Arquivo da tag: ratos

Bebê de 1 ano dá entrada no Trauma após ingerir veneno para matar ratos

Uma bebê de apenas um ano deu entrada, nesta sexta-feira (7), no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, após ingerir veneno utilizado para matar ratos, conhecido como ‘Ratenol’.

A criança estava brincando em casa, no bairro dos Novais, quando colocou o veneno na boca e passou mal. Ela teve que ser socorrida às pressas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Apesar do susto, a garota passa bem e está em observação na unidade hospitalar.

paraiba.com.br

 

 

Prefeito esclarece caso de criança que caça ratos para comer: “recebe pensão e auxílio do governo”

prefeitoO caso das crianças de Alagoa Grande, no Brejo, que supostamente se alimentam de roedores e foi destacado pela mídia estadual ganha mais um capítulo, o prefeito da cidade, Hildo Régis (Bôda) apontou nesta segunda-feira (06) distorções na versão divulgada pela imprensa.

O homem que seria o chefe da família – que na matéria teria cometido suicídio – de acordo com Bôda, “não tem nada haver com as crianças que apareceram na fotografia e que foram expostas com animais silvestres em mãos, são de famílias diferentes”, disse durante entrevista ao Nordeste1.

Bôda explicou que, apesar dos pais da criança da foto, que aparece exibindo os ratos, terem morrido há alguns anos, o irmão mais velho é o tutor da criança, e é responsável por uma pensão da Previdência Social que a criança recebe, além do benefício da Bolsa Família, do Governo Federal.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Essa criança que foi alvo desta polêmica, recebe um salário mínimo de pensão há bastante tempo, por que seus pais são falecidos, além desse salário mínimo, ele recebe também do Governo Federal uma quantia de R$ 294, 00 do programa Bolsa Família”, disse o prefeito.

Alagoa Grande Ratos
A criança da foto tem o irmão como responsável (Foto: Portal AG1)

Ele comentou que o irmão, e tutor do menino, não vive numa situação ruim e recentemente adquiriu imóveis em Alagoa Grande.

“Não vive numa situação tão deplorável quanto se comenta, visto que o mesmo adquiriu uma casa no valor de R$ 80 mil num conjunto residencial em Alagoa Grande. Comprou uma moto para ele e outra para a esposa e trabalha em João Pessoa, na Construção Civil”.

O prefeito denunciou que pode estar havendo falha na distribuição da renda por parte do tutor e que este caso deve ser levado ao Ministério Público.

“Caberá ao Ministério Público junto com o Conselho Tutelar investigar, o que a gente não pode ficar calado é com a exploração que foi feita de uma situação de extrema miséria que não é a realidade”, concluiu o prefeito.

COMPROVAÇÃO
O Nordeste1 teve acesso aos documentos que comprovam a renda da família. O relatório emitido pela Prefeitura Municipal de Alagoa Grande, através da Gestão Municipal do Cadastro Único e Programas Sociais de Transferência de Renda, que afirma que o menor é beneficiário do INSS, pela modalidade pensão por morte de sua mãe e faz uso de um procurador sendo seu irmão.

O documento foi assinado pelo gestor do órgão responsável, Luciano Fábio Ferreira Marques.

O prefeito concedeu entrevista ao repórter Raelson Galdino, da Rádio Rural de Guarabira, que foi veiculada no último domingo, mas Bôda apresentou os documentos nesta segunda-feira (06).

 

nordeste1

Assista: moradores de Alagoa Grande comem ratos para matar a fome

Alagoa-GrandeMoradores da comunidade Barreira de Alagoa Grande impressionaram internautas de todo o Brasil ao revelarem que caçam roedores para complementar a alimentação. Todos os dias crianças e adolescentes saem para as áreas pré-selecionadas a fim de capturarem ratos.

A reportagem do Portal AG1, de Alagoa Grande, registrou um dos “caçadores” exibindo os roedores momentos antes de seguirem para a panela.

Apesar de a maioria dos moradores ter acesso ao programa Bolsa Família, eles afirmam que o dinheiro que recebem nem sempre dá para comprar a “mistura”.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

O Portal AG1 também apurou que as famílias não recebem qualquer ajuda da Prefeitura de Alagoa Grande, e não conhecem a Secretária de Desenvolvimento Social do município. Um dos moradores relatou que foi difícil até conseguir um enterro digno para seu filho que não resistiu a situação de miséria vivida pela família e morreu, dois dias depois de nascido.

A nutricionista Patrícia Lima disse que o consumo de roedores é perigoso devido à transmissão de doenças e por também estarem próximos a comunidades sem esgotamento sanitário.

Patrícia explicou que os ratos podem ser vetores de inúmeras doenças e os moradores, quando caçam, podem se infectar dentro de casa quando “limpam” e tratam o rato para comer.

A nutricionista fez o esclarecimento na página da UOL por ocasião de uma matéria na qual os moradores do sertão piauiense comiam ratos para sobreviver.

Rafael San com AG1

Jovem tenta o suicídio ingerindo veneno para matar ratos

jovemA jovem Angélica Florentino Pereira, foi internada na UTI do Hospital Regional de Guarabira, na tarde desta quinta-feira (16), vitima de envenenamento. De acordo com as informações repassadas, ela tentou o suicídio ingerindo “chumbinho”, veneno para matar ratos.

O estado de saúde dela é considerado grave. Ainda não há uma versão oficial de parentes no que diz respeito a motivação para a tentativa de suicídio.

Várias versões para o caso estão sendo dadas, uma é de que a mesma teria passado por uma decepção amorosa. A mãe dela confirmou essa versão e disse que Angélica não tava se entendendo bem com o marido. O casal está separado há alguns dias.

Muitos amigos de Angélica, usaram as redes sociais para manifestar apoio e solidariedade.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

Por Michele Marques