Arquivo da tag: suspeito

Suspeito de matar ex-namorada foi atropelado por companheiro da vítima antes de ser preso

Arthur Lima Aires, suspeito de matar a ex-namorada em Boqueirão, na Paraíba, na noite desta segunda-feira (19), foi atropelado pelo namorado da vítima antes de ser preso, de acordo com a Polícia Civil. Após o crime, o outro rapaz jogou o carro contra Arthur, para impedi-lo de fugir, segundo o delegado Ilamilton Simplício.

O ato, até agora, é considerado como legítima defesa, já que foi a forma que o rapaz encontrou para impedir que Arthur fugisse, de acordo com o delegado. Arthur foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande para receber atendimento e, em seguida, levado para a delegacia, onde foi autuado por feminicídio.

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, Arthur disse em depoimento que é inocente, e que o namorado de Viviane Alves Faria teria atirado acidentalmente contra ela.

Ainda de acordo com informações do delegado, Arthur e o namorado da vítima entraram em luta corporal, após Arthur encontrar Viviane com o mesmo. Durante a briga, Arthur alega que o outro jovem teria atirado acidentalmente em Viviane, que tentava apartar os dois.

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

De acordo com a Polícia Civil, as informações iniciais do momento do crime são de que o suspeito teria chegado armado à rua Amaro Antônio Barbosa. No depoimento prestado após ser preso, Arthur também disse que a arma não era dele.

A arma do crime ainda não foi encontrada e as investigações continuam. Os familiares da vítima ainda serão ouvidos, segundo o delegado.

A polícia também irá solicitar imagens de câmeras de segurança e o acesso ao celular de Viviane, para analisar se a jovem era ameaçada por Arthur Lima Aires. Até o momento, de acordo com o delegado Ilamilton Simplício, não há informações de que o jovem era violento.

Em entrevista à TV Paraíba, Jacione Gonçalo, mãe de Viviane, disse que o namoro de Arthur e Viviane tinha terminado há quatro meses e que ele já teria ido até a casa da vítima tirar satisfações sobre o término, de maneira violenta. “Eu disse que ele não tinha mais nada a ver com minha filha, para procurar outra pessoa, que ele não viesse mais na minha casa”, diz.

Arthur foi levado à delegacia e será transferido para a carceragem da Central de Polícia de Campina Grande, onde aguardará uma decisão da Justiça.

G1

 

Jovem é preso suspeito de matar fisioterapeuta asfixiado durante relação sexual em Campina Grande

Um jovem de 18 anos foi preso nesta terça-feira (20), suspeito de matar o fisioterapeuta Luiz Eduardo Leite Brasileiro, de 44 anos, que foi achado morto dentro do apartamento onde morava em Campina Grande, em agosto. De acordo com a Polícia Civil, a vítima mantinha um relacionamento com o jovem, que confessou ter asfixiado o fisioterapeuta durante uma relação sexual.

O crime aconteceu na madrugada do dia 21 de agosto, no apartamento em que a vítima morava em um condomínio no bairro de Bodocongó. Segundo a Polícia Civil, Luiz Eduardo foi achado com marcas na região do pescoço.

Inicialmente a polícia suspeitou de homicídio, mas identificou que o local não tinha sinais de arrombamento, então também foi feita uma perícia que descartou a possibilidade de infarto ou problema de saúde.

A identificação do suspeito, segundo a delegada Nercília Dantas, se deu após análise das imagens das câmeras do circuito interno de segurança do condomínio.

“A gente conseguiu logo imediatamente umas imagens do condomínio que mostrava uma pessoa saindo do apartamento do fisioterapeuta de madrugada. De prontidão buscamos identificar e localizar essa pessoa”, disse a delegada.

O suspeito é um morador de rua, que foi preso enquanto estava em uma esquina, próximo à entrada do bairro José Pinheiro. “Durante a oitiva, o jovem confessou o crime e disse que durante um relacionamento sexual ele acabou asfixiando a vítima”, disse Nercília.

Apesar da confissão, o suspeito não explicou para a polícia se teve a intenção de matar. Ainda de acordo com a delegada, a relação entre eles também era de troca de favores. A vítima mantinha um relacionamento com o suspeito e o sustentava.

