Arquivo da tag: publicadas

Cinco milhões de senhas do Google são publicadas em fórum da Rússia

googleUm usuário de um fórum russo publicou uma lista com cinco milhões de credenciais, com nomes de usuário e senhas, do Google. A postagem foi noticiada pelo site do canal Russia Today nesta quarta-feira (10) com base em uma reportagem da imprensa especializada local.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As contas vazadas não são todas de usuários russos. De acordo com o site Daily Dot, o vazamento atingiu usuários dos serviços do Google em inglês, espanhol e russo.

A representação russa do Google afirmou que está investigando o caso e que aconselha os usuários a ativar a autenticação de dois fatores para aumentar a segurança de suas contas.

A lista foi publicada no fórum Bitcoin Security. Segundo o Russia Today, os administradores da página removeram as senhas do arquivo, mas deixaram os logins. O site estava instável na tarde desta quarta. Outro endereço, criado para informar usuários se suas contas estavam entre as comprometidas, também apresentava erro.

As empresas russas declararam que a maioria dos dados é falsa ou incorreta e que seus serviços não foram atacados, mas que as credenciais foram coletadas ao longo dos anos por meio de phishing e outros ataques contra os usuários.

Esse é o terceiro vazamento de dados envolvendo serviços de internet na Rússia em 7 dias. Arquivos contendo 1,2 milhão de senhas do portal Yandex e 4,6 milhões de credenciais do serviço de e-mail Mail.ru também foram publicadas na última semana.

Violência predomina em notícias sobre a juventude publicadas pela imprensa

2014_05_juventude_violencia_observatorio_reproducaoA Associação Cristã de Jovens (ACJ) de El Salvador, que trabalha há 23 anos em favor do desenvolvimento integral da juventude, divulgou os primeiros resultados do Observatório de Direitos da Juventude Salvadorenha (ODJS). Este foi criado para analisar o impacto da violência e divulgar as ações de combate a esse problema social.

Os dados estão sendo coletados desde março deste ano a partir de informações dos meios de comunicação impressos. Neste mês de maio, das 13 notícias encontradas, seis estavam relacionadas à violência nos centros escolares, praticada por quadrilhas (quatro notícias) e pelas patrulhas militares ordenadas por autoridades de Segurança Pública em todo o país (duas notícias).

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

As outras sete notícias denunciavam atos de violência sexual dentro de escolas e mediante o sequestro após um transporte público ser abordado; a aparição do cadáver de uma adolescente que estava desaparecida; a violência doméstica, que afeta oito em cada 10 menores; outra nota denunciava que 45,8% das crianças entre quatro e seis anos não vão à pré-escola. Foi encontrada apenas uma notícia positiva: a abertura de um centro de desintoxicação para jovens usuários de drogas.

No mês de abril, das 12 notícias relacionadas a jovens, crianças e adolescentes, a metade estava vinculada à ação de quadrilhas: duas execuções em Puerto Parada e Santa Ana, o desaparecimento de um jovem em San Miguel e o sequestro em Izalco; estudo mostrando o crescimento de 20% das quadrilhas; e um editorial sobre a necessidade de se impulsionarem políticas públicas de prevenção.

Das outras seis notícias, de forma semelhante ao mês de março, três denunciavam a exploração sexual de crianças e adolescentes em dois albergues em Santa Tecla, onde eram oferecidos favores sexuais de menores que haviam sido vítimas de tráfico humano em troca de doações; outra relembrava os 15 anos de impunidade a respeito do caso de Katya Miranda (violentada e morta pelo avô e outros parentes); e apenas uma boa notícia: a criação, por parte do Instituto Nacional da Juventude (Injuve), de um Centro Juvenil em Ahuachapán, voltado para formação e lazer.

“Pretendemos refletir sobre a situação social existente para podermos tomar consciência de sua gravidade e nos organizarmos para transformá-la, já que a juventude foi uma força histórica social que gerou mudanças no passado e que estamos certos, continuará fazendo, inclusive na tarefa de tornar visível e denunciar a violência que a afeta, particularmente crimes contra a vida, desaparecimentos, agressões e exploração sexual, assédio moral e discriminação racial, geográfica, etária e de gênero”, destaca o reverendo Roberto Pineda, presidente da Associação Cristã de Jovens.

Pineda aponta que “os setores juvenis salvadorenhos estão atravessando uma situação difícil e complexa, caracterizada por uma violação sistemática de seus direitos civis e políticos, sociais, econômicos, culturais, meio-ambientais e outros”, o que se reflete em altos índices de desemprego, abandono escolar, desaparecimentos, recrutamento forçado em quadrilhas juvenis, migração, analfabetismo e HIV-Aids.

Neste contexto, o religioso faz um apelo em nome da juventude, para que o Estado de El Salvador assine a Convenção Ibero-americana de Direitos dos Jovens, de 2005, a fim de que esta sirva como marco geral a partir do qual se adote a legislação interna e se apliquem políticas públicas em favor da juventude salvadorenha.

 

Adital