Arquivo da tag: temporal

Inmet alerta para temporal na Capital e em mais 52 cidades

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou, na tarde deste domingo (19), um alerta laranja (perigo) e outro amarelo (perigo potencial) para chuvas na Paraíba. A previsão inclui municípios do litoral ao sertão, mas a intensidade das precipitações esperadas varia de acordo com cada localidade. Para a Capital e mais 52 municípios, a previsão é de temporal: chuvas, ventos fortes e raios.

O Inmet orienta que moradores de qualquer área afetada por chuvas não se abriguem debaixo de árvores, nem estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Qualquer situação de emergência deve ser comunicada à Defesa Civil (telefone 199) ou ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

O alerta laranja, válido para 53 municípios, incluindo João Pessoa, indica risco de corte de energia elétrica, queda de árvores, alagamentos e incidência de raios. Deve chover entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia. Há, ainda, a possibilidade de ventos fortes, com intensidade entre 60 e 100 km/h. O aviso é válido até as 10h desta segunda-feira (20). O Inmet pede aos moradores que, se possível, desliguem aparelhos elétricos e quadro geral de energia durante o temporal.

Municípios sob risco de temporal

Alagoinha, Alhandra, Araçagi, Bananeiras, Bayeux, Baía Da Traição, Belém, Bom Sucesso, Brejo Dos Santos, Caaporã, Caiçara, Caldas Brandão, Capim, Catolé Do Rocha, Conde, Cruz Do Espírito Santo, Cuitegi, Cuité De Mamanguape, Curral De Cima, Dona Inês, Duas Estradas, Guarabira, Gurinhém, Itabaiana, Itapororoca, Jacaraú, João Pessoa, Juripiranga, Lagoa De Dentro, Lastro, Logradouro, Lucena, Mamanguape, Marcação, Mari, Mataraca, Mulungu, Pedras De Fogo, Pedro Régis, Pilar, Pirpirituba, Riachão, Riachão Do Poço, Rio Tinto, Santa Cruz, Santa Rita, Sapé, Serra Da Raiz, Sertãozinho, Sobrado, São José Dos Ramos, São Miguel De Taipu e Tacima.

Alerta amarelo

Já o alerta amarelo inclui 185 municípios das regiões do Agreste, Borborema e Sertão do estado, onde devem ocorrer chuvas entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Veja no mapa:

 

portalcorreio

 

 

João Pessoa e mais 126 cidades estão em alerta para temporal

João Pessoa e mais 126 municípios da Paraíba estão em alerta para um temporal. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o estado de atenção deve ser mantido até as 9h15 desta sexta-feira (14). São esperadas chuvas intensas, de até 30 milímetros por hora ou 50 milímetros por dia, além de ventos intensos (40-60 km/h) e incidência de raios.

Na Capital, já são registradas chuvas e raios. Até a publicação desta matéria, haviam sido confirmados transtornos na mobilidade urbana, como trânsito lento em corredores principais e falhas em semáforos.

Segundo o Inmet, podem ocorrer quedas de árvores, alagamentos e cortes de energia elétrica em todas as áreas onde se confirme o temporal. A recomendação é que a população evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada e não se abrigue debaixo de árvores ou estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Cidades sob risco de temporal

