Arquivo da tag: recorde

Total de candidaturas bate recorde neste ano, com mais de 542 mil inscritos

O número de candidatos inscritos nas eleições municipais deste ano bateu recorde, com 542.352 pedidos de registros, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No entanto, esse quantitativo deve sofrer alguma alteração, pois as solicitações ainda precisam ser aprovadas pela corte. Em 2016, o TSE havia recebido 496.927 solicitações de candidaturas, sendo que 5,62% foram rejeitadas pelo tribunal.

A partir deste domingo (27), os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador já podem iniciar as suas campanhas. Além disso, essa vai ser a segunda eleição municipal em que é vedado a doação de empresas aos candidatos. Para o cientista político Nauê Bernardo, ao poucos, essa proibição pode se tornar uma oportunidade para que mais pessoas possam ingressar na política.

“Nós teremos a oportunidade de ver uma mudança na forma de fazer campanha política e que possa abrir espaço para as pessoas com menos posses”, explica.

Do total de registros de candidaturas, 33,1% são do gênero feminino. O percentual contradiz com o fato de que as mulheres, segundo o TSE, correspondem a 52,49% dos eleitores no país. Essa será a primeira eleição municipal em que os partidos políticos são obrigados a repassar 30% dos recursos provenientes do Fundo Eleitoral a candidaturas femininas.

A advogada eleitoral, Carla Rodrigues, acredita que a implementação da regras possibilitará uma renovação do quadro político nos municípios brasileiros. “Acredito que teremos uma grande renovação e candidaturas femininas viáveis, o que vai possibilitar o número de mulheres eleitas nas mais de cinco mil câmaras de vereadores do país”, diz.

A maior quantidade de solicitações de candidaturas nas eleições foi para o cargo de vereador (504.217), seguido pelos cargos de prefeitos e vice-prefeitos, com pouco mais de 19 mil pedidos de registros cada. MDB, PSD, PP, DEM e PSDB foram os partidos com o maior número de solicitações de candidaturas.

Fonte: Brasil 61

 

 

Solânea tem recorde negativo de casos positivos de coronavírus na última semana

A Secretaria Municipal de Saúde de Solânea informa à toda população dados referentes a Covid-19 em nossa cidade. O período se refere de 12 de maio (data do surgimento do 1° caso no município) até 7 de agosto do corrente ano.

Mais uma vez batemos o recorde negativo de casos positivos numa semana.

Houve um significativo acréscimo nos casos do sexo feminino e a faixa etária com maior número de casos positivos continua entre 31 a 40 anos (ambos os gêneros). Porém, nas faixas etárias entre 21 a 30 e 41 a 50 anos os casos vem aumentando muito. Principalmente entre 21 a 30 anos.

Tivemos o surgimento de mais casos na zona rural nessa semana em relação a passada. E na zona urbana o aumento foi expressivo.

No geral, temos 62% dos pacientes recuperados da Covid-19 (264 recuperados). Porém, aumentamos e muito os casos ativos (160 no momento) nesses últimos dias. Importante salientar que já descartamos mais de 900 casos suspeitos para Covid-19 e realizamos em nosso laboratório municipal mais de 1.000 testes rápidos. Infelizmente o nosso município já contabiliza 3 (óbitos) decorrentes da Covid-19.

O mês de agosto inicia com um número expressivo de casos. Por isso devemos continuar adotando as medidas sanitárias regularmente. Não podemos relaxar um só momento. Continuemos com o isolamento e distanciamento social. Evitemos aglomerações e não dispensemos o uso de máscaras.

Governo de Solânea

Secretaria de Saúde

 

 

Covid-19: PB bate recorde e registra quase 1.300 novos casos em 24h

A Paraíba bateu um novo recorde nesta quarta-feira (27) ao registrar 1.290 novos casos em apenas 24h. De acordo com boletim epidemiológico do Governo do Estado, emitido através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a Paraíba tem agora 10.209 casos da doença.

De acordo com a SES, o aumento de casos nos últimos dias é resultado da ampliação da capacidade de testagem e diagnóstico da população. Até o momento, a Paraíba já realizou 35.566 testes para diagnosticar a população em todos os municípios.

