Arquivo da tag: Prefeitura

Cidade na PB fica sem candidato à Prefeitura após Justiça rejeitar únicas duas candidaturas

A cidade de Cachoeira dos Índios, localizada no Sertão da Paraíba, não tem nenhum candidato a prefeito para a eleição deste ano. Duas candidaturas que haviam na cidade foram indeferidas cerca de 20 dias depois do início da fase de análise das candidaturas, feita pela Justiça Eleitoral.

As candidaturas indeferidas foram a de Allan Seixas (PSB), que concorre à reeleição, e Têta (PP). As suspensões foram feitas pela juíza Dayse Maria Pinheiro Mota, após ação apresentada de um candidato contra o outro. Os partidos ou coligações podem apresentar novos candidatos em substituição aos que foram indeferidos, até o dia 26 de outubro.

Allan Seixas teve a candidatura suspensa por ausência de requisito de registro, tendo em vista que ele estaria tentando disputar o terceiro mandato. Em 2012 ele foi eleito a vice-prefeito e assumiu o comando da cidade em 2013. Em 2016 se candidatou ao cargo de prefeito e foi eleito. O G1 tentou contato com Allan, mas até a publicação desta matéria nenhuma resposta havia sido enviada.

Já o candidato Têta foi indeferido por estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa e estar inelegível, além de ter sido condenado criminalmente a um ano e cinco meses de reclusão em regime semi-aberto. A defesa dele afirmou que está preparando um recurso para reverter a decisão, pois não considera que o caso se encaixa em inelegibilidade.

G1

 

Militante de oposição esfaqueia tesoureiro de prefeitura no Cariri da Paraíba

O tesoureiro da prefeitura municipal de Prata, no Cariri da Paraíba, foi atingido por um golpe de faca na noite desta quinta-feira (15), durante confronto entre militantes de oposição e situação.

De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, o confronto começou quando militantes de situação estavam reunidos na Rua do Cruzeiro quando um militante de oposição chegou ao local entrou em confronto.

Durante a briga, o militante de oposição sacou uma faca e golpeou o tesoureiro, que foi atingido na mão.

O tesoureiro foi socorrido para o Hospital Regional de Monteiro. O suspeito foi preso e encaminhado para a 14ª DSPC de Monteiro.

 

clickpb

 

 

Alvo de represália da Guarda Municipal da prefeitura de Conde, padre surpreende e pede afastamento da paróquia

Após ter pintado um cruzeiro Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, no Conde, e com isso ter desencadeado uma briga com a gestão da prefeita Márcia Lucena, o padre Luciano Gustavo Lustosa da Silveira pediu afastamento da referida paróquia em carta enviada à Arquidiocese da Paraíba.

Na carta, o padre alega risco à sua integridade física e relata que está “sendo hostilizado por meio de discursos de ódio e ataques verbais” dirigidos a ele através de redes sociais.

Em sua carta, o padre Luciano não cita nomes, embora ressalte que as ameaças tiveram início após o episódio em que foi conduzido para a delegacia de Alhandra por uma guarnição da Guarda Municipal do Conde e que segundo ele, teria ocorrido por causa da pintura do cruzeiro reformado pela prefeitura, de azul para marrom.

Confira:

NOTA

Caríssimos irmãos e irmãs em Cristo Jesus, e a todos quantos virem essa nota, desejo a graça e a paz de Cristo. Nos ensina o apóstolo dos gentios, São Paulo, que: “em todas as coisas somos bem mais que vencedores, graças Àquele que nos amou” (Rm 8,37). Jesus Cristo, nosso Senhor e mestre, nos ensina que: “neste mundo vocês terão aflições, mas tenham coragem: Eu venci o mundo” (Jo 16,33).

