Arquivo da tag: mesários

Paraíba tem 33.804 mesários inscritos para atuar nas eleições municipais de 2020

Ao todo, para as Eleições 2020, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) registrou 33.804 mesários que irão trabalhar de forma voluntária nas eleições municipais desse ano. São 8.451 seções de votação e cada uma delas têm quatro mesários. O primeiro turno acontece no próximo dia 15 de novembro e o segundo no dia 29 de novembro.

Nas últimas eleições de 2018 o número de seções de votação era de 9.955 e cerca de 39.820 mesários estiveram em plantão. Os dados obtidos pelo ClickPB mostram uma queda de 6.016 mesários entre 2020 e 2018.

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conforme relatórios enviados pelos TREs, atuarão em todo o país 1,4 milhão de mesários, sendo 670.958 pessoas que se cadastraram apenas este ano. O restante faz parte de um banco de dados de voluntários inscritos em outros anos.

De acordo com o TSE, o número menor de mesários nas Eleições de 2020 tem uma explicação: neste ano, foram convocadas quatro pessoas por seção; antes, eram seis. Também houve remanejamento, e estas eleições contarão com um número menor de seções.

Por conta da pandemia, cada mesário terá máscaras em três camadas de tecido, proteções do tipo face shield, álcool em gel para as mãos e desinfetante para o ambiente da seção eleitoral, que será demarcada para garantir o distanciamento social. Além disso, com a finalidade de eliminar o risco de aglomerações, o treinamento dos mesários será on-line sempre que possível.

O serviço prestado pelo mesário não é remunerado. O mesário receberá auxílio-alimentação, certificado dos serviços prestados à Justiça Eleitoral e preferência no desempate em concursos públicos (desde que previsto em edital).

 

clickpb

 

 

Justiça eleitoral começa hoje a convocar 34 mil mesários na Paraíba

Tem inicio a partir dessa terça-feira (18), pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) as expedições das cartas de convocação aos cerca de 34 mil mesários que devem trabalhar nas eleições municipais de novembro, mas, ao contrário dos pleitos anteriores, este ano, diante da pandemia do novo coronavírus, dúvidas e incertezas tomam conta de muita gente que sempre trabalhou nas eleições.

A preocupação também toma conta de setores da própria Justiça Eleitoral. “Todo protocolo de precauções vem sendo adotado, mas esse termômetro sobre a reação das pessoas só vamos ter realmente a partir das respostas à convocação”, disse a imprensa radiofônica Alice Coelho, chefe do Cartório da 70ª Zona Eleitoral de João Pessoa e que coordena todo o trabalho de convocações no Estado, ao reconhecer que pressente um certo receio em algumas pessoas.

Ela alertou que, independentemente disso, as penas para quem não justificar e deixar de comparecer não tiveram e nem terão alterações e que são as mesmas de sempre, e as mais variadas possíveis, a começar por uma multa que varia entre R$ 35 e R$ 750. Somando-se à multa, permanecem as mesmas penas que são atribuídas ao eleitor que deixa de atender à Justiça Eleitoral, entre elas, não poder assumir cargo público para o qual tenha ou venha a fazer concurso.

pbagora

 

 

42 mil mesários atuarão na PB durante as eleições; TSE lança aplicativo orientador

 (Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)
(Foto: Ueslei Marcelino / Reuters)

A Justiça Eleitoral lançou nesta terça-feira (06) aplicativo mobile “MESÁRIOS” para Android e IOS. A ferramente leva informações acerca de dois milhões de colaboradores que participam do processo eleitoral, com instruções, orientações e perguntas e respostas de forma a complementar o treinamento dos mesários e auxiliar no esclarecimento de dúvidas.

O aplicativo já está disponível para ser baixado gratuitamente na Google Play e na Apple Store, respectivamente, nos endereços: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.jus.tse.eleitoral.mesarios e https://itunes.apple.com/br/app/mesarios/id1133323415?mt=8.

A ferramenta tem informações para quem foi convocado ou se voluntariou para atuar como mesário nas Eleições 2016, tais como procedimentos a serem executados na seção eleitoral no dia da eleição, dicas e soluções, calendário com datas importantes e um quiz com três níveis de dificuldade, para que o cidadão possa testar seus conhecimentos. Além disso, o App indica o caminho para acessar conteúdos on-line, como manuais e vídeos de treinamento.

