Arquivo da tag: Marques

Michele Marques pede demissão da Talismã FM

micheleNeste domingo (21) a editoria do Blog do Ikeda recebeu a informação de que a radialista Michele Marques pediu demissão da Rádio Talismã FM, de Belém (PB), como havíamos previsto antes. Ainda esta semana a comunicadora vai tratar sobre o assunto com o empresário Tarcísio Marcelo, proprietário da emissora.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Questionada pelo Caderno de Matérias sobre os motivos de sua saída, a radialista Michele disse que está saindo para cuidar de projetos pessoais e, principalmente, de seu site de notícias. Porém, nos bastidores, há quem diga que foi por causa de questões salariais e políticos.
Perguntada se tem intenção em voltar para o rádio guarabirense, a jornalista se reservou a responder, mas não descartou a possibilidade.
“Meu projeto mesmo é cuidar do Portal Mídia. Uma das novidades foi o projeto das sabatinas com os candidatos a Deputado Federal e Estadual. Mas, claro, não descarto voltar para o rádio em Guarabira”, disse.
O Blog do Ikeda, no entanto, tem conhecimento de que um convite foi feito recentemente. Todavia, esse ‘retorno’ vai depender de uma conversa entre as partes. Aguardemos as novidades. #SintoniaFina 
 
 
 
Blog do Ikeda

Hospital Arlinda Marques realiza mais de 380 mil procedimentos em um ano

arlinda-marques2O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, que integra a rede de saúde do Estado realizou  cerca de 380 mil procedimentos em  crianças durante o ano de 2013, entre exames, atendimentos de urgência, emergência e internações.  As informações foram repassadas  pelo diretor técnico do hospital, Fabiano Oliveira de Alexandria. Ainda segundo os dados, nesse mesmo período, foram realizadas 2.955 cirurgias nas especialidades de cárdio vascular, neurológicas,  ortopédicas, otorrino, plásticas, dentre outras, entre elas 2.326 cirurgias foram eletivas\pediátricas e 631 de urgência.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

Fabiano Alexandria salientou que o grande número de procedimentos realizados se deve ao fato de que após alguma modalidade de atendimento é comum a criança realizar  exames complementares, como de laboratório e de imagem, e assim, cada um destes exames é contabilizado como procedimento realizado, demonstrando e fortalecendo a importância do Complexo de Pediatria Arlinda Marques para a saúde infantil.

O diretor geral do Hospital Bruno Leandro de Souza explicou que o  Arlinda Marques hoje é referência no atendimento de média e alta complexidade em Pediatria na Paraíba e que o Governo do Estado não tem medido esforços para garantir uma saúde com qualidade e eficiência a população paraibana não só na área de pediatria, mas de uma forma em geral.  “ É visível as ações do Governo do Estado em todas as regiões da Paraíba não só na área de saúde mas também em outros setores considerados importantes para o desenvolvimento do Estado e para o bem estar da população paraibana”, comentou o diretor.

 

O secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza  destacou que o Governo do Estado sempre tem buscado firmar parcerias com entidades e organizações com o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população paraibana não só com relação à saúde  mas com a prestação de um serviço com qualidade, eficiência e humanizado como também em outras pastas da administração estadual. ‘Eu acredito que hoje o diálogo, o trabalho conjunto entre as três esferas de governo e a sociedade civil organizada é o caminho para a solução de vários problemas e isso que o governador Ricardo Coutinho vem fazendo a frente dos destinos da Paraíba’, enfatizou o secretário.

 

Waldson Souza explicou que agora a saúde na Paraíba vem sendo feita de forma transparente e clara com a participação dos municípios “Quem está lá no município sabe o que está acontecendo e pode dizer o que deve ser feito para melhorar a situação. Foi justamente isso que o Governo do Estado fez logo no início da gestão e vem fazendo até hoje: ouvindo os reclames da população e juntos buscando a saída para os problemas de forma democrática e direta”, disse o secretário.

Ele lembrou que desde o início da gestão a saúde começou a ser pensada como um sistema, e não como uma colcha de retalhos de eventos separados que, no final, resultava em pouca coisa. “Ao longo desses anos, o Governo do Estado enfrentou problemas para administrar e colocar a saúde para funcionar devido à situação de descaso e sucateamento em que encontrou a rede hospitalar. Mas com determinação e força de vontade e a parceria com os municípios a população paraibana de fato está podendo desfrutar de um sistema de saúde com qualidade e eficiência” avaliou.

Destaques – Dentre as inúmeras ações realizadas pelo Complexo de Pediatria Arlinda Marques durante o ano de 2013 merecem destaque a realização de duas cirurgias consideradas de alta complexidade em neurocirurgia. Uma delas foi uma correção cirúrgica de uma  Cifoescoliose de Alto Valor Angular (Curva Severa) em uma paciente do sexo feminino  e 17  com apenas  17 anos de idade.

De acordo com o neurologista Christian Diniz, chefe do Serviço de  Neurocirurgia Pediátrica do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, a Cifoescoliose é uma doença que acomete a coluna vertebral gerando deformações em três planos – deformidades tridimensionais  da coluna – causando diminuição do diâmetro do tórax e abdômen  podendo levar a  alteração-compressão dos órgãos internos.  “Enxergamos no Hospital Arlinda Marques um grande potencial para a constituição de um centro de atendimento e tratamento cirúrgico e não cirúrgico destas e outras doenças que envolvem a coluna vertebral”, afirma o médico Julimar Nogueira, ortopedista e  cirurgião de coluna.

