Arquivo da tag: salvo

Acidente mata grávida e marido, mas bebê nasce com o impacto e é salvo

Acidente mata grávida e marido, mas bebê nasce com o impacto e é salvo em Goiânia, Goiás (Foto: Divulgação/Ag. Mais)Casal estava em um motocicleta que foi atropelada por caminhão (Foto: Divulgação/Ag. Mais)

O casal Vladimir Lopes Oliveira, de 30 anos, e Antônia Dulcimar Batista, de 28, morreu após a motocicleta em que estavam ser atropelada por um caminhão desgovernado na manhã desta terça-feira (4), no Residencial Cidade Verde em Goiânia. Grávida, a mulher morreu na hora. No entanto, a criança nasceu no local do acidente e sobreviveu. Encaminhada ao Hospital Materno Infantil, a menina ainda faz exames, mas a unidade informou que ela passa bem.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), o bebê nasceu com o impacto da colisão. “Não é normal. Só por Deus que a criança sobreviveu”, afirmou o operador de frotas do Samu, Allan Rodrigues da Silva.

Diferentemente da versão apresentada pelo Samu, o sargento Idevandir Antônio da Silva, do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, informou que um socorrista do Samu ajudou a retirar o bebê da barriga da mulher. Entretanto, o Samu não confirma a informação. Conforme os socorristas, a vítima aparentava estar no 8º mês de gestação.

A equipe que atendeu a criança no hospital informou que o recém-nascido sofreu uma fratura na clavícula e outra na testa, mas não corre risco de morte e nem precisou ser levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Pai da criança, o condutor da motocicleta, chegou a ser socorrido consciente e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). No entanto, ele morreu durante procedimento cirúrgico na unidade de saúde.

Acidente
De acordo com a Polícia Militar, a motocicleta estava parada na frente de uma carreta no semáforo da Avenida Santa Maria, no Residencial Cidade Verde. Segundo o sargento do Batalhão de Trânsito, outro caminhão seguia em alta velocidade, não conseguiu parar a tempo e bateu na traseira da carreta, que acabou atropelando o casal.

O caminhoneiro que causou o acidente, de 36 anos, fugiu, mas voltou ao local da colisão com um advogado. Segundo o sargento, ele foi orientado a se apresentar na Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito de Goiânia (Dict).

Investigação
O caminhoneiro prestou depoimento no final da manhã na Dict. Segundo a delegada Silvana Nunes Ferreira, ele alegou que houve falha mecânica nos freios. “Vamos abrir inquérito para averiguar se realmente houve problema mecânico ou se ele foi imprudente. Vamos analisar as circunstâncias e pegar os registros dos radares instalados na via”, explicou.

O motorista não ficará detido porque se apresentou espontaneamente à Polícia Civil. O teste de bafômetro apontou que ele não estava embriagado.

 

G1

‘São anjos da guarda’, diz idoso que foi salvo por irmãos de 3 e 5 anos

Irmãos de 3 e 5 anos salvam idoso de afogamento em Caxias do Sul, RS (Foto: Jonas Ramos/Agência RBS)Irmãos de 3 e 5 anos salvaram idoso e depois foram visitá-lo no hospital (Foto: Jonas Ramos/Agência RBS)

Ainda internado no Hospital da Saúde de Caxias do Sul, na Serra do Rio Grande do Sul, o síndico que foi resgatado de uma piscina por dois irmãos de 3 e 5 anos ainda se emociona quando lembra da atitude de Daniel e João Pedro Michelin. Armindo Gargioni, de 65 anos, teve um mal súbito quando mergulhou, e foi retirado pelos meninos, que estavam fora da água aguardando a mãe trazer toalhas para que pudessem se secar.

“Ele salvaram a minha vida, são heróis, meus anjos da guarda. Um nenê de 3 e um de 5, imagina. São anjinhos”, disse Gargioni ao G1 por telefone, ainda no hospital. O idoso é síndico do condomínio onde os irmãos vivem com os pais, no bairro São Pelegrino, em Caxias.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A dupla visitou Gargioni no hospital no domingo (2), usando roupas que fizeram jus à atitude: Daniel, o caçula, usava a fantasia do personagem The Flash, enquanto João Pedro estava vestido de Batman.

“Fiquei feliz por terem me salvado. Estou acostumado a entrar na água todo o dia, nunca tinha ocorrido nada parecido”, contou o paciente.

O resgate ocorreu no fim da tarde do dia 28 de janeiro, há uma semana. Após o incidente, o síndico passou cinco dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. No sábado (1°), ele foi para o quarto. Seu estado é bom e ele deve ter alta nesta quarta-feira (5).

No dia do salvamento, fazia muito calor, e Gargioni resolveu dar um mergulho. Passado algum tempo, Daniel notou que o idoso estava há muito tempo embaixo d’água e avisou João Pedro. Os dois conversaram e então saltaram na piscina para salvar o homem.

“A ideia foi dele”, afirmou João Pedro, apontando para o irmão mais novo. “Sim, eu disse ‘Pepe’ [apelido de João Pedro]”, completou Daniel. O menino de 5 anos explicou como foi o resgate: “Quando a gente resolveu entrar, ele [o idoso] já estava se afogando. Aí a gente pulou bem rápido para pegar. Daí eu fechei o nariz, puxei pela cabeça e o Dani, pelo braço”.

Segundo o pai dos garotos, João Paulo Michelin, a piscina tem 1,50 m de profundidade e nenhum dos dois dava pé: Daniel tem 1,10 m e João Pedro, 1,20 m. “Desde que nasceram, eles são acostumados a brincar na água. Fazem natação, e eu e a mãe deles sempre estimulamos as brincadeiras na piscina”, revelou o pai.

Em seguida, os meninos avisaram alguns vizinhos adultos, que socorreram o síndico. Ele foi internado com insuficiência respiratória aguda, em decorrência do afogamento.

Montagem guris piscina (Foto: Reprodução/RBS TV)Daniel (esq.) e João Pedro contaram como foi o resgate do síndico do prédio (Foto: Reprodução/RBS TV)

G1