Segundo o órgão, entre os casos já notificados, 2.232 pessoas que já se recuperaram e 298, infelizmente, faleceram. Nas últimas 24h, foram registradas mais 12 mortes decorrentes da contaminação pelo novo coronavírus.

Nesta quarta-feira, a Covid-19 chegou a mais 4 cidades, totalizando 185 municípios com registros da doença. Confira o número de pacientes por cidade:

Água Branca (2); Aguiar (1); Alagoa Grande (48); Alagoa Nova (16); Alagoinha (92); Alcantil (1) Alhandra (124); Amparo (15); Aparecida (2); Araçagi (29); Arara (8); Araruna (2); Areia (43); Areia de Baraúnas (1); Areial (8); Aroeiras (16); Assunção (2); Baia da Traição (43); Bananeiras (16); Barra de Santa Rosa (4); Barra de Santana (12); Barra de São Miguel (2); Bayeux (196); Belém (27); Belém do Brejo do Cruz (1);Boa Ventura (1); Boa Vista (20); Bom Jesus (1); Boqueirão (10); Borborema (1); Brejo do Cruz (4); Caaporã (278); Cabaceiras (4); Cabedelo (517); Cachoeira dos Índios (3); Cacimba de Dentro (14); Cacimbas (2); Caiçara (19); Cajazeiras (60); Cajazeirinhas (1); Caldas Brandão (11); Campina Grande (1025); Capim (33); Carrapateira (1); Casserengue (4); Catingueira (5), Catolé do Rocha (31); Caturité (12); Conceição (4); Condado (39); Conde (92); Congo (11); Coremas (13); Coxixola (4); Cruz do Espírito Santo (101); Cuité (9); Cuité de Mamanguape (3); Cuitegí (50); Curral de Cima (7); Damião (1); Desterro (4); Dona Inês (2); Duas Estradas (15); Emas (1); Esperança (46); Fagundes (5); Gado Bravo (22); Guarabira (466); Gurinhém (25); Gurjão (3); Ibiara (9); Igaracy (6); Imaculada (5); Ingá (31); Itabaiana (122); Itaporanga (4); Itapororoca (31); Itatuba (39); Jacaraú (7); Jericó (1); João Pessoa (3232); Joca Claudino (1); Juarez Távora (15); Juazeirinho (50); Junco do Seridó (6); Juripiranga (61); Juru (8); Lagoa (3); Lagoa de Dentro (6); Lagoa Seca (32); Lastro (1); Logradouro (8); Lucena (52); Mãe d’Água (2); Malta (9); Mamanguape (84); Manaíra (2); Mari (81); Marizópolis (4); Massaranduba (16); Mataraca (24); Matinhas (8); Mato Grosso (3); Matureia (7); Mogeiro (1); Montadas (4); Monteiro (27); Mulungu (14); Natuba (7); Nova Floresta (1), Nova Olinda (3); Olho D´Água (6); Olivedos (1); Ouro Velho (1); Passagem (4); Patos (469); Paulista (15); Pedras de Fogo (171); Pedro Régis (1); Piancó (15); Picuí (10); Pilar (39); Pilões (6); Pilõezinhos (43); Pirpirituba (14); Pitimbu (67); Pocinhos (4); Pombal (30); Princesa Isabel (5); Puxinanã (18); Queimadas (54); Quixaba (5); Remígio (32); Riachão do Bacamarte (53); Riachão do Poço (1); Riacho de Santo Antônio (3); Riacho dos Cavalos (2); Rio Tinto (42); Salgadinho (7); Salgado de São Felix (23); Santa Cecília (3); Santa Helena (1); Santa Luzia (45); Santa Rita (552); Santa Terezinha (10); Santana dos Garrotes (1); São Bentinho (8); São Bento (92); São Francisco (2); São João do Cariri (1); São João do Rio do Peixe (7); São João do Tigre (1); São José da Lagoa Tapada (13); São José de Caiana (22); São José de Espinharas (3); São José de Piranhas (4); São José do Bonfim (10); São José do Sabugi (54); São José dos Cordeiros (4); São José dos Ramos (5); São Mamede (11); São Miguel de Taipu (16); São Sebastião de Lagoa de Roça (9); São Vicente do Seridó (16); Sapé (163); Serra Branca (2); Serra da Raíz (6); Serra Redonda (23); Serraria (8); Sertãozinho (8); Sobrado (12); Solânea (31); Soledade (6); Sousa (100); Sumé (10); Tacima (9); Taperoá (36); Tavares (6); Teixeira (13); Tenório (1); Uiraúna (4); Umbuzeiro (18); Várzea (1); Vieirópolis (2); Vista Serrana (1).

