Arquivo da tag: quente

Ano de 2019 foi o segundo mais quente da história

O ano de 2019 foi o segundo mais quente da história, de acordo com o Serviço de Mudanças Climáticas da União Europeia. A segunda década do século 21 foi a mais quente desde o início dos registros.

Os dados divulgados pelo Copernicus Climate Change Service mostram que as temperaturas mundiais em 2019 ficaram abaixo das de 2016. Já em um recorte por continente, 2019 foi o ano mais quente na Europa desde o início do registro de dados. “Os últimos cinco anos foram os mais quentes já registrados e a última década foi a mais quente já registrada”, afirmou Jean-Noel Thepaut, diretor do centro Copernicus, citado pela AFP.

As temperaturas gerais em 2019 ficaram 0,6 graus Celsius (°C) mais quentes que a média de 1981 a 2010 e a temperatura da Terra, nos últimos cinco anos aumentou entre 1,1°C e 1,2°C do que no período pré-industrial. O Copernicus Climate Change Service afirma que as concentrações atmosféricas de carbono continuam aumentando, tendo atingido os seus níveis mais altos, no ano passado.

O aumento da temperatura acontece um ano depois que as Nações Unidas afirmaram que as emissões de gases de efeito estufa precisavam cair cerca de 7,6% a cada ano, até 2030, com o objetivo de limitar o aumento das temperaturas para 1,5°C.

 

Agência Brasil

 

Cinco jogos e brincadeiras para deixar o Dia dos Namorados mais quente

Falta pouco para o Dia dos Namorados, que é comemorado no dia 12 de junho, e com a proximidade da data é hora de planejar uma noite para lá de romântica. Para quem gosta de experimentar sensações diferentes, e espera uma celebração bem quente, esse é o momento ideal para recorrer aos jogos de sensualidade que vão deixar o parceiro nas nuvens.

“Esse dia é uma oportunidade para colocar alguma coisa nova porque os casais esperam algo diferente e mais apimentado, tanto os homens quanto as mulheres”, conta a sensual coach Fatima Moura. Como o clima é de Copa, a especialista diz que até mesmo os uniformes do Brasil podem ir para o quarto, tudo com um clima muito descontraído e apaixonado. Fique de olho nessas ideias:

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Lap Dance


Divulgação

Uma cena do cinema que mexe com a imaginação dos rapazes é a dança no colo do filme “A Prova de Morte(foto acima), de Quentin Tarantino. E é possível reproduzir esse momento para levar o amado às nuvens. “Faça uma dança unindo com o sexo oral, os homens adoram e é muito sensual. Mesmo que seu forte não seja a performance, a ideia é mesmo a descontração e o toque no parceiro”, explica.

Se você adora uma lingerie de tirar o folego, pode investir. Caso contrário, até mesmo um short jeans e camiseta são perfeitos para se movimentar. “Escolha uma música que você goste, pode ser até a do filme, que se chama ‘Down in México’”, completa.

Mãos atadas

Outra ótima ideia para deixar os sentidos mais aguçados, e o desejo do namorado a mil, é amarrar as mãos. “Mãos atadas deixam o homem mais intrigado. Use plumas e gelo para despertar ainda mais as sensações, passe no peito, tórax, lateral do pescoço e outras áreas para que ele fique na expectativa de você chegar ao órgão sexual”, indica.

Jantar especial


Divulgação

Que tal se inspirar no filme “9 ½ Semanas de Amor” (foto acima) e reviver a cena quente do casal principal na cozinha? Separe frutas, queijos e vinho e vende o parceiro. Dê pequenos pedaços em sua boca e peça para que adivinhe o que está comendo, aproveite para beijar e mordiscar entre uma frutinha e outra. “Isso aguça muito os sentidos e o casal fica mais sensível, além de ser sexy”, afirma.

Kama Sutra

O famoso livro do amor hindu, o Kama Sutra, também pode virar uma brincadeira fantástica debaixo dos lençóis. “Faça perguntas pessoais para o parceiro e ele para você, e quem acertar decide a posição e o local. Pode colocar em papéis para um sorteio ou decidir o que sua imaginação mandar”, aconselha.

Jogo de Palavras

Se você vai fazer um jantar, aproveite para fazer um jogo que rende boas risadas e muito prazer: escolham juntos palavras que não poderão ser ditas durante a comemoração. “Quem falar precisa pagar uma espécie de castigo decidido pelo outro, essa é uma maneira leve e bacana de incluir na relação aquilo que você deseja”, finaliza.

Naiara Taborda

Rio se despede do verão mais quente em 53 anos, diz Inmet

O verão mais quente dos últimos 53 anos terminou nesta quinta-feira (20). Foi uma estação de extremos. A temperatura média nesse verão foi de 36,4°C, um grau acima do antigo recorde registrado há exatos 30 anos. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a estação foi a mais quente desde 1961, quando as temperaturas começaram a ser monitoradas. As informações foram obtidas pelo RJTV.

