Arquivo da tag: Veterinária

Médica veterinária esclarece dúvidas sobre coronavírus e os cuidados com os pets

A pandemia de coronavírus tem preocupado o mundo todo e gerado muitas ações no combate ao avanço da doença. Lavar as mãos, utilizar álcool em gel, redobrar a higiene são as medidas mais recomendadas. Mas e os pets? Podem contrair o coronavírus? A médica veterinária e coordenadora do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), Meire Silva, deu algumas dicas de como cuidar dos animais nesse período de pandemia.

Os animais vivem em um ambiente muito mais sujo que os seres humanos. Por conta disso, os donos temem que a doença possa ser contraída dentro de casa. Em conversa com a imprensa a média esclarece algumas dúvidas. Segundo ela, os animais domésticos não são transmissores do vírus. A especialista destacou que a Organização Mundial da Saúde (OMS) está monitorando pesquisas sobre a relação entre animais de estimação com o novo coronavírus.

“Há registro de um cachorro com um nível fraco de infecção em Hong Kong, na Ásia, mas o órgão diz que, até o momento, não há evidência significativa de que pets possam ou não ficar doentes ou transmitir o vírus”, disse Meire Silva.

Os animais podem contrair o coronavírus?

Segundo o veterinários, eles podem contrair, mas não o que causa a Covid-19, o qual sofreu uma mutação genética e acomete os humanos. O coronavírus nos animais age de forma diferente.

“O coronavírus do cão é diferente do novo coronavírus e não é transmissível aos humanos. Esse coronavírus do cão causa exclusivamente uma diarreia, que dura de 3 a 5 dias, e se resolve espontaneamente na maioria dos casos.”

Posso passear com o animal na rua?

Os passeios devem ser evitados, pois há risco do vírus se alojar na pelagem do animal e transmitir aos seres humanos, segundo o veterinário. “Caso o animal saia de casa, estimulamos que os tutores façam banhos regulares em seus animais como forma de descontaminação”, diz.

Estou em quarentena e meu animal faz as necessidades na rua. Como devo agir?

“Embora muitos animais já ficam a maior parte do tempo em ambientes internos antes da pandemia, outros têm a necessidade de sair para fazer nas necessidades. Em caso do dono estar de quarentena, recomendamos que os tutores providenciem uma área de abrigo com colchonetes ou cobertores e disponibilizar água e ração para o pet como de costume.”

 

pbagora

 

 

Prefeito de Solânea abre clínica veterinária municipal com projeto pioneiro no Estado da Paraíba

O Governo de Solânea é pioneiro na abertura de clínica veterinária com finalidade exclusiva de castração de cães e gatos para controle populacional. A VETCLIN foi aberta ontem (14) e já está funcionando na rua Josafá Soares Pereira, no Conjunto Santa Mônica.

Hoje (15) iniciaram os cadastros para o agendamento de castração dos cães e gatos. Toda a estrutura física e de atendimento da Clínica Veterinária segue os padrões de funcionamento do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV). “Trouxemos um projeto inovador que vai melhorar tanto o bem estar animal quanto o da população. Estamos gratos a todos os envolvidos que não mediram esforços para concretização da clínica e ficamos felizes por nos tornarmos referência para que os demais municípios implantem a iniciativa”, disse o prefeito de Solânea, Kayser Rocha. Na estrutura física a clínica possui recepção, consultório, sala de medicação pré-anestésica e recuperação, sala de cirurgia com temperatura controlada, sala de esterilização, área de higienização e canil.

Michel Ramom, que é um dos veterinários responsáveis pela clínica, explicou que o cadastro vai priorizar animais de famílias contempladas por projetos sociais do Governo Federal, cães e gatos atendidos em projetos de proteção aos animais de Solânea e animais de rua errantes e semierrantes. “O animal será examinado se tem condições físicas e fisiológicas adequadas ou precisa ser tratado. Para então realizarmos o procedimento de castração” esclareceu. O horário de funcionamento é de segunda a quinta das 08:00 às 12:00 e das 14:00 às 17:00, com exceção da sexta que a clínica funciona até às 12:00.

