Arquivo da tag: marcar

Suspeito de pedir fotos íntimas e marcar encontros com crianças pelo Facebook é preso na PB

Jovem é preso depois de polícia encontrar pornografia infantil no celular dele

Um jovem de 21 anos foi preso na noite da quarta-feira (3) suspeito de aliciar crianças para enviar fotos íntimas e marcar encontros por meio do Facebook. A prisão aconteceu na Praça da Paz, nos Bancários, em João Pessoa, depois que o suspeito tentou fugir ao notar a presença da Polícia Militar na praça.

Segundo a PM, os policiais faziam uma ronda de rotina na praça quando viram o suspeito fugindo ao notar o carro da polícia. Uma perseguição foi feita e, ao princípio, os policiais não encontraram nada suspeito com o jovem. Apenas ao analisar o celular foi que os PMs encontraram a troca de mensagens entre o suspeito e crianças de 10 e 11 anos.

Conversa em celular de suspeito mostra jovem tentando marcar encontro com criança de 11 anos (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

“Além dessas mensagens, com um palavreado bastante chulo, pornográfico, erótico, tinha também fotos em que ele provavelmente aliciava os menores e eles remetiam para ele as fotos dos próprios órgãos genitais”, explica a delegada Ana Carolina Ferreira.

Em uma das mensagens salva no celular e que foi impressa pela delegada, o rapaz insiste em encontrar a criança, que responde escrevendo que tem apenas 11 anos. Em outro trecho da mesma conversa, ele continua a insistir e a criança diz que tem medo que a mãe descubra.

O rapaz não tinha antecedentes criminais e foi levado para a Central de Polícia Civil. Segundo a delegada, ele deve passar por audiência de custódia ou pagar fiança e responder ao crime em liberdade. O caso vai ser encaminhado para a delegacia responsável para investigação.

“Parece que há grupos fechados no Facebook só para aliciamento de menores para atos libidinosos. Pode ser que ele seja integrante ou não, mas isso exige uma investigação mais profunda. Se a delegada especializada achar necessário ela aprofunda a investigação no que diz respeito a essas denúncias dos grupos, uma vez que com o que temos aqui não há materialidade comprovada dessa participação”, completa a delegada.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Nenê volta a marcar, Vasco vence Bragantino e ameniza crise nos bastidores

Nelson Costa/Vasco.com.br
Nelson Costa/Vasco.com.br

Em momento delicado na temporada, o Vasco fez o seu papel e venceu o Bragantino por 2 a 1 neste sábado, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. A partida é simbólica, pois além de ser fundamental na briga pelo acesso significou o fim do jejum de Nenê, que estava há onze jogos sem marcar na Série B. Além de amenizar a crise vivida entre clube e torcida, que chegou a invadir o treinamento durante a semana para cobrar os atletas.

Com o resultado, o Vasco chega aos 62 pontos e reassumiu a vice-liderança da Série B. O Cruzmaltino volta a campo no próximo sábado, quando visitará o Criciúma, em Santa Catarina.

Andrezinho se junta a Martin e aumenta lista de desfalques do Vasco

Além de Martin Silva, com a seleção uruguaia, o técnico Jorginho teve um problema de última hora. Andrezinho sentiu dores no joelho direito e sequer viajou para Bragança. Diguinho assumiu a vaga ao lado de Douglas e Bruno Gallo. O goleiro estará à disposição no próximo jogo, contra o X. Já o apoiador ainda será reavaliado.

Reserva, Leandrão reclama de arbitragem e quase é expulso no intervalo

O Vasco reclamou bastante da anulação de um gol marcado por Thalles. A arbitragem viu impedimento de Madson no lance. O problema é que as imagens da televisão mostraram o contrário. Ao fim do primeiro tempo, os jogadores cercaram o trio. Leandrão se exaltou e quase foi expulso após um bate-boca com o árbitro Emerson de Almeida Ferreira.

Thalles confirma boa fase e tem atuação decisiva em vitória

Titular do Vasco, Thalles vive grande momento individual. Ele marcou dois gols nos últimos dois jogos. Contra o Bragantino foi bastante decisivo. Estufou as redes, sofreu o pênalti e ainda teve gol mal anulado pela arbitragem no primeiro tempo.

