Arquivo da tag: passam

Deputados passam a receber subsídio reajustado a partir de fevereiro

(Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa da Paraíba)
(Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa da Paraíba)

O salário dos deputados estaduais paraibanos foi reajustado e publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (21). A lei entrou em vigor ontem, produzindo efeitos a partir de 1º de fevereiro.

A partir de agora, os deputados receberão subsídio de R$ 25.322,00. O deputado investido no cargo de presidente da casa receberá uma gratificação no valor de R$ 12.661,00, passando o valor do subsídio para R$ 37.983,00.

Antes do reajuste, o subsídio recebido pelos deputados era de R$ 20.042,00.

Os subsídios de Secretário e Secretário Adjunto do Poder Legislativo, ficam atualizados, respectivamente, para R$ 22.266,00 e R$ 20.039,00.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

 

 

Click PB

Mortos por tufão nas Filipinas passam de 10

Veículo atravessa estrada repleto de pedaços de árvores que caíram em Manila, nas Filipinas (Foto: Erik De Castro/Reuters)
Veículo atravessa estrada repleto de pedaços de árvores que caíram em Manila, nas Filipinas (Foto: Erik De Castro/Reuters)

Pelo menos 13 pessoas morreram durante a passagem do tufão Rammasun nas Filipinas, que atingiu a metade norte do país com rajadas de vento de até 250 km/h, informaram nesta quarta-feira (16) as autoridades locais. O número de mortos pode subir.

O Rammasun, que em tailandês quer dizer “Deus do Trono”, entrou na terça-feira (15) à noite pelo Oceano Pacífico con ventos de 250 quilômetros e devastou pequenos vilarejos pesqueiros no leste das Filipinas. Depois perdeu um pouco de força e cruzou a ilha principal do arquipélago, Luzon.

De acordo com as autoridades, uma mulher de 25 anos morreu na noite desta terça-feira (15) na província de Samar do Norte, no leste do país, após ser atingida por um poste da rede elétrica, enquanto um homem de 49 anos morreu em Bulacan, no norte, esmagado por uma árvore.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Além disso, três pessoas morreram após serem atingidas por diferentes objetos em Cavite, no nordeste do país, entre eles um bebê de 11 meses e um idoso, enquanto outras três, membros da mesma família, morreram após a queda de um muro na província de Quezón, também no nordeste.

O órgão não deu mais detalhes sobre o restante dos mortos pelo tufão, batizado pelas autoridades filipinas como Glenda, e que deixou o país às 12h locais.

Adultos e adolescentes tentam se proteger dos ventos do tufão segurando em uma árvore na capital Manila. (Foto: Romeo Ranoco / Reuters)Adultos e adolescentes tentam se proteger dos ventos do tufão segurando em uma árvore na capital Manila. (Foto: Romeo Ranoco / Reuters)

Cerca de 450 mil pessoas deixaram suas casas e buscaram abrigo em acampamentos e centros do governo, segundo o Ministério do Bem-Estar Social e Desenvolvimento.

Além disso, 5 milhões de lares estão sem fornecimento de energia elétrica por causa dos problemas causados pelo tufão nas instalações da companhia elétrica Meralco.

O Ministério de Obras Públicas e Estradas do país informou que, até o momento, não ocorreram inundações em Manila, onde as autoridades decidiram fechar, de forma preventiva, seus escritórios e a Bolsa de Valores, além de suspender as aulas em todos os centros educativos.

Tufão ergueu e jogou barco em área da Baía de Baseco. (Foto: Romeo Ranoco / Reuters)Tufão ergueu e jogou barco em área da Baía de Baseco. (Foto: Romeo Ranoco / Reuters)

Várias regiões do país ficaram sem fornecimento de energia, entre elas o distrito financeiro de Makati, onde a queda de árvores causou danos à rede elétrica.

O tufão tem cerca de 500 km de diâmetro e chegou ao litoral do país na tarde de terça. Está previsto que o sistema de baixa pressão deixe o arquipélago ao meio-dia, mas, ao longo do dia, as intensas chuvas devem continuar no sul da ilha de Luzon, onde se encontra Manila.

O Rammasun chegou às Filipinas enquanto o país ainda se recupera dos danos causados por outro tufão, o Haiyan, que em novembro do ano passado causou 6,3 mil mortes e deixou mais de mil desaparecidos, além de aproximadamente 28,7 mil feridos.

A temporada de tufões nas Filipinas, que começa geralmente em junho e termina em novembro, atrai todos os anos entre 15 e 20 ciclones ao país.

 

G1

Solicitações de crédito do Empreender passam a ser realizadas via internet

Empreender-postO Empreender Paraíba, programa estadual de apoio ao microempreendedor, ganhou novo aparato tecnológico com a implantação de um sistema que garante celeridade de todos os seus processos no Estado. Desenvolvida pela Integrativa, empresa paraibana que atua nas áreas de tecnologia e comunicação, a ferramenta é responsável por toda gestão eletrônica das solicitações de crédito do programa.