Benefícios da castração

Segundo a veterinária Rafaela Rodrigues, que também irá atender na clínica municipal, a castração tem inúmeros benefícios: facilita a adoção dos animais, impede a reprodução descontrolada – principalmente de animais de rua errantes e semieerrantes – e a proliferação e desenvolvimento de doenças nos animais, além de doenças transmitidas aos homens. “O projeto vem sendo elaborado e aperfeiçoado desde o começo da gestão de Kayser. Como é pioneiro, tivemos que passar por sucessivas avaliações do CRMV e seguimos todos os critérios para a implantação. É um sonho e um projeto de governo que se concretizam com muito zelo e responsabilidade” contou a Secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania do município, Márcia Belísio.

                     

Assessoria de Comunicação

 

Conselhos de Medicina Veterinária, Arquitetura e Farmácia barram registro de profissionais formados pelo Unipê

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo, Conselho Federal de Farmácia e Conselho Federal de Medicina Veterinária não estão aceitando registro de profissionais formados pelo Unipê.

Os conselhos não têm concedido atribuições profissionais para os egressos desses cursos de graduação, na modalidade à distância.

A negativa é mais um ‘baque’ para a imagem do Unipê, que desgastou-se muito após demissões em massa de professores.

O caso dos conselhos está sendo tratado pelas entidades representativas do Ensino Superior, como Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior, Associação Nacional das universidades Particulares e Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo.

(Foto: Walla Santos)

clickpb

 

 

Veterinária mata gato com arco e flecha, posta na web e acaba demitida

gatoUma veterinária do Texas foi demitida da clínica onde trabalhava depois de mostrar, toda orgulhosa, que tinha matado um gato com arco e flecha. Em sua página do Facebook, Kristen Lindsey compartilhou uma foto do animal com a flecha na cabeça. Como se a imagem não fosse suficiente, ela ainda escreveu na legenda: “Primeira vez que mato com uma flecha. O único gato bom é aquele com uma flecha na cabeça. Prêmio de veterinária do ano… aceito de bom grado”.

Mas parece que as pessoas não levaram tão na esportiva a situação. O xerife Jack Brandes, do condado de Austin, classificou como “nojenta” a imagem divulgada por Kristen, de acordo com o “New York Daily News”. Ele enviou dois oficiais à casa da veterinária para investigar se o ato cruel aconteceu. Matar um gato intencionalmente é contra a lei.

“Isso não é aceitável em nossa sociedade. Não gosto disso e espero não ter que lidar com uma situação como esta de novo”, Brandes disse.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Kristen perdeu o emprego na Washington Animal Clinic, que publicou um comunicado de repúdio em sua página na internet: “Caros amigos, clientes e outras pessoas interessadas, nós soubemos da conduta que é discutida no Facebook. Estamos absolutamente chocados, tristes e revoltados. A senhora Lindsey não faz mais parte do nosso quadro de funcionários. Nós não permitimos tal conduta e a condenamos da maneira mais forte possível. Por favor, saibam que, quando informados sobre isso, respondemos rapidamente e de forma adequada e, por favor, não achem que essa terrível conduta é a da Washington Animal Clinic ou de qualquer de seus funcionários”. O nome da veterinária foi retirado da placa da clínica, que recebeu mais de 500 ligações de clientes furiosos com a atitude da veterinária, segundo a “KBTX”.

Uma página no Facebook foi criada, “Polícia do Texas acuse Kristen Lindsey por crueldade contra animais”, para comentar as novidades do caso.

Kristen conseguiu sua licensa de veterinária em 2012 e não tinha nenhuma reclamação por sua conduta até então.

Acredita-se que o gato da foto seja Tiger, que estava desaparecido desde quarta-feira, de acordo com as informações da fan page “Justiça para Tiger”, que já tem mais de 12 mil curtidas. A organização Alley Cat Allies ofereceu uma recompensa de US$ 7,5 mil para quem oferecesse informações que levassem à prisão da pessoa que matou o animal.

Fonte: Com informações do Extra

Publicado Por: Apoliana Oliveira