BRAGANTINO 1 X 2 VASCO

Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)
Hora: 16h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
b: Marconi Helbert Vieira (MG) e Luiz Antônio Barbosa (MG)
Gols: Thalles, aos 38min, e Rafael Grampola, aos 45min do primeiro tempo;
Cartões amarelos: Everton Dias, Gabriel Nunes e Anderson Ligeiro (BRA) Bruno Gallo e Thalles (VAS)

Bragantino
Renan Rocha; Juliano (Claudinho), Lucas Rocha, Diego Sacoman e Fabiano; Edson Sitta, Everton Dias e Gabriel Nunes (Lincom); Anderson Ligeiro, Vitor Hugo e Rafael Grampola
b: Estevam Soares

Vasco
Jordi, Madson, Luan, Rodrigo e Júlio Cesar; Bruno Gallo (Julio dos Santos), Diguinho, Douglas e Nenê; Ederson (Yago Pikachu) e Thalles
Técnico: Jorginho

uOL

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Marlone volta a marcar, mas Corinthians empata com Coritiba e sai do G4

jogoO Corinthians deixou o G-4 do Campeonato Brasileiro. Os comandados de Cristóvão Borges até saíram à frente do placar, mas cederam o empate para o Coritiba nesta quarta-feira (14), no Couto Pereira, pela 25ª rodada do Brasileirão.

Marlone fez 1 a 0 em lance de oportunismo, mas Leandro deixou tudo igual em cobrança de pênalti. Com o empate, o Corinthians foi a 41 pontos, ficando na 5ª colocação. O Santos, que venceu o Botafogo fora de casa, subiu à quarta posição com 42 – mesma pontuação do Atlético-MG, que recebe o Sport nesta quinta.

Marlone em fase de artilheiro

Autor do gol do Corinthians contra o Santos na derrota de virada por 2 a 1 no último fim de semana, Marlone voltou a balançar as redes e foi a melhor opção de ataque de Cristóvão Borges nesta quarta. Ele aproveitou chute cruzado de Gustavo para abrir o placar, mostrando presença de área. Foi o 5º gol dele pelo Timão – sendo três deles no último mês.

Fagner faz pênalti e está fora do clássico

Fagner está fora do clássico contra o Palmeiras, no próximo sábado, na Arena Corinthians. O lateral direito fez um pênalti infantil em Kazim e acabou punido com um cartão amarelo. Como estava pendurado, cumprirá suspensão automática na próxima rodada do Brasileirão, perdendo o Derby. Além de fazer um pênalti, Fagner sofreu na marcação nesta quarta, com dificuldade na recomposição pelo corredor direito.

Cristóvão só mexe quando obrigado

Mesmo com alguns jogadores cansados e outros em noite pouca inspirada, Cristóvão Borges optou por não mexer técnica ou taticamente no Corinthians. A única alteração que fez foi nos minutos iniciais da partida, quando Uendel sentiu lesão e deu lugar a Guilherme Arana. No mais, o treinador não utilizou as outras duas substituições a que tinha direito. A opção rendeu críticas de torcedores nas redes sociais e do comentarista Casagrande na TV Globo.

Um tempo para cada lado

O Coritiba começou a partida melhor que o Corinthians, com domínio no meio de campo. Mas os visitantes aproveitaram uma vacilo na defesa da casa para fazer 1 a 0 com Marlone aos 14 minutos. O Coxa não se abalou com o gol e partiu de vez para cima do rival. Em poucos minutos, marcou um gol corretamente anulado e acertou a trave de Cássio. Na terceira oportunidade, não desperdiçou: Leandro converteu pênalti sofrido por Kazim.

O Corinthians melhorou no fim do primeiro tempo. Continuou dando espaços na defesa, mas começou a criar chances mais claras de gol. Assustou o Coritiba primeiro com Balbuena, de cabeça na pequena área, e depois com Lucca, que parou em Wilson. Primeiro tempo equilibrado, com mais posse de bola para o Coxa, mas boas chances de gols para os dois times.

O Corinthians retornou dos vestiários com outra postura, mais agressivo na marcação por pressão e tomando do Coritiba o controle da bola e a proposição do jogo. Apesar da melhora evidente, os visitantes pecaram nas finalizações. Rodriguinho e Arana desperdiçaram boas chances até os 15 minutos do primeiro tempo.

Apesar de melhor na etapa final, o Corinthians não conseguiu transformar a superioridade em gols. Mesmo com a expulsão de João Paulo no fim do jogo, o Coritiba conseguiu se fechar em suas linhas defensivas e não proporcionou nenhuma grande oportunidade clara de gol ao adversário.

