Arquivo da tag: Preso

Homem é preso com quantidade de cocaína avaliada em R$ 50 mil na PB

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba prendeu, na tarde desta terça-feira (27) em Mamanguape, um homem transportando meio quilo de cloridrato de cocaína. A droga, avaliada em mais de R$ 50 mil, estava em uma mochila feminina no interior do veículo.

A ação ocorreu durante fiscalização na BR 101, próximo à Unidade Operacional da PRF, em Mamanguape. Os policiais abordaram o veículo Hyundai HB20S, ocupado por um homem e duas mulheres. A equipe percebeu bastante nervosismo do condutor. Após buscas no interior do automóvel, encontrou meio quilo de cloridrato de cocaína em uma mochila feminina.

O condutor, de 37 anos, informou que viajou ao município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, para visitar sua tia acompanhado da namorada e da filha. Afirmou ter recebido a ligação de um amigo, que conheceu através de uma rede social, para que transportasse a substância entorpecente até Recife, capital pernambucana. Contudo, as mulheres não sabiam da existência da droga. O homem não possui antecedentes criminais. Ele foi detido, conduzido à Polícia Civil e responderá pelo crime de tráfico de entorpecentes.

Assessoria

 

Homem é preso suspeito de estuprar sobrinho de 5 anos em Alcantil, na PB

Um homem de 45 anos foi preso, suspeito de estuprar o sobrinho de 5 anos, em Alcantil, na Paraíba, nesta quinta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, a mãe do garoto denunciou o homem, que é irmão dela, com um boletim de ocorrência registrado na delegacia de Boqueirão, depois que a criança se queixou de dores nas partes genitais e descreveu o ato, apontando o tio como autor. O suspeito confessou o crime.

Conforme informações da polícia, a mãe da criança começou a desconfiar de algo, porque o filho passou a ter um comportamento estranho. Até que um dia, ao dar banho no filho, a vítima falou que o “bumbum” estava doendo. Depois disso, a criança descreveu o que estava acontecendo, de forma infantil e ingênua, apresentando o tio como o autor.

Ainda segundo a polícia, os últimos abusos ocorreram durante o mês de abril deste ano, na casa da avó da criança e mãe do suspeito, quando o homem ia na residência almoçar.

O delegado seccional de Queimadas, Ilamilton Simplício, disse que o estupro aconteceu pelo menos ao longo de três meses. O suspeito atribui a culpa e responsabilidade do ato à criança, alegando que a vítima o seduziu para a prática sexual, segundo o delegado.

G1

 

Homem agride esposa, ameaça polícia e é preso na cidade de Alagoa Grande

Mais um caso de violência contra as mulheres foi registrado no fim da tarde desta quarta-feira (21), em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, quando um homem que não teve a identidade revelada foi preso após agredir a companheira e ameaçar policiais.

Na delegacia da cidade de Guarabira – local onde o suspeito foi encaminhado – ele informou que, no momento da prisão, o homem apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica.

Ele deve permanecer na delegacia até ser ouvido. Na sequência, será encaminhado confirme determinação da autoridade.

 

pbagora

 

 

Suspeito de matar ex-namorada foi atropelado por companheiro da vítima antes de ser preso

Arthur Lima Aires, suspeito de matar a ex-namorada em Boqueirão, na Paraíba, na noite desta segunda-feira (19), foi atropelado pelo namorado da vítima antes de ser preso, de acordo com a Polícia Civil. Após o crime, o outro rapaz jogou o carro contra Arthur, para impedi-lo de fugir, segundo o delegado Ilamilton Simplício.

O ato, até agora, é considerado como legítima defesa, já que foi a forma que o rapaz encontrou para impedir que Arthur fugisse, de acordo com o delegado. Arthur foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande para receber atendimento e, em seguida, levado para a delegacia, onde foi autuado por feminicídio.

Segundo o delegado Ilamilton Simplício, Arthur disse em depoimento que é inocente, e que o namorado de Viviane Alves Faria teria atirado acidentalmente contra ela.

Ainda de acordo com informações do delegado, Arthur e o namorado da vítima entraram em luta corporal, após Arthur encontrar Viviane com o mesmo. Durante a briga, Arthur alega que o outro jovem teria atirado acidentalmente em Viviane, que tentava apartar os dois.

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

Viviane Alves Farias, de 18 anos, foi morta com tiro na cabeça, em Boqueirão, na Paraíba — Foto: Reprodução/TV Paraíba

De acordo com a Polícia Civil, as informações iniciais do momento do crime são de que o suspeito teria chegado armado à rua Amaro Antônio Barbosa. No depoimento prestado após ser preso, Arthur também disse que a arma não era dele.