Substituindo o processo que era realizado manualmente, o novo sistema possibilita o controle das ações administrativas e obter todo o acompanhamento do trâmite processual. “Nos vimos diante da necessidade de uma ferramenta que auxiliasse não só o corpo técnico, mas também o usuário com informações de cadastro, status e valores em tempo real”, explicou o secretário executivo do Empreender Paraíba, Eduardo Moraes.

No site do Empreender (www.empreender.pb.gov.br), os interessados podem ter acesso ao sistema por meio da seção “Inscrição”. No primeiro momento, o internauta poderá escolher qual linha de crédito corresponde ao seu perfil – Individual, Coletivo, Artesanato, Mulher e Gás Natural – na página inicial. O interessado deverá preencher um formulário com dados da sua empresa, e após a realização do cadastro, o sistema encaminhará esta solicitação para os gestores do Empreender. Também por meio da ferramenta, os consultores do programa irão complementar o cadastro do novo cliente, que poderá acompanhar se sua solicitação foi aprovada.

O diretor executivo da Integrativa, Luiz Henrique Brito, explica que o sistema também oferece aos usuários a criação de um mini plano de negócios. Segundo ele, além de fazer toda a captação de dados, a ferramenta permite que ele trace uma estratégia junto com o consultor e defina dados como a missão, visão, pontos fracos e fortes e a descrição do produto ou serviço. “O sistema também apresenta algumas vantagens como o controle do fluxo de caixa, e desse modo, ajuda o microempreendedor a usar o crédito de maneira inteligente e em prol de resultados positivos para o seu negócio”, destacou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A ferramenta também emite contratos e despachos de liberação do crédito, além de gerar relatórios estatísticos e monitorar se o pagamento está sendo efetuado pelo cliente. “Os gestores têm como mensurar a distribuição de créditos por municípios na Paraíba, e qual é o perfil deste público, por exemplo”, completou.

Empreender PB – Por meio do programa Empreender PB o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 60 milhões na Paraíba, beneficiando mais de 50 mil empreendedores indiretamente, atendidos pelas linhas de crédito. Cada uma possui sua especificidade e todas elas possibilitam a aquisição do investimento para qualquer área de negócio produtivo no Estado.

Cadastramento – O empreendedor interessado no crédito deve ser maior de 18 anos e morar na Paraíba há pelo menos seis meses. O contato com o Empreender PB pode ser feito pelo telefone 83.3218-4428 e/ou redes sociais: Facebook – (facebook.com/empreenderpb) e Twitter – (@EmpreenderPB).

Bananeiras Online com Assessoria

Mulheres vítimas de violência passam a contar com aparelho para acionar a PM e a Delegacia da Mulher

vitimas-de-violencia-passam-a-contar-com-aparelho-para-acionar-a-pm-e-a-delegacia-da-mulherMulheres vítimas de violência doméstica poderão, agora, dispor de um aparelho para acionar a Polícia e a Delegacia da Mulher, quando se sentirem ameaçadas. A medida faz parte do Programa Mulher Protegida e S.O.S Mulher, do Governo do Estado, com apoio do Poder Judiciário estadual e da rede de proteção à mulher, e foi formalizada na tarde desta segunda-feira (5), na Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba, numa solenidade que contou com a presença de representantes da rede de enfrentamento à violência contra a mulher no Estado.

O Programa Mulher Protegida também permite visitas regulares das Polícias Militar e Civil nas casas das vítimas para fiscalização do cumprimento das medidas protetivas expedidas pela Justiça contra os agressores.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O dispositivo foi apresentado pela delegada da Mulher, Maysa Félix. “Quando a vítima acionar o botão vermelho, imediatamente é enviado um sinal para a CIOP e para a Central, que determina que a viatura mais próxima se dirija ao local em que a vítima se encontra. A localidade é identificada por meio de GPS “, explicou.

Na ocasião, a promotora Rosane Araújo declarou que o aparelho do S.O.S Mulher é mais uma ferramenta para combater a violência doméstica, que ela denomina como a “madrasta de todas as outras violências difusas na sociedade”. “Quanto mais ações articuladas pelos diversos setores que integram o sistema da Justiça, mais eficácia haverá no combate”, falou.

A juíza titular da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Capital, Rita de Cássia Andrade, acredita que o novo instrumento poderá dar sustentação às decisões judiciais. “As medidas protetivas de urgência são cautelares concedidas, mas até o momento nós não possuíamos mecanismos para garantir estas medidas. Agora, existe uma proteção maior”, afirmou.

A união dos Poderes para combater à violência doméstica foi destacada pela secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares. “A Paraíba dá exemplo de um trabalho articulado no enfrentamento à violência doméstica. Isso aumenta o nosso compromisso para diminuição dos índices de homicídios de mulheres em nosso Estado”, disse.