Ficha Técnica
Coritiba 1 x 1 Corinthians

Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/Hora: 14 de setembro de 2016 (quarta-feira), às 21h45
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
Gols: Marlone, 14′; Leandro, 27′ do primeiro tempo

CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery e Juninho; Alan Santos, João Paulo, Raphael Veiga; Kazim, Evandro 9Iago) e Leandro. Técnico: Paulo César Carpegiani.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel (Guilherme Arana),; Cristian; Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca; Gustavo. Técnico: Cristóvão Borges.

Uol

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

‘Puro sangue’: Disputa entre 2 irmãos vai marcar a eleição para prefeito em Casserengue-PB

Luís Carlos Francisco dos Santos e Orlando Francisco dos Santos

Uma eleição verdadeiramente ‘puro sangue’. Assim podemos denominar a disputa pela prefeitura no município de Casserengue, região do Curimataú, a 152 quilômetros de distância de João Pessoa. No entanto, o jargão político não será utilizado na cidade por conta da formação de uma chapa majoritária com dois candidatos do mesmo partido e sim porque, em lados opostos, dois irmãos irão brigar pelo cargo de prefeito.

Luís Carlos Francisco dos Santos e Orlando Francisco dos Santos. O primeiro é conhecido na cidade como Carlinhos, tem 38 anos, curso superior completo e R$ 43 mil em bens declarados a Justiça Eleitoral. O segundo todos conhecem por Orlando da Galinha, tem 54 anos, ensino fundamental completo e R$ 267 mil em bens declarados.

Carlinhos, que é do PSD, entra na briga pela prefeitura com o apoio do PP, PT, DEM e PSB. Juntos eles formaram a coligação “O trabalho continua”. O candidato a vice-prefeito é Ivanildo Silvino Alves (conhecido como Nêgo), do DEM. Além disso, Carlinhos conta o apoio do atual prefeito, Genival Bento da Silva (Dinda). A previsão de gastos para a campanha do social democrata é de R$ 200 mil.

Orlando da Galinha, do PSDB, vai comandar a coligação “Agora é ele junto com o povo” que une também o PTB, PMDB e PR. Averaldo Pereira Lima (o Verinho), do PMDB, é o candidato a vice-prefeito. A chapa tem o apoio, ainda, do ex-prefeito Antônio de Neixa. A exemplo do irmão, o tucano pretende gastar R$ 200 mil na sua campanha.

Rivalidade em família

Apesar de ter colocado dois irmãos em lados opostos, a eleição 2012 em Casserengue parece que não vai dividir a família. É que os pais e os outros cinco irmãos de Carlinhos e Orlando que estão na cidade para votar já fizeram a sua escolha e decidiram apoiar Carlinhos, segundo ele mesmo informou ao PolíticaPB.

“Eu já estava decidido a ser candidato quando ele resolveu entrar na disputa. Tenho 100% do apoio da família. Somos dez irmãos, sendo que três estão em São Paulo. Dos sete que estão aqui, apenas ele decidiu não nos apoiar e se lançar candidato. Meus pais também estão do meu lado”, garantiu.

Eleição tranquila é a meta

Tranquilidade, honestidade e humildade. Essa a meta de Carlinhos para as eleições deste ano, apesar da briga girar em torno da família. O candidato revela esperar uma eleição de alto nível na cidade. Cada um com suas propostas deve tentar convencer adequadamente os seus eleitores garantindo a tranquilidade do pleito, afirma Carlinhos.

“Eu espero que a eleição seja de paz. Espero que tudo ocorra com honestidade e humildade e que a eleição seja tranquila para todos”, declarou.

Orlando da Galinha

A reportagem do PolíticaPB tentou, durante toda a terça-feira (10), entrar em contato com Orlando da Galinha, mas não conseguiu falar com o candidato. Em contato, por telefone, a filha do postulante ao cargo de prefeito de Casserengue – de nome Suênia – não quis ceder o número do telefone de Orlando e disse que antes precisava conversar com o pai para que ele autorizasse o contato da equipe do PolíticaPB com ele.

Apesar da insistência da reportagem, Suênia afirmou que era preciso antes conversar com o pai para, somente depois, ceder o número de seu telefone.

Em uma nova tentativa do PolíticaPB, Suênia disse que tinha visto o pai rapidamente e que não havia conversado com ele sobre o assunto. Ela acrescentou, ainda, que assim que tivesse uma resposta entraria em contato com nossa equipe, fato que não aconteceu.

Fonte: Nice Almeida – PolíticaPB