É sabido por todos que no último dia 03 de outubro do corrente ano, deu-se um lamentável incidente envolvendo a minha pessoa e consequentemente a Igreja Católica em Conde e o poder público municipal. Episódio este, que está sendo devidamente acompanhado pela Arquidiocese da Paraíba, através do Arcebispo Metropolitano e da assessoria jurídica, buscando assim as elucidações dos fatos ocorridos. Desta forma, vivendo em um estado democrático de direito e respeito as garantias fundamentais do cidadão, desejamos que a luz da justiça, da democracia e da verdade, se evite erros, tiranias e abusos porvindouros.

Diante de toda a situação e buscando me resguardar, pedi a Arquidiocese um afastamento provisório da Paróquia, pois temo por minha integridade física, uma vez que eu esteja sendo hostilizado por meio de discursos de ódio e ataques verbais dirigidos a mim através de redes sociais.

Agradeço a todos os paroquianos, aos cidadãos condenses (dos quais faço parte) e a um grande número de católicos da Paraíba, do Brasil e do mundo que de alguma maneira externaram solidariedade a minha pessoa. Que Deus os abençoe e Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de nossa Paroquia (externando também essas bênçãos as pessoas que pensam de forma contrária, pois apesar de todas as diferenças quer queiram/creiam ou não, somos filhos do mesmo Deus), os protejam e os livrem de todos males.

Procuremos construir um mundo com base na solidariedade, buscando nas divergências o complemento e não o afastamento em convívio social, RESPEITANDO SEMPRE o próximo naquilo que lhe seja de direito, buscando o diálogo, a serenidade e a paz.
Conde, 10 de Outubro de 2020.

Padre Luciano Gustavo Lustosa da Silveira Pároco

“A verdade brotará da terra e a justiça se inclinará lá dos céus” (Sl – 85,12)

Prefeitura de Mari inscreve para concurso público com 858 vagas até esta segunda-feira

A Prefeitura de Mari inscreve até esta segunda-feira (12), para o concurso público com 858 vagas, sendo 143 imediatas e 715 de cadastro reserva. As vagas oferecidas são para 45 cargos diferentes que exigem formações acadêmicas que vão do ensino fundamental ao nível superior.

Os interessados devem se inscrever através do site do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), empresa organizadora do certame. A taxa, cujos valores são de R$ 70 e R$ 130, dependendo do cargo pleiteado, deverá ser paga até 24 horas após a emissão do boleto no ato da inscrição.

Os salários iniciais variam de R$ 1.045 a R$ 2.492. Muitos cargos, porém, contam com gratificações, sendo a menor no valor de R$ 200 (técnico de enfermagem e veterinário), a maior de R$ 7.546 (médico) e outras intermediárias, como a de R$ 2 mil (farmacêutico).

Há vagas para auxiliar de serviços gerais; vigia; pedreiro; motorista; cozinheiro; eletricista; agente administrativo; agente comunitário de saúde; agende de arrecadação e tributos; técnico em agropecuária; digitador; advogado; fonoaudiólogo; fisioterapeuta; assistente social; farmacêutico; médico; pedagogo e professor de várias disciplinas, entre outras funções.

As provas estão previstas para o dia 6 de dezembro nas cidades de Mari e João Pessoa.

O concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, e a convocação dos candidatos selecionados no cadastro de reserva ocorre nesse período, caso a administração pública precise preencher cargos que fiquem vagos por motivos de aposentadoria, desistência ou mesmo pela decisão criar mais vagas.

O Idib atenderá às normas sanitárias vigentes para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, desinfetando os locais da prova com a pulverização de produtos químicos que são utilizados em ambientes hospitalares, oferecendo álcool gel na entrada, aferindo a temperatura corporal dos participantes, bem como mantendo o distanciamento entre pessoas. O uso de máscaras de proteção será obrigatório para todos os presentes.

