Arquivo da tag: Ricardo Coutinho

Lula grava pedido de voto para Ricardo Coutinho e anuncia live

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) materializou hoje o desejo da direção nacional do PT em apoio ao candidato do PSB à prefeitura e João Pessoa. Lula apareceu em um vídeo pedindo votos para Ricardo Coutinho, a quem chamou de “extraordinário companheiro”. Além disso, Lula também vai participar de uma live com Ricardo no dia 11 de novembro às 11 horas.

Ironicamente, o PT de João Pessoa tem candidato a prefeito. Anísio Maia tem usado em seu guia eleitoral vídeos antigos de Lula abordando temas genéricos. É que a direção nacional do PT determinou que o partido se coligasse com Ricardo, mas o diretório municipal discordou e manteve a candidatura própria, motivo pelo qual a questão foi parar nos tribunais.

Depois de muitas idas e vindas, uma comissão interventora designada pela cúpula nacional voltou a gerir o PT de João Pessoa, afastando a direção municipal. Mesmo assim, o vice que havia sido indicado para a chapa de Ricardo, Antônio Barbosa, teve que sair e em seu lugar voltou a socialista Paula Frassinete.

parlamentopb

 

STJ derruba cautelar e libera Ricardo Coutinho para atos de campanha a noite

Após pedido da defesa de Ricardo Coutinho (PSB), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) acolheu e liberou o ex-governador da medida cautelar imposta no âmbito da Operação Calvário que o obrigava se recolher em horário noturno.

Com a decisão, Ricardo, que estava obrigado a se recolher das 20h às 5h, poderá participar de atividades de campanha nas eleições deste ano. Esse é o segundo recurso da defesa sobre medidas cautelares aplicados ao socialista. Ele já havia conseguido deixar de usar obrigatoriamente a tornozeleira eletrônica.

Entre as medidas, Ricardo ainda cumpre comparecimento periódico em Juízo; proibição de manter contato com os demais investigados na mesma operação, com exceção de familiares.

Ele continua proibido de se ausentar da comarca domiciliar, sem prévia autorização do Juízo;  e segue afastado da atividade de natureza econômica/financeira que exercia com o Estado da Paraíba e o Município de João Pessoa.

 

PB Agora

 

Justiça defere candidatura de Anísio Maia e determina que Ricardo Coutinho substitua vice na disputa pela PMJP

O juiz Fábio Leandro de Alencar Cunha, da 64ª Zona Eleitoral de João Pessoa deferiu a candidatura de Anísio Maia (PT) na corrida eleitoral pela prefeitura da Capital.

Além disso, o magistrado decidiu que o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) terá que substituir o vice na chapa inscrita por ele para disputar as eleições deste ano.

De acordo com a decisão de Fábio Leandro, houve regularidade no registro da candidatura de Anísio Maia (PT) e, por isso, não é possível a manutenção de Antônio Barbosa, também do PT, na chapa de Ricardo.

A ‘batida de martelo’ acontece após o PT Nacional ter tentado na Justiça Eleitoral impugnar a candidatura de Anísio para apoiar Ricardo Coutinho em João Pessoa, mas acontece que o magistrado entendeu que não havia irregularidade na chapa inscrita por Anísio Maia e manteve a candidatura.

A expectativa é de que RC vá recorrer da decisão.

PB Agora

 

 

Ricardo Coutinho registra candidatura no TSE com Antônio Barbosa como vice para disputar Prefeitura de João Pessoa

Ricardo Coutinho (PSB) registrou a sua candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (24), para disputar à Prefeitura de João Pessoa. O nome de Antônio Barbosa (PT) também foi registrado para compor a chapa como candidato a vice-prefeito.

O registro acontece após impasses dentro do PT sobre apoio ao ex-governador Ricardo Coutinho. O impasse começou na última quarta-feira (16), quando o PT de João Pessoa homologou o nome de Anísio Maia para prefeito e a presidência nacional do partido interviu oficializando apoio a RC.

A Direção Nacional do PT confirmou o nome de um dos fundadores do Partido na Paraíba, nesta quarta-feira (23).

Ricardo Coutinho é casado e farmacêutico. Já foi vereador, deputado estadual, prefeito e governador da Paraíba.  Antônio Barbosa é casado, advogado e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores na Paraíba.

