Arquivo da tag: leões

Depois de matar girafa saudável, zoo dinamarquês mata família de leões

leaoPouco mais de um mês após matar a girafa Marius, o Zoológico de Copenhagen, na Dinamarca,  tirou a vida de mais quatro animais: dois filhotes e dois leões adultos. Todos, assim como Marius, em saúde perfeita.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a medida foi tomada para poupar sofrimento dos animais. Segundo o zoológico, os quatro eram os leões mais fracos, e não conseguiriam se defender de um novo leão, feroz e de comportamento agressivo, que chegou na segunda-feira (24) no local. “Eles seriam atacados pelo leão na primeira oportunidade e não resistiriam aos ferimentos”, justifica o Zoológico de Copenhagen. “Esse é um tipo de comportamento que faz parte da natureza dos leões.”

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Os veterinários pretendem fazer com que o leão, de aproximadamente 130 quilos, cruze com as duas leoas do zoo, que chegaram, recentemente, à fase ideal para procriação. “Estamos orgulhosos de ser um dos poucos zoológicos do mundo a criar sua própria ninhada de leões”, afirma Steffen Straede, um dos diretores do zoo.

Uma das duas leoas do Zoológico de Copenhagen (Foto: Divulgação / Zoológico de Copenhagen)Uma das duas leoas do Zoológico de Copenhagen (Foto: Divulgação / Zoológico de Copenhagen)

O zoo afirmou que, apesar das tentativas, não conseguiu encontrar um novo lar para a família de leões. A eutanásia dos quatro animais foi realizada na segunda-feira (24), horas antes de o novo leão ser alocado junto com as leoas. Diferentemente de Marius, os quatro leões não foram dissecados na frente dos visitantes do zoo. Os quatro animais pertenciam à mesma famíla.

Há mais de um mês, a girafa Marius teve o mesmo destino dos leões. Sua morte foi internacionalmente repercutida. O animal fora morto e dissecado na frente dos visitantes – inclusive, muitas crianças. Na época, parte da imprensa e ativistas dos direitos dos animais criticaram a conduta do zoológico e disseram que não havia justificativas plausíveis para cometer a eutanásia. No caso de Marius, os veterinários argumentaram que ele deveria morrer porque corria o risco de cruzar com parentes próximos. Assim como no caso dos quatro leões, o zoológico afirmou que não havia espaço físico para alocar o animal. Nos dois casos, matar os animais foi uma solução mais fácil e rápida do que encontrar um novo lar para eles.

 

Visitantes puderam assistir à necrópsia e desmembramento de Marius (Foto: AP Photo/POLFOTO, Peter Hove Olesen)

Época

Leões caminham para extinção na África Ocidental, diz pesquisa

leoesO número de leões na África Ocidental sofreu um “colapso catastrófico”, diz uma pesquisa recém-publicada, que calcula que restem apenas 400 animais na região.

 

E teme-se que a população inteira esteja à beira da extinção, já que haveria menos de 250 leões em idade de acasalamento.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A pesquisa, realizada pela ONG Panthera e publicada no periódico científico PLOS One, foi realizada em 17 países oeste-africanos, incluindo Senegal e Nigéria, por mais de seis anos.

 

Em 2005, estimava-se que havia leões em 21 áreas protegidas na África Ocidental; agora, aparentemente eles estão restritos a quatro dessas áreas – ou a apenas 1,1% de seu território original.

 

A maioria de seu habitat natural foi convertida em área agrícola (sobretudo grandes plantações de algodão e alimentos), diz Philipp Henschel, coautor da pesquisa.

 

“Os resultados são chocantes – a maioria das áreas que pesquisamos eram parques apenas no papel, sem orçamento gerencial, patrulhas. Perderam todos os seus leões e outros grandes mamíferos”, afirma Henschel à BBC.

 

A Panthera quer que o leão seja listado como espécie ameaçada na África Ocidental.

 

Ainda segundo a pesquisa, esse leão é atualmente encontrado em apenas cinco países: Senegal, Nigéria, Benin, Níger e Burkina-Faso (os três últimos países compartilham apenas uma população de leões, que habita uma parte da tríplice fronteira).

 

Pesquisadores da Duke University, nos Estados Unidos, dizem que os leões tem chances de sobrevivência bem maiores em outras partes da África, graças à criação de reservas em parques nacionais – nenhuma delas na África Ocidental.

 

Especialistas estimam que a população total de leões na África hoje é composta de aproximadamente 32 mil animais.

 

Há 50 anos eram 100 mil, e a queda é creditada à drástica redução, pela ação humana, da área de savana natural, o habitat natural do leão.

 

Genética única

Os leões da região ocidental da África têm um sequenciamento genético único, não encontrado em outras espécies (incluindo as que vivem em zoológicos ou outras forma de cativeiro).

 

A diminuição da espécie ameaça, assim, uma população já geneticamente adaptada a condições específicas.

 

Além da redução de seu habitat, eles são fortemente ameaçados pela caça ilegal, que abastece mercados locais.

 

“Em algumas áreas, testemunhamos pastores de gado e cabra matando leões, após entrarem ilegalmente em áreas protegidas”, prossegue Henschel.

 

Também contribuem para o cenário a falta de verbas para esforços de conservação, o aumento da população humana nas áreas onde vivem os animais e a pobreza econômica.

 

“São alguns dos países mais pobres do mundo, cujos governos têm prioridades maiores do que proteger leões”, diz o pesquisador.

 

Símbolo de orgulho

Mas os leões oeste-africanos têm um significado especial na cultura da região: são um símbolo de orgulho para governos e cidadãos e figuram em brasões de diversos países.

 

A União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) diz que será necessária ajuda internacional para salvar os animais.

 

Ao mesmo tempo, Benin e Senegal estão elaborando um plano de ação para identificar formas de salvar seus leões.

 

BBC Brasil

Anísio Maia diz que RC entregou Couto aos “leões” e cobra de deputado rompimento com governo do estado

anisioO deputado estadual Anísio Maia (PT) se apegou aos últimos acontecimentos envolvendo o PSB para cobrar  do deputado federal Luiz Couto (PT) o rompimento com o governador Ricardo Coutinho. “Agora só resta uma argumentação celestial, que é muito difícil esse campo na política, portanto, não tem mais jeito, os petistas agora têm que abandonar o governo do PSB que é um projeto que vai ao encontro à direita do Brasil, dos conservadores, com o objetivo de destruir o nosso projeto político”, justificou.

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

O líder da oposição na Assembleia Legislativa chegou a afirmar que o governador Ricardo Coutinho (PSB) ignorou o parlamentar petista no momento difícil de sua vida. “O governador deixou ele entregue aos leões”, falou.
Anísio também não descartou a possibilidade de Couto participar da chapa majoritária nas eleições de 2014. “O PT é um partido que não precisa alugar candidato para disputar eleição, nós vencemos sempre as eleições com a prata da casa, ao contrário dos outros partidos que saem alugando gatos e cachorros. Luiz Couto é fundador do partido, tem nossa admiração, apesar das divergências, ele pode ser uma alternativa. A única condição é deixar de lado esse povo e vir para o projeto autêntico do PT”, acrescentou.

 

 

luistorres