Arquivo da tag: SEBRAE

Prorrogadas inscrições de processo seletivo do Sebrae com bolsas de até R$ 4 mil, na PB

As inscrições do processo seletivo para agentes e orientadores no projeto Agentes Locais de Inovação, do Sebrae Paraíba, foram prorrogadas para este domingo (25). Ao todo, estão sendo oferecidas 13 vagas e oito cadastros de reserva, com bolsas chegam a até R$ 4 mil. As inscrições podem ser feitas pelo site da organizadora.

A bolsas vão atender agentes e orientadores no projeto Agentes Locais de Inovação. Para o cargo de agente local de inovação, financiada pelo CNPQ, o valor disponibilizado é de R$ 2 mil por um mês, durante a capacitação, e de R$ 4 mil por até 21 meses após a capacitação, sem possibilidade de renovação.

A seleção para o cargo de agente local de inovação é feita por meio de análise curricular e documental, avaliação de conhecimentos por meio de uma prova discursiva que será aplicada on-line e entrevista individual por competências

Já para o cargo de orientador a bolsa é de R$ 4 mil por até 12 meses de duração e a seleção será feita a avaliação curricular e documental e a entrevista individual por competências.

Para o cargo de orientador, a vaga é para atuação em João Pessoa, Campina Grande e Patos; já para o cargo de ALI, são 4 vagas para a agência de João Pessoa, 4 vagas para a agência de Campina Grande; 2 vagas para a agência Sul João Pessoa (inclui os municípios do Conde, Alhandra, Caaporã Pitimbu e Pedras de Fogo); e 2 vagas para a região de Patos (incluídas Patos e Santa Luzia).

O projeto, que é uma parceria do Sebrae com o CNPQ, tem o objetivo de promover a inovação para reduzir os custos ou aumentar o faturamento das microempresas e empresas de pequeno porte.

G1

 

“A micro e pequena empresa é a teia que sustenta qualquer país”, afirma presidente do Sebrae

Prestes a completar 50 anos, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) parte para um grande desafio em 2020: inserir nas propostas de governo das eleições municipais o empreendedorismo como uma das pautas prioritárias. Apesar de ser uma iniciativa pensada há um tempo, este ano trouxe um novo cenário. Com a pandemia do novo coronavírus, não foi só a saúde que entrou em colapso. A economia sofreu duros impactos e os micro e pequenos negócios, foco da entidade, podem ser uma solução para uma retomada no setor.

“A micro e pequena empresa, no Brasil e no mundo inteiro, é a teia que sustenta qualquer país. É a padaria, a loja de roupa, todos os segmentos da sociedade. O Brasil vem aperfeiçoando esse ambiente de melhoria de convivência com a micro e pequena empresa”, garante o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

O Sebrae representa, hoje, cerca de sete milhões de micro e pequenas empresas e 11 milhões de microempreendedores individuais (MEIs). “Nesse setor, também se fatura aproximadamente 30% da riqueza do Brasil e emprega 55% dos brasileiros com carteira assinada”, calcula o presidente.

Em entrevista exclusiva para o portal Brasil61.com, o presidente afirma que a pandemia deu um “chacoalhão” nos brasileiros, mas que é possível reconstruir.  “As pesquisas do Sebrae me levam a ficar otimista com a retomada. Quando você começa a retomar contratação, quando você busca mais crédito, há uma expectativa de crescimento. Além disso, o estoque de dívida diminuindo também deu um ‘chacoalhão’ que vai mudar muito a vida do pequeno e do microempresário.”

O momento atual, segundo ele, é de reflexão. “A partir de agora, trazer mais atenção e zelo com o cliente. Os protocolos estão levando para esse lado, de fidelizar o cliente. Ter cuidado com higienização dos produtos, com a vida dos funcionários, tudo isso pode te dar agora uma resposta na saída da pandemia.

Melles revela que apostou em ações conjuntas na pandemia. “O melhor ativo que tivemos foi a capacidade de nos adaptarmos ao digital, esse talvez tenha sido umas mudanças mais importantes para as micro e pequenas empresas no Brasil. Aliado a isso, fizemos parcerias com grandes plataformas. Outro diferencial foi fazermos uma campanha maciça incentivando as pessoas a comprarem dos pequenos, no bairro, de quem está perto de você. E o Brasil teve uma grande felicidade de não ter nenhuma crise de abastecimento. Quantidade, qualidade, bons preços, isso deu tranquilidade e paz”, avalia.

