Arquivo da tag: Lucena

Estudante de Direito é assassinado por mototaxista em Lucena após briga de trânsito

Um estudante de Direito foi assassinado a facadas na região do peito, neste sábado (17). O crime aconteceu após uma briga de trânsito, no município de Lucena, no Litoral paraibano, segundo informações coletadas pelo ClickPB.

Tárcio dos Anjos Lima, de 33 anos, teria se irritado quando um mototaxista quase bateu com uma moto na porta do carro em que ele estava, com a irmã. Eles pararam em um mercadinho para fazer compras, na estrada de Lucena a Fagundes, quando foram surpreendidos pela mototaxista que quase colidiu com o veículo de passeio.

A briga dos dois se estendeu até uma mata à beira da estrada. O mototaxista teria puxado uma faca e golpeado Tárcio na região do peito durante luta corporal entre os dois.

O estudante de Direito na UFPB foi socorrido pelo pai, até uma unidade de saúde de Lucena. No local, o Samu, que havia sido acionado, constatou o óbito da vítima.

Tárcio morava com a família em João Pessoa e estava em Lucena a passeio. Até a noite deste sábado, não havia informações de prisão do mototaxista.

 

clickpb

 

 

Durante assalto em Lucena, assaltante usa máscara para prevenção do coronavírus

Durante um assalto a uma residência na cidade de Lucena, no Litoral paraibano, um trio rendeu a família e fez um arrastão no imóvel.

Na ação, dois dos criminosos estavam usando capacetes e o terceiro suspeito estava usando uma máscara cirúrgica, muito utilizada neste período para se proteger do covid-19.

As câmeras de segurança registraram toda a ação e as imagens irão ajudar a polícia a identificar os criminosos já que em determinado momento um deles tira o capacete.

PB Agora

 

 

Menino morre em hospital após ser resgatado durante afogamento na praia de Lucena

O menino que se afogou na praia de Lucena, no Litoral da Paraíba, na tarde deste sábado (2), morreu no Hospital de Trauma de João Pessoa.

Ele chegou a ser resgatado pelo helicóptero Acauã, da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

A criança tinha seis anos de idade. A família esteve no hospital para todo o protocolo após a morte do menino.

clickpb

 

Homem é espancado a pauladas por marido de suposta amante em Lucena

Um homem de 31 anos foi espancado a pauladas pelo marido da suposta amante no município de Lucena. A agressão aconteceu na noite desta segunda-feira (29).

Segundo informações o suspeito teria utilizado um bastão para agredir a vítima, porque descobriu a traição.

A vítima foi socorrida por terceiros para a Unidade Mista de Saúde da cidade, mas devido a gravidade das lesões ele foi transferido para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Ele sofreu dois cortes na cabeça e teria chegado na Unidade de Lucena desorientado, a princípio por ter ingerido bebida alcoólica antes da agressão. Contudo, a equipe do Hospital de Trauma informou que a vítima já chegou consciente e orientado

A esposa da vítima só soube da suposta traição ao chegar no hospital para ver o estado de saúde do marido.

A Polícia não informou se o agressor foi preso ou fugiu.

clickpb

Travessia de balsa Cabedelo/Lucena será suspensa no dia 31/10

A travessia Cabedelo/Lucena e Lucena/Cabedelo será suspensa na próxima quarta-feira, dia 31 de outubro, das 14h às 16h para exercício que será realizado no Porto de Cabedelo.

A informação foi publicada, por meio de informativo, pela Capitania dos Portos da Paraíba. O trajeto é frequentemente realizada por moradores e turistas que circulam entre os municípios.

Confira o documento:

 

 

pbagora

Criança de 5 anos morre ao ser atingida por galho de árvore em Lucena

Uma fatalidade no litoral paraibano. Um criança de 5 anos morreu na tarde do domingo (26) após ser atingida por um galho de árvore na cidade de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. De acordo com a Unidade Mista de Saúde, para onde a criança foi encaminhada, a menina chegou a ser atendida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu ao ferimento e morreu no hospital.

Segundo relato da família da criança na unidade de saúde, a menina estava brincando perto de uma árvore. Ao tentar se pendurar, um dos galhos rompeu e ela caiu, em seguida foi atingida na cabeça pelo galho da árvore.

A menina foi levada ao hospital pelos familiares e, em seguida, atendida por um médico com ajuda de uma equipe do Samu. Foram realizados alguns procedimentos para tentar reanimar a criança, mas sem sucesso.

pbagora

Exército vai investigar origem de arsenal apreendido pela polícia em Lucena

O Exército Brasileiro instaurou um procedimento administrativo para investigar a origem dos explosivos, das munições e das armas apreendidas com criminosos e apresentadas nessa terça-feira (7) pelo Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Paraíba. O arsenal, que inclui um fuzil americano com capacidade de destruir até uma aeronave, foi encontrado com quatro homens presos após assaltar um carro forte, na última segunda-feira, na região metropolitana de João Pessoa.

O objetivo dos militares é descobrir a origem e os possíveis responsáveis pelo extravio dos explosivos, que só podem ser usados por empresas cadastradas. Ao final das investigações, os militares irão acionar a Justiça.

Na manhã desta quarta-feira (8), o 15º Batalhão de Infantaria Motorizada, ( 15º BIMtz), instalado no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, encaminhou à sede do GOE dois oficiais para iniciarem os trabalhos de análise nos explosivos. O tenente Sidney Teixeira e o sargento Geisel Carvalho são integrantes da seção de Fiscalização e de Serviços Controlados do 15º BIMtz. Eles explicaram que o material apreendido pela polícia passará por uma análise de rastreamento, com o objetivo de descobrir de qual local eles foram retirados.