O papel dos mesários é fundamental para o bom andamento do processo de votação. “Na Paraíba, contaremos com mais de 42 mil mesários, sem os quais é impossível realizar as eleições, os mesários exercem um papel de suma importância dentro do processo democrático”, comentou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador José Aurélio da Cruz.

Em todas as eleições os cidadãos que atuarão como mesários recebem treinamento específico da Justiça Eleitoral, para que possam solucionar eventuais dúvidas ou questionamentos que venham a surgir no dia da votação, dentro de sua alçada de atribuições.

MaisPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

TRE-PB conclui treinamento de multiplicadores de mesários

treinamentoO Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) concluiu, nesta terça-feira (23), o treinamento dos Multiplicadores de Mesários que teve início na última segunda-feira (22).

O treinamento aconteceu no edifício-sede do TRE-PB, das 13h00  às 18h00, dividido em dois momentos, dedicado aos procedimentos dos mesários e um segundo instante voltado ao suporte técnico para urnas eletrônicas.

Participaram do treinamento, cerca de quarenta pessoas, entre eles, os chefes dos seguintes Cartórios Eleitorais:
1ª João Pessoa,
64ª João Pessoa,
70ª João Pessoa,
76ª João Pessoa,
77ª João Pessoa,
2ª Santa Rita,
61ª Bayeux,
57ª Cabedelo,
3ª Cruz do Espírito Santo,
73ª Alhandra,
44ª Pedras de Fogo,
7ª Mamanguape,
5ª Pilar,
4ª Sapé,
55ª Rio Tinto,
6ª Itabaiana,
75ª Gurinhém,
60ª Jacaraú,
45ª Pilões,
46ª Alagoinha,
54ª Belém,
47ª Pirpirituba,
15ª Caiçara e
10ª Guarabira, totalizando vinte e quatro Zonas Eleitorais.

Ascom-TRE

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Entenda quais são os direitos e deveres dos mesários nas eleições

Menos de um mês nos separam do primeiro turno das eleições de 2012 que ocorrerá em todos os municípios brasileiros no dia 7 de outubro. A Justiça Eleitoral já intimou os integrantes das mesas receptoras de voto e de justificativas que trabalharão na data. No Estado de São Paulo, por exemplo, 400 mil pessoas foram chamadas. No Paraná, 126 mil. E em Sergipe, 18 mil serão mesários na disputa que escolherá o prefeito e vereadores.

Aqueles que foram intimados, mas que, por motivo justo não poderão comparecer para atuar no dia do pleito eleitoral, deveriam ter recusado a nomeação ao juiz eleitoral na respectiva zona onde votam, no prazo de até cinco dias da ciência da nomeação, salvo se sobrevindos depois desse prazo. “O motivo para que o mesário seja dispensado do serviço eleitoral deve ser plausível, como problemas de saúde. Ninguém será dispensado por motivos banais ou infundados”, explica a advogada trabalhista da IOB Folhamatic, Mariza Machado. “Quem foi intimado e não puder trabalhar deve recusar a nomeação ao juiz eleitoral, que vai avaliar cada caso”, informa.

As regras que disciplinam as atividades dos mesários estão na Resolução nº 23.372/2011 do Tribunal Superior Eleitoral – TSE.Cada seção eleitoral é composta de um presidente, um primeiro e um segundo mesários, dois secretários e um suplente. A advogada trabalhista da IOB Folhamatic afirma que os mesários terão direito a duas folgas por dia trabalhado. “Os empregados convocados mediante declaração expedida pelo juiz eleitoral serão dispensados do serviço público ou privado e descansarão, sem prejuízo salarial, o dobro dos dias da convocação”.

De acordo com Mariza, o mesário também terá preferência no desempate em alguns concursos públicos, “desde que esteja previsto no edital, auxílio-alimentação e a possibilidade de utilização das horas trabalhadas nas eleições como atividade curricular complementar”.