Além de falar de crédito e de políticas públicas voltadas para micro e pequenos empreendedores, Carlos Melles, em bate-papo exclusivo com o portal, falou também sobre o lançamento do documento “Seja um candidato empreendedor – 10 dicas do Sebrae”, desenvolvido com vários parceiros. A ideia do guia é inserir pautas voltadas ao empreendedorismo nas campanhas eleitorais, contribuindo com soluções já testadas e aprovadas em todo o Brasil, e colocar prefeitos (as) e vereadores (as) em posição proativa, visionária e comprometida com os cidadãos e com as contas públicas.

“O Sebrae tem programas muito interessantes. Por exemplo, temos o Prefeito Empreendedor. Nas eleições, nós ousamos um pouquinho em não procurar prefeitos e vereadores depois de eleitos, mas procurar os candidatos para eles discutirem na campanha o empreendedorismo”, adianta Melles. “Queremos provocar as micro e pequenas empresas, o cidadão a buscar o candidato que esteja mais comprometido com o desenvolvimento do município, com a geração de emprego e renda e com a prosperidade”, justifica.

Entre as dicas do documento, estão a de fortalecer a identidade do município, desburocratizar e simplificar, qualificar quem mais precisa e gerar mais empregos.

Fonte: Brasil 61

 

 

Número de MEIs cresce quase 103% em cinco anos na Paraíba, diz Sebrae

O número de microempreendedores individuais (MEI) cresceu quase 103% em cerca de cinco anos na Paraíba. Segundo dados separados pelo Sebrae Paraíba, com base nos registros da Receita Federal, entre agosto de 2014 e 2019, o estado passou de 58.067 para 117.731 registros de microempreendedores individuais.

Se enquadram na categoria do Simples Nacional os empreendedores que possuem faturamento máximo anual de R$ 81 mil e que podem contratar até um funcionário com carteira assinada.

Além do número de MEIs, o levantamento também aponta um crescimento de 4,9%, no mesmo período, em relação à quantidade de microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP) registradas no estado. Em agosto de 2014, conforme os dados da Receita Federal, a Paraíba tinha 47.735 MEs e EPPs cadastradas, número que em agosto desse ano era de 50.112.

Considerando de forma geral o número de optantes do Simples Nacional, as estatísticas também indicam um incremento no estado no período de cinco anos. Em agosto de 2014, a Paraíba contava com 105.802 optantes, número que passou a ser de 167.843 no mesmo período de 2019, o que representa um crescimento de 58,6%.

A gerente de Estratégia do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, destacou três fatores que contribuíram para o aumento do número de pequenos negócios no estado. “Esse crescimento e, em particular, o número de MEIs, deve-se principalmente a três fatores: facilidade na abertura e legalização de um negócio, a crise que fez o desemprego crescer e transformou a ideia de montar um pequeno negócio em uma opção e, por último, a mudança cultural que traz o empreendedorismo como alternativa de vida e carreira para a nova geração”, pontuou.

Foto: Deborah Souza /Sebrae

G1

 

Pesquisa do Sebrae aponta negócios promissores para o ano de 2018

Estar atento para realizar investimentos em nichos específicos é chave para construir empreendimento próspero, afirma especialista
Fornecimento de marmitas, serviços para idosos ou atividades de estética. Os negócios no ramo de alimentação, saúde e serviços pessoais são as apostas para os novos empreendedores para 2018, de acordo com estudo elaborado pelo Sebrae, com base no perfil de novas empresas em anos anteriores, no comportamento da economia nacional e no mercado externo. A pesquisa revelou que os empreendimentos que promovem saúde, inovam na oferta de alimentos e oferecem serviços ligados à beleza pessoal estão entre as atividades mais prósperas para este ano.

