Arquivo da tag: toneladas

Paraíba produziu mais de 4 mil toneladas de camarão em 2019, de acordo com o IBGE

A Paraíba produziu 4,3 mil toneladas de camarão em 2019, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a pesquisa divulgada nesta quinta-feira (15), a produção paraibana aumentou 403,1% em sete anos.

Em 2013, a produção era de 864 toneladas e não ultrapassou mil toneladas até 2017, quando atingiu a marca de 2,5 mil toneladas.

Os principais produtores de camarão, em 2019, foram os municípios de João Pessoa, responsável por 850 toneladas, Santa Rita, com 800 toneladas, e São Miguel de Taipu, Itatuba e Itabaiana, com 300 toneladas cada.

Segundo a pesquisa, em 2019, foram faturados R$ 79,1 milhões pela produção total de camarão no estado.

O IBGE também levantou dados sobre a produção de peixes na Paraíba. Em relação a 2013, quando o total foi de 978,4 toneladas, a produção de peixes teve alta de 143,2%, com 2,8 mil toneladas em 2019.

Já os rebanhos bovinos tiveram uma alta de 33,7%, comparando 2012 a 2019. Em 2019, o efetivo alcançou a marca de 1,29 milhões de cabeças de bois no estado.

De acordo com o IBGE, também teve alta entre os caprinos, de 46,3%, registrando 692,4 mil cabeças em 2019, enquanto o ovino aumentou 78,8%, com 668,8 mil cabeças no último ano. Já o suíno cresceu 83,3% de 2012 a 2019, com 245,5 mil porcos.

No último ano, o rebanho paraibano de galináceos, que inclui frangos para abate, galinhas e galos, contava com 11,2 mil cabeças, já total de galinhas poedeiras de ovos, por sua vez, foi de 2,6 mil.

Extrativismo vegetal

A produção de mangaba da Paraíba foi a maior do país em 2019, com o volume de 735 toneladas, representando cerca de 42% do total brasileiro.

Mangaba; Paraíba foi o maior produtor da fruta em 2019, de acordo com o IBGE — Foto: Reprodução/TV Sergipe

Mangaba; Paraíba foi o maior produtor da fruta em 2019, de acordo com o IBGE — Foto: Reprodução/TV Sergipe

No extrativismo, o estado também se destaca no volume de produção da castanha de caju, como 3º estado no ranking nacional, e de umbu, em que ocupa o 5º lugar, segundo o IBGE.

Apesar disso, se considerados todos os produtos paraibanos obtidos por meio da extração vegetal, o estado registrou, em 2019, o 8º menor valor total de produção, de aproximadamente R$ 18,09 milhões. No Nordeste, a quantia só foi maior que as constatadas em Sergipe, de R$ 1,3 milhões, e Alagoas, R$ 3 milhões.

Já na silvicultura, a Paraíba também registrou um baixo valor de produção em 2019, de cerca de R$ 3 milhões. Esse foi o 5º menor total do país. A área total dedicada à atividade no estado também foi a 5ª menor do país, com 6,1 mil hectares.

G1

 

Carga de quase cinco toneladas de carne roubada em PE é apreendida em frigorífico na PB

Cerca de quatro toneladas e meia de carne bovina foram apreendidas nesta quarta-feira (7) em um frigorífico, localizado em Bayeux, município da Grande João Pessoa.

Segundo a Polícia Civil, o produto saiu do Mato Grosso e foi roubado no último dia 27 de setembro, em Arco Verde, município pernambucano. Após render o motorista do caminhão que transportava a carga, um grupo roubou o veículo e a carne.

A carga encontrada em Bayeux foi avaliada em aproximadamente R$ 460 mil. Durante a ação da polícia, o proprietário e o gerente do frigorífico não foram encontrados no local.

De acordo com o delegado de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas de João Pessoa, Getúlio Machado, o advogado do estabelecimento disse que eles vão se apresentar à polícia o mais rápido possível.

O delegado disse também que apenas a investigação do crime de receptação será desenvolvida na Paraíba. O crime de roubo deve ser investigado pela Polícia Civil de Pernambuco.

A carga será devolvida para o proprietário, que já foi comunicado sobre a recuperação.

G1

 

Homem morre após ser atingido por pedra de duas toneladas que despencou de serra, na PB

Um homem de 27 anos, identificado como Marcos Antônio Alves da Costa, morreu após ser atingido por uma pedra que despencou de uma serra, na zona rural de Serra Branca, no Cariri da Paraíba, na tarde de quarta-feira (23). Segundo apuração no local feita pela reportagem da TV Paraíba, a pedra tem cerca de duas toneladas. Até a tarde desta quinta-feira (24), o corpo ainda vai ser retirado com uma retroescavadeira. Marcos era casado e deixa uma filha de três anos.

Familiares de Marcos relataram que ele tinha saído do trabalho por volta das 14h, para caçar preás com um amigo, em uma região conhecida como Sítio Cauaçu, que fica há cerca de 10 km da cidade. É uma região quase inabitada, com casas distantes.

