Arquivo da tag: Romero

Por covid-19, Romero Rodrigues cancela a realização do São João de CG em 2020

Após analisar o cenário e a propagação da pandemia da covid-19, o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) decidiu e nunciou nesta sexta-feira (31) o cancelamento do São João da cidade este ano.

Logo no início da pandemia a realização dos festejos juninos havia sido adiada de junho para outubro e estava sendo projetada tomando como base os protocolos de segurança necessários.

Entretanto o prolongamento da pandemia frustrou as expectativas de que o Maior São João do Mundo pudesse ser realizado ainda este ano.

O anúncio do cancelamento foi feito na manhã de hoje, através das redes sociais.

” A curva da doença na cidade tem caído, mas estamos falando de um evento de âmbito nacional e internacional. Com tristeza, a gente anuncia que não será possível realizar o evento este ano. O que a gente pode é desejar toda sorte do mundo para o próximo ano”, informou o prefeito.

PB Agora

 

 

Romero confirma mais um caso de Covid-19 em CG; PB tem agora 10 casos confirmados

Pouco tempo após confirmar o primeiro caso de coronavírus em Campina Grande, o prefeito Romero Rodrigues já confirmou o segundo caso, através das suas redes sociais.

Com isso, subiu para 10 o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus na Paraíba.

O novo caso trata-se de uma mulher de 36 anos e ainda não foi contabilizado no boletim oficial da Secretaria de Saúde Estadual.

O primeiro paciente que foi confirmado em Campina é um homem, 42 anos, que esteve em internado em hospital privado por uma semana, já recebeu alta médica e é acompanhado pela vigilância municipal.

PB Agora

 

 

Prefeitura de Natal suspende festa de São João e Romero anuncia hoje nova data dos festejos em Campina Grande

A pouco mais de dois meses para o mês de junho, quando no Nordeste, as festas juninas são fortes, a Prefeitura de Natal decidiu cancelar o São João, devido a proliferação do novo coronavírus (COVID 19}. A decisão acende o alerta para Campina Grande, cuja programação do Maior São João do Mundo, já foi divulgada.

No caso de Natal, o prefeito Álvaro Dias, suspendeu a festa devido o avanço da pandemia no Estado. Os recursos destinados para a festa junina serão relocados para ações de combate ao COVID 19.
Diversos eventos culturais e esportivos estão sendo cancelados devido a pandemia do coronavíus. Na semana passada, o prefeito Romero Rodrigues (PSD}, baixou um decreto que proíbe a realização de vários eventos na cidade no período de “quarentena”. No entanto, o Maior São João do Mundo foi mantido. Ele manteve cautela sobre a tomada de decisão.

Por enquanto a 37ª edição da festa junina da cidade está mantida, mas deve ter a data alterada.

Por enquanto, de acordo com a programação atual, a abertura vai ficar por conta do cantor Flávio José e a véspera de São João tem show de Elba Ramalho. Santanna, que havia sido anunciado para a abertura, na verdade vai fazer o encerramento.

O anúncio com as novidades da festa deve acontecer logo mais. É que no início da tarde desta segunda-feira (23), o prefeito Romero Rodrigues confirmou que fará um anúncio,  através de uma live transmitida por suas redes sociais e pelos perfis oficiais da Prefeitura de Campina Grande, sobre a nova data oficial de realização do Maior São João do Mundo 2020.

A decisão do prefeito campinense levará em conta todas as circunstâncias e consequências da realidade imposta pela pandemia do Covid-19.

A live será transmitida às 18h.

 

Severino Lopes
PB Agora

 

 

Romero suspende eventos em CG, anuncia plano emergencial, mas mantém São João

O prefeito Romero Rodrigues (PSD) decidiu suspender vários eventos em Campina Grande por conta do Covid-19 o novo coronavírus. As medidas foram anunciadas, nesta manhã, durante entrevista coletiva, no auditório do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Campina Grande – Ipsem.

Durante trinta dias, atividades no Teatro Municipal Severino Cabral, no miniteatro Paulo Pontes, no Centro Cultural Lourdes Ramalho, na Biblioteca municipal e no Centro de Idosos da Secretaria de Assistencial Social estão paralisadas por conta do coronavírus.

O Maior São João do Mundo está mantido. Para o prefeito, ainda faltam 80 dias para realização da festa e seria prematuro anunciar a suspensão da festa.

A prova de vida anual dos beneficiários do Instituto de Previdência Municipal (Ipsem) também está suspensa pelo prazo de noventa dias.

Romero confirmou que a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, definiu o Hospital Municipal Pedro I como o serviço de referência para o acolhimento dos casos suspeitos de coronavírus. A PMCG também vai buscar outros leitos na rede privada para investigar o vírus.