O outro  procedimento complexo foi um  monitoramento neurofisiológico intra-operatório. A paciente foi uma criança de três anos. Ele explicou que a cirurgia representa um marco na vida de muitas crianças que nascem com problemas congênitos, podendo, em momento hábil, corrigi-los. O médico neurofisiologista Alberto Campos explicou que a cirurgia corrigiu um problema na coluna. A anomalia tem como alteração a retração de estruturas neurológicas sendo elas raízes lombares e sacrais e a própria medula.

As consequências são: redução do crescimento da coluna (paciente com baixa estatura), alteração anatômica lombo-sacra, lesão das raízes e medula pela retração de estiramento consequentemente distrofia e atrofia de modo assimétrico dos membros inferiores, com incapacidade de deambular de modo correto ou mesmo incapacidade completa.

Paulo Cosme

Vereador Antônio Marques desmente boatos de possível racha com o prefeito Douglas Lucena

 

antonio marquesO vereador Antônio Marques (PDT) desmentiu, nessa sexta-feira (15), durante entrevista ao FOCANDO A NOTÍCIA, boatos de que teria rachado politicamente com o prefeito Douglas Lucena, em Bananeiras, e entrado na bancada de oposição da Câmara Municipal.

 

Antônio Marques informou que foi mal interpretado por algumas pessoas durante seu pronunciamento na última terça (12) na Tribuna da Câmara. “Quem esteve na sessão e ouviu atentamente meu pronunciamento percebeu que em nenhum momento afirmei deixar a bancada do prefeito. O que relatei é que sou um vereador do povo e meu principal compromisso é com aqueles que me elegeram e com os que não me elegeram, pois represento minha cidade na Câmara, mas que sendo ou não da bancada do prefeito na hora de fazer as reivindicações irei fazer, pois é assim que o vereador deve se portar. Continuo como estou e assim permanecerei até achar necessário”, afirmou o parlamentar.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O vereador falou, também, do motivo de sentar no lado da bancada onde ficam os vereadores da oposição. “Foi apenas uma coincidência. Estava conversando com um funcionário da Câmara quando começou a sessão é lá mesmo permaneci. Até porque não existe essa questão de local marcado para situação e oposição. A Câmara tem se portado de maneira cordial e acredito que todos que compõem o Legislativo do nosso município têm o mesmo objetivo que é o melhor para nossa cidade”.

 

 

Redação/Focando a Notícia

CRM-PB denuncia superlotação no Arlinda Marques

 

Arlinda-marquesO Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) inspecionou na manhã desta quinta-feira (28) o Hospital Infantil Arlinda Marques e verificou que a unidade hospitalar está passando por sérias dificuldades em virtude da superlotação. O diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, Eurípedes Mendonça, disse que há uma fila de crianças aguardando atendimento e internação. “As mães e seus filhos estão dormindo nos corredores, em poltronas esperando assistência. É uma situação muito triste”, destacou.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Ele explicou que a superlotação é decorrente do fechamento de vários hospitais da região metropolitana da grande João Pessoa, como o hospital Santa Paula, Hospital Dom Rodrigo e o Hospital de Santa Rita. O diretor do CRM-PB disse que é urgente que o Ministério Público e o Conselho Tutelar vejam de perto a situação do hospital.

 

Uma das medidas para resolver a situação, segundo Eurípedes Mendonça, é buscar leitos em hospitais privados. “A situação é muito grave e é necessário buscar uma solução urgente. Há crianças em estado grave esperando assistência há mais de 72 horas e sem previsão de atendimento”, disse.

Formato Assessoria de Comunicação para o Focando a Notícia

 

CRM-PB interdita bloco cirúrgico e UTI do Arlinda Marques, em João Pessoa


O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente nesta quinta (25 de outubro) pela manhã o Bloco Cirúrgico e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Infantil Arlinda Marques, em João Pessoa. O hospital é referência estadual no atendimento a crianças.
Desde ontem o hospital está sem médicos cirurgiões devido ao fim do contrato das cooperativas médicas que prestam serviço à unidade de saúde com o Governo do Estado. De acordo com o diretor de Fiscalização do CRM-PB, Eurípedes Mendonça, o hospital não tem como realizar cirurgias sem a escala médica. “A falta de médicos compromete o atendimento nesses dois setores, por isso tivemos que fazer a interdição para preservar a população e os outros profissionais”, explicou.

Assessoria de Comunicação para o Focando a Notícia

 

Ricardo manda demitir todos os prestadores de serviços ligados a Bira no Hospital Arlinda Marques

Um prestador de serviços do Hospital Arlinda Marques, em João Pessoa, identificado por Luciano (foto), informou que trabalhava a dois anos naquela casa de saúde e que ao chegar na segunda-feira, 11, para trabalhar foi informado do seu desligamento.
Luciano disse ainda que mais 21 funcionários ligados e indicados pelo vereador pessoense Bira, foram demitidos sem justa causa.
Tentamos entrar em contato com o vereador Bira, mas, o celular do mesmo estava desligado.

Bruno de Lima, do Paraíba Urgente
Focando a Notícia