Arquivo da tag: Operação

Operação prende dois homens suspeitos de estuprarem crianças em Cajazeiras, na Paraíba

Uma operação da Delegacia da Mulher de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, prendeu dois homens suspeitos de abusar sexualmente de crianças na cidade. A ação aconteceu na manhã desta quinta-feira (29) e contou com o apoio do Grupo Tático Especial da Polícia Civil. Um terceiro mandado de prisão foi expedido, mas o suspeito do crime já havia fugido da cidade. As vítimas têm entre 3 e 13 anos de idade.

Conforme a delegada Yvna Cordeiro, um dos suspeitos, de 58 anos, teria oferecido R$ 20 para uma criança de 10 anos dar uma volta de carro com ele e, dentro do veículo teria acontecido o abuso sexual infantil com atos libidinosos.

Já o outro suspeito, de 35 anos, foi preso por ter abusado sexualmente das filhas e sobrinhas. De acordo com a delegada, todas as vítimas tinham 10 anos na época dos fatos, sendo que uma delas foi abusada dos 10 aos 13 anos.

O suspeito que está foragido teria cometido estupro de vulnerável com a neta de três anos de idade. Os presos foram encaminhados para a Penitenciária Regional da cidade.

G1

 

Operação Calvário investiga Arthur Cunha Lima e mais dois conselheiros do TCE-PB; autoridades apuram crimes de lavagem de dinheiro

A nona fase da Operação Calvário, deflagrada nesta terça-feira (27) apura crimes de lavagem de capitais, supostamente praticados pelo conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB) Arthur Paredes Cunha Lima e por pessoas ligadas ao grupo empresarial em uma das Organizações Sociais (OS) envolvidas que recebiam propina de fornecedores. Foi solicitado o bloqueio de bens dos investigados em um total de cerca de R$ 23,4 milhões, para reparação.

O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal cumprem, nesta manhã, 10 mandados de busca e apreensão nas cidades de João Pessoa, Bayeux e Cabedelo, na Paraíba, além de Aracaju, em Sergipe, e do Distrito Federal. Participam da operação 80 policiais federais.

Os mandados foram expedidos pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Francisco Falcão. A competência da Corte foi firmada em razão da necessidade de investigar eventuais delitos praticados pelo atual governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), e por três conselheiros do TCE-PB.

O ClickPB falou com o presidente do TCE-PB, conselheiro Arnóbio Viana. Ele declarou que ainda não havia tomado conhecimento acerca da nova fase da Operação Calvário e sobre quais conselheiros do órgão seriam os alvos. Arnóbio ainda se declarou surpreso com a deflagração de mais uma fase da Operação Calvário e com a investigação de conselheiros do Tribunal.

Investigação

As investigações contam com mensagens de celular, gravações ambientais e informações obtidas por meio de um acordo de colaboração premiada firmado entre a Procuradoria-Geral da República (PGR) e um empresário que era gestor de fato de duas entidades envolvidas nos ilícitos.

A subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, designada pelo procurador-geral, Augusto Aras, para atuar nos processos criminais perante o STJ, também requereu a imposição de medidas cautelares a um advogado investigado pelo esquema, como a proibição de frequentar as dependências do TCE/PB e a suspensão do exercício da atividade advocatícia perante o órgão e em contratos com entes públicos.

O esquema teria começado em 2011 e envolveria a contratação de organizações sociais para gerir recursos públicos. De acordo com a investigação, as OS direcionavam os gastos de hospitais para determinados fornecedores, que, posteriormente, repassavam parte do valor a agentes públicos. Na mesma operação já houve buscas e apreensões em dezembro de 2019, ocasião em que o STJ determinou o afastamento do cargo de dois conselheiros do TCE/PB.

 

Bárbara Wanderley com informações do MPF

 

 

Polícia Federal, Gaeco, CGU e MPF deflagram nona fase da Operação Calvário em João Pessoa

A 9ª fase da Operação Calvário foi deflagrada na manhã desta terça-feira (27) em João Pessoa, Cabedelo e Brasília, em atuação conjunta da Polícia Federal, Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB), Controladoria-Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF). Ao todo, estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão na Paraíba e no Distrito Federal.

Até o momento não há informações de cumprimento de mandados de prisão. Os mandados foram expedidos pelo  Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A operação investiga a atuação de uma organização criminosa formada por meio da contratação fraudulenta de Organizações Sociais para gerir os serviços essenciais da saúde e da educação no Estado da Paraíba. Os recursos teriam beneficiado empresários e agentes públicos.

Este trabalho conjunto representa a nona fase da Operação Calvário, tendo por objeto robustecer o conjunto probatório de situações detectadas nas fases anteriores, principalmente no tocante ao crime de lavagem de dinheiro.