A pesquisa aponta que, de uma forma geral, na comparação com o verificado nos anos anteriores, em 2018, há uma tendência de mudar a ênfase do consumo na economia, com redução relativa do foco nas atividades de manutenção e reparação e uma melhora relativa dos negócios voltados para o atendimento das necessidades básicas da população (alimentos, vestuário e construção) e novos investimentos. Deve haver também um aumento na preocupação com a aquisição de produtos e serviços de melhor qualidade e daqueles associados às mudanças de longo prazo da sociedade, em especial, nas áreas de saúde, educação, informática e serviços.

De acordo com a gerente do Sebrae Paraíba, Ivani Costa, essas atividades são promissoras por estarem associadas à tendência de envelhecimento e com a preocupação com a fase final da vida, no caso dos serviços para idosos; a uma maior preocupação com a saúde e maior demanda por atividades esportivas e de entretenimento (atividades de estética); e à maior inserção das mulheres no mercado de trabalho (fornecimento de marmitas).

“É importante que os potenciais empresários busquem investir, principalmente, em nichos de mercado voltados à terceira idade e às mulheres. A falta de lucro e de clientes está entre os principais motivos apontados para o fechamento de empresas e esses são sintomas claros da falta de preparação dos empreendedores. Ou seja, se capacitando cada vez mais, se especializando em nichos e explorando áreas que ainda não são tão exploradas é possível aproveitar as tendências desse ano para construir um negócio de sucesso”, afirma a gerente Ivani Costa.

Construção – Outro setor que deve atrair novas empresas em 2018 é a construção, com destaque para atividades de pequenas reformas, instalação e manutenção elétrica e serviços de pintura. Nos últimos cinco anos, o registro de novas empresas que oferecem serviço de obras de alvenaria aumentou 36% ao ano.

A pesquisa – Para mapear os negócios promissores de 2018, o Sebrae analisou os segmentos com maior taxa de expansão nos últimos anos, pois sinalizam a existência de uma maior demanda do mercado consumidor. Entre 2013 e 2017, o serviço ambulante de alimentação e o fornecimento de alimentos preparados para consumo das famílias cresceram 24% ao ano, por exemplo.

 

Sebrae

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Bananeiras é exemplo de Desenvolvimento Econômico em evento do Sebrae

douglasA convite do Sebrae Paraíba, o Prefeito Douglas Lucena estará no dia 28 de março na cidade do Conde para participar do Seminário de Desenvolvimento Econômico e Territorial do Litoral Sul, que tem o objetivo mobilizar, integrar e envolver lideranças.

Com a palestra “A experiência de desenvolvimento da cidade de Bananeiras e do Brejo Paraibano”, Douglas falará sobre o processo turístico que a cidade de Bananeiras e o Brejo vem passando ao longo do tempo e como esse processo contribui para o desenvolvimento econômico da região.

Cidade com extraordinário potencial turístico, Bananeiras desponta no cenário nacional com a mistura de arte, história, paisagens naturais e aventura. Com riquezas naturais e históricas, a cidade de possui em seus casarios e pontos turístico a mistura do turismo para quem quiser vivenciar experiencias.

Assim, o Seminário que acontecerá nesta terça (28) quer contribuir com o reconhecimento do estágio atual de desenvolvimento do Litoral Sul e estimular o sentimento de compromisso e corresponsabilidade de todos para transformação positiva dos indicadores econômicos e sociais da região.

 

Ascom-PMB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Sebrae lança edital para consultores de crédito

Serão selecionados 510 bancários aposentados. Inscrições podem ser feitas até 15 de fevereiro

SebraeO Sebrae está com inscrições abertas em todo o país para a seleção de 510 consultores de crédito que vão atender micro e pequenas empresas. As vagas serão destinadas apenas a aposentados que trabalharam em instituições bancárias nas áreas de análise de crédito e atendimento à pessoa jurídica, em especial pequenos negócios.

As inscrições podem ser realizadas até 15 de fevereiro no site do Sebrae (www.sebrae.com.br/credenciamento-aposentados). A seleção será por análise de currículo e experiência comprovada. O resultado será divulgado em 9 de março. De acordo com o edital, os consultores vão orientar os empresários e avaliar a capacidade de endividamento dos pequenos negócios.

