Arquivo da tag: pescoço

Rapaz é morto a tiros e tem pescoço degolado em terreiro de umbanda

Um rapaz, aparentando ter 25 anos, foi executado na noite desta quarta-feira (11) no interior de um terreiro de umbanda, localizado no bairro de Marcos Moura, em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa.

A vítima foi assassinada a tiros e golpes de facão por dois homens, durante uma cerimônia que acontecia no terreiro. Os assassinos chegaram em um carro, de cor vermelha, entraram no estabelecimento e mataram o rapaz.

Um dos golpes de facão, desferido por um dos criminosos, quase decapitou a vítima. A polícia isolou o local do crime para a realização da perícia. Testemunhas relataram que o rapaz tinha um relacionamento amoroso com o proprietário do terreiro de umbanda.

Paulo de Pádua/Washington Luis

 

 

Mulher se recusa a ter relações com cunhado e é morta com facada no pescoço na PB

O crime aconteceu na cidade de Bayeux, na manhã desse domingo (20). A vítima estava na casa de familiares do suspeito e ele tentou ter relações com ela, que negou. Quando a jovem estava dormindo, o suspeito entrou no quarto e a esfaqueou no pescoço.

A mulher foi socorrida e encaminhada para a UPA da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito foi preso em flagrante minutos depois e encaminhado para a Central de Polícia onde está à disposição da Justiça.

O homem alegou que fazia tempo que não tomava seus remédios e que tomou na noite de sábado, não há comprovação dessa informação, nem se, caso ele tenha realmente ingerido algo, se o uso foi feito combinado com alguma outra substância.

 

paraiba.com.br/

 

 

Homem é baleado no pescoço e nas costas durante atentado em Santa Rita

Um homem foi baleado no município de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa. O crime aconteceu na noite deste domingo (13).

A vítima foi atingida nas costas e no pescoço. O ferido foi socorrido até o hospital. O estado de saúde não foi divulgado.

O motivo e o autor do crime não foram revelados. Nenhum suspeito foi detido até a noite deste domingo.

 

clickpb

 

 

Em Belém, ex-presidiário é detido suspeito de ameaçar matar a mãe cortando o pescoço dela com uma faca

Um ex-presidiário foi detido em flagrante na noite da terça-feira (10), no Distrito de Rua Nova, em Belém, suspeito de ameaçar matar a própria mãe, cortando o pescoço dela com uma faca.

A guarnição local, formada pelo sargento Dinarte, cabo Carlos e cabo Nascimento recebeu a denúncia feita pela vítima e, de imediato, compareceu ao local informado por ela.

Os policiais conversaram com a vítima, que estava bastante nervosa e, diante da confirmação da ameaça, deram voz de prisão e conduziram o suspeito para a delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Mulher morta com facadas no pescoço é encontrada dentro de casa em Campina Grande

O corpo de uma mulher foi encontrado dentro de sua residência na madrugada desta segunda-feira (20) em Campina Grande. O caso foi registrado no bairro José Pinheiro.

De acordo com informações da polícia, a mulher tinha marcas de vários golpes de faca no pescoço. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro à mulher, mas ela já estava morta.

Depois de constatado o óbito, o corpo da mulher foi levado até o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) em Campina Grande. A polícia aguarda algum parente da mulher para fazer sua identificação.

Segundo levantamento da polícia com testemunhas, a mulher morava no local aproximadamente há um ano, quando deixou João Pessoa para viver em Campina Grande. Ela vivia sozinha na casa.

A polícia irá investigar o que de fato aconteceu para tentar descobrir o autor do crime. Até o momento não há informações sobre algum suspeito.

 

 

clickpb

 

 

Tumores de cabeça e pescoço atingem 41 mil brasileiros anualmente

Um estudo recente apontou que 80% dos pacientes com esse tipo de câncer são ou já foram fumantes. O consumo de bebida alcoólica é associado a 50% dos diagnósticos

Abril é o mês de conscientização e prevenção ao câncer de cabeça e pescoço, tipo da doença que atinge 41 mil de brasileiros por ano, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP). De acordo com o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, oito em cada dez diagnósticos têm a ver com o cigarro: a pessoa é ou já foi fumante. A pesquisa menciona ainda que o consumo de bebida alcoólica está presente em 50% dos casos positivos.

Janaína Jabur, média oncologista da Aliança Instituto de Oncologia, explica que esse tipo de câncer engloba os tumores da cavidade nasal, seios da face, boca, laringe e faringe e, portanto, os sintomas vão depender do local acometido. “Normalmente, o paciente sente alguma área endurecida ou uma ferida persistente, dolorosa e sangrante, que prejudica a fala e/ou a alimentação”, destaca. A especialista complementa “outros sinais incluem aumento de ínguas no pescoço, dor na garganta, no ouvido ou na cabeça”.