*Dados Oficiais (fonte e-sus VE e SIVEP) extraídos às 10h do dia 27/05

A SES confirmou mais 12 óbitos em consequência da contaminação pela Covid-19:

BARRA DE SÃO MIGUEL
– Homem, 61 anos.

BAYEUX
– Homem, 61 anos.

CATOLÉ DO ROCHA
– 2 homem, 87 e 85 anos.

LUCENA
– Homem, 76 anos.

JOÃO PESSOA
– Mulher, 59 anos; Homem, 34 anos.

MAMANGUAPE
– Mulher, 24 anos.

REMÍGIO
– Mulher, 95 anos.

SANTA RITA
– Mulher, 60 anos.

SÃO BENTO
– Homem, 78 anos.

SERRARIA
– Homem, 57 anos.

A ocupação de leitos de UTI em todo o estado é de 72%. De acordo com a SES, caso seja feito um um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, 85% estão ocupados. O órgão faz um alerta para a ocupação de leitos adultos para Covid-19 em Campina Grande, com ocupação de 80% de leitos de UTI e 85% das enfermarias. No sertão, 49% dos leitos de UTI estão ocupados.

Apenas, 43% da população seguiu a recomendação de Isolamento Social.

 

PB Agora

 

 

Covid-19: Paraíba tem recorde de mortes em 24h e já registra mais de 100 óbitos

A Paraíba registrou a morte de 9 pessoas nas últimas 24h vítimas da Covid-19. Os dados são da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e foram divulgados no início da noite desta quarta-feira (6). No mesmo período, o órgão confirmou a 164 novos casos de pacientes contaminados pelo novo coronavírus.

Com as mortes confirmadas hoje, a Paraíba chega ao número de 101 vítima letais da doença. Os óbitos foram registrados em seis municípios:

ALHANDRA
– Homem com 84 anos.

BAYEUX
– Mulher com 70 anos.

ITAPOROROCA
– Homem com 43 anos.

JOÃO PESSOA
– Dois homens com 51 e 48 anos; Mulher com 44 anos.

PATOS
– Homem com 57 anos; Mulher 67 anos.

SANTA RITA
– Homem com 68 anos.

Ainda de acordo com os dados fornecidos pela SES, a Paraíba atinge 1.657 casos de Covid -19. Destes 320 já se recuperaram.

Em relação aos leitos destinados a pacientes acometidos pela doença, dos 370 leitos de UTI previstos no plano de Contingência para Coronavírus, 197 já estão ativos, 51% deles ocupados.

Os casos confirmados estão em 79 municípios paraibanos, 4 novos desde o último boletim:

Alagoa Grande (3); Alagoa Nova (1); Alagoinha (1); Alhandra (15); Araçagi (3); Areia (3); Barra de São Miguel (1); Bayeux (58); Bom Jesus (1); Boqueirão (1); Brejo do Cruz (1); Caaporã (13); Cabedelo (57); Caiçara (2); Cajazeiras (14); Campina Grande (78); Capim (1); Casserengue (1); Catingueira (1); Condado (2); Conde (19); Congo (1); Coremas (3); Coxixola (3); Cruz do Espírito Santo (9); Esperança (2); Guarabira (36); Gurinhém (2); Igaracy (1); Imaculada (3); Itabaiana (3); Itaporanga (2); Itapororoca (4); João Pessoa (907); Juazeirinho (1); Junco do Seridó (3); Lagoa Seca (2); Lucena (9); Mamanguape (4); Mari (13); Marizópolis (3); Massaranduba (1); Mataraca (1); Matinhas (1) Monteiro (2); Mulungu (3); Nova Floresta (1) Patos (40); Pedras de Fogo (15); Piancó (3); Pilar (4); Pilões(1); Pilõezinhos (2); Pirpirituba (2); Pitimbu (6); Pombal (2); Princesa Isabel (2); Queimadas (2); Remígio (1) Riachão Poço (1); Riacho dos Cavalos (1); Rio Tinto (7); Santa Helena (1); Santa Luzinha (1); Santa Rita (162); São Bento (5); São João do Rio do Peixe (6); São José de Espinharas (1); São José de Piranhas (1); São José do Bonfim (1); São Sebastião de Lagoa de Roça (1); Sapé (55); Serra Branca (1); Serra da Raíz (1); Serra Redonda (1); Sousa (19); Taperoá (13); Uirauna (1); Umbuzeiro (2).