Os selecionados poderão assinar contrato com o Sebrae com duração até dezembro de 2018. A remuneração será de R$ 453 para cada empresa atendida. Os consultores deverão trabalhar na própria casa e, ao final de cada consultoria, vão emitir relatório comprovando o trabalho.

Com essa iniciativa, o Sebrae pretende atender mais de 70 mil micro e pequenas empresas que necessitam de orientação para contrair financiamentos em bancos, visando à melhoria da capacidade de investimento dos pequenos negócios. Além disso, a abertura de novas vagas para consultores prestigia uma categoria de profissionais com expertise e capacidade técnica.

Quem pode se inscrever

– Aposentado do sistema bancário.

– Estar com 60 anos ou mais.

– Ter experiência bancária nas seguintes áreas:

Gerente de clientes pessoa jurídica

Gerente de clientes micro e pequenas empresas

Gerente geral de agência com clientes pessoa jurídica

Analista de crédito

Analista de crédito de micro e pequenas empresas

Dúvida e informações: credenciamento-aposentados@sebrae.com.br


SEBRAE PARAÍBA

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Sebrae lança livro com ´roteiro criativo e integrador´ da Paraíba

Livro que reúne cerca de 150 atividades criativas com foco na produção associada ao turismo, na economia criativa e de experiência será lançado nesta quinta-feira (17), no Hotel Hardman, em Manaíra, às 19h

turismoSerá lançado nesta quinta-feira (17) o livro “Paraíba: 35 dias de vivências e experiências”, que apresenta o roteiro paraibano com atividades criativas com foco na produção associada ao turismo, na economia criativa e de experiência das regiões do Litoral, Brejo e Cariri paraibanos.  O lançamento será realizado no Hotel Hardman, em Manaíra, em João Pessoa, às 19h. A publicação já foi apresentada no Festival de Turismo de Gramado (RS), no dia 5 de novembro.

Produzido pelo Sebrae Paraíba, a publicação conta com 170 páginas e detalha cerca de150 atividades criativas de 19 municípios do Estado (Areia, Bananeiras, Conde, Pitimbu, Lucena, Cabedelo, Pilões, Alagoa Grande, Boqueirão, Cabaceiras, Ingá, Guarabira, Remígio, Solânea, João Pessoa, Campina Grande, Rio Tinto, Mamanguape e Marcação). O roteiro é resultado das ações realizadas desde 2012 pelo Sebrae Paraíba, em parceria com a Associação de Cultura Gerais (ACG).

“A consultoria foi o melhor caminho para a construção do capital social, de um ambiente de confiança, união e integração entre os empreendedores das diversas regiões paraibanas, com ações colaborativas e inovadoras, valorizando as histórias de empreendedorismo desses atores que transformam sonhos em oportunidades de negócios”, disse a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba, Regina Amorim.

Ela explicou que o livro apresenta um roteiro de viagem que começa por João Pessoa com a visita à Rota dos Ateliês, que reúne obras de 12 grandes artistas plásticos e duas galerias de arte. A rota segue para o Litoral Sul paraibano (Conde e Pitimbu), com o passeio às praias locais e seus equipamentos turísticos, como restaurantes e pousadas.  Além do sol e mar, a programação tem caminhada em trilhas, visita a assentamento, apresentações culturais, restaurantes, passeios de buggy, vivência na Aldeia Macuxi, oficina de artesanato, entre outras atividades.

Do Litoral Sul, o roteiro segue para o Brejo (Areia, Bananeiras, Remígio, Pilões Solânea e Guarabira). Na região, os visitantes podem desfrutar de hospedagens com foco na produção associada ao turismo, acompanhar a produção de doces artesanais e de farinha de mandioca, participar de oficinas artísticas e caminhadas culturais, fazer trilhas e piqueniques em reservas ecológicas, conhecer engenhos e sua produção, apreciar comidas típicas, ver de perto a confecção do artesanato local, entre outros.

“O roteiro é vasto e pode ser feito em 35 dias se o turista quiser fazê-lo completo. Com a publicação será mais fácil o planejamento de cada viagem. Há contatos das Agências de Turismo Receptivo, dos guias de turismo e dos condutores locais que podem auxiliar no agendamento do trajeto”, destacou Regina Amorim.