Sobre o Idib

O Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) tem parcerias com órgãos e instituições de todo o território nacional e status que o credenciam como uma instituição sólida, respeitada e inovadora, uma das maiores bancas organizadoras de concursos públicos no país. Pioneiro na utilização de biometria digital e facial para a identificação de candidatos e redução de fraudes, conta com um aparato de segurança que inclui câmeras de alta definição com monitoramento 24h, sistema anti-hackeamento, detectores de metal, malotes de segurança lacrados impermeáveis e resistentes ao fogo, fragmentadoras, portas blindadas, comunicação por rádio amador e bloqueadores de celular – um verdadeiro arsenal contra irregularidades.

O Idib foi a primeira instituição a organizar concurso público para o Exército Brasileiro: os certames da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Espcex) e o de admissão do Colégio Militar de Salvador (CMS), esse ano. Fazem parte do portfólio do Idib, também, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj); o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 5ª Região, na Bahia; a Polícia Militar da Paraíba; o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP/RS); a Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás (OAB/GO); a Eletrobrás do Piauí; a Câmara Municipal de Maceió, Alagoas, e os governos dos estados do Goiás e Pernambuco.

 

clickpb

 

 

Prefeitura de Campina Grande inscreve até esta quinta-feira para concurso público com 169 vagas

Terminam nesta quinta-feira (08), as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Campina Grande para a contratacão de 169 médicos e dentistas para a Secretaria de Saúde dp município. Os aprovados iráo atuar no  Programa Saúde da Família e no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA).

Confira o edital completo

Os interessados poderão se inscrever através do site da Comissão Permanente de Concursos (CPCon).  O valor da taxa de inscrição para do cargo de nível superior é de R$ 105,00.

De acordo com informações apuradas pelo Portal ClickPB, as remunerações variam de R$ 2.473,43 a R$ 11.499,73.

Para o cargo de cirurgião dentista I serão oferecidas 26 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 40 horas semanais e os vencimentos de R$ 4.481,63.

Já para o cargo de Médico I (Generalista – Estratégia da Saúde da Família) o concurso oferece 80 vagas de ampla concorrência e oito para pessoas com deficiência, tendo-se uma carga horária de 40 horas semanais. Segundo o edital, nesta categoria, a remuneração é  de R$ 4481,63, mais a produtividade SUS, no valor de R$ 7.018,37.

Com relação ao Médico II (para os quadros do ISEA), na Especialidade Neonatologia, estão sendo oferecidas 18 vagas de ampla concorrência e duas para candidatos com deficiência, com jornada de trabalho de 20 horas semanais. Os vencimentos serão de R$ 5.572,38. Os profissionais contarão com vantagem adicional por produtividade, cujo valor será variável de acordo com o número de plantões.

Ainda na categoria Médico II, também para o ISEA, o concurso disponibiliza sete vagas para obstetras e uma para pessoa com deficiência. Para esses profissionais, a carga horária será de 20 horas semanais, com vencimentos de R$ 5. 572,38, mais adicional de produtividade, variável de acordo com o número de plantões.

Para o cargo de Médico III (Pediatra), o concurso oferece 23 vagas de ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência. A jornada de trabalho será de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 2.473,43.

O certame terá uma fase única, com prova escrita objetiva de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos.

A realização da prova escrita objetiva será no dia 1º. de novembro de 2020. Serão aplicadas questões de raciocínio lógico, português e conhecimentos específicos de cada área.

 

clickpb

 

 

Prefeitura de João Pessoa anuncia retorno das aulas presenciais no ensino médio e superior

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou o retorno das aulas presenciais para os ensinos médio e superior na cidade em coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (2).

As faculdades e universidades já poderão retomar as aulas a partir da próxima segunda-feira (5). Já no ensino médio, os alunos do 3º ano serão os primeiros a retornar, no dia 13. Os alunos do 2º ano voltam no dia 19 e os do 1º ano no dia 26.

O retorno do transporte escolar também foi autorizado.

A decisão sobre voltar ou não às aulas presenciais cabe a cada instituição, que pode optar por continuar com o ensino remoto se preferir.

As faculdades só poderão funcionar com 50% da capacidade, assim como as escolas de ensino médio, que manterão atividades remotas e presenciais em dias alternados para atender todos os alunos.