Os levantamentos apontaram que, no período de 2011 a 2019, somente em favor das OS contratadas para gerir os serviços essenciais da Saúde e da Educação, que integram as investigações de todas as fase da Operação Calvário, o Governo da Paraíba empenhou 2,4 bilhões de reais, tendo pago mais de 2,1 bilhões, dos quais estima-se um dano ao erário de mais de R$ 134 milhões.

Impacto social

As irregularidades praticadas pela organização criminosa impactaram fortemente a qualidade do atendimento prestado à população carente nos hospitais públicos estaduais gerenciados pelas Organizações Sociais, bem como a qualidade do ensino público estadual prestado à população da Paraíba.

Participam da operação 19 policiais federais e dois auditores da CGU.

 

Isabela Melo com informações da Polícia Federal

 

 

Polícia realiza operação LOCKDOWN em Solânea

A Policia Civil da Paraíba, através da 21ª SECCIONAL em Solânea e Policia Militar, por meio da 7ª CIPM, realizaram na manhã desta quinta-feira (15), uma operação de combate a prática de crimes na cidade de Solânea, operação esta denominada “LOCKDOWN: Etapa Solânea”.

Na ação foram cumpridos 07 mandados de busca e apreensão e 02 de prisão nos Bairros Baixio e Bela Vista em Solânea, sendo os alvos pessoas envolvidas em diversas atividades criminosas, tais como roubos, homicídio, tráfico de drogas e estupro.

Foram presos Isaías da Silva Serafim, 21 anos e Nilson Porto Matias dos Santos, 23 anos, sendo apreendida uma espingarda de fabricação caseira e os presos encaminhados a cadeia local.

Aproximadamente 35 policiais participaram desta etapa da operação.

Informações da Polícia Civil

 

 

Operação Nossa Senhora registra 17 acidentes com dois mortos na Paraíba

Ao todo, 21 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais paraibanas durante o feriado prolongado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou na última segunda-feira (12) a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020, realizada de 09 a 12 de outubro. Durante o período, foram registrados nas rodovias federais paraibanas 17 acidentes que resultaram em 14 pessoas feridas e dois óbitos.

A Operação foi marcada pela imprudência dos motoristas. Ao todo, 21 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool e 234 infrações diversas foram registradas.

O reforço no policiamento ostensivo resultou na fiscalização de 676 veículos, 806 pessoas foram abordadas, 141 veículos foram recolhidos aos pátios da PRF por irregularidades e 32 animais que estavam na pista foram manejados.

A PRF registrou aumento no fluxo de veículos durante o feriado prolongado, principalmente nas rodovias que ligam o sertão à capital e nas rodovias de acesso ao litoral paraibano. Em 2019, o feriado do dia 12 de outubro ocorreu durante o fim de semana. Portanto, não houve operação de feriado prolongado com dados comparativos em relação a este ano.

Combate ao crime

As ações de combate ao crime também foram intensificadas durante a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020, o que resultou na prisão de 21 pessoas nas rodovias federais da Paraíba, sendo dois foragidos da justiça com mandados de prisão em aberto. Ao todo, nove veículos roubados foram recuperados.

Brasil
Em todo o país foram registrados 973 acidentes de trânsito nas rodovias federais durante a Operação, sendo que 1.165 pessoas ficaram feridas e 75 pessoas vieram a óbito no local do acidente. Nesse período, a PRF realizou mais de 6,2 mil testes de etilômetros e flagrou 783 pessoas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais de todo o país.

 

pbagora

 

 

Polícia Militar realiza Operação Cidade Segura em Guarabira, Alagoa Grande e Belém

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, na noite dessa quinta (27) e início da madrugada desta sexta-feira (28), a Operação Cidade Segura em Guarabira, Alagoa Grande e Belém, cidades-sede da 1ª, 2ª e 3ª Companhias, respectivamente.

Participaram da operação as guarnições do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Diniz, Força Tática, Patamos, CPTran e dos Destacamentos locais das três cidades, onde foram realizadas rondas e abordagens e pedestres e condutores de carros e motos.

A Operação Cidade Segura visa à prevenção de crimes contra a pessoa e contra o patrimônio.

P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM

 

 

Operação da PF investiga fraudes em aposentadorias rurais da Paraíba

Uma operação da Polícia Federal cumpriu uma ordem judicial na manhã de hoje (19), no município de Capim, no Brejo da Paraíba. A polícia investiga a emissão de documentos falsos para a obtenção de benefícios previdenciários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Esta é a segunda fase da operação Capim Fértil no estado.

Na primeira etapa, a PF afirmou que o prejuízo estimado aos cofres públicos é de R$ 4 milhões. A Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários afirma que um proprietário rural emitiu mais de 60 declarações falsas para pessoas que nunca trabalharam em suas terras, com objetivo de obter benefícios rurais previdenciários.