  1. Alagoa Grande
  2. Alagoa Nova
  3. Alagoinha
  4. Alcantil
  5. Algodão De Jandaíra
  6. Alhandra
  7. Arara
  8. Araruna
  9. Araçagi
  10. Areia
  11. Areial
  12. Aroeiras
  13. Bananeiras
  14. Baraúna
  15. Barra De Santa Rosa
  16. Barra De Santana
  17. Barra De São Miguel
  18. Bayeux
  19. Baía Da Traição
  20. Belém
  21. Boa Vista
  22. Boqueirão
  23. Borborema
  24. Caaporã
  25. Cabaceiras
  26. Cacimba De Dentro
  27. Caiçara
  28. Caldas Brandão
  29. Camalaú
  30. Campina Grande
  31. Capim
  32. Caraúbas
  33. Casserengue
  34. Caturité
  35. Conde
  36. Congo
  37. Coxixola
  38. Cruz Do Espírito Santo
  39. Cubati
  40. Cuitegi
  41. Cuité
  42. Cuité De Mamanguape
  43. Curral De Cima
  44. Damião
  45. Dona Inês
  46. Duas Estradas
  47. Esperança
  48. Fagundes
  49. Frei Martinho
  50. Gado Bravo
  51. Guarabira
  52. Gurinhém
  53. Gurjão
  54. Ingá
  55. Itabaiana
  56. Itapororoca
  57. Itatuba
  58. Jacaraú
  59. João Pessoa
  60. Juarez Távora
  61. Juazeirinho
  62. Junco Do Seridó
  63. Juripiranga
  64. Lagoa De Dentro
  65. Lagoa Seca
  66. Logradouro
  67. Lucena
  68. Mamanguape
  69. Marcação
  70. Mari
  71. Massaranduba
  72. Mataraca
  73. Matinhas
  74. Mogeiro
  75. Montadas
  76. Monteiro
  77. Mulungu
  78. Natuba
  79. Nova Floresta
  80. Nova Palmeira
  81. Olivedos
  82. Parari
  83. Pedra Lavrada
  84. Pedras De Fogo
  85. Pedro Régis
  86. Picuí
  87. Pilar
  88. Pilões
  89. Pilõezinhos
  90. Pirpirituba
  91. Pitimbu
  92. Pocinhos
  93. Puxinanã
  94. Queimadas
  95. Remígio
  96. Riacho De Santo Antônio
  97. Riachão
  98. Riachão Do Bacamarte
  99. Riachão Do Poço
  100. Rio Tinto
  101. Salgado De São Félix
  102. Santa Cecília
  103. Santa Rita
  104. Santo André
  105. Sapé
  106. Serra Branca
  107. Serra Da Raiz
  108. Serra Redonda
  109. Serraria
  110. Sertãozinho
  111. Sobrado
  112. Soledade
  113. Solânea
  114. Sossêgo
  115. Sumé
  116. São Domingos Do Cariri
  117. São José Dos Ramos
  118. São João Do Cariri
  119. São João Do Tigre
  120. São Miguel De Taipu
  121. São Sebastião De Lagoa De Roça
  122. São Sebastião Do Umbuzeiro
  123. São Vicente Do Seridó
  124. Tacima
  125. Tenório
  126. Umbuzeiro
  127. Zabelê

 

 

portalcorreio

 

 

Temporal com ventania causa danos e estragos no Sertão da Paraíba

Diversas árvores desabaram, causando danos a veículos, à rede elétrica e transtornos à população após ventania e chuva neste domingo (9), em Patos, no Sertão da Paraíba.

No Centro de Patos, na R. Pedro Caetano, uma árvore centenária desabou após os fortes ventos, atingindo um veículo e rompendo fios da rede elétrica.

Na Praça do Fórum Bivar Olyntho, uma árvore foi ao chão após a ventania.

Guarnições do 4º Batalhão do Bombeiro Militar (4º BBM) foram acionadas para ajudar na remoção da árvore sobre os veículos na Rua Pedro Caetano. Partes do Centro da cidade ficaram sem energia elétrica.

Confira imagens:

 

clickpb

 

 

Aesa prevê temporal no Brejo e Litoral da Paraíba neste final de semana

A Agência Executiva da Gestão das Águas na Paraíba (Aesa-PB) emitiu sinal de alerta para possível temporal neste final de semana nas regiões do Brejo e Litoral. A previsão indica muita chuva nessas regiões.

De acordo com o serviço de meteorologia da autarquia, nesta sexta-feira (7)  já foram registradas chuvas de baixa intensidade em 10 municípios paraibano, entre eles, João Pessoa e Campina Grande.

