Arquivo da tag: reajustado

Gás de cozinha vai ser reajustado em 8,9% e preço do botijão pode chegar a R$ 70 na Paraíba

O gás de cozinha vai sofrer um reajuste de 8,9% em média. O aumento, que foi anunciado nesta segunda-feira (4) pela Petrobrás, e começa a valer já nesta terça-feira (5).

O aumento, que pode e elevar o preço do botijão de 13 kg na Paraíba para R$ 70, foi provocado pela alta das cotações do produto nos mercados internacionais.

O último aumento no preço do gás de cozinha foi no dia 5 de novembro.

Em sua página na Internet, a Petrobras informa que o ‘gás liquefeito de petróleo envasado em botijões de até 13 kg e de uso residencial (GLP-P13) comercializado às distribuidoras tem o preço de venda às distribuidoras formado pela média mensal das cotações do butano e do propano no mercado europeu (“Butane NWE CIF ARA”e “Propane NWE CIF ARA”) convertida em reais pela média diária das cotações de venda do dólar, conforme divulgada pelo Banco Central, acrescida de uma margem de 5%. Os ajustes de preços do GLP-13 ocorrem mensalmente’.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Preço do gás de cozinha deve ser reajustado em até 10% nesta quinta (1º)

gásO preço do gás de cozinha deverá ser reajustado em até 10% nesta quinta-feira (1º), fazendo com que o botijão de 13kg passe a custar entre R$ 55 e R$ 60 na Paraíba. A informação, divulgada nesta terça-feira (30), é do Sindicato dos Revendedores de Combustível da Paraíba.

Segundo Bruno Agra, que é presidente do sindicato, “os aumentos foram feitos pelas distribuidoras e devem ficar entre 8 a 10%, passando a vigorar já a partir de setembro. Com isso, os botijões que custam R$ 50 passarão para R$ 55 e os que são vendidos por R$ 55 sobem para R$60”, disse em entrevista à TV Cabo Branco.

Ainda conforme Bruno, o aumento já passa a valer nesta quinta-feira para o revendedor, mas para o consumidor final, o reajuste deve ocorrer no decorrer da semana, dependendo do estoque das revendas. Todos os 1,3 mil pontos de comercialização de gás de cozinha em todo o estado devem ser atingidos.

manchetepb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Deputados passam a receber subsídio reajustado a partir de fevereiro

(Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa da Paraíba)
(Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa da Paraíba)

O salário dos deputados estaduais paraibanos foi reajustado e publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (21). A lei entrou em vigor ontem, produzindo efeitos a partir de 1º de fevereiro.

A partir de agora, os deputados receberão subsídio de R$ 25.322,00. O deputado investido no cargo de presidente da casa receberá uma gratificação no valor de R$ 12.661,00, passando o valor do subsídio para R$ 37.983,00.

Antes do reajuste, o subsídio recebido pelos deputados era de R$ 20.042,00.

Os subsídios de Secretário e Secretário Adjunto do Poder Legislativo, ficam atualizados, respectivamente, para R$ 22.266,00 e R$ 20.039,00.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

 

 

Click PB

Piso salarial do magistério será reajustado em 8,32%, conforme a lei. Valor será de R$ 1.697

professorO piso salarial do magistério deve ser reajustado em 8,32%, conforme determina o artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. O novo valor será de R$ 1.697,00.

O piso salarial foi criado em cumprimento ao que estabelece a Constituição Federal, no artigo 60, inciso III, alínea e do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Conforme a legislação vigente, a correção reflete a variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido nacionalmente no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) de 2013, em relação ao valor de 2012. E eleva a remuneração mínima do professor de nível médio com jornada de 40 horas semanais a R$ 1.697.

Entenda como funciona o cálculo do piso

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Piso salarial dos médicos é reajustado para R$ 10.412

MédicoO piso salarial dos médicos foi reajustado em 6,10%, passando para R$ 10.412 por 20 horas semanais de trabalho e vale para janeiro. A Federação Nacional dos Médicos (Fenam), entidade que faz o reajuste anualmente, disse que esse valor deve orientar as negociações coletivas dos sindicatos.De acordo com a entidade, o piso nacional Fenam surgiu da revisão da Lei 3.999, de 1961, que estipulava um piso salarial para os médicos correspondente a três salários mínimos. Desde 1991 a categoria tenta derrubar esta lei, e desde 2008 o Projeto de Lei 3.734, que estabelece um piso de R$ 7 mil reais para 20 horas semanais, além de reajuste anual, tramita no congresso.Apesar de a lei ainda não ter sido aprovada, a Fenam calcula anualmente o piso nacional dos médicos para ter um valor como referência nas discussões e reivindicações da categoria médica. Em nota, Geraldo Ferreira, presidente da Femam, citou Piauí, Tocantins e Espírito Santo como estados que avançaram rápido nas negociações salariais.

Agência Brasil