Arquivo da tag: Litoral

Aesa prevê chuvas para o litoral paraibano nesta quarta-feira

A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) prevê, nesta quarta-feira (13), chuvas passageiras com nebulosidade variável para a faixa litorânea. Já para o Agreste e Brejo, apenas nebulosidade variável.

Para a região do Semiárido – Alto Sertão, Sertão e Cariri-Curimataú –, a previsão é de nebulosidade variável, com máxima de 35º C e mínima de 22º C para o Cariri-Curimataú.

Confira a temperatura para as demais regiões do Estado:

Litoral – máxima de 32ºC e mínima de 25ºC

Agreste – máxima de 32ºC e mínima de 21ºC

Brejo – máxima de 29ºC e mínima de 21ºC

Alto Sertão – máxima de 38ºC e mínima de 23ºC

Sertão – máxima de 38ºC e mínima de 24ºC

 

Secom

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aesa descarta ocorrência de fortes tempestades no Litoral da PB neste fim de semana

A Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) tranquiliza a população descartando que um ‘furacão’ esteja se formando no oceano e atinja o litoral paraibano nesse fim de semana. As redes sociais têm divulgado uma forte tempestade, que seria a pior chuva dos últimos 50 anos na Paraíba.

De acordo com a meteorologista Marle Bandeira, as informações veiculadas nas redes não são oficiais, ‘são boatos para alarmar a sociedade’. Ela advertiu para a possibilidade de chuvas moderadas a fortes na faixa litorânea do Estado e disse que a população deve tomar as providências comuns em caso de chuvas fortes.

Nas redes sociais foram veiculadas informações acerca de um comunicado do Centro Virtual para Avisos de Eventos Meteorológicos Severos para o Sul da América do Sul (Alert-AS). O comunicado alerta que o tempo indica muita precipitação, com previsão de mais ocorrências de fortes chuvas, colocando João Pessoa e outras 67 cidades da Paraíba em risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

A Capitania dos Portos da Paraíba também emitiu alerta de ressaca em todo o Litoral paraibano. O aviso, que é válido até as 9h de amanhã, informa à população sobre ondas que podem chegar aos 2,5 metros. Segundo a Capitania dos Portos, a orientação é de que pescadores que usem embarcações de pequeno e médio porte evitem a navegação durante o período de ressaca.

Além disso, a Capitania pede que embarcações de médio a grande porte redobrem a atenção quanto ao material de salvamento, estado geral do casco e dos motores, bomba de esgoto do porão, além de equipamentos de rádio e outros itens de segurança. Aos praticantes de esportes náuticos, a Capitania solicita que evitem a prática desses esportes nesse período. Em caso de emergência, entrar em contato com a Capitania dos Portos através dos telefones 0800 281 3071 (Disque Segurança de Navegação); 185 (Salvamar Nordeste); (83) 3241-2805 (plantão da Capitania); ou o WhatsApp (83) 9 9302-9294.

pbagora

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Aesa prevê temporal no Brejo e Litoral da Paraíba neste final de semana

A Agência Executiva da Gestão das Águas na Paraíba (Aesa-PB) emitiu sinal de alerta para possível temporal neste final de semana nas regiões do Brejo e Litoral. A previsão indica muita chuva nessas regiões.

De acordo com o serviço de meteorologia da autarquia, nesta sexta-feira (7)  já foram registradas chuvas de baixa intensidade em 10 municípios paraibano, entre eles, João Pessoa e Campina Grande.

Segundo a previsão do tempo da Aesa para esta sexta-feira (7), o tempo permanece instável sobre a faixa leste nordestina, em especial, nas áreas adjacentes à costa paraibana. Assim sendo, as atuais condições meteorológicas se mantêm favoráveis à ocorrência de chuvas, principalmente na região compreendida entre o Litoral e o Agreste da Paraíba.

A temperatura vai de 29º  no Brejo para 32º no Sertão.

Em João Pessoa, a coordenadoria municipal de Proteção e Defesa Civil  entrou em estado de prontidão e monitora as áreas de risco na Capital.

De acordo com o coordenador, Noé Estrela, a Defesa Civil permanece em observação constante sobre possíveis avisos de atenção emitidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Os alertas possuem quatro níveis de risco: leve, moderado, alto e muito alto. “Quando uma região com risco elevado de incidentes como deslizamentos e enxurradas é visitada por frentes frias ou por concentrações de nuvens que podem gerar pancadas de chuvas, o aviso é emitido imediatamente”.

De acordo com Noé Estrela, a Cemaden ainda não emitiu nenhum sinal de alerta.

clickpb

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Secretário diz que chuvas se concentraram no Litoral e situação da Paraíba ainda é crítica

As fortes chuvas que têm caído no Litoral paraibano não adentraram o estado e de acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, João Azevedo, a situação de muitos municípios ainda é crítica.

