Arquivo da tag: vice-líder

Vice-líder, Ratinho está batendo um bolão na programação do SBT

imagem: Fabio Braga/Folhapress
imagem: Fabio Braga/Folhapress

O SBT pode se queixar de tudo, menos dos resultados de audiência que o Ratinho continua apresentando, ao longo do ano, nas exibições do programa ao vivo, ou em inícios de temporada, caso dos dias atuais, com as suas edições gravadas.

Fato que, nesses tempos de agora, chama ainda mais atenção, devido à forte queda do número de aparelhos ligados durante as férias e também por causa do calor. Ainda assim, mesmo com tais fatores jogando contra, em várias ocasiões ele tem chegado à marca de 12 pontos. Grandeza.

Ratinho, como o próprio Silvio Santos, para usar um exemplo da mesma casa, é mais um desses casos que consegue fazer sucesso na televisão como ele mesmo. O “Programa do Ratinho”, se é que existe um programa, como bastante, começa e termina com a figura dele.

Além disso, no confronto com a Xuxa, ano passado, ele ganhou simplesmente todos os duelos, ocupando a vice-liderança.

Manuela Scarpa/Brazil News
Simone e Simariaimagem: Manuela Scarpa/Brazil News

Fala sozinho
A crise, ao que parece, passa longe do mercado musical, ou pelo menos de alguns dos seus poucos setores. Só em microfones, para usar em seus shows, a dupla Simone e Simaria gastou R$ 260 mil. Aliás, um equipamento que para o Wesley Safadão não é nenhuma novidade. Ele já usa há algum tempo.

Procura-se
A direção da Record – Rio de Janeiro continua em busca de um local para instalar a base móvel do seu jornalismo.

É a prioridade número um do setor, antes mesmo de se pensar em maior participação nos informativos da rede. A distância da redação e estúdios em Vargem Grande é vista como principal empecilho para a execução de um melhor trabalho.

RSVP
Band já está com a sua lista de convidados vips para o camarote em Salvador praticamente pronta. Algo mais restrito aos anunciantes e grandes agências de propaganda.

O convite inclui, entre outros lazeres e formas de conforto, transportes aéreo e terrestre, além de hospedagem no Othon de Ondina.

Inventando moda
Silvio Santos, já de algum tempo, deixou de usar o microfone pregado na gravata. Uma mania que vinha desde os tempos de TV Paulista, que ele sempre apresentou certa resistência em largar.  Agora, como próximo desafio, algumas pessoas próximas a ele querem fazê-lo se apresentar sem a gravata.

Bichos
O Animal Planet estreia neste sábado, às 18h50, a série “Emergência Pet”, em 16 episódios, que segue a rotina de uma emergência hospitalar veterinária, especializada em cães e gatos, que assim como um hospital para humanos, realiza cirurgias, primeiros socorros e consultas.

Coproduzida por Discovery Networks e Mixer, tem roteiro de Márcio Tadeu e direção-geral de Rodrigo Astiz.

Tirando onda
José Luiz Datena, depois de deixar a barba crescer durante suas férias em Florianópolis, apareceu esses dias a bordo de um cavanhaque no “Brasil Urgente”.

Mas trata-se de um cavanhaque com prazo de validade. Ele vai começar a desaparecer aos poucos, já a partir deste final de semana.

Série olímpica
Depois de “Um Sonho de Ouro”, a Globo estreia neste domingo, no “Esporte Espetacular” a série “Dia Dourado”, que vai contar como foi o dia dos atletas brasileiros que subiram no lugar mais alto do pódio nos Jogos Olímpicos do Rio.

Da hora em que acordaram até o momento em que ouviram o hino nacional com a medalha no peito. O primeiro episódio é com o Bruninho, levantador do time de vôlei.

Desaparecido
Personagem do Otávio Augusto, o político César Venturini, com participação esvaziada nos últimos capítulos, continua em “A Lei do Amor”. A afirmação é da diretora Denise Saraceni.

Só um toque
É preciso, antes de tudo, que Maria Adelaide Amaral, Vincent Villari e o agora consultor Ricardo Linhares, se convençam que “A Lei do Amor” tem uma trama estabelecida. E boa. Reparos, invariavelmente, são necessários e rotineiros em qualquer novela. O que não pode, com ela em curso, é querer inventar uma outra novela, como tem acontecido.

Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo
Laila (Laila Garin) recebe Jorginho (Marcello Antony) em “Rock Story”imagem: Raquel Cunha/Divulgação/TV Globo

Antony de volta
Marcello Antony começou a gravar participação em “Rock Story”.

Ele interpreta Jorginho, o músico com quem Laila (Laila Garin) fugiu para o Japão e abandonou Gordo (Herson Capri). Jorginho está de passagem pelo Brasil e procura Laila, tentando se reaproximar da ex.

Bate – Rebate

• A já conhecida “Roda de Samba” do “SPTV 1ª edição” na Globo começa neste sábado, com a apresentação dos enredos de Tom Maior e Mancha Verde…
• …Anuncia-se, ainda, para o dia 12, a estreia da série “Vanguarda e Tradição” no “Bom Dia São Paulo” e no “SP2”, além de mais espaço para os blocos de rua durante a cobertura do carnaval.
• O “Balanço Geral DF”, da Record, atingiu ontem 10 pontos de média e 14 de pico, além de ficar 46 minutos na liderança e abrir 4 pontos de vantagem ante a Globo…
• … Foi o melhor desempenho desde a estreia do Marcão, em setembro.
• TV Cultura apresenta com exclusividade, neste sábado às 21h30, o Concerto de Ano Novo da Filarmônica de Viena.
• O SBT Interior tem agora Fernando Verdasca cuidando da sua parte de imprensa…
• … Profissional experiente, ele tem realizado um trabalho dos mais efetivos na divulgação das programações regionais…
• … Uma tarefa que nem sempre recebeu atenção por parte das emissoras. Merece destaque.
• Na parte que diz respeito à sua direção, a Bandeirantes está às moscas…
• … Com o número um, Johnny Saad, em férias, todos os demais diretores também deram uma alça em suas atividades nessas primeiras semanas do ano…
• … Acredita-se que, a partir da próxima segunda-feira, todos deverão retornar aos seus postos.
• O jornalismo da Globo e Globo News, com o decorrer dos tempos, irá ampliar seus laços de atividades…
• … Haverá um estreitamento ainda maior nas relações de trabalho, que hoje já é dos mais significativos.
• Se já não bastasse tudo que vem acontecendo e sendo alterado, “A Lei do Amor” terá duas mortes nos próximos capítulos…
• …No caso, dos personagens de Regiane Alves e Tarcísio Meira.

*Colaboração de José Carlos Nery

tvefamosos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

 

SBT fecha como vice-líder nacional de ibope pelo 11º mês consecutivo

silvio-santosDados exclusivos de audiência mostram que a emissora de Silvio Santos fechou outubro com 5,5 pontos de média, em segundo lugar isolado na Painel Nacional de Televisão. Foi o 11º mês consecutivo em que o SBT manteve o posto.

O PNT abrange as 15 principais regiões metropolitanas do país. A medição da Kantar Ibope, obtida pela coluna, contempla as 24 horas do dia.

Ainda que apenas nas casas decimais, o SBT deixou a Record em terceiro lugar (5,2 pontos). Ou seja, o SBT marcou cerca de 6% a mais que a rival no período. Curiosamente, uma das maiores audiências da emissora é justamente a do programa de seu dono, Silvio Santos, quase sempre registrando dois dígitos de ibope.

Na liderança segue imbatível a Globo, com 12,8 pontos.

A Band veio em quarto lugar, com apenas 1,4 ponto. E a RedeTV! em quinto, com 0,4 ponto.

Cada ponto no PNT equivale a cerca de 240 mil domicílios sintonizados, tendo cada domicílio uma média (estimada com base em dados do IBGE) de 3,3 habitantes.

Com uma programação baseada em novelas ou reprises de novelas à tarde, e produções muito mais baratas que as da Record, o SBT é a segunda emissora aberta mais vista no Brasil desde dezembro do ano passado.

twitter – @feltrinoficial

tvefamosos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Treze encara duelo difícil contra vice-líder, torce pelo Belo e luta contra o rebaixamento

Divulgação/Ascom Treze
Divulgação/Ascom Treze

Rivais históricos no futebol paraibano, Treze e Botafogo protagonizam uma situação curiosa na fase final dos grupos da Série C do Campeonato Brasileiro. O Galo torce pela vitória do Belo, na partida contra o Águia, para não ter que cair para a Série D em 2015. O time da Borborema joga contra o Salgueiro neste sábado (4), às 19h, no PV, em Campina Grande

O Treze está na ZB, na nona colocação do Grupo A da Série C da competição, com 16 pontos, três vitórias, sete empates e sete derrotas. O time se complicou ainda mais depois de perder o jogo mais recente, contra o Paysandu. Além de precisar ganhar a partida deste sábado (4), o Galo torce pela vitória do arquirrival paraibano.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O último treino da equipe galista ocorreu na tarde dessa sexta-feira (3), no PV, onde foram feitos recreativo e atividades com bolas paradas. Foi uma momento descontraído, mas também de preocupação e foco.

