Arquivo da tag: pensar

Após protestos, Ricardo Coutinho dá conselho a Dilma e sentencia: “Intervenção Militar nem pensar”

ricardo coutinhoEm meio à onda de protestos contra a gestão Federal, o governador Ricardo Coutinho (PSB) mais uma vez se mostrou solidário e contrário ao impeachment a presidenta Dilma Rousseff (PT) e também deu sugestões à petista para tentar melhorar a sua imagem, atendendo os anseios da população que está insatisfeita com a onda de corrupção.

Inicialmente Ricardo repudiou por completo a possibilidade de uma Intervenção Militar, tese que foi realçada em alguns cartazes e faixas nas manifestações ocorridas este final de semana

“Eu apoiei a presidenta e penso eu acho que esse país não pode confundir as coisas, não pode confundir um processo de expressão de desagrado simplesmente pelo atropelamento das regras de Direito. Intervenção Militar nem pensar! É contra o Estado democrático, vai de encontro à democracia”, explicou. Coutinho mandou um conselho para Dilma, enfatizando que o momento é que sejam definidos os lados da política e defendeu que seja implantada uma agenda positiva ema âmbito nacional.

ACOMPANHE O FOCANDO A NOTÍCIA NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK                TWITTER                    INSTAGRAM

“Você não pode fazer política tendo todos os lados possíveis, pois no final das contas você não fica com nenhum. Uma agenda positiva para este país é fundamental e cabe aos partidos políticos aqueles que têm compromisso com o Estado de Direito, aqueles que não têm não! Fiquem lá na sua, assuma a condição de estarem tramando ou tentando tramar a saída de uma presidenta sem regras num Estado Democrático de Direito, pode ficar pra lá, agora aquelas outras forças políticas elas tem que se apresentar para o Brasil e dizer quais são as condições de governabilidade”, frisou, acrescentando que: “Este país precisa ter e a partir disso o Governo Federal deveria chamar estas forças para construir esta governabilidade para esta transição e é preciso ter bom senso neste momento”, argumentou.

Para o Mago é fundamental Dilma ultrapassar este momento com democracia, transparência e com um rumo aberto diante da população. “Estou me esforçando para que o meu Partido (PSB) compreenda isso e repito: não é função de uma presidenta que eu respeito muito, não é em função de uma pessoa, pois eu não finalizo a política e fico muito chateado quando vejo manipulações sendo colocadas que são puramente eleitoreiras e respeito profundamente todas as manifestações que ocorram”, ponderou.

As declarações do governador Ricardo Coutinho foram dadas no seu Programa semanal na Rádio Tabajara transmitido numa cadeia de emissoras em toda a Paraíba

Henrique Lima

PB Agora

Pensar em sexo faz bem para o cérebro; veja 9 benefícios

pensando-en-sexoApesar de não ser o melhor dos exercícios para queimar calorias, o sexo ajuda o corpo e a mente de diversas outras formas

Fazer sexo não é necessariamente o melhor exercício para eliminar uma quantidade grande de calorias – um artigo publicado no New England Journal of Medicine, no último mês de janeiro, desbancou o mito de que a atividade tenha algum efeito milagroso nesse sentido.

Mas isso não é motivo para desistir dele: existem diversos outros benefícios que fazem da atividade um bom motivo para se exercitar, ainda que pouco. Veja 9 deles, reunidos pelo site Huffington Post.

1. Faz com que você se sinta bem
Se você conhece o seu corpo e está animada com a pessoa que você está dormindo, você com certeza terá bons momentos.

2. Apenas pensar em sexo faz bem para o cérebro
Em 2009, o pesquisador Jens Förster descobriu que as pessoas que têm o hábito de pensar em sexo têm um desempenho melhor em tarefas que exigem o raciocínio.

3. Ajuda a viver mais
Um estudo publicado em 1993 mostrou que homens que faziam sexo com mais frequência viveram mais, e mulheres que afirmaram ter uma vida sexual satisfatória viveram de sete a oito anos a mais do que as que se sentiam indiferentes com quanto ao sexo.

4. Reduz as dores
A oxitocina, hormônio liberado durante o sexo, é um analgésico natural. Em 1985, a sexóloga Beverly Whipple descobriu que, depois do orgasmo, a tolerância das mulheres à dor aumentou de forma significante.