Azevedo destacou em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, nesta quinta-feira (06) que com as chuvas no litoral o sistema Gramame-Mamuaba, Marés, Araçagi acumula água e há uma tranquilidade grande. “Em toda questão de abastecimento do estado, o litoral é o que menos preocupa porque chove com frequência e as barragens se mantém”, disse, destacando que o que é necessário é o investimento na distribuição das águas.

Porém, o secretário lembrou que nas regiões onde normalmente não chove continuam com problemas seríssimos como a parte mais noroeste do estado onde a adutora de Capivara que abastece cidades como Uiraúna, Poço de Zé de Moura e Triunfo, está com 4% ou 5% da capacidade.

“O Curimataú graças a Transposição hoje nos dá uma tranquilidade e já entrou em operação a captação no rio para levar água a cidades do Cariri. Já chegou a Monteiro, Caraúbas e o sistema está pegando água para levar até Sumé e de lá para Ouro Velho, Serra Branca, Gurjão e outras”, disse lembrando que a transposição deixa o governo mais tranquilo mesmo que Campina Grande ainda esteja enfrentando racionamento. “A partir de agora não teremos racionamentos mais sérios em Campina Grande.

Marília Domingues

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Ondas de até 4 metros devem atingir o litoral paraibano, alerta Marinha

Ondas com onda na direção Sul/Sudeste de até quatro metros de altura devem atingir o litoral paraibano de hoje até às 21h de quarta-feira (5). O alerta e da Capitania dos Portos da Paraíba.

A Marinha recomenda que os pescadores, as embarcações de pequeno porte e embarcações de recreio evitem navegar durante o período de Mar Grosso.

A Capitania orienta também que as demais embarcações, de grande porte, redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamento de rádio e demais itens de segurança.

A Marinha recomenda os que praticam esportes náuticos também devem evitar no mar.

Em caso de emergência a Capitania disponibiliza os seguintes telefones – Disque Segurança de Navegação 0800-30-71, Salvamar Nordeste; 185 – telefone de plantão da Capitania 3241-2805 ou WhatsApp (83) 99302-9294.

ClickPB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Casal é detido suspeito de matar próprio bebê no Litoral Norte da PB

Um casal foi detido suspeito de matar o próprio bebê, de dois meses, na cidade de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba, no domingo (7). Segundo informações da Polícia Civil, o casal ingeriu bebida alcoólica e colocou o bebê na cama para dormir entre eles. O bebê acabou sendo sufocado e morreu.

Em depoimento à polícia, a mãe do bebê contou que acordou e percebeu que a perna do pai estava em cima da criança. O casal foi detido e encaminhado para a 6ª Delegacia Distrital, na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa.

O corpo do bebê foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), em João Pessoa. O caso segue investigado pela Polícia Civil de Santa Rita.

G1

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

Presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte participou de encontro com o Prefeito de João Pessoa

O Prefeito de Lagoa de Dentro, Fabiano Pedro, Presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte do Estado da Paraíba, participou neste domingo (23) de um encontro com o Prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. O encontro aconteceu na Cidade de Jacaraú, onde Cartaxo foi recebido pelo Prefeito da Cidade, Elias Costa, e outros Prefeitos da Região.

O Objetivo da visita foi a troca de experiências a partir de ações do Centro de Comercialização da Agricultura Familiar, mantido em João Pessoa, com a participação de produtores do litoral paraibano e Zona da Mata.

Fabiano Pedro esteve acompanhado do seu Vice-prefeito, Leandro Vieira e dos Vereadores Camafi, Cicinho e Dedinho.

Assessoria para o Focando a Notícia

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte da Paraíba participará de protesto na Praça do Meio do Mundo

prefeitosO Prefeito de Lagoa de Dentro, Fabiano Pedro, Presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte do Estado da Paraíba confirmou nesta quarta-feira, 05 de abril, que estará presente no protesto dos Prefeitos Paraibanos marcado para o dia 05 de maio na Praça do Meio do Mundo. Fabiano disse que vai acompanhado de uma caravana de Prefeitos da região do Litoral Norte Paraibano e Vale do Mamanguape.

Nessa quarta (05) o Prefeito esteve em uma reunião com outros Prefeitos em Campina Grande discutindo a pauta que será levada para o Protesto em defesa dos Municípios.

A manifestação, de acordo com o presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, é uma forma de chamar atenção para a situação de dificuldade pela qual passam os municípios, além de provocar os parlamentares a votarem de acordo com a orientação dos prefeitos em questões pontuais que tramitam no Congresso Nacional.

Fabiano Pedro disse que o momento será muito importante para que, não só o Estado, mas todo o País tome conhecimento da situação difícil que os Municípios da Paraíba enfrentam.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

Litoral Sul cria rede de cooperação para integrar ações de seis municípios

Seminário de Desenvolvimento reuniu cerca de 200 pessoas para discutir as oportunidades e potencialidades da região

seminarioSetor produtivo, empresários, gestores públicos e instituições parceiras criaram na manhã desta terça-feira (28) a Rede de cooperação para o desenvolvimento do Litoral Sul Paraibano durante o Seminário de Desenvolvimento do Litoral Sul, realizado pelo Sebrae, no município do Conde. O evento contou com a participação de 200 pessoas, entre prefeitos, representantes de instituições, além de agentes de desenvolvimento e líderes da governança local dos seis municípios que formam a região.

