Arquivo da tag: Mulungu

Luto: aos 85 anos, morre o médico e ex-prefeito de Mulungu, Geraldo Camilo

O único mal irremediável, prescrito por Ariano Suassuna, atingiu o médico Geraldo Camilo, aos 85 anos, nesta quarta-feira (28). A morte silenciou a voz, escondeu o sorriso, aquietou a bravura e amortizou o poço de cultura de Geraldo Camilo. A matéria foi vencida pelo desgaste temporal inerente aos humanos, mas a sua elegância de comportamento o manterá vivo e impregnado por onde passou e exalou sua experiência e sabedoria.

Ao lado dos familiares, como sempre pediu, faleceu em sua casa na capital paraibana. Por vezes expressou: “ninguém merece morrer no gelo de uma UTI, quero morrer em casa ao lado dos meus”. E completava: “nascer e morrer são dois fenômenos naturais. Não tenho medo da morte, tenho medo de não morrer, deve ser horrível. Em determinada altura da vida devemos sair de cena para que outros também brilhem”.

Em 1963, o jovem Geraldo Camilo chegava à Guarabira para colocar em prática o que tinha aprendido na faculdade de medicina. Foi visionário e fundou a Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora da Luz, na qual milhares de crianças nasceram ao longo de décadas. Ao encerrar as atividades da Maternidade Senhora da Luz rejeitou a aposentadoria de fato, ao afirmar: “quando jovem planejei aposentar-me, mas quando chegou o tempo, vi que não era o que eu pensava. Devemos nos aposentar somente na carteira de trabalho, na prática, não devemos abandonar nossas atividades, nos prejudica em todos os sentidos”. Com essa visão, passou a cuidar mais da Rádio Cultura de Guarabira – onde detinha 40% das ações, e passou a atender no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Guarabira, depois de se especializar em Psiquiatria. Explicava sua repulsa ao comodismo citando o escritor português Fernando Pessoa – a quem chamava de amigo Fernandinho -: “há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos”.

Viciado confesso em livros, Dr Geraldo Camilo era dono de uma oratória invejável. Por sua habilidade, o programa radiofônico mantido por ele na Rádio Cultura, às 11 horas das sextas-feiras, lhe garantia uma legião de ouvintes e admiradores. Por longos anos, o programa foi líder de audiência no horário em Guarabira.

Entre as inúmeras intervenções sociais, dirigiu a UNIMED em Guarabira e foi prefeito de Mulungu (PB). São inúmeros os relatos de sua ação humanitária em favor dos habitantes de Guarabira e região. Gestantes, crianças, idosos, abastados ou desprovidos, foram muitos os socorridos pelas mãos de Geraldo Camilo.

Mas a sua escola foi estendida. Formou uma família de médicos entre filhas, genros e netos. “Minha família é uma verdadeira inflação de médicos”, brincava Dr Geraldo. Um belíssimo capítulo da história de Guarabira está reservado ao seu nome.

O corpo será cremado, conforme desejo dele.

 Rafael San – ManchetePB

 

 

4º BPM realiza operações policiais em Guarabira, Alagoinha, Mulungu e Belém

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram na noite desse domingo (5), sob o comando do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, as Operações Cidade Segura e Previna-se em Guarabira, Alagoinha, Mulungu e Belém.

Nas operações, além de rondas e abordagens a pedestres, condutores de carros e motos, os policiais deram orientações às pessoas sobre a importância de evitarem aglomerações para impedir a contaminação pelo Novo Coronavírus.

Além da guarnição do CPU, participaram das duas operações policiais da Força Tática, Choque, CPTran e dos destacamentos das cidades.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Policiais do 4º BPM realizam operação e apreendem arma de fogo em Mulungu

Durante a Operação Pôr do Sol, realizada por policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) no final da tarde e início da noite dessa sexta-feira (3), um homem foi preso e uma arma de fogo, um revólver calibre 38 com seis munições intactas, foi apreendida na zona rural de Mulungu. A operação foi comandada pelo tenente-coronel Gilberto e, além de Mulungu, foi realizada também nas zonas rurais e urbanas dos municípios de Guarabira, Sertãozinho e Alagoinha. O homem foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e a moto foial apreendida pela CPTran por estar com o licenciamento atrasado.