Entenda o caso –  Essa operação trata-se de desdobramento da Operação “CAPIM FÉRTIL” iniciada para investigar fraudes contra o INSS por requerentes de benefícios rurais previdenciários, que utilizavam documentos e declarações falsas para obter benefícios irregulares junto àquela Autarquia Previdenciária, totalizando mais de 60 empregados – conforme declarações expedidas.

O indício de fraude foi constatado a partir de denúncia anônima narrando que o proprietário do imóvel rural cobrava para emitir referidas declarações, sendo que nessa fase da operação foi possível identificar uma das autoras intelectuais e documentais do crime, que articulava a parte formal do delito.

Embasado nas provas constantes dos autos, a Autoridade Policial que preside o feito representou por mandado de busca e apreensão na casa de um(a) investigado(a), deferido pela Justiça Federal e cumprido pela Superintendência de Polícia Federal na Paraíba.

O crime resultou em um rombo de aproximadamente cinco milhões de reais aos cofres públicos, conforme divulgado pela Secretaria da Previdência. As investigações permanecem e a partir desse desdobramento, os materiais apreendidos serão analisados e confrontados para identificar eventuais participantes e sua posterior responsabilização.

pbagora com PF

 

Homem é preso e veículos são apreendidos em Operação de combate ao furto de gado no Agreste da Paraíba

Uma operação integrada entre as Polícias Civil e Militar da Paraíba foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (13), para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão nos municípios de Remígio e Algodão de Jandaíra, tendo como foco o combate ao furto de gado na região.

Segundo o delegado Cristiano Santana, do Grupo Tático Especial (GTE) da Delegacia Seccional de Esperança, foram cumpridos quatro mandados de busca em sítios da região e até agora um homem foi preso, além da apreensão de veículos utilizados pelos criminosos. As diligências continuam e novas prisões podem acontecer até o final do dia.

“O nome da operação é “Abigeatus”, um termo latim que faz referência ao furto de rebanhos bovinos. É uma ação que une o trabalho da Polícia Civil e da Polícia Militar e que atende ao apelo de criadores da região, devido ao furto de animais em suas propriedades”, destacou o delegado Cristiano Santana.

Participam dessa operação mais de 30 policiais, tanto do  Grupo Tático Especial de Esperança (12ª DSPC), quanto da Polícia Militar militar (15º BPM).

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do disque-denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e é garantido o anonimato do denunciante ou da denunciante.

 

clickpb

 

 

Polícia Militar realiza Operação Nômade em Alagoa Grande, efetua prisões e apreensão de droga

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, durante a noite dessa segunda-feira (10) e madrugada desta terça-feira (11), na cidade de Alagoa Grande, a Operação Nômade, que resultou nas prisões em flagrante de cinco suspeitos por associação para o tráfico de drogas e apreensão de 55 pedras de substâncias semelhantes a crack, duas porções de substância similar à maconha e uma quantia em dinheiro. Um homem ainda conseguiu fugir, abandonando uma moto que foi apreendida por estar com o licenciamento atrasado.

Os policiais realizavam o patrulhamento nas proximidades do ginásio de esportes da cidade quando se depararam os homens em atitudes suspeitas e, ao realizarem as buscas pessoais, encontraram com eles as substâncias entorpecentes. Após serem presos, eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Guarabira-PB para a lavratura do auto de flagrante delito.

Na PB-079, também em Alagoa Grande, um homem foi preso ao ser flagrado dirigindo com sinais visíveis de embriaguez. Os policiais que realizavam a operação visualizaram que ele conduzia o veículo fazendo ziquezague na rodovia e, ao interceptá-lo e abordá-lo, constataram que ele apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica, o que foi comprovado através de teste realizado pela guarnição da CPTran. Ele foi preso e conduzido à delegacia e o veículo foi apreendido.

A Operação Nômade foi comandada pelo tenente-coronel Gilberto e também participaram as guarnições do comandante da 2ª Companhia, capitão Jones, Rádio Patrulha de Alagoa Grande, Força Regional do CPR I (Comando de Policiamento Regional), Força Tática e CPTran.

P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM

 

 

Polícia Militar realiza Operação Cidade Segura em Guarabira, Cuitegi e Alagoinha

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram, nessa quinta-feira (9), a Operação Cidade Segura em Guarabira, Cuitegi e Alagoinha, com rondas e abordagens a pedestres e condutores de carros e motos, nas zonas urbanas e rurais dos três municípios.

Participaram da operação as guarnições do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, Força Tática, Choque, CPTran e Destacamentos locais.

P/5 – Seção de Comunicação Social e Marketing Institucional do 4º BPM