Os dados epidemiológicos e de ocupação de leitos podem ser acompanhados em paraiba.pb.gov.br/coronavirus

 

PB Agora

 

 

EUA têm recorde mundial de mortos por Covid-19 em um dia, com 1.169

Os Estados Unidos registraram 1.169 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo contagem de referência realizada nesta quinta-feira (2) pela Universidade Johns Hopkins. Com esta cifra, o país teve o maior número de mortes em 24 horas, desde o início da pandemia, em todo o mundo.

O pico anterior para um dia aconteceu na Itália, onde 969 pessoas morreram em 27 de março. O país europeu somou mais de 13,9 mil mortos, enquanto a Espanha superou os 10 mil.

A contagem dos EUA foi baseada em dados colhidos entre quarta (1) e quinta-feira. Na manhã de sexta-feira (3) o país já registrava mais de 6 mil mortes e ao menos 245 mil casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, segundo a Johns Hopkins.

Mais cuidados

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, recomendou na quinta-feira aos moradores da cidade cobrir o rosto quando estiverem em público, mesmo se for com uma máscara caseira.

“Quando se coloca a cobertura de rosto, todos são protegidos”, ele afirmou.

Na quarta-feira, o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti, já havia pedido para que os residentes da cidade usassem máscara quando estivessem em público.

1 milhão de casos no mundo

Também na quinta-feira, o número de casos confirmados de Covid-19 no mundo superou a marca de 1 milhão. O total de mortos pelo novo coronavírus Sars-Cov-2, passou dos 50 mil.

Os diagnósticos da nova doença explodiram no último mês: em 2 de março, o mundo registrava cerca de 92 mil casos. Ou seja, o número de registros de Covid-19 aumentou quase 1.000% em 31 dias.

Entretanto, o número real de casos pode ser bem maior porque nem todos são diagnosticados e reportados. Por isso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem reforçado a necessidade de testar o máximo de pessoas possível.

Foto: Joe Raedle/Getty Images/AFP

G1

 

Itália tem quase mil mortes causadas pela Covid-19, o recorde diário

O número de mortes na Itália por causa do Covid-19, a doença causada pelo coronavírus aumentou em 919, disse a agência de proteção civil nesta sexta-feira (27). Até agora, 9.143 pessoas morreram por conta da epidemia no país.

É o recorde para um único dia. Antes, havia sido o 21 de março, quando 793 pessoas haviam morrido. No entanto, 50 delas são referentes à mortes de quinta-feira, na região do Piemonte, que foram contabilizadas nesta sexta-feira.

Nos últimos dias, os números foram os seguintes:

  • 23 de março: 602
  • 24 de março: 743
  • 25 de março: 683
  • 26 de março: 712
  • 27 de março: 919
Na Itália, muita gente ainda segue desrespeitando a quarentena

Na Itália, muita gente ainda segue desrespeitando a quarentena

Prefeito de Milão

A região mais atingida é a da Lombardia, onde fica a cidade de Milão. Lá, houve 5.402 mortes.

No dia 22 de março, durante uma entrevista à TV RAI, o prefeito de Milão, Giuseppe Sala, afirmou que errou ao divulgar, no fim de fevereiro, um vídeo que dizia que a cidade não pode parar.