O goleiro Gilson se manteve firme no incentivo à equipe e disse na tarde dessa sexta que os jogadores que permaneceram no Treze até o final são os “verdadeiros homens que vestem a camisa do clube com orgulho”.

Motivado, ele falou que o importante é fazer um bom trabalho, não só esperando pelo resultado positivo do Botafogo. Gilson ainda fez elogios aos colegas, apesar da derrota contra o Paysandu, e mesmo reconhecendo a grandiosidade do adversário deste sábado, manteve o posicionamento otimista.

Apesar de todo esse empenho, o Treze tem uma dura missão ao encarar o Salgueiro. O time pernambucano ocupa a segunda posição da tabela, com 27 pontos, sete vitórias, seis empates e quatro derrotas.

A equipe do técnico Fernando Alcântara quer ganhar neste sábado para encerrar bem essa etapa da Série C e decidir a vaga na Série B do Brasileiro em 2015.

 

portalcorreio

Santos assusta, mas São Paulo vence com gols e Pato e Ganso e é vice-líder

gansoDeu trabalho, mas o São Paulo é vice-líder do Campeonato Brasileiro. No clássico no Morumbi, o time de Muricy Ramalho dominou com um golaço de Ganso e tinha o jogo na mão até vacilar e conceder um pênalti ao Santos, bem convertido por Gabigol. Um gol tardio e na raça de Pato, porém, deu a vitória à equipe tricolor, muito aplaudida pela torcida.

O triunfo coloca o São Paulo de vez na lista de desafiantes do líder Cruzeiro. Agora o clube tricolor tem 32 pontos, contra 31 de Inter e Corinthians, que tropeçaram na rodada. A equipe mineira, que ainda entrará em campo neste domingo, tem 36.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Mais que a posição, porém, serve ao São Paulo a certeza do bom momento, corroborado pela quarta vitória seguida no torneio. Antes inconsistente e irregular, o time de Muricy Ramalho, aos poucos, evolui. Hoje, o ataque com Ganso, Pato e Kaká vai se consolidando, embora a defesa ainda vacile acima do normal.

Foi uma bobeira dessas, aos 40 minutos do segundo tempo, que quase pôs tudo em risco. O Santos de Gabigol, porém, não teve forçar para segurar o São Paulo e saiu derrotado. Com 23 pontos, segue longe do G4 e em busca de um melhor futebol.

Fases do jogo:
O São Paulo ganhou com autoridade, embora tenha levado um susto enorme no fim do jogo. O ponto alto da equipe, como já vem acontecendo há tempos no Morumbi, foi o setor ofensivo, liderado por Paulo Henrique Ganso.

As associações entre o camisa 10, Kaká e Pato produziram os melhores lances do jogo. O São Paulo soube se movimentar, aproveitou-se das falhas individuais da defesa do Santos e levou perigo várias vezes ao gol de Aranha.

Ganso, de costas para o gol, aos 24 minutos do primeiro tempo, marcou um golaço e definiu a história do jogo, que já era favorável ao time da casa. Se o São Paulo não marcou mais é porque não teve muito esmero na hora de finalizar. Kardec, apagado e errático, também não colaborou.

Na defesa, por outro lado, a equipe tricolor não passou segurança. Paulo Miranda deu muito espaço a quem marcava, não importa quem fosse, e o time perdeu muitas bolas pelo alto. Sorte do São Paulo que o Santos, com Lucas Lima ineficiente, não jogou para aproveitar esses espaços.

Quem deu a melhor chance ao Santos foi Álvaro Pereira, que cometeu pênalti bobo a cinco minutos do apito final. Com personalidade Gabigol deslocou Rogério e provocou a torcida no Morumbi. Nos minutos seguintes, porém, Pato marcou na base da pressão e deu a vitória ao São Paulo.