Nas empresas autorizadas a trabalhar em dias de repouso (domingos e feriados), os empregados que forem trabalhar no dia das eleições, terão o direito de se ausentar do local de trabalho para votar ou justificar o voto sem prejuízo salarial. “Além disso, a empresa deverá remunerar esse dia em dobro, uma vez que a data é considerada feriado ou, então, conceder folga compensatória”, finaliza Mariza.


Fonte: Administradores.com

TRE-PB capacita Chefes de Cartório para treinar seus mesários nas eleições deste ano

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) deu início na última semana ao Treinamento de multiplicadores de mesários.

Todas as Zonas Eleitorais já receberam a capacitação através de Ensino à Distância. Nesta etapa, os servidores, ou chefes de cartório que ainda não participaram da realização de uma eleição, tiveram a oportunidade de um adicional presencial.

Foi oferecido um reforço do que precisa ser passado no treinamento dos mesários, desde noções de comportamento em público, motivação do mesário, acessibilidade, cidadania, ética, além da parte cartorária.

Cristiana Targino, coordenadora de Desenvolvimento do TRE-PB, reforçou a importância da capacitação: “Os chefes que não tiveram oportunidade de ministrar um treinamento de mesários, com o reforço presencial vão estar aptos para ministrá-los, eles estão saindo daqui totalmente preparados, com condições de multiplicarem a informação.”

Alguns participantes do treinamento já destacam a importância deste, que trouxe mais segurança para o momento do repasse das informações aos mesários.

A previsão é de que até o início do mês de outubro, todas as Zonas Eleitorais já tenham realizado seus treinamentos.

Fonte: TRE-PB

Cartórios iniciam nomeação dos mesários para as eleições 2012

A Justiça Eleitoral da Paraíba vai nomear mais de 46 mil mesários para trabalharem nas eleições municipais de 2012. Só em João Pessoa, mais de 6 mil pessoas deverão ser convocadas.

A mesa receptora de votos é composta por um presidente, o primeiro mesário, o segundo mesário e o primeiro secretário, será convocado também, um suplente. Compete ao mesário organizar os trabalhos dentro da seção eleitoral no dia da eleição. Ele é responsável desde a ligação da urna, para emissão da zerésima, antes da primeira votação, até o seu encerramento, quando é emitido o boletim de urna com o resultado daquela seção eleitoral.

Na Paraíba, as nomeações dos mesários para as eleições 2012 já começaram. Conforme o calendário Eleitoral, o período para os juízes eleitorais nomearem os mesários para o primeiro e eventual segundo turno das eleições municipais, começou no dia 10 de junho e vai até o dia 8 de agosto.

Os principais parâmetros para escolha dos mesários são nível de instrução e idade.

Segundo Fernando Henriques de Menezes, chefe da primeira Zona Eleitoral da Capital, “Caso o eleitor convocado não possa comparecer para os trabalhos no dia da eleição, deve entrar em contato com o cartório eleitoral em até cinco dias úteis, a partir da ciência da nomeação, para efetuar justificativa, que será apreciada pelo juiz eleitoral. O não comparecimento injustificado resulta em multa, dentro do valor limite legal explícito no artigo 124 e 367 §2º do Código Eleitoral. O valor será arbitrado pelo juízo eleitoral de cada zona”, alertou o chefe.

“já começamos a realinhar os cadastros, as atualizações de endereço, então, em mais uma semana, estaremos emitindo as portarias”, afirmou Fernando Menezes.

Benefícios de ser mesário:

Para os convocados ou aqueles que se voluntariaram a trabalhar nas eleições, os benefícios pela contribuição com a Justiça Eleitoral são muitos. Dentre eles a dispensa do serviço (público ou privado) pelo dobro dos dias trabalhados nas eleições, sem prejuízo do salário, vencimento ou qualquer outra vantagem que se tenha, prevista na Lei nº 9.504/97. Para funcionários municipais e estaduais da Paraíba essa regalia se estende por cinco dias. Além disso, há a Lei nº 4.737/1965 do Código Eleitoral que estabelece :Art. 379. Serão considerados de relevância os serviços prestados pelos Mesários e componentes das Juntas Apuradoras.

Fernando ainda adiantou que, “O treinamento pelo qual passarão os convocados para trabalharem como mesários nas eleições 2012 na Paraíba está programado para o início do mês de setembro. O treinamento abrangerá a parte teórica e prática”.

TRE