Além do Litoral Sul e Brejo, o roteiro contempla Campina Grande (Agreste), Ingá, Cabaceiras, Distrito do Marinho, em Boqueirão (Cariri), Lucena, Cabedelo, Mamanguape, Rio Tinto e Marcação (Litoral Norte). Na cidade do “Maior São João do Mundo”, o visitante tem uma vasta oferta de hospedagem. Para acompanhar o tour, o turista pode contratar o Virgulima de Campina, personagem da economia criativa. A cidade oferece ateliês de artesanato, museu com diversas atividades criativas, como pintura, dança típica, cordel e etc, restaurantes, além de produtos turísticos rurais. A cidade tem ainda o “Quadrilhando”, espetáculo junino criativo, que apresenta danças juninas tradicionais, teatro junino, forró pé de serra, comidas típicas juninas, aluguel e vendas de figurino junino, dentre outras atividades.

No Cariri, os turistas podem desfrutar das belezas naturais de Ingá e de oficinas de Patchwork, de pintura rupestre e de bordado, além de conhecer o artesanato local, com o Labirinto, e apreciar as comidas típicas da região. Em Boqueirão, os visitantes conhecerão a fabricação de redes e tapetes por mulheres da comunidade, quitutes rurais, a fauna e a flora do território, entre outros. Em Cabaceiras, a “Roliúde Nordestina”, há um circuito criativo com foco na produção associada ao turismo que incrementam os atrativos naturais da região. No Distrito do Marinho, há passeio de pau de arara, trilhas, apresentações culturais, camping rural, que oferece hospedagem em barracas com estrutura criativa.

Já no Litoral Norte, Lucena, Cabedelo, Mamanguape, Rio Tinto e Marcação oferecem aos visitantes diversas atividades, com passeio em lancha ou em barcos de pescadores para conhecer piscinas naturais, o habitat do peixe-boi e das tartarugas marinhas, trilhas ecológicas, igrejas históricas, produção de artesanato, roteiro gastronômico, apresentações culturais, ateliês criativos, passeios de catamarã, pescaria esportiva, pôr do sol na Praia do Jacaré, hotel-fazenda, turismo de base local, turismo de experiência, entre tantas outras atividades.

O livro será distribuído gratuitamente para a imprensa, os guias de turismo, as agências de receptivo e outros equipamentos turísticos de vários municípios do Estado, no lançamento. Mais informações: 83. 2108-1256.

SEBRAE PARAÍBA

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Sebrae Paraíba oferece atendimento online para empreendedores

Serviço gratuito já está disponível e tem o objetivo facilitar e agilizar as orientações empresariais

SebraeEsclarecer dúvidas sobre gestão empresarial ficou ainda mais fácil. Agora o Sebrae Paraíba dispõe de um serviço online e gratuito em que o empreendedor pode conversar com um consultor especializado sem sair de casa ou do escritório. O “Fale com o Especialista” está disponível de segunda a sexta-feira, no horário comercial (8h às 12h e das 14h às 18h). Neste período os consultores estão disponíveis para prestar orientações nas áreas de empreendedorismo, planejamento, finanças, pessoas, organização, leis e normas, mercado, cooperação e inovação.

De acordo com a analista técnica do Sebrae Paraíba, Germana Espínola, os consultores prestam atendimento e orientações voltados para empreendedores paraibanos.  “Com a plataforma, os empresários podem otimizar o seu tempo, evitando o deslocamento físico até uma das agência do Sebrae. Se não for possível prestar todas as orientações virtualmente, será sugerido ao cliente procurar pessoalmente uma das agências do Sebrae no Estado”, disse a analista.

Na plataforma, é possível o esclarecer dúvidas sobre diversos assuntos, como: Abrir um negócio, Acesso a serviços financeiros, Aumento das minhas vendas, Capacitação de funcionários, Compra e venda de empresas, Contratação de funcionários, Estratégia de divulgação, Fechamento de empresa, Filiação a uma associação/ cooperativa, Fluxo de caixa, Formação de preços, Ideias de negócios, Legalização e formalização do negócio, Loja Virtual, MEI (microempreendedor individual), Melhorar e inovar o meu negócio, Organização dos processos e operação, Pesquisa de mercado, Planejamento estratégico, Plano de negócios, Terceirização e Tributos.