“O litoral sul paraibano tem diversas oportunidades e potencialidades. Além do turismo, há a agricultura familiar e as indústrias cimenteiras, de vidro, de cerâmica e o complexo da indústria automobilística. Para saber a vocação de cada município, é preciso fazer um diagnóstico e definir os eixos estruturantes”, destacou o diretor técnico do Sebrae Paraíba, Luiz Alberto Amorim, que participou de um debate com o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, e o consultor de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae, Arnaldo Júnior, durante o seminário. Juntos, eles discutiram as perspectivas, desafios e oportunidades da região, mostrando exemplos e casos de sucesso de outras regiões do Estado, como o Brejo e o Cariri.

Na segunda parte do Seminário, houve uma interação com os participantes e formação dos grupos de trabalho que irão contribuir para o desenvolvimento econômico e a transformação da realidade territorial. “A partir de agora vamos elaborar um aplano de ações estratégicas para o fomento e fortalecimento das atividades produtivas da região. Posteriormente vamos realizar encontros temáticos sobre o turismo, a agricultura familiar e a indústria”, explicou Arnaldo Júnior. O Litoral Sul Paraibano é formado por seis municípios (João Pessoa, Alhandra, Caaporã, conde, Pedras de Fogo e Pitimbu) que, juntos, possuem cerca de 115 mil habitantes, se considerarmos apenas os bairros da zona sul da Capital paraibana. “O que vocês precisam para começar a trabalhar, vocês já tem. É preciso apenas refletir sobre o que podemos transformar para construir a própria identidade. O Sebrae está junto de vocês para superarmos os desafios”, disse Luiz Alberto aos gestores públicos e líderes presentes ao evento.

A prefeita do Conde, Márcia Lucena, destacou que, diante de tantos desafios da região, é preciso estabelecer o que deve ser priorizado. “Temos aqui um solo fértil, mas estamos desorganizados e desarticulados. Precisamos enxergar a região como uma unidade e, para isso, é fundamental a criação do consórcio dos municípios do litoral sul. Devemos construir ações conjuntas para mudarmos enquanto região e sermos exemplo para o Estado”, destacou a prefeita.

Caso de sucesso – Durante o seminário, o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, falou sobre os desafios e soluções encontradas para desenvolver seu município. “Quando assumimos a prefeitura, primeiramente identificamos nossas potencialidades e os entraves. A partir daí, fizemos um plano de desenvolvimento econômico e social e diagnosticamos alguns problemas. Alguns deles, como a baixa qualificação da mão de obra local e a carência de informação e crédito dos microempreendedores, são comuns a todos os municípios da região. Por isso, a importância de se trabalhar integrado”, disse o prefeito.

Ele ainda explicou que, a partir deste diagnóstico, foram encontradas soluções e colocadas em prática, como a captação de recursos e convênios com foco no estímulo ao empreendedorismo e a qualificação da mão de obra, através de parcerias com instituições como Universidade Federal da Paraíba, Sebrae, Sesi, Senai, Senar e Senac. O prefeito também destacou que a gestão municipal começou a comprar a produção da agricultura familiar e, atualmente, 62% do alimento da merenda escolar é adquirido da produção local.

Além disso, inaugurou a Casa do Empreendedor, com auxílio do Sebrae, e criou o Empreender Bananeiras, para oferecer crédito aos empresários. Ele também falou de outras ações integradas com os demais municípios do Brejo paraibano, como o Caminhos do Frio. “O turismo é a nossa atividade de integração entre os municípios do Brejo, que conta com o apoio da gestão pública, mas também dos empresários da região”, completou.

Sebrae/PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Carnaval pode ser de chuvas no litoral e sertão da Paraíba, prevê Aesa

chuvaAs festividades carnavalescas entre esta sexta-feira (24) e a quarta-feira (1º) de cinzas podem ser de chuva em cidades do Litoral, Sertão e Alto Sertão da Paraíba. A previsão foi divulgada pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), na quinta-feira (23).

Segundo a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, ainda não é possível dizer em quais cidades e quais dias as chuvas devem ocorrer, mas ela destacou que as chuvas devem ser localizadas.

“Existe a possibilidade de chuvas localizadas no Sertão, Alto Sertão e Litoral. A previsão de chuvas em cidades só tem precisão maior com 48 ou 24 horas de antecedência”, diz.

Sobre as condições que podem favorecer chuvas, a meteorologista explicou que “existe uma configuração de ventos em médio e alto níveis do oceano Atlântico que tem provocado a ausência de nuvens na maior parte do estado, provocando uma parada nas chuvas. Mas, a combinação da umidade alta com a alta temperatura pode contribuir para o aumento das nuvens em alguns pontos localizados, causando essas chuvas”, disse Marle Bandeira.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br