Arquivo da tag: passar

Justiça nega prisão de pessoas que pagaram para passar em concursos

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta sexta-feira a segunda fase da Operação Gabarito, que investiga fraudes em concursos Públicos na Paraíba e em outros estados do Nordeste. Foram expedidos 22 mandados de busca e apreensão e de prisão. Entretanto, os mandados de prisão são apenas contra os suspeitos de atuar ativamente na quadrilha. Nenhum “cliente” da organização foi preso.

O Ministério Público opinou pela prisão apenas dos integrantes da quadrilha. A justiça acompanhou a decisão do MP, entendendo ser desnecessária a prisão temporária no momento dos que pagaram para passar no concurso, mas opinando apenas pela busca e apreensão nas residências dos suspeitos.

Nesta manhã, foram presos uma estudante de medicina, dois policiais, um fiscal de obras da Prefeitura de Santa Rita e um funcionário do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran), além de Dayane Nascimento de Sousa, irmã do agente de trânsito, Diogo Nascimento, morto no trânsito em João Pessoa. Todos esses são suspeitos de participar ativamente da organização que já atuou em pelo menos 60 concursos no Nordeste.

São apontados como “clientes” do grupo os seguintes suspeitos: Alvino Machado de Araújo Júnior, Daumarc Sales de Medeiros Rocha, Rita Polyanna Pedrosa de Almeida, Poliane de Alencar Holanda, Hemerson George Ferreira da Silva, Ronaldo Soares de Sousa, Ricardo Tavares de Melo Toscano de Brito, Francinaldo dos Santos Silva, Delosmar da Silva Albuquerque, Michel Domingos Vasconcelos, Victor dos Anjos Quirino, Mayara Rafaelle Nascimento Pimentel, João de Sousa Lima Filho, Carlos Alberto Oliveira Melo Junior, Wellington de Sousa Alves e Maria José Alves.

Diones Leite de Lima Santana, um dos presos na segunda fase da Operação Gabarito

Confira todos os alvos da segunda fase da Operação Gabarito:

  • Frideywid Henrique Omena Ferreira da Silva
  • Luiz Paulo Silva dos Santos
  • Dayane Nascimento de Sousa
  • Alexsandro Camilo de Sousa Barbosa
  • Alvino Machado de Araújo Júnior
  • Daumarc Sales de Medeiros Rocha
  • Rita Polyanna Pedrosa de Almeida
  • Poliane de Alencar Holanda
  • Hemerson George Ferreira da Silva
  • Ronaldo Soares de Sousa
  • Ricardo Tavares de Melo Toscano de Brito
  • Francinaldo dos Santos Silva
  • Delosmar da Silva Albuquerque
  • Michel Domingos Vasconcelos
  • Victor dos Anjos Quirino
  • Diones Leite de Lima Santana
  • Marcus Vinicius Pimentel dos Santos
  • Mayara Rafaelle Nascimento Pimentel
  • João de Sousa Lima Filho
  • Carlos Alberto Oliveira Melo Junior
  • Wellington de Sousa Alves
  • Maria José Alves.

 

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aspirante da Marinha morre após passar mal em treinamento no Rio

aspirante-da-marinhaO aluno da Escola Naval Jean Caleb Maroto Sousa, de 22 anos, morreu neste sábado (24), após ser submetido a um treinamento na Base de Fuzileiros Navais, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, no dia 4. O aspirante estava internado na UTI do Hospital Naval Marcílio Dias. A informação é do Comando do 1º Distrito Naval do Rio.

Uma das etapas do exercício, segundo a Marinha, consiste em atravessar um túnel de cerca de três metros de comprimento com a presença de fumaça. Na quarta-feira (21), um amigo de Jean contou ao RJTV que o próprio aspirante relatou ter sofrido intoxicação porque foi obrigado a repetir um exercício no qual os jovens entram sem máscara num ambiente fechado. Ele teria submetido ao teste mais de uma vez.

“Eles tinham que escapar dessa câmara. Era escuro, eles não achavam a saída, tinha um amigo dele junto, que passou mal também lá dentro. Ele saiu e o comandante mandou entrar novamente. Ele não achou novamente, entrou de novo, saiu e entrou de novo até achar a saída. Depois, ele começou a passar mal, tossindo, reagindo já ao gás”, afirmou.

Em nota, a Marinha informou que “nesse momento de dor, solidariza-se com a família do Aspirante Caleb, a quem apresenta sinceras condolências, e informa que está prestando todo seu apoio”.

