Arquivo da tag: Ondas

PB registra ondas fortes, ventanias e chuvas com névoa intensa; Aesa explica

Imagem compartilhada no WhatsApp
Monumento ao Frei Damião foi coberto pela névoa em Guarabira

O fim do período de inverno vem se caracterizando por fortes ventanias, névoa intensa e chuva nas regiões do Litoral, Brejo e Agreste paraibano. Além disso, a Capitania dos Portos está emitindo com frequência alertas de ressaca com ondas fortes no Litoral. A Agência Estadual de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) classifica como “normal” parta a época e explica os motivos.

No sábado (9), o estado registrou ressaca do mar, que causou destruição em Jacumã, no Conde, na Grande João Pessoa. A maré subiu e as ondas fortes derrubaram três barracas da praia. Em Guarabira, a 100 km de João Pessoa, uma névoa intensa acompanhada de chuva foi registrada nesse domingo (10). Na Capital, foram registrados ventos fortes, na manhã de domingo e dessa segunda-feira (11).

Nessa terça, a Capitania dos Portos emitiu alerta por causa dos ventos que podem alcançar 61 km/h no litoral, até as 21h desta terça (12). A recomendação é evitar o mar.

De acordo com Marle Bandeira, meteorologista da Aesa, a ocorrência desses fenômenos é tida como “normal” para a época do ano, entre o fim do inverno e o início da primavera, que ocorre a partir do dia 22 deste mês e segue até o dia 21 de dezembro.

“As ventanias, chuvas esparsas e até a névoa no Brejo são normais para essa época do ano por conta da umidade vinda do oceano. Muita gente acha que o que ocorre aqui tem relação com os furacões que atingem o Atlântico Norte, mas são dois sistemas totalmente diferentes”, contou Marle Bandeira.

Sobre a previsão para os próximos meses, Marle Bandeira afirmou que a chegada da primavera vai trazer diminuição significativa das chuvas e fazer com que as temperaturas subam em todo o estado.

“Até o fim do inverno ainda teremos chuvas esparsas em determinados locais e ventos fortes. Porém, após a entrada da primavera teremos uma diminuição das chuvas, dos ventos e uma elevação das temperaturas. Com isso, iremos sentir cada vez mais calor”, concluiu a meteorologista.

Por Halan Azevedo

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aviso de ressaca na PB é prorrogado e Capitania alerta para ondas de até 2,5m

(Foto: Walter Paparazzo/G1)

A Capitania dos Portos prorrogou o aviso de ressaca do mar no litoral da Paraíba e alertou a população para a ocorrência de ondas de até 2,5 metros de altura. O aviso é válido até a quinta-feira (13), às 9h.

A recomendação da Capitania do Portos é que, durante esse período, praticantes de esportes náuticos evitem a prática de esportes no mar.

Além disso, é recomendado que embarcações de pequeno e médio porte e pescadores evitem navegar e que embarcações de médio e grande porte redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança.

Em caso de emergência, deve-se entrar em contato com 0800-281-30-71 (Disque Segurança da Navegação), 185 (Salvamar Nordeste), (83) 3241-2805 (Capitania dos Portos) ou (83) 9 9302-9294 (WhatsApp Denúncia).

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ressaca atinge Litoral da Paraíba com ondas de três metros de altura

ressaca_do_marOndas de até três metros de altura continuam atingindo o litoral paraibano. O alerta de ressaca com ondas Sudeste-Leste  é da Capitania dos Portos e deve durar até às 9h de quarta-feira (07).

A Marinha recomenda que esportistas e pescadores evitem entrar no mar durante o período. Também não é recomendado navegar com embarcações pequenas.

O aviso também é válido para as embarcações de transportes de médio e grande porte, os tripulantes devem ficar atentos quanto ao estado geral de motores e casco, equipamentos de rádio e outros itens de segurança para evitar problemas com a ressaca.

Em caso de emergências, a Capitania dos Portos orienta que sejam usados os telefones 0800-281-3071, 185 ou 3241-2805.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Ondas chegam a 2 metros e alagam calçadas da orla de Manaíra em João Pessoa

Pedro Frazão
Pedro Frazão

Quem passou pela calçadinha da Praia de Manaíra, em João Pessoa, na tarde desta sexta-feira (29), presenciou a força das ondas. Devido à maré alta e com a ajuda da força dos ventos, as águas chegaram à calçada.

Muitas internautas compartilharam fotos nas redes sociais. A areia foi encoberta pelas águas.Ondas de até 2m se formaram causando um fenômeno bonito, mas perigo em parte da orla de João Pessoa.