De acordo com o tenente Sidney Teixeira, que é o chefe da Seção de Fiscalização e de Serviços Controlados do 15º BIMtz, o uso dos explosivos é monitorado pelo Exército e apenas empresas cadastradas e acompanhadas pelos militares são autorizadas a utilizar o material.  Ele alertou que uso indevido de explosivos é crime com pena de prisão.  Além de investigar os explosivos, os militares também farão uma análise nas munições e armas apreendidas.

“Iremos fazer um rastreamento para descobrir a origem desse material. Toda munição possui uma numeração que indica lote e data de fabricação. Vamos entrar em contato com as fábricas para determinar a origem”, afirmou o tenente Teixeira.

As apreensões ocorreram na segunda-feira (6), após quatro homens assaltarem um carro forte, na estrada que dá acesso ao município de Cruz do Espírito Santo (PB). O grupo usou explosivos para destruir um carro forte, mas não conseguiu levar o dinheiro que havia no veículo, graças a um dispositivo que protege as cédulas. Em seguida, os assaltantes roubaram um veículo e fugiram para uma granja. Como o carro possuía um rastreador, a polícia conseguiu localizar os criminosos e houve confronto. Após troca de tiros e negociação, os homens se renderam e seguem presos em penitenciária de João Pessoa.

Com os criminosos, foram encontrados pistolas, fuzis, artefatos explosivos e coletes balísticos e cerca de 1.800 munições  intactas, além daquelas que foram deflagradas durante a troca de tiros com a polícia. Todos os armamentos são de fabricação estrangeira e de uso restrito das Forças Armadas. O que mais chamou a atenção dos agentes de segurança foi um fuzil de calibre 50, de fabricação americana, com alto poder de destruição. Ele tem capacidade de alcançar um alvo a 4.500 metros de distância e pode destruir a fuselagem de uma aeronave. O equipamento é considerado uma arma de guerra pelos militares. “Nós iremos também analisar esse armamento, que, em hipótese alguma, pode ser usado em área urbana. É uma arma de guerra”, afirmou o tenente.

A delegada do GOE, Karina Alencar, disse que os presos fazem parte de uma quadrilha que já vem sendo investigada por polícias de vários estados e Polícia Federal, por prática de roubos a carro-forte.  Os presos  foram identificados como Livaci Muniz da Silva ( mais conhecido como Galeguinho), de 34 anos; Romário Gomes Silveira, de 29 anos; Antonio Arcênio de Andrade Neto, de 28 anos; e Vanilson Pereira de Macedo, de 32 anos.

A delegada afirmou que ainda serão feitas novas diligências para concluir o inquérito, cujo prazo para ser encerrado é de 10 dias. Ela acrescentou que todo o material apreendido será colocado à disposição da Justiça após o término das investigações.

 

Secom

Homem é baleado dez vezes em Lucena, mas sobrevive

Na noite desta quinta-feira (12), um homem de 34 anos, foi atingido por dez disparos de arma de fogo e sobreviveu.

O homem identificado como Josildo, foi atingido na estrada que liga a BR-230 ao município de Lucena, na região metropolitana de João Pessoa.

Após ser atingido, ele foi socorrido por um veículo particular até a Unidade Mista da cidade e, em seguida, transferido para o Hospital de Trauma, que até o momento não revelou o seu atual estado de saúde.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Grupo explode caixa eletrônico e atira em transformador de poste em Lucena, na PB

(Foto: Danilo Alves/TV Cabo Branco)

Um grupo de pelo menos quatro assaltantes explodiu um caixa eletrônico de uma agência bancária na madrugada desta sexta-feira (6) na cidade de Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, após atacar a agência, os criminosos atiraram e danificaram o transformador de energia em um dos postes, deixando os moradores sem energia elétrica.

Ainda segundo a Polícia Militar, os assaltantes chegaram ao local em um carro Chevrolet Celta prata, instalaram os explosivos e detonaram o caixa eletrônico que ficava na entrada na agência, que fica em uma área residencial do Centro da cidade. O crime foi registrado por volta das 4h desta sexta.

Os suspeitos foram vistos fugindona direção da cidade de Mamanguape. O carro supostamente usado pelos assaltantes teria sido abandonado em uma das saídas da cidade, ainda de acordo com a polícia. A Polícia Civil foi acionada, mas até as 8h desta sexta-feira não havia confirmação de que o grupo conseguiu levar dinheiro do caixa.

A mesma agência foi alvo de criminosos em novembro do ano passado. Desde janeiro de 2017, foram registrados 51 casos de ataques a bancos na Paraíba, conforme dados do Sindicato dos Bancários da Paraíba. Moradores de Lucena informaram que seria feito pagamentos no banco sexta-feira.

Até o início da manhã desta sexta nenhum suspeito de envolvimento com o assalto tinha sido preso. Uma equipe da concessionária de energia elétrica na Paraíba, Energisa, foi acionada para reestabelecer o fornecimento em Lucena.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Casal é morto em Lucena; crime pode ter sido ‘acerto de contas’

casalUm casal foi executado, na madrugada deste domingo (24), na cidade de Lucena, no Litoral Norte paraibano. Informações dão conta que o duplo homicídio aconteceu na favela do bairro 13, na comunidade Carapeta.

O homem foi identificado como Bruno de Analice e era pescador. A identidade da mulher ainda não foi revelada. Eles seriam usuários de drogas e tiveram a casa incendiada na noite de ontem (23).

A polícia foi acionada e busca pistas para tentar encontrar os suspeitos. Acredita-se que o crime pode estar relacionado com um provável acerto de contas, já que as vítimas eram usuárias de drogas.

MaisPB

 

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br