Foi uma despedida com a cara deste verão: com sol, calor e praia cheia. Às 13h57, a estação mais quente do ano foi embora depois de fazer história. Os termômetros ultrapassaram os 35°C na maior parte dos dias. A sensação térmica chegou a 57°C, no dia quatro de janeiro. Choveu pouquíssimo: apenas 17 dias em três meses.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Quando a chuva veio, no entanto, veio elétrica. Os raios deixaram marcas até no Cristo Redentor, que foi danificado por raios e passa por reforma.

Para alguns cariocas, felizmente o verão chegou ao fim. Foi o verão do lixo, dos preços surreais. Nas barracas da orla, um inacreditável omelete por R$ 99. E uma moqueca por quase R$ 300. O carioca institucionalizou o “isoporzinho”, para levar a bebida de casa.

Os preços e, às vezes, o mar assustaram os banhistas. Uma espuma cobriu a orla do Rio em vários dias do verão. Mas, do mar, também chegaram boas surpresas, como as baleias que passearam pela orla.

No fim da tarde, como num anúncio da nova estação, as nuvens começaram a ganhar do sol e chegou a chover em alguns pontos da cidade, como na Zona Oeste. A previsão é deve chuva para esta sexta-feira (21). E que venha o outono. E que seja suave.

Banhista faz topless na praia de Copacabana (Foto: Paulo Campos / Futura Press)Banhista faz topless na praia de Copacabana (Foto: Paulo Campos / Futura Press)
G1

Hervázio e Fabiano Gomes travam debate ‘quente’ no Correio Debate

fabianoO líder do governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Hervázio Bezerra (PSB), acabou batendo boca com o apresentador Fabiano Gomes após ser criticado pelo comunicador sobre sua postura do parlamentar a frente da bancada de situação na Casa de Epitácio Pessoa. Durante comentário bastando ‘duro’ durante o Correio Debate, da 98 FM, Fabiano chegou a alegar que Hervázio não teria competência para ser líder do Governo Ricardo Coutinho devido ter sido um opositor ferrenho ao socialista, ser suplente e também ter votado no ex-governador José Maranhão.

O parlamentar surgiu de supetão nos estúdios da 98 FM onde o programa é gerado para rebater as insinuações.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook
“Eu jogo o jogo que você quiser aqui não tem nenhum problema”, disse Hervázio Bezerra alegando que se é líder do governo porque essa foi uma vontade do governador.

“Se eu for líder do Governo do Governo quem fez o convite foi o governador Ricardo Coutinho”, disparou o socialista que rapidamente ouviu de Fabiano que o hoje vice-prefeito Nonato Bandeira (PPS) é quem teria articulado para ele assumir o cargo antes do rompimento político com o chefe do executivo estadual.

“Hervázio você é um líder que nunca ganhou uma na Assembleia. Quando ganha é no arrocho. Você é um homem de discussão e a opinião em cima”, atacou Fabiano Gomes, disse Fabiano garantindo que a falta de postura de líder o parlamentar estaria prejudicando o governo.

Diante da pressão, Hervázio chegou a dizer que o líder da oposição na Casa de Epitácio Pessoa seria o presidente da Casa, deputado Ricardo Marcelo que estaria obstaculando os trabalhos na Casa.

“Quem manda na Assembleia é o presidente Ricardo Marcelo. Quem faz oposição ao governador Ricardo Coutinho é o presidente Ricardo Marcelo. Vamos dar o nome aos bois”, afirmou.

Roberto Targino – MaisPB

Tempo quente desidrata os lábios; saiba tratar em casa

Foto: Thinkstock
Foto: Thinkstock

Uma das áreas mais sensíveis de todo o corpo, os lábios sofrem com o ressecamento não só no inverno, como muita gente imagina, mas também durante a estação mais quente do ano. Na temporada de verão, eles estão propensos a rachaduras e ao terrível aspecto de “uva passa” se não forem cuidados diariamente com soluções hidratantes e esfoliantes.

 

“Com o calor, perde-se água, então, se os lábios não estiverem hidratados, eles ficam feios. É importante a proteção com filtro solar específico para área e hidratação intensa e diária”, comenta Daniela Landim, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Laser (SBL).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Para ficar com lábios saudáveis, em casa, pela manhã e durante o dia, aplique um cosmético hidratante com proteção contra os raios UV, facilmente encontrado em lojas especializadas em formato de bastão, semelhante a um batom. “À noite, se desejar ficar com lábios impecáveis, passe uma pomadinha com vitamina E ou com dexapantenol”, recomenda a especialista.