O melhor: Ganso. O camisa 10 já vem se destacando nos últimos jogos, mas bater o ex-clube, de onde saiu brigado, certamente tem um gosto especial. No São Paulo de hoje, Ganso ajuda na marcação, volta para sair jogando e interage bem com Kaká e Pato. Quando teve a chance de definir, o fez de forma genial.

O pior: Ataque do Santos. Gabigol, de volta ao time, ficou isolado na ponta direita. Thiago Ribeiro, livre na esquerda, mal pegou na bola porque todos os passes em sua direção saíam de forma equivocada. Arouca, Alison e Lucas Lima, que deveriam dar volume ao time, foram anulados pelos rivais e abusaram da paciência ao forçar o jogo pelo meio quando o caminho claramente era pelas laterais.

Toque dos técnicos: Oswaldo viu seu time ser dominado no primeiro tempo e tentou colocar Gabriel no jogo, trocando Damião por Rildo. O melhor dos santistas já tinha tentado trocar de lado, mas não era muito acionado. Na vaga de Damião, Gabigol pôde recuar pelo meio e participar mais do jogo. O time melhorou, mas não o bastante para complicar o São Paulo.

Para lembrar:
Robinho fez falta. Fora do clássico por lesão, o atacante santista poderia ter sido a arma da equipe pela esquerda, justamente no ponto mais sensível da defesa do São Paulo: Paulo Miranda. Thiago Ribeiro e Rildo, que jogaram por ali, abriram mão de explorar o fraco lateral tricolor para tentar constantes cortes para o meio, sempre sem sucesso.

Kardec apagado. O camisa 14 foi impreciso e movimentou-se menos que os companheiros de ataque. Nem pelo alto, diante de uma zaga atrapalhada, ele conseguiu ajudar. Com Luis Fabiano prestes a voltar de lesão, deve começar a se preocupar com sua vaga no time.

Falta de fôlego. Pelo segundo jogo seguido, o São Paulo perde gás no segundo tempo. Na quarta passada, contra o Inter, a equipe já havia tomado sufoco nos 45 minutos finais. Contra o Santos a pressão foi bem menor, mas faltou preparo para manter a partida dominada. Kaká, por exemplo, sentiu o peso e parou de marcar.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X SANTOS
Local: 
Morumbi, São Paulo (SP)
Data/Hora: 24 de agosto de 2014, às 16h
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira Júnior (ambos de SP)
Cartões amarelos: Alexandre Pato, Ganso, Paulo Miranda e Rafael Toloi (São Paulo); David Braz e Gabriel (Santos)
Gols: Ganso, aos 24min do primeiro tempo; Gabriel, aos 40 min, e Pato, aos 43 min do 2º tempo

SÃO PAULO:
Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Alvaro Pereira; Denilson, Souza, Kaká (Húdson) e Ganso; Alexandre Pato (Michel Bastos) e Alan Kardec
Técnico: Muricy Ramalho

SANTOS:
Aranha; Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison (Souza), Arouca e Lucas Lima; Gabriel, Thiago Ribeiro (Patito) e Leandro Damião (Rildo)

Técnico: Oswaldo de Oliveira

Uol

Danilo Gentili se mantém vice-líder de audiência e faz SBT colar na Globo

the-noiteO programa “The Noite”, do SBT, apresentado por Danilo Gentili, manteve-se na vice-liderança em seu segundo dia de exibição. De acordo com dados consolidados do Ibope, a atração marcou média de cinco pontos.

Apesar de ter marcado um ponto a menos que na estreia, o talk show apresentou bons números para o horário e perdeu para a Globo, que marcou média de seis pontos com o seriado “Missing”, mas ficou à frente da Record, a terceira colocada com média de dois pontos.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Nas redes sociais, Gentili chegou a comemorar o empate em primeiro lugar com a Globo, mas os números prévios sofreram alterações e a atração ficou na segunda colocação. “Foi apenas o segundo dia de programa e já ficamos em primeiro lugar ontem, com o quintúplo de audiência de diferença do segundo lugar. Muito obrigado pessoal”, comemorou.

Já o programa “Agora é Tarde”, da Band, apresentado por Rafinha Bastos, marcou sua pior média desde a estreia: 1,5 pontos. Vale lembrar que as atrações do SBT e da Band não foram ao ar no mesmo horário e se enfrentaram por menos de 15 minutos. No pouco tempo de confronto direto, Gentili saiu vencedor.

iG