“Muitos se referem àquele vídeo que circulava com o título ’Milão não Para’. Era 27 de fevereiro, o vídeo estava explodindo nas redes, e todos o divulgaram, inclusive eu. Certo ou errado? Provavelmente, errado”, ele afirmou à RAI no domingo (22).

Ainda não chegou o pico

As infecções de coronavírus na Itália não atingiram seu pico, disse Silvio Brusaferro, chefe do Instituto Superior de Saúde do país nesta sexta-feira (27).

“Não atingimos o pico e não passamos dele”, disse Brussaferro.

Ele disso que há, no entanto, sinais de uma desaceleração no número de pessoas que estão ficando infectadas, o que sugere que o pico não está longe. Depois disso, os novos casos vão entrar em tendência visível de queda.

“O nosso comportamento vai influenciar em quão íngreme vai ser a queda, quando ela começar”, afirmou ele, em uma referência à aderência dos italianos às restrições ao movimento impostas pelo governo.

Mortes na Espanha

A Espanha é o segundo país da Europa mais atingido pela pandemia. Lá, foram 769 mortes nas últimas 24 horas. Ao todo, são 4.858 mortes.

Foto: Claudio Furlan/LaPresse via AP

G1

 

Flamengo quebra outro recorde e tem o ataque mais positivo em uma edição desde que Brasileirão passou a ter 20 clubes

O Flamengo de 2019 vem pulverizando marcas no futebol brasileiro. Neste domingo, o time precisou de apenas quatro minutos para conseguir quebrar outro recorde. Com o gol de Arrascaeta, contra o Palmeiras, a equipe chegou a 78 gols no Brasileirão, superou os números do Cruzeiro em 2013 (77) e tem o ataque mais positivo em uma edição na era dos pontos corridos, desde que a competição passou a ter 20 clubes, em 2006.

Ainda no primeiro tempo, em São Paulo, o Flamengo ampliou com Gabigol. No segundo tempo, novamente com o seu artilheiro, o time de Jorge Jesus marcou mais um e soma 80 gols na competição.

Na última quarta-feira, na goleada por 4 a 1 sobre o Ceará, o Flamengo atingiu a melhor campanha da era dos pontos corridos, desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por 20 clubes. Com 84 pontos, o Rubro-Negro superou o Corinthians, que em 2015 atingiu 81 pontos.

GE

 

Flamengo bate recorde de melhor campanha do Brasileirão em pontos corridos com 20 clubes

Mesmo com o título brasileiro já assegurado desde domingo, o Flamengo venceu o Ceará por 4 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã, e quebrou o recorde de melhor campanha do Brasileirão de pontos corridos com 20 clubes. A marca pertencia ao Corinthians em 2015.

O Flamengo chegou a 84 pontos, três a mais do que a equipe paulista fez há quatro anos. Faltando três rodadas para acabar a competição, o Rubro-Negro venceu 26 jogos, empatou seis e perdeu três.

Além disso, o Flamengo igualou a marca de melhor ataque do Brasileirão em pontos corridos, com 77 gols. O recorde era do Cruzeiro de 2013, que também tinha Everton Ribeiro como um dos destaques.

Na atual edição, o campeão brasileiro tem os dois artilheiros do torneio: Gabigol, com 22 gols, e Bruno Henrique, com 21.

O Flamengo já é dono do maior número de vitórias em uma mesma edição.

O Brasileirão passou a ser disputado em pontos corridos em 2003, mas com 24 clubes. O torneio tem o formato atual, com 20 equipes, desde 2006.

G1

 

Pedidos de aposentadoria batem recorde de 1 milhão em 1 mês

Pela primeira vez, os pedidos de aposentadoria do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ultrapassaram a marca de um milhão em um mês. Foram registrados 1.150.953 requerimentos de benefícios em setembro deste ano, um aumento de 15,46% em relação a agosto, quando foram feitos 996.831 pedidos. A informação é do último Boletim Estatístico da Previdência Social.

O recorde ocorreu dois meses antes de as novas regras da aposentadoria entrarem em vigor. Após tramitar no Congresso Nacional por nove meses, a reforma da Previdência foi promulgada na última terça-feira (8).

