqüência, rejeitara meu nome, que compunha a chapa majoritária. Soube que ficou magoado… Mas já fui perdoado, pois ele não é de guardar ódio nem rancor.

Traído pelo tamanho da legenda, perdeu parte do mandato e já entra na Casa de Epitácio na sua segunda metade, depois de vencer uma batalha judicial que dependia da validade de votação alheia. Com a validação desses sufrágios, foi recomposta a totalização da sua coligação e alterado o quociente partidário. Ganhou o mandato e agora ninguém lhe segura. Sua região tem novamente representante à altura.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Devoto de Padre Cícero desde os tempos em que enchia um pau –de- arara de romeiros e os conduzia ao Juazeiro, Dunga costumava anualmente revisitar o “santo” cearense e agradecer as graças alcançadas. Por certo, voltará agora aos pés do seu “Padim” para contar o milagre de ressuscitar na política, e, na sua fé, haver superado os obstáculos que colocaram no seu caminho.

Um episódio dos idos de 1988 marcou a minha avaliação sobre seu companheirismo e solidariedade. Os servidores públicos em greve invadiram o Plenário da Assembléia e eu, como Líder do Governo, era o principal alvo da irritação dos barnabés. Infiltrado entre eles, uma  turba dava sinais de aguerrida e violenta. Dunga me puxou pelo braço e  indagou: “Estás armado?” Respondi que não andava armado… E ele apreensivo: Esse movimento é contra você também. Tome cuidado!

E a partir de então, passou a proteger o meu  magríssimo esqueleto com o seu corpão de muitas arrobas. É esse o Dunga que o Parlamento tem de volta.

 

 

RAMALHO LEITE

 

 

O texto é de inteira responsabilidade do assinante

Jovem é executado na frente da namorada quando voltava de casa de show

O estudante Willames do Nascimento Santos, 18 anos, foi assassinado na madrugada desta segunda-feira, 23, próximo ao cemitério Senhor da Boa Sentença, em João Pessoa. A autoria do crime ainda é desconhecida.

A polícia tomou conhecimento através da namorada da vítima, que o casal retornava, já por volta das 4h de uma casa de show no bairro do Rangel e quando passava próximo ao cemitério apareceu uma dupla de moto, tendo o carona efetuado os disparos.

Uma discussão na casa de show pode ter sido a causa do assassinato, acredita a polícia. Rondas foram realizadas, mas os bandidos não foram localizados.

Cardoso Filho

afonteenoticia