 

Além disso, semanalmente pode ser feita uma esfoliação para remover as peles mortas e renovar a área. Aprenda, a seguir, duas receitas de esfoliantes caseiros.

 

Esfoliante com e mel açúcar
Ingredientes
1 colher (de sopa) cheia de mel
1 colher (de sopa) cheia de açúcar refinado

 

Modo de preparo
Faça uma pasta com o mel e o açúcar.

 

Aplicação
Higienize suavemente os lábios com água. Enxugue levemente e passe a mistura na boca de forma uniforme e em movimentos leves e circulares com as pontas dos dedos. Para a receita caseira ter eficácia, o ideal é deixar a pasta agir por 10 minutos e logo após o tempo determinado, retirar com água fria.

 

Esfoliante de fubá
Ingredientes
1 colher (de sopa) de fubá
Água para dar ponto

 

Modo de preparo
Misture o fubá com água até formar uma papinha.

 

Aplicação
Com os lábios higienizados, aplique a mistura por meio de uma massagem circular, por cerca de dois minutos. Logo depois, é só enxaguar com água fria e hidratar a região.

 

Agência Hélice
Terra 

Cientistas fazem projeções de clima mais quente no Brasil neste século

O Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas, organismo científico criado pelo governo federal em 2009, publicou nessa segunda (9) o primeiro de três estudos sobre os impactos do aquecimento global no Brasil. As projeções, de forma geral, mostram que haverá alta nas temperaturas do país no decorrer do século, diminuição das chuvas no Norte e Nordeste e aumento de chuva no Sul e Sudeste. As mudanças no volume de chuva podem oscilar entre 5% e 20% e na temperatura de 1 grau Celsius (°C) a 5°C na temperatura até o final do século dependendo do aquecimento global e da emissão de gases de efeito estufa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As projeções indicam mais secas prolongadas, principalmente nos biomas da Amazônia, Cerrado e Caatinga. “Levando em conta só o Brasil, todas as projeções indicam que o Norte e Nordeste são as regiões que devem ter uma condição de menos chuva e mais temperatura. No entorno do Semiárido [clima que predomina no interior dos estados nordestinos], onde já chove pouco, isso torna a situação preocupante. Inclusive com a possibilidade de uma transformação da área para desértica”, destaca um dos coordenadores do painel, Tércio Ambrizzi, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (USP).

Na Amazônia, segundo o estudo, haverá redução em 10% no volume de chuvas e aumento de temperatura de 1 ºC a 1,5°C até 2040. Haverá diminuição de 25% a 30% nas chuvas e alta de temperatura entre 3°C e 3,5°C no período de 2041 a 2070; e redução nas chuvas de 40% a 45% e aumento de 5°C a 6°C na temperatura no final do século (de 2071 a 2100).

O estudo mostra que o desmatamento pode agravar a situação. A derrubada das matas elevará ainda mais a temperatura e diminuirá a umidade. “Constitui-se condições propícias à savanização da Amazônia, um problema mais crítico na região oriental [da floresta]”, destaca o texto do estudo.

Na Caatinga, deverá haver aumento de 0,5°C a 1°C de temperatura e decréscimo entre 10% a 20% de chuva durante as próximas três décadas (até 2040). A região terá crescimento gradual de temperatura de 1°C a 2,5°C e diminuição entre 25% e 35% nos padrões de chuva de 2041 a 2070. No final do século (2070 a 2100), o bioma estará significativamente mais quente (aumento de 3,5°C a 4,5°C) e com agravamento do déficit hídrico, com diminuição de quase metade, 40% a 50%, das chuvas. “Essas mudanças podem desencadear o processo de desertificação da Caatinga”, ressalta o documento.

No Cerrado, haverá aumento de 1°C na temperatura e diminuição entre 10% a 20% das chuvas nas próximas três décadas. Em meados do século (2041 a 2070), estima-se alta de temperatura de 3°C a 3,5° e queda de 20% a 35% de chuva. No fim do século, o aumento de temperatura atinge valores de 5°C e 5,5°C e a redução de chuva será mais crítica (entre 35% e 45%).

Em 30 anos, o Pantanal deverá ter acréscimo médio de 1°C na temperatura e diminuição entre 5% e 15% nos padrões de chuva. A tendência de queda das chuvas continua no meio do século, entre 10% e 25%, e aumento de 2,5°C a 3°C. Após 2070, predominarão condições de aquecimento intenso (elevação de 3,4°C a 4,5°C) com diminuição acentuada nos padrões de chuva (35% a 45%).

O nordeste da Mata Atlântica terá alta de aquecimento (entre 2°C e 3°C) e baixa pluviométrica (entre 20% e 25%) maior em meados do século. Para o final do século, as condições estimadas são semelhantes. Na porção sul e sudeste da Mata Atlântica, a temperatura deverá subir entre 2,5°C e 3°C no final do século.