O homem preso com a arma estava de carona na moto, que foi abordada durante a operação, que visa à prevenção e combate a assaltos, tráfico de drogas e crimes contra a vida e o patrimônio. Além do Comando do 4° BPM, participaram da operação as guarnições do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Danilo, Patamos, Força Tática, Rotam e CPTran.

POSSE DE ENTORPECENTE – Durante rondas realizadas no Parque do Poeta, a guarnição da Força Tática visualizou dois homens em atitude suspeitas. Ao fazer a abordagem policial, foi constatado que eles portavam substâncias semelhantes à maconha e cocaína. Com o apoio da Rádio Patrulha, os dois foram conduzidos à delegacia.

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Médico estaciona carro, esquece de puxar freio de mão e morre atropelado em Mulungu, PB

Um médico identificado como Dr. Edvan Benevides, morreu atropelado pelo próprio carro na manhã desta sexta-feira (29) no município de Mulungu, na Paraíba. Ele prestava serviço no PSF da comunidade de Gravatá, na Zona Rural.

Conforme relatos de testemunhas, a vítima teria estacionado seu veículo, uma caminhonete e esquecido de engatar o freio de mão.

“Ele desceu do carro, tirou a chave e fechou a porta. Quando ele estava passado por trás, o carro foi descendo e acabou atropelando ele”, disse uma moradora.
Médico Edvan Benevides – Foto: Reprodução/WhatsApp

 

Dr. Edvan estava realizando visitas domiciliar. Ele ficou bastante ferido. Populares se desesperaram diante da cena. A vítima recebeu os primeiros atendimentos de algumas enfermeiras do município até a chegada do socorro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e os socorristas tentaram de tudo, mas o médico não resistiu e morreu dentro da ambulância.

A Polícia Civil tomou conhecimento do caso e a perícia foi chamada para realizar os procedimentos cabíveis. O corpo foi encaminhado ao Núcleo de Medicina Odonto-Legal (Numol) de Guarabira.

O repórter Pedro Júnior tentou contato com o Secretário de Saúde do município e as Polícias Militar e Civil, mas não teve sucesso nas ligações.

Redação e Créditos | Blog do Pedro Júnior

 

 

Polícia realiza Operação Cidade Segura em Guarabira, Pirpirituba, Mulungu e Belém

Policiais do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) realizaram nessa quinta-feira (26), em Guarabira, Pirpirituba, Mulungu e Belém, a Operação Cidade Segura, com rondas e abordagem a pedestres, condutores de motos e veículos, nas zonas urbanas e rurais dos municípios.

Sob o supervisão do major Silva Ferreira, participaram da operação as guarnições do CPU (Coordenador de Policiamento da Unidade), tenente Rodrigues; Rotam e Força Tática, sob o comando do sargento Ruan e cabo Benildo respectivamente; das Rádio Patrulhas, comandadas pelo subtenente Vamberto e sargento Batista; e do Choque, sob o comando do sargento Jonatas.

 

 

Assessoria 4º BPM

 

 

Em Mulungu, jovem é assassinado a tiros

Um jovem foi assassinado com vários disparos de arma de fogo na manhã desta sexta-feira (16), na cidade de Mulungu, na Paraíba. O crime foi por volta das 07h40, no Conjunto Humberto Madruga.

Josivaldo Moraes dos Santos, de 22 anos, foi alvejado por desconhecidos quando trafegava pela conhecida Rua do Arame. Autoria e motivações do crime são desconhecidas, disse o Sargento Augusto, em conversa com o repórter Pedro Júnior.

Ninguém soube explicar a polícia o que teria acontecido. O local encontra-se isolado e uma equipe da polícia civil foi acionada para examinar a cena do crime.

O jovem era morador da cidade e filho de um mototáxi.

A polícia pede a colaboração da sociedade de forma anônima nos telefones: 190 (polícia militar) e 197 (polícia civil). O caso está sendo investigado.