Segundo a previsão do tempo da Aesa para esta sexta-feira (7), o tempo permanece instável sobre a faixa leste nordestina, em especial, nas áreas adjacentes à costa paraibana. Assim sendo, as atuais condições meteorológicas se mantêm favoráveis à ocorrência de chuvas, principalmente na região compreendida entre o Litoral e o Agreste da Paraíba.

A temperatura vai de 29º  no Brejo para 32º no Sertão.

Em João Pessoa, a coordenadoria municipal de Proteção e Defesa Civil  entrou em estado de prontidão e monitora as áreas de risco na Capital.

De acordo com o coordenador, Noé Estrela, a Defesa Civil permanece em observação constante sobre possíveis avisos de atenção emitidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Os alertas possuem quatro níveis de risco: leve, moderado, alto e muito alto. “Quando uma região com risco elevado de incidentes como deslizamentos e enxurradas é visitada por frentes frias ou por concentrações de nuvens que podem gerar pancadas de chuvas, o aviso é emitido imediatamente”.

De acordo com Noé Estrela, a Cemaden ainda não emitiu nenhum sinal de alerta.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Em temporal, raio mata 36 animais em Currais Novos

Foto: Edmílson Sousa/G1
Foto: Edmílson Sousa/G1

Trinta e seis animais morreram após um raio atingir parte do rebanho em uma fazenda no município de Currais Novos, na região do Seridó potiguar. De acordo com o proprietário, os animais ficaram soltos durante um temporal registrado entre a tarde e a noite da quarta-feira (30).

Segundo Ivo Júnior, proprietário dos animais, 29 caprinos e 7 ovinos morreram com o raio. O prejuízo estimado com a perda do rebanho é de R$ 6 mil. O criador ainda contou que só encontrou os animais na manhã dessa quinta.

“Eu soltei os animais no início da tarde. Como depois começou a chover e eu estava doente, não os recolhi de volta para o cercado. Eles acabaram se amoitando próximo a uma casa em construção, exatamente no local aonde o raio caiu”, explicou Ivo.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Currais Novos é um dos 153 municípios em situação de emergência pela seca no Rio Grande do Norte. No entanto, chuvas foram registradas durante a semana em todo o interior do estado. Telespectadores da Inter TV enviaram vídeos de diversas cidades do RN, inclusive registrando raios em Currais Novos.

G1 RN

Temporal provoca ao menos oito mortes no Paraná, diz Defesa Civil

alagamentoSubiu para oito o número de mortes registradas no Paraná em decorrência das chuvas que afetam a região Sul do país desde quinta-feira. Além das mortes as chuvas também provocaram alagamentos, interdição de estradas e deixaram centenas de desabrigados no Estado.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

De acordo com boletim da Defesa Civil do Paraná, 43.826 pessoas foram afetadas pelas chuvas de alguma forma no Estado até o começo da tarde deste domingo. Aotodo 60 municípios foram atingidos, segundo o órgão.
As mortes ocorreram em Guarapuava, Medianeiras, Campina do Simão, Laranjeiras do Sul e Sulina. O município de Guarapuava, onde três mortes foram registradas, decretou situação de emergência. As regiões central, oeste e sudoeste do Paraná são as mais afetadas.
Santa Catarina
Em Santa Catarina pelo menos 18 municípios já registraram ocorrências devido às chuvas, como alagamentos e deslizamentos. A maioria se concentra na região Planalto Norte, próximo à divisa com o Paraná.
Três cidades catarinenses decretaram situação de emergência: Jaraguá do Sul, Corupá e Rio dos Cedros. Segundo a Defesa Civil do Estado, o número deverá aumentar.
Os governos dos dois Estados convocaram reuniões de emergência na tarde deste domingo para definir as ações coordenadas que serão tomadas em resposta aos alagamentos.
De acordo com boletim da Defesa Civil do Paraná, 2.152 pessoas foram desalojadas devido às chuvas e tiveram que deixar suas residências, mas encontraram abrigo em casas de parentes e amigos. O número de desabrigados, os que precisaram procurar abrigos públicos, é de 963 pessoas.
Em Santa Catarina a Defesa Civil calcula que 1.000 famílias foram desalojadas e outras 300 ficaram desabrigadas.