 

clickpb

 

 

Presidente do PT em João Pessoa reafirma candidatura de Anísio Maia e diz que quem se dispõe a ser vice de Ricardo Coutinho vai contra decisão do partido

A presidente do PT em João Pessoa, Giucélia Figueiredo, disse que qualquer membro do partido que se dispuser a ser vice de Ricardo Coutinho (PSB) está indo contra a decisão do diretório, que escolheu Anísio Maia como candidato próprio à Prefeitura de João Pessoa, e Percival Henriques como vice.

Diversos portais noticiaram que o advogado Antônio Barbosa, que integra os quadros do PT, teria aceitado um convite para compor a chapa de Ricardo Coutinho. Ao ClickPB, Giucélia Figueiredo afirmou que não recebeu nenhum comunicado oficial sobre o assunto, mas já adiantou que qualquer decisão nesse sentido vai contra as orientações do partido.

”Nós reafirmamos a candidatura do companheiro Anísio Maia e Percival Henriques como vice. Estamos em plena campanha”, disse. Ela ressaltou que na manhã desta segunda-feira (21), Anísio e Percival já possuem agenda de campanha na comunidade do Porto do Capim.

 

clickpb

 

 

Site nacional do PT ignora Anísio Maia e destaca apoio do partido em João Pessoa à candidatura de Ricardo Coutinho

Em nota intitulada “Sobre a situação eleitoral em João Pessoa”, a executiva nacional do Partido dos Trabalhadores ratificou em seu site oficial o apoio integral da sigla à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na corrida pela sucessão municipal em detrimento da postulação do deputado estadual Anísio Maia (PT), que já registrou seu nome na disputa junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Anísio, no entanto, aguarda uma decisão judicial para deixar a postulação. Ele, inclusive, participou do primeiro debate da TV entre os prefeitáveis, ratificando a intenção de encarar a disputa e tratando o apoio do PT ao PSB como vexatório.

CONFIRA A PUBLICAÇÃO 

SOBRE A SITUAÇÃO ELEITORAL EM JOÃO PESSOA

Com a mudança da conjuntura eleitoral em João Pessoa (PB), na quarta-feira (16) o Diretório Nacional do PT decidiu, por ampla maioria de votos, apoiar a candidatura do companheiro Ricardo Coutinho (PSB) à prefeitura da capital, retirando a candidatura do companheiro Anísio Maia, que havia sido indicado em convenção com a presença dos filiados daquele Diretório Municipal.

O lançamento do nome do ex-governador Ricardo Coutinho, de reconhecida relevância no processo político local e nacional, à Prefeitura de João Pessoa levou o Diretório Nacional do PT a rever o lançamento do companheiro Anísio Maia, que também tem papel importante junto ao PT e à Paraíba. Mas diante do novo quadro no município, avaliamos como mais importante formar um bloco que proporcione a unidade da esquerda em torno da candidatura do PSB e construir essa aliança também com o PCdoB, que já caminhava conosco.

Esta aliança eleitoral e política do PT em João Pessoa não é novidade, dada a histórica relação do partido com Ricardo Coutinho e o PSB da Paraíba, que sempre estiveram ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ex-presidenta Dilma Rousseff, mesmo nos momentos mais difíceis. O PT sempre contou com o apoio e a força de Ricardo Coutinho para denunciar arbitrariedades e ataques à democracia.

A aliança para a disputa eleitoral de 2020 retoma a unidade programática no campo das esquerdas e a disposição de reconstruirmos a democracia brasileira, sob ataque do governo Bolsonaro, num compromisso que tem como referência os interesses populares.

17 de Setembro de 2020

Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT

José Guimarães, coordenador do GTE nacional

 

 

PB Agora

 

Em vídeo, Ricardo Coutinho confirma vinda de Lula à Paraíba para participar de sua campanha eleitoral

Após a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann confirmar o apoio do partido à candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa eleitoral em João Pessoa, agora foi a vez do ex-governador confirmar a vinda do ex-presidente Lula para participar da sua campanha eleitoral.

Em vídeo postado nas redes sociais Ricardo diz que recebeu ainda ontem um telefonema do ex-presidente Lula confirmando que virá ao Nordeste e participará pessoalmente da campanha em João Pessoa.

“Ontem à noite mesmo eu tive a honra de receber um telefonema importante de uma pessoa que admiro muito porque fez muito pelo povo desse país e foi o telefonema do presidente Lula que disse que estava muito feliz com a candidatura e estava se preparando para subir para o Nordeste, vir trazer esse abraço, abraçar o povo e trazer esse apoio importante para nossa campanha” declarou Coutinho.