A assessoria de imprensa disse ainda que a apuração dos fatos está sendo conduzida por meio de um Inquérito Policial Militar, instaurado no dia 8 de maio e com prazo de conclusão de até 60 dias.

“O exercício em questão é regular e faz parte da Prática Profissional Naval, prevista no Programa de Ensino da Escola Naval, tendo sido cumprida pelos demais 32 aspirantes fuzileiros navais sem incidentes. Ressalta-se que foi instaurado o competente procedimento, a fim de apurar as circunstâncias do fato, com prazo de conclusão de até 40 dias, podendo ser prorrogado por mais 20”, diz o texto. Outro colega de Jean, Vinícius da Silva Cunha também chegou à UTI, mas melhorou e foi liberado da unidade.

G1

Erro médico: Adolescente que deveria passar por cirurgia na vesícula é operado de fimose, em JP

arlinda-marquesUma sindicância foi aberta pelo Complexo Pediátrico Arlinda Marques, para apurar um erro médico que teria ocorrido dentro da unidade. A denúncia foi feita nesta quinta-feira (23) após um adolescente de 15 anos ter sido operado de fimose (tecido que cobre a parte superior do pênis), quando deveria ter passado por um procedimento cirúrgico na vesícula. O hospital fica no bairro Jaguaribe, em João Pessoa.

“Quando eu voltei para o hospital para saber como foi a cirurgia do meu filho fui observar o tamanho do corte na barriga e daí não encontrei nenhum curativo. O meu filho ainda sob efeito da anestesia apontou para parte um pouco abaixo da barriga e, quando fui olhar, percebi que ele tinha feito uma cirurgia de fimose. Ele não tinha problema de fimose. Chamei o médico, falei do erro e ele, na hora, me pediu desculpas pelo ocorrido,” disse o pai.

O pai do garoto, que não quis ser identificado, disse que o menor deu entrada no hospital para retirar pedras na vesícula, após exames comprovarem o problema de saúde. A família desconfiou do possível erro quando o rapaz saiu da sala de cirurgia.

Após a constatação do local errado da cirurgia, o garoto passou por novo procedimento cirúrgico. “Eu disse que só saia do hospital, após meu filho fazer a cirurgia certa. Ele entrou novamente na sala para fazer nova cirurgia. Isso é um absurdo um erro desses. O médico falou que trocaram as fichas”, observou. “E meu filho foi quem sofreu pelo erro dos outros?”, indagou o pai, inconformado. O adolescente está internado em uma das enfermarias da unidade de saúde e se recupera bem.

 

O diretor geral do complexo pediátrico, Bruno Leandro de Sousa, adiantou que está fazendo a análise dos prontuários para identificar se houve mesmo erro no procedimento. Ele adiantou que o Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) já foi comunicado e abriu investigação. A sindicância deve durar 30 dias.

“Recebemos a denúncia da família sobre um possível erro no procedimento cirúrgico e vamos apurar. Tudo está sendo apurado e o adolescente está sendo assistido. As investigações irão apontar se houve um equívoco do profissional de saúde,” comentou o diretor.

 

Nem a direção do hospital e nem os pais do garoto revelaram o nome do médico.

pbagora com Portal correio

No AM, mãe é suspeita de queimar filho de 5 anos com ferro de passar

ferroUma criança de cinco anos teve áreas do corpo queimadas com um ferro de passar roupa, em Manaus. De acordo com a polícia, a própria mãe do menino é suspeita de cometer os maus tratos contra o filho. O caso ocorreu na Rua do Igarapé, comunidade Vila Amazonas, Bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-sul da capital. A avó materna da criança denunciou o crime à polícia.

Fotos mostram o menino de cinco com queimaduras nas costas e nas pernas. De acordo com a avó materna da criança, que preferiu não ser identificada, a própria mãe teria agredido o garoto. Ela fez a denúncia ao Conselho Tutelar da Zona Centro-Sul de Manaus.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

“Eu denunciei porque se não seria cúmplice disso. Eu não aceito isso, pois nunca fiz isso com ninguém. Mesmo sendo minha filha, não aceito. Isso está me doendo também por ela ser minha filha, mas ela precisa reconhecer o erro dela”, afirmou a avó.

