Arquivo da tag: morta

Mulher é morta a tiros enquanto tomava banho, em Cruz do Espírito Santo, na PB

Uma mulher de 27 anos foi morta a tiros na noite deste domingo (4), enquanto tomava banho, em Cruz do Espírito Santo, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, ela trabalhava em um bar da cidade e estava tomando banho na casa ao lado, quando dois homens chegaram em uma moto.

Um dos suspeitos entrou armado e já sabia onde a mulher estava. O morador da casa diz ter ouvido um tiro. Conforme a perícia, a mulher teria tentado se defender com a mão, porque o primeiro tiro atingiu a mãe direita, houve fratura no dedo e foram encontrados restos de pólvora na mão dela.

Depois, a mulher tentou fugir. Tiros atingiram ainda um móvel da casa e a parede. Na rua, a mulher conseguiu correr pelo menos 45 metros, quando foi atingida com um tiro na cabeça, caiu e morreu no local. O suspeito ainda disparou a queima roupa quando a mulher já estava no chão.

O delegado Paulo Josafá informou que não está descartada nenhuma outra linha de investigação. No entanto, há informações de que ela teria envolvimento com um ponto de drogas na localidade. A morte foi uma execução e, até o momento, não há suspeitas de que o crime seria feminicídio. O caso será investigado pela delegacia seccional de Santa Rita.

G1

 

Mulher se recusa a ter relações com cunhado e é morta com facada no pescoço na PB

O crime aconteceu na cidade de Bayeux, na manhã desse domingo (20). A vítima estava na casa de familiares do suspeito e ele tentou ter relações com ela, que negou. Quando a jovem estava dormindo, o suspeito entrou no quarto e a esfaqueou no pescoço.

A mulher foi socorrida e encaminhada para a UPA da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O suspeito foi preso em flagrante minutos depois e encaminhado para a Central de Polícia onde está à disposição da Justiça.

O homem alegou que fazia tempo que não tomava seus remédios e que tomou na noite de sábado, não há comprovação dessa informação, nem se, caso ele tenha realmente ingerido algo, se o uso foi feito combinado com alguma outra substância.

 

paraiba.com.br/

 

 

Laudo conclui que grávida foi espancada e morta pelo marido

O laudo da Polícia Civil divulgado nesta terça-feira (15) concluiu que Pâmela do Nascimento, de 28 anos, grávida do quarto filho, foi morta pelo marido após ter sido espancada. O crime ocorreu em 7 de setembro deste ano, na cidade de Poço de José de Moura, no Sertão da Paraíba, a 522 km de João Pessoa.

O marido da vítima chegou a ser detido, mas negou as acusações. A Polícia Civil fez uma entrevista coletiva, nesta terça (15), para esclarecer detalhes do caso. O delegado Glauber Fontes chamou de “mentirosas” as alegações do suspeito quando ele foi ouvido na delegacia.

Nos primeiros dias após a morte de Pâmela do Nascimento, a Polícia Civil manteve sigilo sobre as investigações. O delegado responsável pelo caso, Glauber Fontes, sequer confirmou que ela havia sido vítima de feminicídio. Como a mulher havia tido problemas de saúde na gravidez anterior e não apresentava hematomas, a polícia entendeu que seria precipitado descartar a possibilidade de morte natural.

A Polícia Civil pede que se a população tiver informações sobre o suspeito, ligue para o Disque-Denúncia 197. A ligação é gratuita e o sigilo do denunciante é garantido pelo Estado.

 

portalcorreio

 

 

Mulher é encontrada morta em apartamento e companheiro é suspeito do crime, em João Pessoa

Uma mulher de 44 anos foi encontrada morta no apartamento em que morava no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Militar, o suspeito de cometer o crime era companheiro da vítima.

A mulher tinha um ferimento extenso na região das costas, na altura dos pulmões. Conforme a PM, embora ainda não seja possível identificar a arma utilizada no crime, os ferimentos indicam que uma foice pode ter sido utilizada.

O corpo da vítima foi encontrado pela filha dela, que morava no mesmo local. De acordo com a polícia, o crime aconteceu no fim da manhã ou começo da tarde.

O suspeito de cometer o crime respondia pelo crime de tentativa de homicídio. Até 21h45 desta quarta, ele não havia sido detido.

No primeiro semestre de 2020, 46 mulheres foram mortas por crimes letais intencionais em toda a Paraíba. Do total, 15 casos estão sendo investigados como feminicídios. O número representa 32,6% dos assassinatos de mulheres.

Na madrugada da última segunda-feira (10), uma adolescente de 15 anos foi morta com vários golpes de faca nas costas e no pescoço, no município de Zabelê, Cariri paraibano. O ex-namorado da vítima foi preso e confessou ter cometido o crime devido ao fim do relacionamento.