Desde o início de 2019, o número vem aumentando. Em maio e agosto passaram de 900 mil (928.938 e 996.831, respectivamente). Os estados que mais tiveram pessoas querendo se aposentar foram São Paulo, com 21,08% dos pedidos, Distrito Federal (16,23%), Minas Gerais (9,43%) e Rio de Janeiro (6,88%).

Já o número de benefícios concedidos em setembro foi de 451,9 mil benefícios, no valor total de R$ 656,2 milhões. Em relação ao mês anterior, a quantidade de benefícios concedidos diminuiu 10,76% e o valor de benefícios concedidos caiu em 12,53%. O tempo médio de concessão em setembro de 2019 foi de 80 dias.

Direito adquirido

Embora tenha havido uma “corrida” para obter o benefício, quem já tinha condições para se aposentar antes da promulgação pode escolher entre as regras antigas e ou as regras novas, dependendo do que for mais vantajoso para a pessoa.

Segundo o advogado João Badari, especialista em direito previdenciário e sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, a tramitação da reforma acabou incentivando os trabalhadores a se adiantar para pedir o benefício. “Mas quem já tem direito adquirido pode se aposentar pelas regras antigas, mesmo depois da entrada em vigor, evitando as mudanças da reforma”, afirma Badari.

O que mudou

A principal medida da reforma da Previdência é a fixação de uma idade mínima (65 anos para homens e 62 anos para mulheres) para a aposentadoria. As novas regras também determinam o valor da aposentadoria a partir da média de todos os salários (em vez de permitir a exclusão das 20% menores contribuições), elevam alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839,00) e estabelecem regras de transição para os trabalhadores em atividade.

Cumprida a regra de idade, a aposentadoria será de 60% do valor recebido com o mínimo de 15 anos de contribuição. Cada ano a mais de trabalho eleva o benefício em dois pontos percentuais, chegando a 100% para mulheres com 35 anos de contribuição e 40 anos para homens.

O objetivo do governo federal é reduzir o déficit nas contas da Previdência Social. A estimativa de economia é de cerca de R$ 800 bilhões em 10 anos.

Arte/R7

R7

 

Deputado Chió condena licenciamento recorde de novos agrotóxicos e propõe leis de proteção ao meio ambiente 

Em demonstração prática do quanto cada brasileiro consome de agroquímicos, por ano, através de alimentos, o deputado Estadual Chió (REDE) realizou duro pronunciamento na Assembleia Legislativa, sobre a atual política de liberação de agrotóxicos no país, propondo leis para disciplinar a aplicação em território paraibano.

“O brasileiro ingere, por ano, 7,3 litros de agroquímicos através dos alimentos. O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico do mundo. Diversos problemas de saúde, sejam neurológicos, motores e mentais, estão diretamente associados ao consumo de agrotóxicos, além de vários tipos de câncer”, explicou o Chió.

O parlamentar criticou a liberação em larga escala de agroquímicos no país, sobretudo, pelo impacto ambiental. “Em menos de seis meses de gestão, o Ministério da Agricultura e o Governo Federal já liberaram 166 tipos de agroquímicos. Um movimento oposto ao que acontece em todo o mundo, quando países buscam eliminar completamente o uso deste recurso”, ponderou Chió.

Meio Ambiente   

O parlamentar alertou o fato de que os agrotóxicos representam a segunda maior causa de contaminação de rios no Brasil. “Além de alcançar nossos lençois subterrâneos, a aplicação desenfreada de agroquímicos é responsável pela matança de diversas espécies da nossa fauna e flora, pela infertilização do solo e intoxicação do ar”, completou Chió.

Contribuição Parlamentar

Na tribuna, o deputado relacionou Projetos de Lei pela preservação do meio ambiente e controle do uso de agroquímicos em território paraibano. “Estamos propondo uma proibição à pulverização aérea de agrotóxicos e químicos em geral em todo o estado. Estamos propondo também, a obrigação da procedência legal da madeira nativa utilizada em obras, serviços e aquisições da administração pública Estadual, além da proibição da distribuição gratuita de sacos plásticos descartáveis em supermercados, entre outros projetos”, destacou o parlamentar.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)