Na região dos Pampas, as projeções são as seguintes: 5% a 10% mais chuvoso e 1°C mais quente até 2040; aquecimento entre 1°C e 1,5°C e intensificação das precipitações de 15% a 20% no meio do século; e no final, alta de 2,5°C a 3°C e aumento de 35% a 40%.

“Em função do tipo de economia brasileira, que é uma economia agrícola, é preocupante esse cenário. Nós vamos ter o impacto muito grande em termos de nossas plantações. Soja, café, milho, vão ter de se deslocar, de onde são plantados hoje, para outras regiões mais adaptadas, com temperatura mais amena e umidade de solo e de precipitação diferentes”, destaca Ambrizzi.

As projeções do painel demandaram três anos de estudos e envolveram mais de 300 cientistas brasileiros.

Agência Brasil

Duas xícaras de chocolate quente por dia ajudam a manter cérebro saudável

Idmed
Idmed

O prazer de duas xícaras de chocolate quente por dia pode ajudar as pessoas de idade avançada a manter seus cérebros saudáveis e ativar sua memória, segundo um estudo publicado na quarta-feira (7) pela revista Neurology.

O estudo dirigido pelo neurologista Faranez Sorond, da Escola de Medicina de Harvard, em Boston (EUA), envolveu 60 pessoas com idade média de 73 anos e que não mostravam indícios de demência senil.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O experimento consistiu em tomar duas xícaras de chocolate quente por dia durante 30 dias, e os participantes foram submetidos a testes de memória e destreza mental, além de terem feito exames de ultrassom para medir o volume de sangue que fluía no cérebro durante as análises.

“Dado que as diferentes áreas do cérebro precisam de mais energia para completar suas tarefas, também necessitam de um fluxo maior de sangue”, explicou Sorond. “Esta relação, chamada acoplamento neurovascular, pode desempenhar um papel importante em doenças como o alzheimer”.

Dos 60 participantes, 18 mostravam um fluxo sanguíneo baixo no começo do estudo e apresentaram uma melhora de 8,3% ao final, além de evoluir também em seus tempos nos testes de memória.

Além disso, 24 participantes tiveram o cérebro analisado através de uma ressonância magnética, o que comprovou que as pessoas com fluxo sanguíneo baixo eram mais propensas a ter problemas de memória.

 

Efe

Mãe joga mingau quente na cabeça do filho de apenas 1 ano e 9 meses, em Guarabira

Uma jovem de 19 anos, moradora do conjunto Alto da Boa Vista, em Guarabira, está sendo acusado de jogar mingau quente na cabeça do próprio filho de apenas 1 ano e 9 meses de vida. O caso aconteceu na sexta-feira da semana passada e a criança encontra-se no Hospital de Trauma de João Pessoa. De acordo com informações preliminares, por causa das queimaduras a criança pode perder parte da visão e audição.[bb]

Juliana Belmiro da Silva, mãe do garoto, tem um histórico de desestrutura familiar. Com apenas 9 anos de idade já era abusada sexualmente pelo próprio pai, teve uma adolescência conturbada e engravidou muito cedo, fruto da relação com o pai. A jovem já tentou matar o filho duas vezes antes. Inicialmente tentou afogar o garoto e depois foi impedida por familiares quando tentou atirar a criança em baixo na frente de um carro em movimento.

O caso está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar de Guarabira. A conselheira Jussara Maria disse que essa mãe não tem a menor condição de continuar em convivência com o filho e vai fazer um relatório para encaminhar à Justiça pedindo que a criança seja entregue a alguém da família que ofereça estrutura familiar adequada ou adote os procedimentos para adoção.

A mulher está acompanhando o filho sob custódia da Polícia Militar e deverá ser encaminhada á delegacia onde será interrogada e poderá responder por tentativa de homicídio.

Portal25horas

Mulher é presa por queimar o filho com água quente, diz polícia na BA

Mulher negou ter jogado a água com a intenção de ferir o filho (Foto: Imagem/TV Oeste)

Uma mulher de 33 anos foi presa em flagrante na noite de segunda-feira (4) por ter queimado o rosto do filho de 16 anos com água quente. Segundo a polícia da cidade baiana de Barreiras, onde ocorreu o crime, a agressão aconteceu porque mãe e filho se desentenderam. De acordo com testemunhas, a mulher estava alcoolizada.

Na delegacia, ela disse que não tinha o objetivo de atingir o filho. “Eu estava com água no fogo. Estava muita e tirei um pouco. Quando joguei para o fundo, ele vinha de lá no escuro e se queimou”, relata.

O garoto permanece internado no Hospital do Oeste nesta terça-feira (5). A unidade de saúde ainda não informou o estado de saúde do paciente.

G1