Já na terça-feira (11), um homem de 26 anos foi preso suspeito de manter a namorada em cárcere privado, agredi-la e roubar o celular dela, no bairro de Miramar, em João Pessoa. De acordo com a delegada Amindonzele Oliveira, a vítima é uma estudante de psicologia de 19 anos. “Um passo para acontecer coisas piores”, declarou a delegada.

Foto: Walter Paparazzo/TV Cabo Branco

G1

 

Adolescente de 15 anos é morta com várias facadas e suspeito do crime é ex-namorado

Uma adolescente de 15 anos foi morta no início da madrugada desta segunda-feira (10) com vários golpes de faca nas costas e no pescoço, no município de Zabelê, Cariri paraibano.

No início da madrugada, vizinhos ouviram gritos de uma menina vindos de uma casa e, ao chegarem até o local para ver o que havia ocorrido, se depararam com o corpo no chão. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado ao local e constatou que ela já estava morta.

De acordo com informações de testemunhas à polícia, o ex-namorado da vítima seria o suspeito do crime por não aceitar o término do relacionamento. A Polícia Civil investiga o caso. O suspeito não foi localizado até as 6h50 desta segunda-feira.

 

pbhoje

 

 

Colisão entre moto e caminhão deixa mulher morta e outra ferida em JP

Uma motociclista morreu e a garupa ficou gravemente ferida, na tarde quinta-feira (30), após colidir frontalmente em um caminhão, no meio de um cruzamento, no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa, próximo à sede da FUNAD.

Agentes da Semob e do Corpo de Bombeiros estiveram no local. Em contato com a reportagem do PB Agora, a tenente Suzana explicou que a condutora, e a passageira, trafegavam na Rua Orestes Lisboa e tudo indica que entraram na contramão da via, sendo atingidas pelo outro veículo.

“As informações são de que as duas estavam na contramão, mas não temos como fazer a afirmação até que saia laudo policial. A outra vítima foi conduzida ao Trauma em estado grave”, adiantou.

Ainda segundo a tenente, o motorista do caminhão, que estava na via correta, ficou no local, prestou socorro às vítimas e, inclusive, foi o responsável por entrar em contato com o corpo de bombeiros para pedir ajuda.

O nome das vítimas não foi divulgado, até agora

CONFIRA

 

Com informações de Eliabe Castor

PB Agora

 

 

Mulher é morta a facadas em Pilar, na PB; principal suspeito é ex-companheiro

Uma mulher de 42 anos foi morta a facadas na noite de domingo (3), na zona rural do município de Pilar, na Mata Paraibana. De acordo com a Polícia Militar, o principal suspeito é o ex-companheiro da vítima, que já havia a agredido outras vezes, conforme explicou a família.

Segundo a polícia, o crime aconteceu no fim da noite, por volta das 23h, no sítio Chã de Areia, quando o ex-companheiro deu um golpe de faca no do peito da mulher e fugiu. Conforme o relato de familiares da vítima à polícia, o suspeito já tinha um histórico de agredir a mulher com frequência.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina Legal de Itabaiana, onde deve passar pelo exame cadavérico. O suspeito não foi localizado.

G1

 

Idosa de 66 anos é encontrada morta e despida em canteiro de obras em JP

Uma idosa de 66 anos de idade foi encontrada despida e morta em um canteiro de obras de uma construtora no bairro da Penha, próximo à sua residência, neste domingo (05).

A família suspeita que ela tenha sido violentada e depois morta. A polícia foi acionada para determinar as circunstâncias da morte.

Ninguém foi preso e a autoria do crime continua desconhecida.

paraiba.com.br

 

 

Mulher de 62 anos é morta com cinco tiros na frente de casa, em João Pessoa

Uma mulher de 62 anos foi morta a tiros em frente da casa onde morava, no fim da noite desta terça-feira (24), na Comunidade Maria de Nazaré, no bairro do Grotão, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Civil, não há informações sobre a motivação do crime.

A vítima, identificada como Maria José Bezerra Melo, estava sentada em uma cadeira em frente da casa onde morava quando foi atingida por cinco tiros de um revólver calibre.38. O caso foi registrado na delegacia de homicídios da Central de Polícia Civil.

A mulher morreu no local do crime. Até as 8h10 desta quarta-feira (25) não havia informações sobre os suspeitos e ninguém foi preso.

G1

 

Idosa é morta a facadas dentro de casa em Campina Grande

Um homem invadiu uma casa no bairro do Rocha Cavalcante, na Zona Sul de Campina Grande, e matou a facadas uma idosa de 84 anos. O crime aconteceu por volta das 11h30 desta quarta-feira (11).

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, a vítima estava sozinha, preparando o almoço, quando o criminoso invadiu a casa e atacou a mulher com quatro golpes de faca, que atingiram a região do tórax e o pescoço. Ela não resistiu e morreu no local.

O bandido fugiu levando uma arma de fogo que pertencia ao filho da vítima, que é sargento do Corpo de Bombeiros. A polícia segue investigando o caso.

*Com informações da TV Correio