Fotos mostram o menino de cinco com queimaduras nas costas e nas pernas (Foto: Reprodução/TV Amazonas)Fotos mostram o menino com queimaduras nas costas e nas pernas (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

Segundo o conselheiro tutelar, Daniel Serrão, a mãe teria agredido o filho porque a criança queimou o sofá da residência. “A mãe foi lá, pegou o ferro mesmo que a criança queimou o sofá e queimou a criança”, revelou o conselheiro.

De acordo com o Conselho Tutelar, esta não foi a primeira vez que a mãe é suspeita de ter agredido o filho. Em maio deste ano, ela teria ferido o menino com um garfo. A denúncia foi feita pela escola municipal que o garoto estuda.

“A equipe da escola viu que a criança chegou com hematomas nas costas e foi verificar. Segundo relato da própria criança, a mãe pegou um garfo e riscou as costas do filho, ainda pegou a cabeça da criança e socou contra a parede”, disse Daniel Serrão.

A denúncia foi encaminhada à Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca). A mãe prestou depoimento, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberada. A guarda provisória do menino está com a avó materna e a situação seguiu para o Juizado da Infância e Juventude. Segundo a Polícia Civil, caso, em um mês, ninguém da família declare que poderá ficar com o menino, ele deverá seguir para um abrigo.

 

G1

Estelionatário é preso na PB após se passar por membro da Unicef e servidor do Governo do Estado

Portal Mídia

Um homem foi preso nessa quarta-feira (9), sob acusação de estelionato no município de Caiçara, localizado no Brejo paraibano. Joselan Alves Pinheiro, 45 anos, identificou-se como representante do Governo do Estado da Paraíba e ainda, membro da UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

A prisão foi realizada pelo Grupo Tático Especial da Polícia Civil da cidade de Guarabira, quando o acusado foi denunciado por um servidor da Secretaria de Educação de Caiçara, que suspeitou da abordagem do estelionatário e decidiu ligar para a Secretaria Estadual de Educação para confirmar os dados passados por Joselan.

Após ser informado que não havia representante da Secretaria Estadual de Educação pelo nome falso que o acusado havia dado (Israel Jonatas Pereira de Sousa), o servidor de Caiçara acionou a polícia que prontamente deu voz de prisão ao acusado, que estava hospedado em uma pousada da cidade. Diante da manobra com sua falsa identidade, Joselan conseguiu se alojar no hotel tendo todas as despesas pagas pela prefeitura municipal.[bb]

Joselan Alves Pinheiro, é  natural do Estado do Piauí. Ele ministrava aulas de artes, inglês e espanhol. Algumas de suas vítimas informaram ainda, que ele cobrava até R$ 200, alegando que poderia facilitar a aquisição da Carteira Ncional de Habilitação (CNH), através do programa ‘Habilitação Social’, do Governo da Paraíba

“Praticava os crimes, apenas para fazer o bem”, alegou o acusado em depoimento. Agora detido, ele vai responder na justiça pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica.[bb]

Pollyana Sorrentino

Pesquisa: os humanos estão ficando “burros” com o passar do tempo

Um estudo publicado no Trends in Genetics sugeriu algo que compromete o futuro dos próprios estudos: os humanos estão perdendo, lenta e certamente, suas capacidades intelectuais e emocionais.

Ainda, de acordo com Gerald Crabtree, da Universidade de Stanford, o pico de inteligência da nossa espécie se deu há dois mil anos, e desde então estamos decaindo, graças a mutações genéticas. O argumento de Gerald é discutível, ainda que ele possa estar certo.

Primeiro, vamos analisar mais cuidadosamente o estudo:

Em 5013…

Segundo Gerald, a inteligência humana resulta de milhares de genes que surgiram durante nossa evolução. De fato, a nossa inteligência, geneticamente falando, chegou à sua atual configuração em algum momento da era paleolítica, ou seja, há cerca de seis mil anos.

A inteligência, na época, era essencial para a sobrevivência, pois os menos dotados de intelecto tinham menos chances de passar seus genes. Mas agora, segundo Gerald, a vida é fácil e não é mais necessário ser esperto para sobreviver e procriar. Como resultado, não estamos reforçando a integridade genética da nossa inteligência por meio de processos de seleção. E isso está levando os nossos cérebros a “murcharem”, o que, segundo Gerald, nos levaria a uma suscetibilidade muito grande a mutações que nos levariam a deficiências intelectuais.