CLIQUE AQUI E CONFIRA O DECRETO NA ÍNTEGRA

Na ocasião, Romero detalhou uma série de medidas no plano emergencial do município para enfrentar e evitar o vírus. O decreto restringe a realização de eventos que contenham aglomerações de pessoas.

Romero reafirmou que é preciso não criar pânico a respeito do Coronavírus. Ele destacou que é necessário que as pessoas sigam as recomendações de segurança contra o Covid-19, como a higiene regular das mãos, uso de álcool em gel, evitar viagens ao exterior e lugares com aglomeração de pessoas.

– Vamos nos precaver. Precisamos usar os meios que colaboram com a prevenção, como o álcool gel, evitar viagens ao exterior e é recomendado os idosos se retraírem um pouco. Ninguém pode criar pânico de forma antecipada – disse.

Para o prefeito, é preciso agir com cautela, observando o que já está sendo visto em todo o mundo no combate ao vírus. Ele ainda citou que na própria China o problema com o Covid-19 já está em fase decrescente.

O secretário de Saúde do município Felipe Reul  reforçou que mesmo sem apresentar nenhum caso suspeito, o município já iniciou as ações para preparar equipes, estrutura e profissionais e atender aos requisitos de atendimento, encaminhamento, acompanhamento e tratamento dos pacientes.

A Secretaria definiu as áreas de cobertura por bairros da cada unidade para dividir os atendimentos. Um comitê foi formado para acompanhar os casos suspeitos do coronavírus.

Além dessas ações, a Direção de Vigilância em Saúde já iniciou a comunicação dos protocolos de notificação de casos suspeitos em todas as unidades e hospitais, inclusive clínicas particulares.

“Todo esse trabalho é para esclarecer para os profissionais quais são realmente os casos suspeitos e como proceder a partir do registro, porque são situações muito específicas. O paciente precisa apresentar causas combinadas de sintomas e ter visitado algum país considerado área de risco ou ter tido contato com algum visitante desses países para poder ser declarado caso suspeito. Então, o momento é de muita cautela e tranquilidade, mas toda a rede precisa estar preparada”, disse o diretor de vigilância em saúde de Campina Grande, Miguel Dantas

PB Agora

 

 

Romero confirma exoneração de todos os cargos comissionados próximo dia 30 em Campina

O prefeito Romero Rodrigues (PSD) confirmou na manhã desta terça-feira (24), entrevista ao programa Paraíba Verdade da Arapuan FM de Campina Grande, que todos os cargos comissionados da gestão deverão ser exonerados no próximo dia 30 de setembro.

A ação faz parte do pacote de reforma administrativa e reorganização anunciada pelo gestor.

“Todos deverão ser exonerados porque a Lei determina exatamente isso, no entanto, será um processo tranquilo de reorganização que precisa ser feito. A estrutura dos cargos possui mais de 18 anos. Nós não criamos nenhum cargo, no entanto, a identidade de cargos está concentrada de forma desorganizada, como o que acontece, por exemplo, no Gabinete de Prefeito”

Romero também garantiu que vai reduzir o número de cargos comissionados. “Vamos ter que reduzir para economizar. Essa redução vai acontecer sim, porém ainda não temos um quantitativo definido. Outro ponto importante destacar é também já estamos estudando a implantação do ponto eletrônico em todas as repartições públicas de Campina Grande”completou o chefe do executivo em entrevista aos jornalistas Márcio Rangel e Valderedo Borba na Arapuan 107,3FM.

Márcio Rangel

 

 

Romero sanciona lei que proíbe utilização de canudos de plástico em estabelecimentos comerciais

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, sancionou a lei aprovada na Câmara de Vereadores que proíbe a utilização de canudos de plástico em estabelecimentos comerciais da cidade. A partir de agora os restaurantes, bares, quiosques, ambulantes, hotéis e similares terão que usar canudos biodegradáveis.

Os donos desses locais terão um prazo de 180 dias, a partir da publicação da lei, para se adaptarem a regra.

Quem descumprir a norma poderá ser punido com advertência por escrito, notificação por reincidência e até multa, caso não corrija a falha.

 

clickpb

 

 

Cássio não nega disputar a PMCG e opina sobre saída de Romero do ninho tucano: “Eu desejo o mesmo sucesso que ele teve no PSDB”

Com a saída do prefeito Romero Rodrigues do PSDB, o ex senador e ex governador da Paraíba Cássio Cunha Lima (PSDB), opinou em entrevista a uma emissora de Campina nesta terça-feira (28), sobre esse tema como da possibilidade de vir como um coringa para a disputa pela Prefeitura de Campina Grande em 2020.

Sem Romero no “ninho tucano”, Cássio que ainda é o principal comandante do “clã Cunha Lima” deu a primeira pista de que pode voltar a disputar a PMCG. Semana passada, Cássio postou uma foto do crachá usado por ele quando prefeito de Campina Grande, aos 25 anos. no seu perfil que mantém no Instagram, o que levou alguns eleitores e colunistas políticos a especularem que ele estaria planejando uma volta triunfal em 2020.