A educação infantil continuará apenas com aulas remotas, enquanto a prefeitura analisa mais profundamente os protocolos para essa faixa etária.

Outras mudanças – Na coletiva, Cartaxo também anunciou a liberação do Parque Solon de Lucena para a realização de atividades físicas a partir deste sábado (3) e a ampliação do horário de funcionamento de bares e restaurantes, que poderão ficar abertos até meia-noite.

A Bica será reaberta a partir do dia 15 de outubro.

 

clickpb

 

 

Prefeitura de Campina Grande autoriza retorno de aulas presenciais em escolas particulares

O prefeito Romero Rodrigues autorizou nesta quinta-feira, 1 de outubro, a flexibilização das atividades de Educação Infantil para instituições da rede privada de ensino, escolas de idiomas e cursos de reforço escolar. Segundo informações obtidas pelo Portal ClickPB, a discussão foi iniciada após reivindicação de um grupo de instituições privadas de ensino infantil que solicitou autorização para a reabertura, através do procedimento administrativo nº 003.2020.004899 junto à promotoria de Educação. O Ministério Público mediou a decisão e expedirá recomendações aos estabelecimentos.

A autorização para o retorno ocorre de modo facultativo e se baseia na garantia dada pelas instituições de que cumprirão as recomendações sanitárias. A Secretaria de Educação formulou um protocolo para orientar os profissionais de Educação assim como as famílias para o retorno presencial das crianças quanto à medidas de proteção e prevenção contra a disseminação do coronavírus.

Uma análise da Diretoria de Vigilância em Saúde verificou que, no município de Campina Grande, na faixa etária de 0 a 6 anos, houve 48 casos positivos para COVID-19, onde os sinais foram análogos a síndromes gripais leves ou episódios alérgicos. Entretanto, o município levou em consideração também a estabilização da doença e da curva de infectados, além da melhoria das taxas de letalidade.

Foram consideradas ainda as consequências socioemocionais do público da Educação Infantil, além da situação financeira desses estabelecimentos de ensino.

Segundo secretário de Saúde, Filipe Reul, esta etapa de flexibilização é possível graças à estabilização dos índices de infectados. “A partir da estabilização do número de infectados conseguimos iniciar o processo de testagem no público de colaboradores dessas instituições e pensar em uma primeira etapa de reabertura das unidades educacionais”, afirmou.

Funcionamento 
A partir desta sexta-feira, 2 de outubro, o município realizará testagem dos colaboradores dessas instituições, conforme orientação a ser expedida pela Secretaria Municipal de Saúde. A abertura das unidades poderá ocorrer a partir de 7 de outubro e após  21 dias, a flexibilização será reavaliada para possibilidade de inclusão de outras faixas etárias educacionais, a depender do quadro epidemiológico do município.

Após a autorização, os estabelecimentos de ensino de Educação Infantil devem realizar as adequações necessárias nas unidades, respeitando as recomendações do protocolo geral proposto pelas secretarias de Educação (Seduc) e Saúde (SMS) do município, podendo inclusive ampliar as medidas recomendadas.

O secretário de Educação, Rodolfo Gaudêncio, explicou porque a autorização não compreende, neste momento, as unidades educacionais do sistema municipal de ensino. “A logística para a retomada das atividades presenciais no município demandaria um ajuste administrativo inviável neste momento. Isto ficou notório após a realização da consulta pública que aponta uma grande rejeição por parte dos professores e famílias quanto à retomada do ensino presencial neste momento. Pretendemos, no entanto, adotar como política a retomada da consulta pública a cada etapa de flexibilização”, explicou.

Além disso, outros fatores inviabilizam o retorno presencial das unidades educacionais do município. “O município tem um grande número de professores no grupo de risco. Com esta defasagem precisaríamos realizar contratações que não são possíveis, em respeito ao período de vedação da lei eleitoral. Além disso, as instituições de ensino infantil também foram as mais afetadas pela pandemia, do ponto de vista financeiro com ameaça de falência”, disse Rodolfo Gaudêncio.