Pedra despenca e mata homem que estava caçando, em Serra Branca, na Paraíba. Marcos Antônio Alves da Costa tinha 27 anos e deixa uma filha de três anos — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

Pedra despenca e mata homem que estava caçando, em Serra Branca, na Paraíba. Marcos Antônio Alves da Costa tinha 27 anos e deixa uma filha de três anos — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução

No local, os dois resolveram ir por caminhos diferentes, quando o acidente aconteceu. O amigo da vítima ouviu o forte barulho da pedra, mas não o encontrou. Algumas pessoas da cidade também se reuniram para fazer buscas na região na tentativa de encontrar a vítima. O amigo chamou familiares para ajudar na busca, quando o corpo foi achado.

O corpo do homem foi encontrado na manhã desta quinta-feira (24) e continua com a pedra sobre ele, aguardando para que ela seja retirada. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão no local.

G1

 

Governo da Paraíba distribui mais de 300 toneladas de sementes certificadas

O governo da Paraíba realizou, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), já distribuiu 335 toneladas de sementes certificadas de milho, feijão e sorgo para implantação da safra 2020.

Segundo dados do IBGE (abril/2020), o Estado da Paraíba terá uma variação positiva de 137,9% na safra de grãos, sendo 135,5% para o feijão; 145,8% para o milho e 52,8% para o arroz.

paraiba.com.br

 

 

Sesc Paraíba doa mais de 175 toneladas de alimentos durante pandemia do COVID-19

A atuação do Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc é fundamental durante a epidemia do coronavírus no país. A cadeia de solidariedade formada entre doadores, entidades sociais e o Sesc Paraíba é um serviço essencial para garantir a assistência a milhares de pessoas em todo o estado. Apenas no mês de março, já foram doadas mais de 175 toneladas de alimentos para quem mais precisa nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras e cidades vizinhas.

Para garantir a segurança e todos os colaboradores do Sesc, das instituições parceiras e das entidades que recebem as doações, foram reforçadas as medidas de higienização e os procedimentos de desinfecção de utensílios e equipamentos, além do uso de EPI’s por todas as equipes que integram o Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc.      Protocolos de higiene foram rigorosamente desenvolvidos e são seguidos por toda a equipe. Há protocolos específicos para os funcionários, os doadores, as entidades, a higienização dos ambientes e veículos do Banco de Alimentos, além de um protocolo somente para a manipulação das doações, no que se refere à coleta, transporte, armazenamento e distribuição.

“O cenário atual requer estratégias e adaptações criativas cabíveis para manter o funcionamento das unidades e reduzir os impactos potenciais nas suas operações locais. Estamos nos esforçando para garantir o acesso ao alimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social e nutricional, através da manutenção das operações de coleta e distribuição de doações.”, explica Milena Coutinho, coordenadora do Banco de Alimentos Mesa Brasil Sesc na Paraíba.

 

Atividades suspensas

As ações educativas, atividades de cadastramento, monitoramento de entidades, visitas e reuniões estão suspensas, a fim de evitar a formação de aglomerações de quaisquer tipos. Também estão restritas as visitas aos Bancos de Alimentos, e até mesmo o acessos das equipes aos espaços internos das instituições e supermercados parceiros.

 

Assessoria

 

 

Governo de Solânea distribuiu oito toneladas de Peixe para a ceia de quatro mil famílias

Em Solânea o Governo Municipal distribuiu oito toneladas de peixe, quatro toneladas de arroz e quatro toneladas de cuscuz para a população. Este ano, a entrega ocorreu no Mercado Público e foi descentralizada para outras áreas do município beneficiando cerca de 4.000 famílias.

A tradicional entrega do peixe para a ceia de Semana Santa também ocorreu no Distrito de Santa Fé e em comunidades rurais. “Apesar do momento que estamos passando de dificuldades devido à pandemia que enfrentamos, temos esse compromisso com as famílias do nosso município. É gratificante estarmos juntos em uma Semana tão importante para a humanidade, que nos ensina sobre servir e amor ao próximo.” disse o prefeito Kayser Rocha, que explicou também que para evitar aglomeração de pessoas a distribuição no Mercado Público foi realizada com cordões de isolamento e rapidez. “Algumas pessoas que ficaram do lado de fora e estavam sem fichas, foram logo atendidas para dispersar.”, contou. O atendimento ao público iniciou as 04h00 e encerrou as 07h30.

 

Com Assessoria de Comunicação

 

 

Polícia apreende mais de duas toneladas de material explosivo na PB

/Foto: Divulgação/SR/DPF/PB

Em operação conjunta entre as Polícias Federal, Civil e Militar, foram apreendidas mais de duas toneladas de material explosivo na Zona Rural do município de Coremas, no Sertão da Paraíba, a 390 km de João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (5).

Segundo a polícia, foram interceptados dois suspeitos em um veículo Volkswagen Saveiro de cor branca fazendo o carregamento de parte do material apreendido, que estava armazenado em uma propriedade abandonada em um sítio da região.