Dra Janaina esclarece que a doença tem tratamento e apresenta grandes chances de cura. Ela pontua que a depender do local do tumor, o paciente pode ser submetido à cirurgia ou radioterapia exclusivos e/ou acompanhado de quimioterapia ou drogas biológicas. “Em casos avançados, onde há presença de metástases, lançamos mão de tratamento com quimioterapia e mais recentemente, imunoterapia”, comenta.

A médica afirma que não existem exames de rastreamento para esse tipo de câncer. “A prevenção é o melhor caminho”, ressalta a especialista. Para a oncologista, a principal medida para a prevenção do tumor é o controle dos fatores de risco, como a interrupção do tabagismo e consumo exagerado de bebidas alcoólicas.

Outro fator de risco importante é a infecção pelo papilomavírus humano, o HPV, mesmo que causa câncer de colo de útero, canal anal, pênis, vagina e vulva e é transmitido por via sexual. Portanto, recomenda-se o uso de preservativo durante as relações sexuais como forma de reduzir o risco de infeção por este vírus. “A vacinação contra o HPV para meninas e meninos, que é fornecida pelo Sistema Único de Saúde, também deve ser fomentada”, finaliza Dra Janaina.

 

grupobjetiva.com

 

 

Homem tenta evitar assalto e é baleado no pescoço, em João Pessoa

Um homem foi baleado no pescoço, na manhã desta sexta-feira (29), no Bairro dos Estados, em João Pessoa, depois de tentar evitar um assalto. Ele estava em um carro quando percebeu que uma mulher estava sendo assaltada por dois homens armados em uma moto.

O motorista acelerou em direção aos suspeitos, que caíram da moto. No entanto, um dos assaltantes conseguiu atirar contra a vítima. Ele foi atingido no pescoço, mas conseguiu dirigir até um lava-jato onde pediu ajuda.

A vítima, de 25 anos, foi levada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, passou pelos primeiros atendimentos e o estado de saúde dele é estável.

Os dois assaltantes deixaram a moto no local e fugiram. A moto usada no assalto tem uma restrição de roubo, de acordo com a Polícia Militar.

Foto: Walter Paparazzo/G1

G1

 

Jovem é assassinado com golpe de faca no pescoço em Borborema

O jovem José de Arimatéia Joaquim de Sousa, 19 anos, foi assassinado com um golpe de faca no pescoço, na tarde dessa quarta-feira (27), na cidade de Borborema, no agreste paraibano.

De acordo com Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP), o suspeito contou que cometeu o crime por vingança porque a vítima teria tentado matar um irmão dele.

O autor do homicídio convidou o rapaz para consumir bebida alcoólica na ‘Rua da Palha’ e, em determinado momento, o feriu fatalmente. Ele morreu no local antes mesmo de receber atendimento médico.

O suspeito fugiu após matar o desafeto mas foi localizado por um adolescente e entregue a Polícia Militar. A PM o conduziu até a Delegacia de Polícia Civil de Solânea para os procedimentos legais.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Homem é atendido com faca no pescoço em JP e diz que foi acidente; esposa é suspeita

Uma mulher é procurada pela polícia após tentar assassinar o marido com uma facada no pescoço, na noite dessa segunda-feira (3), no bairro do Ernani Sátiro, Zona Sul de João Pessoa. 

Segundo o posto da Polícia Militar no Hospital de Emergência e Trauma em João Pessoa, o homem, de 37 anos, chegou ao hospital afirmando ter sido ferido enquanto desossava carnes na cozinha de casa.

“Ele estava meio atônito no momento do atendimento, mas disse que estava desossando carnes em casa quando escorregou e a faca entrou no pescoço. Depois ele seguiu para atendimento de urgência”, informou o posto da PM no Trauma.

Em boletim médico, o Trauma informou que o homem passou por procedimentos médicos de emergência e após período de observação recebeu alta hospitalar às 2h50.

Tentativa de homicídio

Em contato com o Portal Correio, a Delegacia de Homicídios confirmou que o homem registrou queixa por tentativa de homicídio e que a mulher dele é procurada para responder pelo crime.

“O caso foi registrado nesta terça-feira aqui na Homicídios. Estamos em diligências para encontrar a mulher e o caso vai ser entregue a um dos delegados”, informou a delegacia.

Até o fechamento desta publicação, a mulher ainda não havia sido localizada.

portalcorreio

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Jovem é morto com facada no pescoço em Campina Grande

sireneUm jovem de 28 anos morreu na madrugada deste domingo (19), em Campina Grande, no Agreste paraibano depois de ser ferido com uma facada no pescoço. Segundo as primeiras informações divulgadas pelo Centro Integrado de Operações da Polícia Militar (Ciop), a vítima sofreu o corte profundo e perdeu muito sangue.

O crime aconteceu na Rua da República, no bairro Centenário, por volta de 1h. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas, ao chegar no local constatou que a vítima já estava morta.

Até a manhã deste domingo, a Polícia Militar não tinha informações sobre a autoria do crime. O caso está sendo investigado dela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, em Campina Grande. O G1 tentou entrar em contato com o delegado Francisco de Assis, mas as ligações não foram atendidas.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br