A secretária acrescentou que o programa já estava em funcionamento, através de um projeto piloto, e que neste primeiro momento, 50 aparelhos foram disponibilizados. “A partir das necessidades que forem surgindo, ampliaremos o programa que, por enquanto, atende Campina Grande e João Pessoa, que possuem Delegacia Especializada da Mulher e Vara de Violência Doméstica contra a Mulher”, explicou.

Já a presidente do TJPB, desembargadora Fátima Bezerra Cavalcanti, ressaltou que toda a sociedade civil precisa se envolver com a causa. “É preciso que os Poderes Públicos trabalhem de forma eficiente e célere, mas também é preciso que a sociedade abrace esta luta, apoiando a mulher que quer denunciar e lutando com ela pela preservação de sua dignidade”, disse.

 

Assessoria

Detentos da PB passam a criar peixe para consumo próprio na prisão

Detentos cuidarão da criação de peixes que servirão de alimento no presídio (Foto: Gil Carvalho/Secretaria de Administração Penitenciária)
Detentos cuidarão da criação de peixes que servirão de alimento no presídio
(Foto: Gil Carvalho/Secretaria de Administração Penitenciária)

Detentos da Paraíba passaram a criar peixes para consumo próprio dentro da prisão. O projeto de piscicultura está funcionando de forma experimental na Penitenciária de Segurança Máxima Criminalista Geraldo Beltrão, em João Pessoa, e segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) deve ser estendido para outras unidades prisionais do estado. A iniciativa é tratada como medida de ressocialização.

O projeto está sendo desenvolvido através de uma parceria entre a Administração Penitenciária e a Secretaria de Pesca e Aquicultura do Estado. De acordo com o secretário da Seap, Wallber Virgolino, a ideia nasceu do diretor da Geraldo Beltrão, João Rosas. “Ele viu que o sistema penitenciário investia em todos os ramos, mas não investia na piscicultura e o apenado tinha a possibilidade de ser instruído nesse campo”, explicou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Um primeiro tanque foi construído de forma experimental pelos presos da unidade e já recebeu alevinos. O próximo passo é a construção de dois novos espaços para que o projeto possa começar a funcionar de forma efetiva, o que deve acontecer em fevereiro.

“Vinte apenados irão participar do projeto inicialmente, também pensamos em estender para outros presídios para que o sistema penitenciário se torne autosuficiente na produção de peixes e, além disso, capacitar o apenado no campo da piscicultura, para que ele possa ter conhecimento de como alimentar o peixe, tratar doenças, tratar a água e principalmente como fazer venda”, ressaltou Virgolino.

O excedente deve ser usado na merenda escolar (Foto: Gil Carvalho/Secretaria de Administração Penitenciária)O excedente deve ser usado na merenda escolar da rede estadual de ensino
(Foto: Gil Carvalho/Secretaria de Administração Penitenciária)

A Secretaria da Pesca participa do projeto com o fornecimento de alevinos e de ração e também entrará com a capacitação para os apenados participantes da iniciativa. “A ideia não só instituiu a troca de trabalho pelo que vão consumir na sua alimentação, como dá a eles [presos] a oportunidade de aprender um novo ofício. Precisamos pensar nossos presos a um longo prazo, pois todos um dia irão sair dali”, afirmou o secretário da Pesca, Sales Dantas.

Além de servir para o consumo dos presos, os peixes produzidos na penitenciária também podem ir parar na mesa dos estudantes da rede estadual de ensino. Segundo o secretário da Pesca, o excedente de produção será revertido em merenda, como forma de baratear os custos com a alimentação dos alunos e também melhorar a carga nutricional.

Para o secretário Wallber Virgolino, a iniciativa é importante para a ressocialização dos presos. “A Paraíba vem expandindo os projetos no campo da ressocialização, a  gente tá tentando atingir todas as áreas para que o apenado tenha conhecimento e assim sua reintegração social aconteça de maneira mais fácil, mais rápida”, pontuou.

G1

Maranhão diz que declarações de Cássio sobre aliança com RC não passam de ‘jogo de cena’

zé maranhãoO presidente do diretório estadual do PMDB, José Maranhão, afirmou nesta segunda-feira (20) que as recentes declarações do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), indicando que poderia ser candidato ao Governo do Estado este ano, seriam um “jogo de cena”.

“Essa declaração está causando um certo furor, uma certa agitação no mundo político, mas eu tenho a impressão de que faz parte de um jogo de cena. Eu não acredito que Cássio queira nesse momento romper com Ricardo Coutinho, eu acho que se houver esse rompimento a iniciativa vai partir do próprio governador”, afirmou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O ex-governador explicou que o socialista pode estar sentindo que Cássio está com “falta de terra nos pés” em suas declarações.

 

Pedro Callado / Fernando Braz