Questionado sobre esse post, Cássio respondeu: “É muito precoce falar sobre as eleições de 2020. Está muito distante ainda”, disse o tucano sem negar a possibilidade de vir a disputar a PMCG.

Cássio também opinou sobre a saída de Romero do ninho tucano. “Eu desejo a Romero no PSD o mesmo sucesso que ele teve no PSDB, quando foi eleito, vereador, deputado estadual, federal e prefeito de Campina por duas vezes”, disse.

O ex-senador que é primo do prefeito Romero Rodrigues, é a principal figura política de expressão no PSDB no Estado e, caso tenha interesse, tentar retomar o comando político e administrativo da Rainha da Borborema, não terá dificuldade para encabeçar a chapa majoritária. Isso porque, a sigla é comandada no estado pelo deputado federal Pedro Cunha Lima, filho de Cássio, e que também já manifestou interesse em disputar a cadeira e a chave do Palácio do Bispo.

 

pbagora

 

 

Cássio diz que PSDB apoia Romero para Governo e defende candidatura de Lula

O senador Cássio Cunha Lima revelou em entrevista ao Programa “Bastidores”, com Padre Albeny, nesta terça-feira, que o PSDB está fechado em torno do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, caso ele resolva ser candidato ao Governo. Noutro momento, ele defendeu que Lula possa ser candidato a Presidente da República.

– É importante que Lula possa ser candidato e possa ser derrotado pelas urnas e respeitar o resultado – declarou.

Cássio revelou que em recente reunião na cidade de Guarabira o PSDB fechou questão de apoio total ao prefeito Romero Rodrigues caso ele decida ser candidato ao Governo.

– Vai depender exclusivamente dele, que tem nosso apoio incondicional – frisou.

Ele admitiu que, se acaso Romero.não assuma candidatura, o prefeito de João Pessoa,Luciano Cartaxo, é ótima opção.

Walter Santos

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Cássio admite compor chapa majoritária com Romero em 2018: ‘Não excluo a possibilidade’

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) não descartou, nesta segunda-feira (2), a possibilidade de compor uma chapa majoritária com a presença do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB). O tucano reafirmou, porém, que está disposto a abrir mão de disputar um mandato nas eleições do próximo ano para beneficiar o aliado, se for necessário.

“Eu não estou excluindo a possibilidade de Romero ser candidato a governador e eu estar compondo uma chapa para o Senado ao lado dele, até porque são duas vagas para o Senado, mas se preciso for numa composição, eu já tenho 30 anos de mandato, uma folha de serviço prestada à Campina Grande e à Paraíba, minha contribuição está dada”, disse.

O senador ainda voltou a admitir  disputar o mandato de governador e destacou que a oposição tem vários nomes para encabeçar uma chapa majoritária em 2018.

“Eu posso ser candidato a governador. Nunca descartei essa possibilidade, mas essa decisão não é minha, em caráter individual. Eu acredito que já tive duas oportunidades de ser governador, ainda disputei uma terceira eleição, que foi a de 2014. Você tem o nome de Romero, de Luciano Cartaxo, que ainda não tiveram as chances de disputar, tem ainda o nome de Maranhão”, falou.

paraiba.com.br

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Servidores ameaçam ocupar novamente gabinete de Romero em protesto contra atraso salarial

protestoOs servidores municipais de Campina Grande estão ameaçando uma nova ocupação da sede da prefeitura, caso o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) não os receba ou não apresente uma proposta até as 11h desta terça-feira (13). Os manifestantes realizaram protesto ontem e ocuparam o gabinete do prefeito, na prefeitura, para pressionar o governo municipal.

O movimento dos servidores é em prol do Fundeb, dos vales-transportes e contra o atraso salarial que acomete a categoria da saúde.

Apesar do protesto, o prefeito Romero Rodrigues não estava presente nessa segunda-feira. O chefe de Gabinete Fábio Tabosa recebeu uma comissão especial para apresentar suas demandas, entre eles o vice-presidente do Sintab Giovanni Freire, o vereador e diretor do Sintab Napoleão Maracajá, os diretores Franklyn Barbosa e Leandro Morais, além dos servidores Giovana Tinto, Rejane Oliveira e Joaquim Dias.

De acordo com o Sindicato, estava programada para esta terça-feira decisão da Justiça a respeito do que estabelece a lei sobre o Fundeb, ou seja, repassar 60% para os professores e 40% para a educação.

Inconformados com a situação de mais um mês com atrasos salariais, a categoria da saúde compareceu em peso. “Somos a única categoria que recebe com atrasos”, reclamou Dias.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br