Confira:

PB Agora

 

Relator de ação contra Ricardo Coutinho vota pela inelegibilidade do ex-governador

O relator da Ação de Investigação da Justiça Eleitoral (Aije) movida pela Coligação ”A Vontade do Povo” contra o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, Og Fernandes, votou pela inelegibilidade do ex-gestor estadual por oito anos, contados a partir da eleição de 2014.

Com isso, Ricardo não poderia concorrer às Eleições Municipais deste ano, mas o ministro Luís Felipe Salomão pediu vista, o julgamento foi interrompido e deverá ser retomado nesta sexta-feira (28), às 10h, em sessão extraordinária convocada pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso.

Ricardo Coutinho é acusado de abuso de poder econômico e político por contratação de codificados. O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) já havia julgado procedente a ação contra Ricardo, por conduta vedada e aplicação de multa. A Coligação “A Vontade do Povo”, do PSDB, interpôs recurso pedindo a inelegibilidade do socialista.

O advogado da coligação, Harrison Targino, disse que a Aije trata da contratação de pessoas pelo Governo do Estado em pleno período eleitoral, no caso, nas eleições de 2014. No Acórdão da decisão do Tribunal Regional Eleitoral, há o reconhecimento de mais de duas mil pessoas que tiveram contratos temporários admitidos e demitidos durante o período vedado.

O socialista responde ainda a outras duas Ações de Investigação Judiciais Eleitorais no TSE. São elas: a da PBPrev e a do EmpreenderPB. Na dos Codificados e do Empreender, ele foi condenado por condutas vedadas pelo TRE-PB. Entretanto, a Corte paraibana entendeu não serem essas condutas decisivas para o pleito, mantendo-o no cargo, mas com pagamento de multas.

Nos três recursos apresentados dentro das Aijes, já há pareceres da Procuradoria Geral da República pela inelegibilidade de Ricardo Coutinho. Em se confirmando, o ex-governador estaria fora das eleições municipais deste ano, e das estaduais (2022) também.

*Com informações do Correio Debate, da Rede Correio Sat, e do blog da jornalista Sony Lacerda.

 

 

Ministro do TSE mantém direitos políticos de Ricardo Coutinho e fixa multa de R$ 70 mil para ex-governador por contratações irregulares

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Og Fernandes, relator do recurso movido pela Coligação ”A Vontade do Povo” contra Ricardo Coutinho e Lígia Feliciano, decidiu aumentar a multa imposta a ambos. Pelo voto do relator, proferido em julgamento que ocorreu nessa terça-feira (25), Ricardo Coutinho deve pagar multa de R$ 70 mil, quanto Lígia deverá pagar R$ 5.320,50. O julgamento foi interrompido quando o ministro Luis Felipe Salomão pediu vistas.

Por enquanto apenas o relator votou. Além de aumentar as multas, o relator também votou pela não cassação de ambos, uma vez que os mandatos políticos deles já foram exauridos. Para aumentar a multa, Og Fernandes justificou que o governador havia declarado patrimônio de R$ 1,4 milhões, por isso teria condições de arcar com o valor maior.

O recurso aponta uma série de possíveis irregularidades cometidas por Ricardo Coutinho quando era governador do Estado, como grandes mudanças dos ocupantes de cargos em comissão e contratações em períodos vedados. A coligação ”A Vontade do Povo” argumenta que os atos do então governador teriam impactado no resultado das eleições.

O relator afirmou descartou indícios de abuso de poder em boa parte das situações elencadas, mas considerou que Ricardo Coutinho teve conduta reprovável quando contratou funcionários para trabalhar em uma obra em período vedado.

O julgamento será retomado e outros integrantes da corte ainda vão preferir os seus votos.

 

clickpb

 

 

Ministro Gilmar Mendes, do STF, autoriza Ricardo Coutinho a retirar a tornozeleira eletrônica

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, acatou em sede de liminar, pedido da defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), na última segunda-feira (3) e autorizou a retirada da tornozeleira eletrônica do socialista. A decisão foi publicada nesta quarta-feira (5).

O magistrado entendeu que o ex-governador deverá permanecer sem o equipamento até  que seja julgado o mérito de habeas corpus em tramitação na Suprema Corte. No pedido, a defesa alega que a tornozeleira está com problemas, e tem obrigado Ricardo Coutinho a sair de sua residência, se expondo ao risco de contrair o novo coronavírus.

“(…) Ante o exposto, defiro o pedido liminar para suspender a providência cautelar de monitoramento eletrônico até o julgamento do mérito do presidente habeas corpus. Comunique-se com urgência. Vista dos autos à PGR”, diz trecho da decisão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

wscom