Arquivo da tag: Legislativo

Deputado Chió destaca participação do Poder Legislativo em Missão na China

Durante participação em programas de televisão, na capital João Pessoa, nesta quinta-feira, 18 de Julho, o deputado Estadual Chió (REDE) destacou a participação do Poder Legislativo Estadual na missão paraibana que viajou à China, em cumprimento a um protocolo de intenções junto a grandes investidores.

O parlamentar foi o único deputado estadual a integrar a delegação paraibana, liderada pela vice-governadora Lígia Feliciano (PDT), que durante dez dias cumpriu extensa agenda nas cidades chinesas de Zhoushan, Hangzhou e Pequim. Além de buscar investimentos nas áreas de inovação, energias renováveis e tecnologia, a missão potencializou o turismo, e a produção agrícola e pesqueira paraibana.

“A presença do Poder Legislativo participando dessa construção foi e é muito importante. O nosso mandato segue com a responsabilidade de pautar nas Comissões e com os demais pares da Casa, a elaboração de todo um arcabouço legal que ofereça condições para a efetivação desses grandes investimentos, que irão gerar emprego e renda para o nosso povo”, avaliou o deputado Chió.

A missão paraibana cumpre um protocolo assinado pelo Governo Estadual junto aos chineses, que aguardavam uma delegação para visita técnica ao maior e mais produtivo estaleiro de reparos navais do mundo – o IMC YY, semelhante ao que deve ser implantado em Lucena, litoral norte do estado.

“A visita técnica foi essencial para que o Estado testemunhasse as condições essenciais de operacionalização e infraestrutura para um investimento desse porte. Além disso, o mapeamento das cadeias produtivas e do tipo de mão de obra necessária permitirá ao Estado investir em capacitações que garantam empregabilidade e renda local, a partir dos potenciais paraibanos em tecnologia e inovação”, acrescentou Chió.

Intercâmbio Estudantil

Nas entrevistas, o parlamentar, que é vice-presidente da Comissão de Educação da Assembleia, revelou que a missão concentrou esforços na efetivação de parcerias para intercâmbio estudantil. “Ficamos muito felizes ao constatar que os chineses estão interessados em incentivar estudantes brasileiros, inclusive, com custeio de bolsas de mestrado e doutorado. A delegação paraibana aproveitou para pautar a possibilidade de criação do Gira Mundo China, beneficiando também, alunos de nível médio e técnico em todo o estado”, concluiu o deputado Chió.

Fonte: Ascom Dep. Estadual Chió (REDE)

 

 

Projeto de Lei de Municipalização do Trânsito de Solânea será encaminhado ao Legislativo ainda este mês

logo solaneaUma das maiores reivindicações da sociedade solanense é, atualmente, a organização do trânsito. Esta organização passa pelos processos de normatização e regulação, desde a criação do Projeto de Lei, passando pela apreciação do Poder Legislativo, e finalmente chegando ao Poder Executivo, para sanção. Com pouco mais de 30 dias, a gestão Olhando Para o Futuro traz o compromisso em buscar o melhor para a população de Solânea, através das ações já desenvolvidas num curto espaço de tempo.

Partindo das metas definidas pelo Prefeito Kaiser Rocha, o Procurador Jurídico do Município, Dr. Lavine Viana incumbiu-se do processo de normatização junto à equipe da Procuradoria Jurídica do município e o primeiro trabalho trata deste Projeto de Lei. O conteúdo deste documento cria o Departamento Municipal de Trânsito. Após isso, a busca será incluir Solânea no Sistema Nacional de Trânsito, e assim ordenar as ações referentes ao trânsito no âmbito municipal. Para a municipalização do trânsito é preciso algumas etapas e esta lei é a primeira delas.

O trabalho consiste em concluir o objetivo logo após a apreciação pela Câmara Municipal.  Sequencialmente, serão aplicadas as normas previstas no Artigo 24, do Código de Trânsito Brasileiro e demais que tratam da matéria.

