Arquivo da tag: Targino

Ricardo diz que saída de Harrison Targino da Educação foi decisão pessoal

O governador Ricardo Coutinho (PSB) negou, ainda na noite da quarta-feira (19), que tenha tido interferência na saída do Harrison Targino da pasta da Educação. Segundo ele, a decisão foi pessoal e esperava contar a continuidade do secretário nos quadros do governo.

Ricardo Coutinho informou  ao blog do jornalista Luís Torres que Harrison Targino já havia reafirmado o desejo de se desligar da gestão, intenção já revelada anteriormente quando atendeu apelo pra continuar, a fim de dar continuidade a seus projetos profissionais, a exemplo do escritório de advocacia e, especialmente, na disputa pela nova diretoria da OAB da Paraíba.

Ricardo reafirmou que sempre reiterou os apelos para Harrison permanecesse no governo. O resto, segundo ele, são tentativas de criar factóides, alimentadas pela oposição, para tentar comprometer as relações políticas do governo.

Blog de Luis Torres

Governador exonera secretário de Educação, Harrison Targino

O advogado Harrison Targino não é mais secretário de Educação do Estado. As primeiras informações na noite dessa quarta-feira (19) é que ele tinha sido exonerado pelo governador Ricardo Coutinho. Harrison confirmou que está deixando o cargo, mas alega que partiu de sua inciativa a decisão deixar o governo.

O Portal Correio apurou no início da noite que o secretário estaria com problemas de relacionamento com a secretária executiva Márcia Lucena. Ele teria retirado poderes da secretária, que é uma indicação pessoal do governador Ricardo Coutinho. Harrison nega. Ele diz que irá disputar a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba. Acrescenta ainda que quando era secretário de Administração Penitenciária já havia pedido para ser dispensado do cargo de confiança do primeiro escalão, mas o governador lhe convenceu a permanecer.

O ato de exoneração deve ser publicado na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (20). Ainda não há nomes para substituí-lo.

Harrison é sócio de um escritório de advocacia em João Pessoa junto com o senador Cássio Cunha Lima. Essa parceria também gerou especulações políticas, mas que foram rechaçadas pelo próprio ex-secretário.

Targino assumiu a pasta no dia 7 de abril no lugar do professor Afonso Scocuglia.

Perfil de Harrison Targino

Harrison Alexandre Targino, advogado, é inscrito na OAB/PB desde 1988. É professor titular de Direito Processual da UEPB e idem do Unipê. O novo secretário é mestre em Direito Processual pela PUC/SP e presidente da União dos Juristas Católicos da Paraíba.

Já exerceu vários cargos e funções dentro da administração pública, entre estes os de Procurador Geral do Estado, de Secretário de Estado da Segurança e da Defesa Social e de Secretário de Estado de Administração Penitenciária.

portalcorreio

MPPB encontra irregularidades no Hospital Antônio Targino, em Campina Grande


:
Foto: Ascom

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) realizou na terça-feira (24), inspeção no Hospital Antônio Targino, localizado em Campina Grande. Foram constatadas, a exemplo de outras unidades hospitalares da cidade, diversas irregularidades como falta de triagem para priorizar pacientes mais graves, além da própria demora no atendimento. A inspeção foi acompanhada pelos técnicos dos conselhos regionais de Medicina, Enfermagem, Farmácia, Odontologia e da Vigilância Sanitária.

A fiscalização apurou, ainda, que o Hospital Antônio Targino disponibiliza apenas um médico para cada 20 leitos, enquanto a recomendação do Ministério da Saúde, neste caso, é no mínimo dois profissionais de saúde.

Alguns enfermeiros revelaram aos técnicos e aos promotores de Justiça, Luciano Maracajá e Adriana Amorim, que não dispõem de dormitórios para melhor acomodação nos horários de repouso. Devido a falta de espaço adequado, eles utilizam bancos de cinto existentes nos corredores daquela casa hospitalar.

Os acompanhantes dos pacientes também enfrentam problemas durante a estadia na unidade hospitalar, pois há falta de camas para esta finalidade nas enfermarias. A fiscalização apurou ainda que os próprios doentes não dispõem, em sua totalidade, de roupas hospitalares, sendo obrigados a permanecerem com as vestes com as quais ingressam no local.

Uma paciente procedente da cidade de Aroeiras, no Cariri Oriental da Paraíba, informou aos promotores de Justiça que, para receber um atendimento mais rápido, teve que pagar R$ 150 por uma consulta, cobrada por um médico do Hospital Antônio Targino e feita num dos próprios consultórios do estabelecimento de saúde.

Os promotores Luciano Maracajá (Direitos da Saúde de Campina Grande) e Adriana Amorim (coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Saúde do estado) vão instaurar inquérito policial para apurar a denúncia.

Com relação às demais irregularidades encontradas, o Ministério Público e os órgãos técnicos responsáveis pela inspeção, vão dar 30 dias à direção do hospital para que todas elas sejam corrigidas – sob pena de terem que ingressar com uma ação na Justiça.

Fonte: Ascom
Focando a Notícia

Cássio acredita que Harrison Targino resolverá impasse do Estado com a UEPB

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) revelou, nesta segunda-feira (09), acreditar que o novo secretário estadual de Educação, Harrison Targino, resolverá o impasse entre o Governo do Estado e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), gerado pela redução no repasse dos recursos para Instituição.

“Harrison Targino é professor da UEPB, foi secretário de Educação em Campina Grande quando eu fui prefeito, é competente e com a anuência do governador Ricardo Coutinho vai resolver este impasse”, afirmou.

Cássio também revelou que foi ouvido pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) antes da realização da mini-reforma na administração Estadual.

Diálogo

Já o secretário Harrison Targino diz que irá resolver os problemas com a Universidade “ampliando o diálogo com os professores, estudantes e servidores”.

Cristiano Teixeira