Na tarde desta terça-feira (20) o jovem ainda estava na carceragem da Central de Polícia Civil em Campina Grande, mas deve ser levado ainda esta tarde para o Presídio do Serrotão, onde vai aguardar julgamento.

G1

 

Homem é preso suspeito de atear fogo na casa de ex-esposa, em Uiraúna, na PB

Um homem de 49 anos foi preso suspeito de atear fogo na casa da ex-esposa, por não aceitar o fim do relacionamento, na noite de terça-feira (13), em Uiraúna, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu na zona rural do município, no sítio Exú.

Segundo a polícia, o suspeito tentou fugir por uma estrada de terra que dá acesso à BR-405, mas foi alcançado pelos policiais e preso em flagrante. O suspeito informou à polícia que a motivação do crime seria a insatisfação pelo término do casamento.

A vítima, de 56 anos, estava na casa da família, que fica ao lado da dela, quando o crime aconteceu. Segundo o relato dela à polícia, ela não estava mais dormindo em casa com medo das ameaças do suspeito.

G1

 

Vítima reage a tentativa de assalto e atira em suspeito, em João Pessoa

Um homem suspeito de assaltos foi atingido por tiros de arma de fogo após uma das vítimas reagir, de acordo com a Polícia Militar. O caso aconteceu na tarde desta quarta-feira (14), no bairro da Torre, em João Pessoa.

De acordo com o sargento Murilo, da Polícia Militar, o homem estava fazendo assaltos na área quando uma das vítimas reagiu e atirou contra ele. O suspeito foi atingido por cerca de seis disparos.

O homem que reagiu ao assalto fugiu e ainda não foi identificado pela polícia. O suspeito foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Hospital de Trauma, e, de acordo com a assessoria do hospital, está em estado grave e passa por cirurgia.

Foto: Walter Paparazzo/G1

G1

 

Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha de 7 anos, em Piancó, Sertão da PB

Um homem de 58 anos foi preso no final da tarde desta terça-feira (13) suspeito de abusar sexualmente da sobrinha, de apenas sete anos de idade, no município de Piancó, no Sertão paraibano. A Polícia Militar foi acionada pelo Conselho Tutelar para realizar a prisão do suspeito.

Quando as equipes chegarem ao local, a mãe da vítima relatou ao conselho e à polícia que o suspeito era tio da menina, e que ele estava indo constantemente até a casa da família.

Segundo a mãe relatou, depois dessas visitas frequentes foi percebido um comportamento estranho da criança que, ao ser questionada, confirmou o ato praticado pelo tio.

O homem foi abordado na sua própria casa e conduzido para a delegacia. De acordo com a Polícia Militar, o homem confessou, em depoimento, que deu uma “leseira na cabeça”, afirmando também ter cometido o crime usando os dedos, mas que havia sido só uma vez.

A Polícia Civil informou que ele foi autuado em flagrante delito e permanece preso. O juiz será informado do caso nesta quarta-feira (14) para decidir se ele permanece preso ou se responde pelo crime em liberdade.

G1

 

Polícia prende suspeito de aplicar golpe do ‘bilhete premiado’, em João Pessoa

Um homem de 39 anos foi preso suspeito de praticar um golpe chamado “bilhete premiado”, em João Pessoa. Ele foi preso em flagrante nesta quinta-feira (8), em frente a uma agência bancária. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi abordado pelos policiais com o falso bilhete de loteria enquanto fazia mais uma vítima.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, as principais vítimas foram idosos e os golpes chegaram a custar até R$ 160 mil às vítimas.

Segundo a delegada Josenise Andrade, o suspeito agia se aproximando da vítima, contava uma história fictícia para ganhar confiança dela e oferecia o falso bilhete em troca de uma quantia em dinheiro. O golpe ainda teria a participação de outros criminosos que “atestam” em favor do outro suspeito.

O homem foi preso e será autuado por prática de estelionato. Ele foi levado para a Delegacia de Defraudações de João Pessoa e será encaminhado para uma unidade prisional.

G1

Criança morre após ser espancada e padrasto é principal suspeito

A garota Kemily Kauane, de 4 anos, foi assassinada no bairro Sete Casas, no município de Patos, no Sertão da Paraíba, na tarde dessa segunda-feira (5). A menina teria sido espancada e morreu por não resistir a gravidade dos ferimentos. O padrasto está sendo apontado como principal suspeito de praticar o crime.