Para acessar a plataforma “Fale com o Especialista”, basta acessar o site do Sebrae Paraíba – www.sebraepb.com.br – e  clicar no link “Atendimento Online” na aba “Soluções deste Estado”. Para entrar no bate papo com o consultor, é necessário fazer um cadastro no site. Neste primeiro momento, haverá um consultor disponível para o atendimento individual que pode durar até 40 minutos.

UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING
SEBRAE PARAÍBA

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Desenvolvimento territorial sustentável é tema de curso no Sebrae

 

Inscrições para Formação de Empreendedores em Visão Territorial Sustentável começam em fevereiro

sebraeEmpresários, empreendedores e gestores públicos interessados em investir na área de desenvolvimento local e regional terão a oportunidade de participar do curso de Formação de Empreendedores em Visão Territorial Sustentável, que será realizado pelo Sebrae Paraíba entre os meses de abril e agosto. Ao longo de 10 módulos de 180 horas, os participantes irão conhecer mecanismos de inovação, de estímulo às transformações econômicas locais e de desenvolvimento do capital humano e social, aumentando a capacidade de empoderamento do território.

 

De acordo com a gestora de Turismo do Sebrae Paraíba e coordenadora do curso, Regina Amorim, a proposta da formação é oferecer uma nova abordagem de desenvolvimento sustentável adequado às novas experiências de consumo. “O curso irá preparar os participantes para que transformem o sistema socioeconômico, reagir aos desafios externos, ampliar a sua capacidade de inovar localmente, e contribuir para o desenvolvimento socialmente equitativo, ambientalmente correto e economicamente viável”, disse a gestora.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Entre os temas que serão abordados no curso, estão Território e desenvolvimento local, governança, gestão inovadora de centros urbanos, economia criativa e o território criativo, atividade turística como fator de desenvolvimento local e regional, entre outros. “Os assuntos abordados na formação irão auxiliar empresas, empreendedores, gestores públicos  e sociedade a se tornarem capazes de responder aos desafios apresentados por novas condições econômicas, com produtos e serviços competitivos para um mercado globalizado”, destacou Regina Amorim.

 

As aulas são presenciais, com repasse de conhecimento, estudos de caso, dinâmicas, visitas técnicas, exercícios práticos voltados para atuar no mercado com visão territorial sustentável. O curso será  realizado a cada 15 dias, nos finais de semana. Na sexta-feira das 19h às 22h, aos sábados das 8h às 12h e das 14h às 18h e aos domingos das 08h às 12h e das 14 às 17h. As inscrições serão abertas em fevereiro. A formação custa R$ 1.890,00 e pode ser paga em quatro parcelas de R$ 472,50. Mais informações: 2108.1256 / 2108.1272 / 9.9981.1486.

UNIDADE DE COMUNICAÇÃO E MARKETING
SEBRAE PARAÍBA

Bananeiras será destaque em documentário sobre o Prêmio SEBRAE Nacional Prefeito Empreendedor

bananeirasAs importantes conquistas do município de Bananeiras no empreendedorismo tem chamado a atenção de todos o País.

Esta semana o município está recebendo uma equipe da produtora CINE GROUP, que percorrer o País registrando os ganhadores do Prêmio SEBRAE Nacional Prefeito Empreendedor. O Prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, foi o vencedor da última edição do prêmio. A ideia do documentário é destacar as ações exitosas dos Gestores ganhadores da premiação.

Em Bananeiras, a Casa do Empreendedor, os cursos de qualificação e capacitação, a força da piscicultura e o estímulo às cooperativas e ao associativismo, foram algumas das ações que fizeram com que Douglas fosse o vencedor.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Em conversa com a equipe, o Chefe do Executivo Municipal fez questão de lembrar que, “tem sido muito importante a parceria do município com o SEBRAE, o que tem contribuído para o desenvolvimento da cidade”.

A equipe tem filmado vários pontos da cidade e conversado com pessoas que têm sido assistidas pelas políticas públicas no município.

premioAssessoria