A Capitania dos Portos da Paraíba alertou aos navegadores que eles devem ficar em alerta para os ventos fortes e a agitação marítima que vêm sendo registrados nas praias paraibanas.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Apesar do aviso, muitas pessoas ainda se arriscavam e iam observar o fenônemo ultrapassando o limite permitido.

Praia de Manaíra Foto: Praia de Manaíra

Créditos: Diogenes Aquino

A repórter da TV Correio, Nelma Figueiredo, registrou o avanço da águas na barreira do Cabo Branco, nesta sexta (29).

Barreira do Cabo BrancoFoto: Barreira do Cabo Branco
Créditos: Nelma Figueiredo

 

Na última terça-feira (12), o mar ficou agitado e provocou grandes ondas em parte do litoral paraibano. O fenômeno foi registrado nas praias de Manaíra, Tambaú e Cabo Branco, em João Pessoa, além de Baia da Traição, no Litoral Norte. A ressaca do mar provocou ondas de cerca de 2,5 metros.

A ressaca é a chegada de ondas violentas à costa e começa quando rajadas de vento fazem subir o nível do oceano e aumentam, já em mar aberto, o tamanho dos vagalhões. Impulsionada por correntes marítimas, a massa de água caminha com velocidade crescente até encontrar o litoral.

Ao chegar à praia, o mar agitado inunda a faixa de areia e as ondas quebram bem próximas da orla. A força da ressaca costuma alagar avenidas e danificar construções à beira-mar – há também relatos de banhistas tragados pelo mar e levados para longe da praia pelas fortes correntes marítimas.

 

 

 

Hyldo Pereira, Portalcorreio

Ventos fortes e ondas altas atingem asfaltos e praças do litoral paraibano

Raffael Camelo
Raffael Camelo

O mar ficou agitado e provocou grandes ondas em parte do litoral paraibano. O fenômeno foi registrado nesta terça-feira (12), nas praias de Manaíra,Tambaú e Cabo Branco, em João Pessoa, e Baia de Traição, Litoral Norte.

Os navegadores devem ficar em alerta para os ventos fortes e a agitação marítima que vêm sendo registrados nas praias paraibanas. A ressaca do mar provoca ondas de cerca de 2 metros.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Na Baia da Traição, os moradores ficaram assustados com a força do mar. Praças foram inundadas e as águas atingiram ruas da cidade. Moradores disseram que alguns barcos que estavam atracados, não suportaram os ventos fortes e viraram. Ninguém ficou ferido.

Ondas atingiram praças da Baia da TraiçãoFoto: Ondas atingiram praças da Baia da Traição
Créditos: Paulinho Hudgens Barreto

Na praia de Manaíra, na Capital, ondas violentas chegaram até o asfalto. Apesar de ser um espetáculo bonito de se ver, a ressaca provocou susto em pessoas que estavam no local e transtornos aos motoristas e comerciantes.

A ressaca é a chegada de ondas violentas à costa e começa quando rajadas de vento fazem subir o nível do oceano e aumentam, já em mar aberto, o tamanho dos vagalhões. Impulsionada por correntes marítimas, a massa de água caminha com velocidade crescente até encontrar o litoral.

Ao chegar à praia, o mar agitado inunda a faixa de areia e as ondas quebram bem próximas da orla. A força da ressaca costuma alagar avenidas e danificar construções à beira-mar – há também relatos de banhistas tragados pelo mar e levados para longe da praia pelas fortes correntes marítimas.

Uma das ruas alagadas na Baia da TraiçãoFoto: Uma das ruas alagadas na Baia da Traição
Créditos: Adriana Lino

 

 

Wanja Nóbrega e Hyldo Pereira, Portalcorreio

UEPB: Documentário Ondas Luminosas da universidade será gravado em Alagoa Nova

Foto: Bruno Cunha
O Documentário Ondas Luminosas das estudantes de Comunicação Social da UEPB Anne Emanuelle e Bewerlly Ad será gravado no próximo Sábado (09) nas Cidades de Matinhas, Alagoa Nova e Barra de Santana.

Em Matinhas o Documentário será gravado na residência da Senhora Maria Severina de Sousa (mais conhecida como Dona Marina ).
O Documentário foi inscrito no Projeto de Fomento e Incentivo à Produção de Curtas da UEPB/CCSA, UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA e CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E APLICADAS, e foi selecionado entre centenas de outros projetos, com o apoio da Pro-Reitoria de Cultura, a UEPB visa promover, estimular e democratizar o acesso da população à produção de obras audiovisuais de curta-metragem, contribuindo para o desenvolvimento do segmento audiovisual no Estado da Paraíba.
Da redação com Bruno Cunha.