 

 

 @reporterpedrojunior – Patrulhando Nas Ruas

 

 

 

Mulher faz bingo de carneiro para pagar o funeral do filho em Mulungu

Uma mulher está organizando o bingo de um carneiro em Mulungu, cidade no Brejo da Paraíba, para pagar os serviços funerários do filho. Humberto Nascimento da Silva estava internado no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa. Ele morreu aos 29 anos de idade, no sábado (11), vítima de leucemia.

Segundo a mãe, as cartelas começam ser vendidas na tarde desta segunda-feira (13) e custam R$ 3 cada uma. O bingo será realizado no próximo sábado (18).

O carneiro foi doado para a dona de casa Maria de Lourdes Nascimento da Silva. O marido dela está desempregado e por isso a família não possui condições para custear os serviços funerários.

“Eu não tenho dinheiro nenhum no momento. A sorte foi que a funerária deixou que a gente pagasse depois”, afirmou Maria de Lourdes.

Com o bingo, a mãe quer reunir a quantia de R$ 1,5 mil para quitar a dívida com uma funerária da cidade de Alagoinha, que permitiu que o pagamento fosse feito em parcelas.

Maria de Lourdes contou que a renda da família é de R$ 630 mensais. A mulher disse ainda que Humberto deixou dois filhos, um de dois e outro de quatro anos de idade que devem ficar sob responsabilidade dela.

G1

Agricultor é assassinado a facadas na zona rural de Mulungu

Um trabalhador rural foi assassinado a golpes de faca na noite desta terça-feira (27), na zona rural de Mulungu, no Agreste da Paraíba.

De acordo com informações, o corpo de um homem conhecido por Cid, foi encontrado ao lado de sua bicicleta, as margens de uma estrada de barro.

A Polícia não revelou informações sobre as circunstâncias, apenas que a vítima seria um trabalhador rural de aproximadamente 65 anos.

Clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Policiais do 4º BPM agem rápido e prendem em flagrante acusado de tentativa de homicídio em Mulungu

Um homem foi preso por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na noite desta quinta-feira (6), logo depois de tentar matar outro a tiros, na cidade de Mulungu. A prisão do acusado, que tem 35 anos de idade, foi feita por policiais da Rádio Patrulha de Mulungu, comandada pelo Sgt J. Paulo, juntamente com a guarnição de Alagoinha, sob o comando do Sgt Assis.

Os policiais deram início às diligências depois de um telefonema anônimo de que acabara de acontecer uma tentativa de homicídio e, ao fazerem contato com a vítima, ela informou o nome do acusado.

Os militares localizaram e prenderam o homem, que foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio. A vítima foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Policiais do 4º BPM apreendem moto roubada e arma de fogo em Mulungu

Uma moto com restrição de roubo e uma arma de fogo, uma espingarda de fabricação artesanal, foram apreendidas na cidade de Mulungu, na noite deste sábado (3) e madrugada do domingo (4) respectivamente, por policiais da 2ª Companhia do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sediada em Alagoa Grande.

A espingarda foi apreendida depois que os policiais foram atender a uma ocorrência de lesão corporal recíproca no Sítio Mumbuca de Baixo, zona rural de Mulungu. As guarnições de Rádio Patrulha, comandadas pelo Cb Augusto e pelo Sgt Augusto, se dirigiram para o local e encontraram uma das armas usadas por um dos envolvidos.

Os dois homens feridos haviam sido socorridos pelo Samu e levados para o Hospital Regional de Gurabira, onde foram atendidos e liberados. Eles não foram localizados pelos policiais e a arma de fogo apreendida por entregue na Delegacia de Polícia Civil. Em um bar localizado no Sìtio Saquaíba, também na zona rural de Mulungu, onde estava acontecendo uma festa, os policiais realizavam a Operação Cidade Segura quando encontraram uma moto Honda Fan 150, de cor vermelha.

A moto tinha placa fria, que correspondia a outro modelo e, através do chassi, os policiais constataram que ela é de Macarapara-PE e possuía restrição de roubo ou furto. A moto foi conduzida para a delegacia, onde foi feito o auto de entrega.

A Operação Cidade Segura tem como principal objetivo fortalecer a segurança da população, realizando rondas e abordagens nas zonas urbanas e rurais dos municípios que integram a área do 4º BPM.

Assessoria 4º BPM

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br