A arma do crime ainda não foi encontrada e as investigações continuam. Os familiares da vítima ainda serão ouvidos, segundo o delegado.

A polícia também irá solicitar imagens de câmeras de segurança e o acesso ao celular de Viviane, para analisar se a jovem era ameaçada por Arthur Lima Aires. Até o momento, de acordo com o delegado Ilamilton Simplício, não há informações de que o jovem era violento.

Em entrevista à TV Paraíba, Jacione Gonçalo, mãe de Viviane, disse que o namoro de Arthur e Viviane tinha terminado há quatro meses e que ele já teria ido até a casa da vítima tirar satisfações sobre o término, de maneira violenta. “Eu disse que ele não tinha mais nada a ver com minha filha, para procurar outra pessoa, que ele não viesse mais na minha casa”, diz.

Arthur foi levado à delegacia e será transferido para a carceragem da Central de Polícia de Campina Grande, onde aguardará uma decisão da Justiça.

G1

 

Jovem é preso suspeito de matar fisioterapeuta asfixiado durante relação sexual em Campina Grande

Um jovem de 18 anos foi preso nesta terça-feira (20), suspeito de matar o fisioterapeuta Luiz Eduardo Leite Brasileiro, de 44 anos, que foi achado morto dentro do apartamento onde morava em Campina Grande, em agosto. De acordo com a Polícia Civil, a vítima mantinha um relacionamento com o jovem, que confessou ter asfixiado o fisioterapeuta durante uma relação sexual.

O crime aconteceu na madrugada do dia 21 de agosto, no apartamento em que a vítima morava em um condomínio no bairro de Bodocongó. Segundo a Polícia Civil, Luiz Eduardo foi achado com marcas na região do pescoço.

Inicialmente a polícia suspeitou de homicídio, mas identificou que o local não tinha sinais de arrombamento, então também foi feita uma perícia que descartou a possibilidade de infarto ou problema de saúde.

A identificação do suspeito, segundo a delegada Nercília Dantas, se deu após análise das imagens das câmeras do circuito interno de segurança do condomínio.

“A gente conseguiu logo imediatamente umas imagens do condomínio que mostrava uma pessoa saindo do apartamento do fisioterapeuta de madrugada. De prontidão buscamos identificar e localizar essa pessoa”, disse a delegada.

O suspeito é um morador de rua, que foi preso enquanto estava em uma esquina, próximo à entrada do bairro José Pinheiro. “Durante a oitiva, o jovem confessou o crime e disse que durante um relacionamento sexual ele acabou asfixiando a vítima”, disse Nercília.

Apesar da confissão, o suspeito não explicou para a polícia se teve a intenção de matar. Ainda de acordo com a delegada, a relação entre eles também era de troca de favores. A vítima mantinha um relacionamento com o suspeito e o sustentava.

Na tarde desta terça-feira (20) o jovem ainda estava na carceragem da Central de Polícia Civil em Campina Grande, mas deve ser levado ainda esta tarde para o Presídio do Serrotão, onde vai aguardar julgamento.

G1

 

Homem é preso após matar ex-namorada com tiro na cabeça

Um homem de 22 anos foi preso, na noite dessa segunda-feira (19), após matar a ex-namorada com um tiro na cabeça, na cidade de Boqueirão, Cariri do estado. Viviane Alves Farias, de 18 anos, estava em casa, na companhia do novo namorado, quando foi surpreendida pela chegada do suspeito. Ele não aceitava o novo relacionamento de Viviane.

Segundo a Polícia Militar, com base no relato de testemunhas, o suspeito chegou armado e começou a brigar com o atual namorado de Viviane Farias. A vítima tentou defender o namorado, momento em que acabou atingida por um tiro na cabeça. Ela ainda foi socorrida para um hospital, mas não resistiu ao ferimento.

O suspeito tentou fugir, porém não conseguiu. Moradores da localidade queriam agredi-lo e houve tumulto na hora da prisão. A situação foi controlada pela Polícia Militar, que socorreu o suspeito para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Em seguida, o homem foi levado para a Delegacia de Queimadas.

 

portalcorreio

 

 

Homem é preso suspeito de atear fogo na casa de ex-esposa, em Uiraúna, na PB

Um homem de 49 anos foi preso suspeito de atear fogo na casa da ex-esposa, por não aceitar o fim do relacionamento, na noite de terça-feira (13), em Uiraúna, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu na zona rural do município, no sítio Exú.