Falando mais especificamente, Gerald calculou que entre 2000 e 5000 genes que compõem o código da nossa inteligência começarão a se degradar consideravelmente em 3000 anos – ou daqui a cerca de 120 gerações. Nesse ponto, já haverá duas ou mais mutações que comprometerão a nossa estabilidade intelectual ou emocional.

Pressões ‘selecionais’ ainda farão efeito

Agora, vamos ao problema do prognóstico de Gerald: ele está preso em um quadro normativo. A análise dele não considera tendências atuais e futuras, sejam elas sexuais, sociais ou tecnológicas.

Um exemplo é a seleção sexual, um fato importante e contínuo, porém subestimado por Gerald, mesmo tendo um impacto quase certo na nossa constituição genética atual.  Em seu estudo, Gerald escreve que executivos de Wall Street só precisam se preocupar com bônus substanciais para atrair uma parceira. “[I]Claramente vemos que seleção extrema é algo do passado[/I]”, diz ele.

Contudo, Gerald se esqueceu da importância da inteligência no processo de atração de um(a) parceiro(a) na sociedade moderna. Um executivo de Wall Street não estaria onde está sem um bom nível de inteligência, e a mesma lógica se aplica a qualquer um com empregos modernos e complexos. E sem a habilidade para sobreviver nos ambientes altamente competitivos de hoje, é improvável que qualquer um fosse capaz de atrair um parceiro.

O que nos leva a concluir que, infelizmente, dificilmente um homem ou mulher se sentiria atraído por alguém que sofre de alguma deficiência cognitiva, o que indicaria a presença de pressões seletivas a favor da inteligência.

Sociedade e biotecnologia

Tudo isso é discutível, e há diversos fatores externos que afetam a discussão. O primeiro deles é a socialização e a educação, que se relacionam com a inteligência humana. Segundo as anotações de Gerald: “[I]Incrivelmente, parece que apesar de nossos genomas serem frágeis, nossa sociedade é robusta quase inteiramente graças à virtude da educação, que permite que forças sejam rapidamente distribuídas a todos os membros[/I]”. De fato, o Efeito Flynn já indicava que um ambiente sólido impactaria a inteligência.

O outro fator é a ação recíproca entre nossa mente e nossas tecnologias. A internet hoje já é praticamente o nosso segundo cérebro, no qual nós colocamos nossas capacidades. Fica cada vez mais difícil dizer onde termina nossa mente e começam nossas tecnologias.dades são válidas.

possíveis; uma possibilidade bastante real, diga-se de passagem: já estamos na era das terapias genéticas e remédios regenerativos, então podemos supor o quão avançadas serão as biotecnologias em 3000 anos.

Aliás, se pensarmos mais “trans-humanamente”, nós provavelmente nem teremos cérebros biológicos, mas sim cibernéticos. Já se fala em sinapses sintéticas, redes neurais artificiais e dispositivos de interfaces neurais avançados. Levando em consideração o potencial de aprimorarmos nossas capacidades cognitivas (seja por vias genéticas ou cibernéticas), então podemos esperar ainda mais inteligência para o nosso futuro.

Quando o assunto é biologia evolutiva e o futuro de nossas constituições genéticas, todas as possibilidades são válidas.

R7

Samsung deve passar Nokia e se torna líder do mercado global de celulares

Coreana pode tirar finlandesa do topo da indústria de telefones móveis pela primeira vez em 14 anos, acreditam analistas

Após 14 anos, a Nokia deve perder a liderança no mercado mundial de celulares para a Samsung. Os resultados do primeiro trimestre de 2012 devem apontar o fim da hegemonia da finlandesa, segundo a Reuters.

Desde 1998 a Nokia é a empresa que mais vende celulares no mundo – considerando smartphones e celulares comuns. Mesmo perdendo o mercado dos aparelhos inteligentes para a Samsung, a fabricante finlandesa continuava liderando as vendas por causa dos seus dispositivos tradicionais. Agora, porém, a situação mudou.

Analistas estimam que a Samsung vendeu 88 milhões de celulares pelo mundo entre janeiro e março deste ano, enquanto a Nokia comercializou 83 milhões de unidades no mesmo período, de acordo com anúncio feito na quarta-feira (11/04).

“Após 14 anos como líder global de vendas, a perda do topo vai ser sentida pela Nokia”, afirmou o diretor da CCS Insight, Ben Wood. “Por outro lado, a Samsung receberá a notícia com euforia”, disse.

Olhar Digital