Arquivo da tag: recicláveis

Guarabira: catadores de materiais recicláveis realizam protesto e fecham rodovia

Catadores de materiais recicláveis que trabalham no lixão de Guarabira realizaram um protesto na manhã desta segunda-feira (13), interditando a rodovia PB-73, na saída de Guarabira para Mari, nas imediações do distrito industrial. Eles queimaram objetos velhos e pneus, interrompendo o tráfego de veículos em um dos sentidos.

A Polícia Militar foi acionada e depois de se reunir com lideranças do movimento, os manifestantes foram convencidos  a encerrar o protesto. Uma comissão ficou de se encontrar com representantes da prefeitura para buscar uma saída negociada para a crise provocada com o fim do lixão.

Em contato telefônico, o prefeito Marcus Diogo se comprometeu em conversar ainda hoje com os catadores para esclarecer como deve funcionar o processo de coleta de materiais recicláveis.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, os catadores reivindicam da prefeitura da cidade políticas públicas para famílias que dependem do lixão para sobreviver e agora, com o fim das atividades vão passar por dificuldades. A gestão municipal anunciou hoje o fim o lixão e início das atividades do aterro sanitário, que vai passar a funcionar recebendo resíduos de mais de 20 cidades da região, que estão inseridas no Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos.

O lixo ainda está sendo levado hoje para o lixão, mas a partir desta terça-feira (14), passará a ser encaminhado para o aterro sanitário.

portal25horas

 

Depósito de materiais recicláveis pega fogo no Distrito Industrial de Guarabira

incendioUm incêndio numa fábrica de materiais recicláveis no Distrito Industrial da cidade de Guarabira, Agreste paraibano, na tarde deste sábado (8) gerou preocupação e mobilização do corpo de bombeiros. Segundo informações do proprietário, ao voltar do almoço para a empresa se deparou com a fumaça e o fogo em um galpão.

Imediatamente ao perceber que não seria possível controlar as chamas resolveu entrar em contato com o corpo de bombeiros, temendo que o fogo se alastrasse para o resto da empresa. Ele não soube dizer quais seriam as causas do incêndio.

A fumaça preta e tóxica era vista de longe. Moradores do conjunto Clóvis Bezerra, temendo as com consequências ligaram para o corpo de bombeiros solicitado intervenção.

portalmidia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovens fabricam enfeites com materiais recicláveis e peças decoram ruas na Paraíba

arvoreCerca de 50 crianças e adolescentes atendidos pelo Programa de Fortalecimento de Vínculos (antigo Peti/Projovem) do município de Matinhas, no Brejo do estado, resolveram inovar e a partir da utilização de materiais recicláveis como garrafas pet e garrafões de água mineral, produziram dezenas de enfeites natalinos que foram usados na decoração oficial do município.

O projeto foi idealizado pela educadora Ana Vieira – atual coordenadora de Cultura do município. As atividades começaram no mês de novembro, com um concurso entre as escolas. Ao todo foram coletadas 2645 garrafas pet.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os jovens passaram mais de 25 dias produzindo as peças decorativas. Todo trabalho contou com a orientação dos profissionais que atuam nas secretarias de Educação e Assistência Social. “Foi um trabalho conjunto e muito gostoso de fazer. Tivemos várias pessoas envolvidas, um trabalho multidisciplinar que orgulha a todos” comentou Soraia Sudério, secretária de Assistência Social de Matinhas.
Os enfeites foram colocados nas quatro praças públicas de Matinhas, nas ruas centrais e repartições públicas.

Todo o trabalho dos jovens será oficialmente lançado com a comunidade nesta sexta-feira (5), a partir das 17h, quando acontecerá uma programação especial em praça pública de encerramento das atividades do Programa de Fortalecimento de vínculos.

Na programação do evento, amostras culturais, apresentações de grupos de dança e bandas fanfarras. Também acontecerão entrega de presentes e sorteio de cestas básicas com os familiares dos jovens carentes, atendidos pelos programas sociais.

 

portalcorreio

Governo vai liberar R$ 200 milhões para catadores de recicláveis

 

O governo federal irá anunciar nesta quarta-feira (31) R$ 200 milhões em crédito para fortalecer projetos de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis. O lançamento da terceira etapa do Projeto Cataforte, com ênfase em negócios sustentáveis e rede solidária, será acompanhado da divulgação de um edital público com as normas para a concessão dos empréstimos, por meio do Banco do Brasil.

lixoPara ter acesso à linha de microcrédito, os interessados deverão apresentar um plano de negócio. Com base no plano, poderão ter acesso ao crédito. Dos R$ 200 milhões, R$ 30 milhões serão não reembolsáveis (sem necessidade de pagamento posterior), disponibilizados como investimento – o que será o caso de capacitação de mão de obra. Em contraponto, empréstimos para capital de giro, por exemplo, deverão ser reembolsados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Entre as áreas às quais o aporte será destinado estão assessoramento técnico, contabilidade, gestão, técnica de produção, desenvolvimento de tecnologia social e capacitação de recursos humanos. Outro objetivo, segundo o governo, é a entrada das cooperativas no mercado, permitindo que os empreendimentos possam participar de licitações para prestar serviços de coleta seletiva para prefeituras e competir nos serviços de logística reversa e beneficiamento de produtos recicláveis. Na terceira etapa, a expectativa é selecionar 35 redes de cooperativas.

Será criado também o comitê estratégico do programa, com representantes da Secretaria-Geral da Presidência, dos ministérios do Trabalho e do Meio Ambiente, da Fundação Banco do Brasil, da Fundação Nacional de Saúde, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Petrobras e do Banco do Brasil.

O Cataforte existe desde 2009 e tem sido implementado em etapas. A primeira foi destinada à capacitação, assessoramento técnico e planejamento de atuação em rede. A segunda, à logística, em que foram entregues caminhões a catadores. Em ambas essas etapas foram investidos R$ 40 milhões – um quinto do que será disponibilizado na terceira fase do projeto.

“Estamos elevando o patamar [do projeto]. Queremos apoiar de maneira mais global essas redes, com mais aporte de recursos e mais ações”, disse a coordenadora do Comitê Interministerial para a Inclusão Social e Econômica dos Catadores de Materiais Reutilizáveis e Recicláveis (Ciisc), Daniela Metello, responsável pela articulação do projeto – em parceria com outros ministérios, organizações não governamentais e empresas públicas.

Segundo a coordenadora do Ciisc, quando se pensa em eliminar situações de extrema pobreza no país, tem de ser considerar a condição dos catadores. “É um público em um quadro de exclusão econômica e social muito agravado. Se temos essa intenção [eliminar a extrema pobreza], esse é um público para o qual temos de olhar”, explicou.

Do dia 29 até quarta (31), políticas públicas para trabalhadores em reciclagem de resíduos sólidos estão sendo discutidas no 1º Seminário Nacional da Secretaria Nacional de Economia Solidária (Senaes) do Ministério do Trabalho e Emprego. Na programação, estão previstos os debates sobre inclusão produtiva no setor, integração e apoio às entidades que atuam na área, fomento e fortalecimento de empreendimentos de catadores de materiais recicláveis e estratégias de sustentabilidade das organizações de catadores com a implantação do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), de 2010.

Fonte: Agência Brasil