Arquivo da tag: Sánchez

Ministério Público Federal acusa Andres Sanchez de crime fiscal

Ex-presidente do Corinthians e candidato a deputado federal, Andres Sanchez (PT-SP) é acusado pelo Ministério Público Federal de praticar crimes fiscais no período em que comandou o clube. De acordo com a auditoria, os atos foram realizados entre 2007 e 2010, período que inclui o mandato de Andres como presidente do clube.

A dívida cobrada na denúncia é de R$ 94,1 milhões –a maior parte desse montante se refere a acusações de apropriação indébita de tributos, ou seja, de impostos descontados do pagamento de funcionários, mas que não foram repassados aos cofres públicos. Essa apropriação indébita seria em benefício ao Corinthians, não pessoal.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Por meio de sua assessoria, Sanchez informou que já houve acordo para o pagamento e que novas informações deveriam se passadas pelo departamento jurídico do Corinthians.

O clube informou que está pagando os impostos não recolhidos que são citados na denúncia e que, hoje, todos os tributos correntes estão sendo pagos. O clube diz ainda que Andres e sua diretoria não se apropriaram dos impostos em benefício pessoal.

Rodrigo Capote/Uol
Andres Sanchez durante entrevista em junho
Andres Sanchez durante entrevista em junho

Além de Andres, estão sendo denunciados outros três cartolas que compunham sua diretoria no Corinthians: Roberto de Andrade (ex-vice e pré-candidato à presidência do clube), André Luiz de Oliveira (ex-diretor administrativo) e Raul Corrêa da Silva (diretor financeiro).

A denúncia do MPF, datada de 7 de março de 2014, tem como base auditoria da Receita Federal, que apontou “crime de apropriação indébita previdenciária” e “crime de sonegação de contribuição previdenciária”. Os impostos não recolhidos à Receita Federal são referentes a pagamentos de prestações de serviço, de funcionários contratados, de terceirizados e de empresas.

A pena chega a dois anos de detenção em caso de condenação.

O MPF cita na denúncia que os cartolas “fizeram declaração falsa para eximir-se, total ou parcialmente, de pagamento de tributo” e “deixaram de recolher, no prazo legal, tributos, descontados ou cobrados”.

A acusação da procuradoria cita crimes que teriam sido cometidos entre março e dezembro de 2010 – o juiz descartou os supostos crimes cometidos antes de julho de 2010 porque cita que os eventuais delitos anteriores prescreveram após quatro anos. O MPF responsabiliza diretamente Andres e sua diretoria pelos supostos crimes.

A acusação relata que o Corinthians,”por meio dos denunciados, reteve na fonte Imposto de Renda […] não recolhido aos cofres públicos ou não declarado”, entre outras acusações.

A Justiça federal recebeu a denúncia e já emitiu uma primeira decisão sobre o caso. Nela, com data de 11 de julho de 2014, o juiz Joaldo Cavalcanti acata as denúncias que se referem aos supostos crimes cometidos a partir de 12 de julho de 2010.

A acusação acontece em meio ao lobby dos presidentes de clubes para que seja aprovada a lei de refinanciamento das dívidas fiscais das agremiações.

Procurados, Raul Corrêa, André de Oliveira e Roberto de Andrade não atenderam às ligações.

 

BERNARDO ITRI
DO PAINEL FC

Sánchez faz dois, Messi um, e Barça pressiona Real com 10ª vitória seguida

Messi escapa da marcação do Getafe (Reuters)

A locomotiva chamada Barcelona engrenou de vez. E parece não haver um time que não seja o Real Madrid capaz de pará-la. Nesta terça-feira, os catalães atropelaram o Getafe em mais um jogo tranquilo, por 4 a 0, no Camp Nou, e alcançaram a 10ª vitória consecutiva no Campeonato Espanhol, em jogo válido pela 33ª rodada, colocando ainda maior pressão no líder e arquirrival Real Madrid, agora um ponto à frente na tabela de classificação.

O grande destaque da partida foi o chileno Alexis Sánchez, com dois gols – o primeiro deles, aos 13 minutos de jogo, em um chutaço de fora da área após passe de peito de Lionel Messi. O próprio argentino anotou o segundo, aos 44, em linda tabela com Iniesta. Antes, aos 18, o meia Xavi protagonizou lance polêmico quando viu o zagueiro Cata Díaz afastar sua finalização de cobertura praticamente dentro do gol – o árbitro González González mandou a partida seguir.

Com o jogo nas mãos, os donos da casa diminuíram o ritmo na etapa final, mas chegaram à goleada graças aos gols de Sánchez, aos 28, e Pedro Rodríguez, aos 30. Este último, inclusive, após mais uma assistência de Messi, que cobrou falta para o espanhol desviar de costas.

Messi comemoração Barcelona (Foto: Getty Images)Messi comemora com Iniesta o golaço que marcou na goleada sobre o Getafe (Foto: Getty Images)

Após mais uma partida “recheada”, o camisa 10 alcançou a marca de 61 gols e 26 assistências em 51 duelos do Barcelona na temporada. Se computados os dados somente do Espanhol, Messi é o artilheiro, com 39 gols, dois à frente de Cristiano Ronaldo, e líder no quesito dos passes, com 15, um a mais que o alemão Özil, do Real Madrid.

Real Madrid entrará em campo pressionado

Desta forma, a diferença para o líder passou a ser de apenas um ponto (79 a 78), embora os merengues entrem em campo nesta quarta-feira, em dérbi contra o Atlético de Madri, no Vicente Calderón – o Getafe é o 10º, com 42. No próximo dia 21, às 15h (de Brasília), Barça e Real disputarão o superclássico no Camp Nou.

Antes, no entanto, o time de Josep Guardiola visita o Levante, atual quinto colocado, enquanto o Real receberá o Sporting Gijón. Ambos também terão compromissos pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa: na terça-feira, a equipe de José Mourinho irá até Munique enfrentar o Bayern; o Barça duela contra o Chelsea em Londres, no dia seguinte.

Alexis Sanchez, Barcelona x Getafe (Foto: AFP)Jogadores comemoram o primeiro gol de Alexis Sánchez (Foto: AFP)
Globoesporte.com