uol

França supera temporal, passa pela Ucrânia e acaba com seca de vitórias

Jeremy Menez e Benzema comemoram gol da França (Foto: Reuters)

A França deu um passo importante para garantir uma vaga na próxima fase da Euro 2012. Nesta sexta-feira, os “Bleus” venceram a Ucrânia por 2 a 0, com gols de Ménez e Cabeye, todos no segundo tempo. Mas nem tudo foi fácil no confronto em Donetsk. Antes do triunfo da equipe de Laurent Blanc, a partida chegou a ficar 55 minutos paralisada por conta do temporal que castigou a cidade ucraniana. Além disso, raios e trovões também assustaram jogadores e torcedores.

A seleção francesa não vencia uma partida em fase final de competição (Eurocopa ou Copa do Mundo) desde a semifinal do Mundial de 2006. Naquela ocasião, o time derrotou Portugal por 1 a 0, com um gol de Zinedine Zidane, de pênalti. De lá para cá, o time obteve quatro empates e quatro derrotas.

Com o resultado, a França assumiu a liderança do Grupo D, com quatro pontos. Os ucranianos seguiram com três. A Inglaterra, que encara a Suécia (lanterna, com zero) ainda nesta sexta-feira, está em terceiro, com apenas um.

A partida começou truncada. Com os franceses tocando bola, e os donos da casa marcando em cima e com todo apoio dos torcedores. Mas não demorou para o árbitro holandês Björn Kuipers paralisar a partida. O forte temporal que caiu com raios e trovões assustadores incentivaram a interrupção.

Após 55 minutos e um árduo trabalho dos funcionários da Donbass Arena, que tiveram que furar o campo para acelerar a drenagem, o jogo recomeçou. E a paralisação atrapalhou as duas equipes. O primeiro tempo foi ruim. Com poucas oportunidades de gol. A disputa de bola no meio de campo prevaleceu. Até que aos 28, Ribéry arrancou pela direita e cruzou para Ménez, que bateu colocado. Pyatov esticou as pernas e fez a defesa.

O lance acordou os franceses que ainda tiveram mais uma oportunidade na etapa inicial. Aos 38, Nasri cobrou falta da esquerda na cabeça de Mexès. O zagueiro subiu mais do que os defensores e testou com força para outra grande defesa de Pyatov.

França garante triunfo na etapa final

 Yohan Cabaye comemora gol da França contra a Urcrânia (Foto: Reuters) Yohan Cabaye comemora gol da França contra a Urcrânia (Foto: Reuters)

Os franceses voltaram melhor na etapa final e garantiram a vitória nos dez primeiros minutos. Aos seis, Ribéry puxou contra-ataque e tocou para Benzema na entrada da área. O atacante do Real Madrid perceu a entrada de Ménez pela direita e rolou para o companheiro. O jogador deu um corte no marcador e chutou de canhota para vencer Pyatov: 1 a 0.

Quatro minutos depois, em novo contra-ataque, Benzema lançou para Cabaye na entrada da área. Mesmo marcado, o apoiador conseguiu chutar cruzado para superar Pyatov. A partir do segundo gol, os ucranianos passaram a buscar mais o ataque. Por outro lado, os franceses passaram a jogar nos contra-ataques para matar a partida e garantir os três pontos. Cabaye acertou a trave aos 19 e quase fez mais um para os “Bleus”.

Na última rodada do Grupo D, a França vai encarar a Suécia, na terça-feira, no estádio Olímpico de Kiev, na Ucrânia. No mesmo dia, os ingleses vão enfrentar os ucranianos, na Donbass Arena, em Donetsk.

globoesporte