Segundo a polícia, o suspeito tentou fugir por uma estrada de terra que dá acesso à BR-405, mas foi alcançado pelos policiais e preso em flagrante. O suspeito informou à polícia que a motivação do crime seria a insatisfação pelo término do casamento.

A vítima, de 56 anos, estava na casa da família, que fica ao lado da dela, quando o crime aconteceu. Segundo o relato dela à polícia, ela não estava mais dormindo em casa com medo das ameaças do suspeito.

G1

 

Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha de 7 anos, em Piancó, Sertão da PB

Um homem de 58 anos foi preso no final da tarde desta terça-feira (13) suspeito de abusar sexualmente da sobrinha, de apenas sete anos de idade, no município de Piancó, no Sertão paraibano. A Polícia Militar foi acionada pelo Conselho Tutelar para realizar a prisão do suspeito.

Quando as equipes chegarem ao local, a mãe da vítima relatou ao conselho e à polícia que o suspeito era tio da menina, e que ele estava indo constantemente até a casa da família.

Segundo a mãe relatou, depois dessas visitas frequentes foi percebido um comportamento estranho da criança que, ao ser questionada, confirmou o ato praticado pelo tio.

O homem foi abordado na sua própria casa e conduzido para a delegacia. De acordo com a Polícia Militar, o homem confessou, em depoimento, que deu uma “leseira na cabeça”, afirmando também ter cometido o crime usando os dedos, mas que havia sido só uma vez.

A Polícia Civil informou que ele foi autuado em flagrante delito e permanece preso. O juiz será informado do caso nesta quarta-feira (14) para decidir se ele permanece preso ou se responde pelo crime em liberdade.

G1

 

Pedreiro é preso após turista denunciar roubo de R$ 2 mil durante sexo grupal em Fernando de Noronha

Um homem foi preso em flagrante após um turista de São Paulo denunciar à Polícia Civil de Fernando de Noronha que teve R$ 2 mil roubados enquanto fazia sexo com outros quatro homens, na madrugada do domingo (11). O acusado do crime foi levado para a delegacia da ilha.

De acordo com a comissária especial da polícia, Eva Moura, o turista é um médico que retornava para pousada onde está hospedado, por volta das 3h, quando encontrou quatro trabalhadores de uma obra.

“Nas proximidades da BR-363, o turista se deparou com quatro homens, e um deles questionou se o visitante teria interesse em sexo. O turista respondeu e indagou se o ato poderia ser com os quatro trabalhadores, e os homens aceitaram a proposta”, afirmou a comissária.

Segundo Eva Moura, os cinco homens foram para um terreno baldio, nas proximidades de uma creche. “No local, ocorreram algumas intimidades, confirmadas pelo turista em depoimento. O visitante deixou a roupa e a pochete de lado. Um desses homens pegou a pochete e saiu, no momento em que o turista estava com os outros três homens”, contou a comissária.

Eva Moura disse, ainda, que o turista, ao perceber que a pochete não estava no local, viu que um dos homens havia levado o objeto. O visitante saiu em perseguição, e o acusado jogou a pochete fora. Os outros três trabalhadores ajudaram o turista a recolher os pertences, e este percebeu que o dinheiro não estava na pochete.

“O turista afirmou que tinha cerca de R$ 2 mil na bolsa. O visitante fotografou o acusado e, a partir dessa imagem, nós identificamos que se tratava de um pedreiro que trabalha na obra de uma pousada. O acusado confirmou a denúncia de furto, devolveu R$ 1 mil e foi preso”, declarou a comissária.

Ainda de acordo com a representante da Polícia Civil, o acusado é submetido a uma audiência de custódia, que é online devido à pandemia da Covid-19. Caso a Justiça determine que ele permaneça preso, o homem será transferido para o continente. Até a última atualização desta reportagem, o resultado da sessão não havia sido divulgado.

 

G1

 

 

Mulher é espancada até a morte e companheiro é preso em flagrante em João Pessoa

Uma mulher de 28 anos foi espancada até a morte no bairro do Geisel, em João Pessoa, neste domingo (11). O companheiro dela, de 31 anos, foi preso em flagrante por suspeita de feminicídio.

A polícia teria atendido uma ocorrência de violência doméstica envolvendo este casal na tarde do domingo, mas na ocasião, o suspeito não foi encontrado. À noite, o casal teria brigado novamente e dessa vez, quando a polícia chegou ao local, o suspeito estava chorando ao lado do corpo da mulher, que já estava morta.

Há informações de que já havia um histórico de violência doméstica envolvendo o suspeito, principalmente quando ele ingeria bebia alcoólica. Anteriormente, ele já havia sido preso por roubo e agora aguarda a audiência de custódia.

 

clickpb