 

Assessoria

 

 

Carro de candidata à prefeitura é baleado em ação policial na Paraíba

O carro de uma candidata à Prefeitura de Conde, na Grande João Pessoa, foi atingido por tiros na madrugada desta quinta-feira (1º), na cidade. Karla Pimentel (PROS) não sofreu ferimentos, mas duas pessoas que estavam com ela no veículo foram baleadas.

Conforme apuração da TV Correio, Karla estaria voltando de um salão de beleza quando teve problemas com o carro em Jacumã, distrito de Conde. A polícia fazia rondas para apurar o que seria a invasão de uma casa na área, quando sinalizou que iria abordá-los, mas eles teriam se assustado, achando que haveria alguma ocorrência no local, e tentaram fugir rapidamente. Os policiais teriam iniciado os tiros.

Um policial penal e um comissário da Justiça estavam com a candidata e acabaram baleados. Os homens de 30 e 33 anos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samnu) para o Hospital de Trauma de João Pessoa, onde foram atendidos e, até o começo da manhã desta quinta (1º), estavam em observação.

De acordo com a 1ª Companhia Independente, a PM foi chamada para atender um morador que estava com medo de ter a casa invadida por uma dupla que estaria com atitude suspeita perto da residência, na praia de Carapibus, em Conde.

Ao sair da base de Jacumã, os policiais identificaram dois homens com armas em punho, ao lado de um carro, quase em frente ao posto policial. De acordo com a PM, foi pedido reforço e quando as viaturas chegaram, os dois homens entraram rapidamente no carro e saíram em direção a Carapibus, onde foram interceptados após acompanhamento policial.

Os dois homens seriam os que estavam com a candidata, mas foram tratados pela polícia como suspeitos. O caso foi levado para a delegacia de Polícia Civil em Alhandra.

*Com informações da TV Correio

 

 

Ricardo Coutinho registra candidatura no TSE com Antônio Barbosa como vice para disputar Prefeitura de João Pessoa

Ricardo Coutinho (PSB) registrou a sua candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (24), para disputar à Prefeitura de João Pessoa. O nome de Antônio Barbosa (PT) também foi registrado para compor a chapa como candidato a vice-prefeito.

O registro acontece após impasses dentro do PT sobre apoio ao ex-governador Ricardo Coutinho. O impasse começou na última quarta-feira (16), quando o PT de João Pessoa homologou o nome de Anísio Maia para prefeito e a presidência nacional do partido interviu oficializando apoio a RC.

A Direção Nacional do PT confirmou o nome de um dos fundadores do Partido na Paraíba, nesta quarta-feira (23).

Ricardo Coutinho é casado e farmacêutico. Já foi vereador, deputado estadual, prefeito e governador da Paraíba.  Antônio Barbosa é casado, advogado e um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores na Paraíba.

 

clickpb

 

 

Chefe de gabinete de prefeitura da PB morre em grave acidente no RN

Um grave acidente automobilístico ocorrido na noite dessa sexta-feira, causou a morte do jornalista e chefe de gabinete da prefeitura de Várzea, na Paraíba, Márcio Nóbrega.

De acordo com as informações Márcio estava em seu veículo na rodovia RN-089 em direção a cidade de Jardim do Seridó no Rio Grande do Norte quando perdeu o controle do veículo e caiu dentro de uma barragem.

No momento do acidente o jornalista estava na companhia de dois amigos. Um deles quebrou uma perna e o outro teve escoriações leves.

As informações ainda dão conta de que Márcio chegou a ser socorrido dentro da barragem, mas não resistiu e acabou falecendo no local.

Ainda não há informações sobre o que teria feito Márcio perder o controle do automóvel.

A Câmara Municipal de Várzea emitiu nota de pesar pela morte do jornalista. Nas redes sociais, amigos e parentes também lamentaram a morte do jornalista.

PB Agora