5. Diminui o estresse
Um estudo conduzido pelo psicólogo Stuart Brody em 2006 provou que pessoas que tinham feito sexo demostraram menor pressão sanguínea quando expostas a situações de estresse.

6. Mantém as pessoas mais jovens
No ano de 2002, David Weeks, do Royal Edinburgh Hospital, conduziu um estudo que mostrou que casais que faziam sexo três vezes por semana pareciam 10 anos mais jovens do que adultos que faziam sexo duas vezes por semana ou menos. “O prazer derivado do sexo é um fator crucial para preservar a juventude. Ele nos deixa felizes e produz substâncias químicas que nos dizem isso”, afirmou Weeks.

7. Reforça a imunidade
Em 2004, pesquisadores da Wilkes University descobriram que pessoas que faziam sexo uma ou duas vezes por semana mostraram níveis mais altos de um anticorpo chamado imunoglobulina A, do que aqueles que tinham relações sexuais menos frequentes. Este anticorpo atua como uma importante proteção contra doenças.

8. Auxilia no sono
De acordo com Laura Berman, diretora do Berman Center for Women’s Sexual Health, a endorfina liberada durante o sexo ajuda as pessoas a dormirem melhor.

9. Com camisinha é prazeroso da mesma forma
Especialistas da Indiana University concluíram, no último mês de janeiro, que fazer sexo com camisinha pode ser tão satisfatório do que fazer sem. Com prazer e segurança, o casal só tem a ganhar.

 

 

Terra

Santos oferece aumento a Ganso e dá tempo para o meia pensar

Ganso está machucado e não tem prazo para voltar a jogar (Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com)

Dirigentes do Santos se reuniram na tarde desta sexta-feira com o meia Paulo Henrique Ganso para oferecer uma nova proposta de aumento salarial. O jogador recebe hoje cerca de R$ 130 mil, um dos vencimentos mais baixos entre os titulares. A própria cúpula do Peixe reconhece que a quantia está desvalorizada e tenta convencer o jogador a aceitar o reajuste, mantendo o tempo do contrato até fevereiro de 2015.

Após apresentarem a proposta para Ganso, os dirigentes do clube deram tempo para o atleta analisar a oferta e só depois responder. Participaram da reunião o vice-presidente Odílio Rodrigues, o gerente de futebol Nei Pandolfo, além de Pedro Luiz Conceição, integrante do Comitê de Gestão, representando o Santos. Enquanto isso, só o atleta conversou sozinho, sem a presença de familiares ou agentes da DIS, empresa responsável pelo gerenciamento de sua carreira.

Ganso tem quatro patrocinadores pessoais e consegue ganhar mais com essas receitas do que com o salário. Segundo pessoas envolvidas na negociação, o fim da novela está próximo e deve ter um capítulo final na próxima semana, seja lá qual for a decisão do camisa 10.

– Não faz sentido a cada nova reunião nós nos manifestarmos. Isso não contribui para nada. O Santos pretende a permanência do atleta e isso está claro na nota oficial (emitida naquinta-feira) – limitou-se a dizer Pedro Luiz.

Esta não é a primeira vez que as duas partes buscam um acordo, mas no passado todas as tentativas naufragaram. Paralelamente ao encontro entre Ganso e Santos, o São Paulo permanece interessado no jogador, mesmo depois de oferecer duas propostas já recusadas pelo atleta. Também nesta sexta, Adalberto Batista, dirigente do Tricolor, rebateu as insinuações de um possível aliciamento sobre o meia e reiterou interesse em sua contratação.

Nesta quinta-feira, dirigentes do Peixe já haviam se encontrado com o camisa 10 para passar apoio e respaldar o jogador, depois dos protestos da torcida, durante a derrota por 3 a 1 para o Bahia.

O atleta, que sentiu uma lesão na coxa esquerda e está fora do jogo contra o Sport, domingo, na Ilha do Retiro, tem multa nacional avaliada em R$ 53 milhões. Seus direitos são divididos entre Santos (45%) e DIS (55%), também responsável por agenciar a carreira do jogador.

Globoesporte.com