G. J. S. foi pego, quando tentava escapar, e chegou a ser espancado por moradores da comunidade. O Samu foi acionado e os socorristas constataram no local que Kemily já estava sem vida e em rigidez cadavérica.

O padrasto residia na casa com a criança e sua mãe, que foi levada à Delegacia para prestar depoimento. O suspeito foi hospitalizado.

 

paraiba.com.br

 

 

Ex-policial de Pernambuco é preso suspeito de atirar em mulher no Bessa

Um homem de 40 anos, ex-policial militar de Pernambuco, foi preso em flagrante por suspeita de espancar e ferir com um tiro uma mulher de 29 anos, no bairro do Bessa, em João Pessoa.

A prisão aconteceu no sábado. A polícia apreendeu no carro do suspeito, que estava com manchas de sangue em um dos bancos, uma pistola que estava com 13 munições, uma delas deflagrada, uma algema, uma capa de colete balístico, além de munições de calibres 380 e 5,56.

A vítima deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Oceania com um ferimento de tiro na clavícula e foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma.

Durante a abordagem, o suspeito ainda tentou se livrar do flagrante se apresentando como policial militar de Pernambuco, inclusive mostrando identidade funcional. Na ocasião, os policiais da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) fizeram a consulta e descobriram que o suspeito tinha sido expulso da corporação do estado vizinho por envolvimento em roubos contra instituições financeiras.

O preso foi apresentado na Central de Polícia, no Geisel, e além dos crimes que envolve a vítima, vai responder também por falsidade ideológica.

 

paraiba.com.br

 

 

Homem é preso suspeito de estuprar criança de dois anos em Campina Grande

Um homem de 47 anos foi preso em flagrante na tarde desta sexta-feira (2) suspeito de estuprar uma garota de 2 anos e 11 meses, em Campina Grande. Segundo informações da Polícia Civil, o crime aconteceu na casa da família da vítima, localizada no bairro José Pinheiro.

O homem cumprimentou a bisavó da criança que estava na frente da residência e disse que entraria no local para beber água. Quando entrou, viu a criança na sala e a abordou.

O suspeito pensou que a menina estava sozinha. Em um quarto, o tio da vítima ouviu toda a ação. Quando o homem começou a estuprar a criança, ele o agrediu para impedir o abuso.

Após fugir do local, o suspeito foi contido por familiares e vizinhos da criança. Uma viatura da guarda municipal passava pelo local e conduziu todas as pessoas para a Central de Polícia da cidade.

O homem negou que tenha abusado da garota, mas disse que já cumpriu pena pelo mesmo crime. Ele foi atuado por estupro de vulnerável e está na carceragem do local, à disposição da Justiça.

A menina foi encaminhada para o Instituto de Polícia Científica (IPC) do município, onde passou por um exame sexológico.

G1

 

Homem suspeito de abusar de enteada de 11 anos em Pilões é procurado pela polícia

Uma mulher residente na cidade de Pilões, no Brejo paraibano, procurou a Polícia Civil e o Conselho Tutelar daquele município desta terça-feira (29), para denunciar o ex-companheiro que, segundo ela, estava abusando sexualmente da sua filha, uma criança de apenas 11 anos de idade.

De acordo com a mãe da criança, ela tomou conhecimento do crime após ver uma mensagem enviada pelo ex, identificado como “Toinho”, de 38 anos de idade, no celular da menor, perguntando se a vítima havia gostado do que teria acontecido dias antes. Se passando pela filha, ela passou a conversar com o elemento e acabou confirmando as suspeitas.

Em entrevista ao repórter Zé Roberto, da Rádio Constelação FM, a mãe da criança disse que era agredida fisicamente constantemente pelo acusado e detalhou como os abusos aconteciam. Revoltada, a mulher declarou que apenas a prisão não seria suficiente para o Toinho pagara pelo que fez. “Pra mim ele só paga o que fez, estuprando a minha filha, me matasse ele, não apenas prendesse”, falou.

Ontem a criança foi levada para fazer os exames no NUMOL de Guarabira, mas por falta de perito o exame foi agendado para esta quarta. O acusado se encontra foragido e a população está revoltada, chegando a ocorrer ameaças em redes sociais.

Fonte: Folha do Brejo