O material apreendido consistia em seis caixas de emulsão encartuchada, cada uma contendo 14 emulsões e 87 sacas de pólvora granulada, cada uma com 25 kg, totalizando 2.325 kg.

Os suspeitos flagrados foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Coremas, assim como todo o carro e todo o material apreendido.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Caravana da Boa Vontade entrega 30 toneladas de alimentos na Paraíba

Oferecer um Natal mais feliz para milhares de famílias em situação de vulnerabilidade social

Enfim, chegou dezembro — e, com ele, mais um Natal. Neste mês a Legião da Boa Vontade realiza, a entrega de cestas de alimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social atendidas por ela ao longo do ano e às amparadas por organizações parceiras. A campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, visa proporcionar a essas famílias um Natal sem fome, digno e feliz.

Na Paraíba, a Caravana da Boa Vontade, já esteve nos dias 12 e 13 de dezembro na Zona Rural dos municípios de Alagoa Grande, Dona Inês e Sapé, em cada família assistida pela Instituição era percebido a alegria de retornar ao lar, com alimentos para oferecer aos seus filhos um Natal farto e digno.

Nesta terça-feira, 19 de dezembro, às 15hserá a vez de centenas de famílias oriundas das comunidades de Jaguaribe, Distrito Mecânico, Renascer, Cruz das Armas, Oitizeiro, Varadouro e Ilha do Bispo, que ao longo do ano participam diariamente de seus programas socioeducativos. A solenidade de entrega das cestas, vai acontecer na Sede da LBV, localizada na Rua das Trincheiras, 703 – Bairro Jaguaribe, próximo a Embratel, o evento contará com apresentações culturais e artísticas natalinas preparadas com muito carinho pelas crianças e idosos da Instituição.

No Estado, a LBV beneficia 1.430 famílias com 30 toneladas de alimentos arrecadadas com o apoio da sociedade paraibana. Na unidade socioeducativa da LBV em Campina Grande, vai acontecer no dia 20/12, quarta-feira, às 14h30, centenas de famílias assistidas pela Unidade da Instituição na Região da Borborema, vão ser presenteadas com a cestas de alimentos da iniciativa solidária natalina.

Para angariar um milhão de quilos de alimentos e distribuí-lo a mais de 50 mil famílias, nas cinco regiões brasileiras, a campanha contou com a adesão de dezenas de artistas, esportistas e personalidades da mídia.

Serviço: Entrega de cestas de alimentos Campanha Natal Permanente da LBV

Local: Sede da LBV – Rua das Trincheiras, 703 – Bairro: Jaguaribe – próximo a Embratel
Dia: 19/12/2017 – às 15h

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Fisco apreende 13 toneladas de alimentos; carga é avaliada em R$ 200 mil

Reprodução Whatsapp

Uma carga com 13 toneladas de gêneros alimentícios foi apreendida pelo Fisco Estadual da Paraíba, em Campina Grande. A carga, avaliada em cerca de R$ 200 mil, estava com nota fiscal irregular, segundo o Fisco Estadual, que fez a apreensão. A multa para regularização e liberação dos produtos custa R$ 43 mil.

A apreensão ocorreu na quinta-feira (9) e os produtos estavam sendo transportados de Recife com destino a Campina Grande. Segundo o auditor-fiscal, Osvaldo Dunga, a mercadoria seria repassada para comerciantes do município.

“Essa apreensão foi no girador Raimundo Asfora, na entrada da cidade, onde já estávamos monitorando. O carregamento vinha de Recife para ser distribuído em Campina Grande fazendo concorrência desleal com os comerciantes daqui que pagam impostos”, explicou o responsável pela apreensão.

Ele disse ainda que a documentação estava irregular e a multa para regularização custa R$ 43 mil. “Nosso trabalho tem sido intenso para não permitir que esses produtos irregulares, onde não se pagam impostos, não seja fator de uma concorrência desleal para os nosso comerciantes, que pagam seus encargos. É um ação constante de 24 horas por dia”, destacou o auditor-fiscal. A mercadoria só será liberada após o pagamento da multa e regularização.

Por Alexandre Kito, do Jornal Correio da Paraíba

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Prefeitura de Tacima distribui 3 toneladas de peixe

peixeA Prefeitura de Tacima, através da Secretaria de Ação e Desenvolvimento Humano e Social, realizou na manhã desta quarta-feira, 01 de abril, a distribuição do peixe da semana santa.

A compra do pescado foi com recursos próprios, o que para o Perfeito Erivam Bezerra que participou da entrega é um grande desafio. “Com a baixa na receita e o aumento de despesas, não é fácil realizar uma ação como esta, mas nós não poderíamos deixar de oferecer o peixe da semana santa ao nosso povo.” Disse o Prefeito. Além do peixe, o coco também foi oferecido.

Foram distribuído mais de 3.000 kg de peixe em todo o município. A ação atendeu moradores da cidade e da zona rural.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Assessoria da Prefeitura de Tacima-PB