 

Assessoria de Comunicação – P.M.S.

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Vital Costa defende direito de deputados votarem contas do Governo, ‘Tribunal é auxiliar do Legislativo’

vital-costaO deputado estadual Vital Costa (PP) deixou a suplência para assumir a vaga de Carlos Dunga (PTB) na Casa Epitácio Pessoa nesta quarta-feira (23). Após a sessão ordinária, o deputado compareceu ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, e falou sobre a sua atuação na Assembleia.

Costa retorna a Assembleia pela 3ª vez. Assumiu brevemente em 2008 e em novembro do ano passado, no lugar de Daniella Ribeiro (PP). Agora o deputado chega em meio a polêmica da apreciação das Contas do Governo do Estado, que após serem aprovadas no Tribunal de Contas, irão passar pelo crivo dos deputados.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Vital Costa nega que exista uma ‘ordem’ para sangrar o governador Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia. “Isso não existe. Cássio (Cunha Lima – PSDB) não é afeito a esse tipo de coisa”, exclamou.

O deputado defendeu o direito da Assembleia de avaliar as Contas do Governo. “O Tribunal de Contas é auxiliar do Poder Legislativo. É um corpo técnico. Cabe a Assembleia apreciar matéria. Votar contra ou favorável é um direito nosso”, colocou.

Pedro Callado

Reitora da UFPB e ex-prefeita de Bananeiras são homenageadas pelo Poder Legislativo

homenageadosA Câmara de Vereadores de Bananeiras entregou na última sexta-feira (13), a Comenda e Medalha de Honra ao Mérito “Escritor Sinésio Guimarães”, proposta pela Mesa Diretora que é composta pelos vereadores Ramom Moreira, Douglas Bubú, Kilson Dantas e Heraldo Azevedo, e aprovada por unanimidade pelos relevantes serviços prestados a comunidade bananeirense pela reitora da Universidade Federal da Paraíba Margareth de Fátima Melo Diniz e a ex-prefeita Marta Ramalho, pelo exitoso governo realizado em Bananeiras entre os anos de 2005 a 2012.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

A Sessão Solene de entrega da Medalha “Sinésio Guimarães” encerrou a I Semana Legislativa, e contou com participação do Prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena, ex-deputado Ramalho Leite, autoridades do município, Professores e Servidores Técnicos Administrativos e Estudantes da Universidade Federal da Paraíba.

reitora e vereadores

Marta

 

O Campus da UFPB em Bananeiras completará em 2014 noventa (90) anos. A instituição referencia o nome de Bananeiras no Brasil e no mundo, por ser também conhecida em vários países pelas profissões, intercâmbios e projetos desenvolvidos pelo Campus Universitário de Bananeiras ao longo de sua história, desde, mais recentemente, pela contribuição significativa para o Desenvolvimento Rural Sustentável Regional dos hoje conhecidos Território da Borborema (21 Municípios) e Território do Piemonte da Borborema (18 municípios), este último com sede em Bananeiras, indo até além das fronteiras, o Campus Universitário de Bananeiras, com a oferta o Curso de Ciências Agrárias a Distância pela UFPB Virtual com Polos em 18 cidades espalhadas nos Estados da Paraíba, Ceará, Pernambuco e Bahia, totalizando cerca de 3.500 alunos, elevando e enaltecendo o nome de Bananeiras e a sua contribuição com outras regiões do País, até antes inalcançadas pela UFPB.

Marta falando reitora falando

 

Sinésio Guimarães, nascido em Bananeiras e patrono da Comenda, foi fundador do Jornal Era Nova, que se transformou na Revista Era Nova. Na capital do Estado dirigiu os Jornais A União e o Liberal. Cursou Direito na faculdade do Recife, PE, enquanto ministrava aulas de português no Liceu Paraibano. Dos livros escritos por Sinésio, podemos citar Vidros Opacos, Legendas do Amor e de Ironias, trabalhos que mereceram elogios de grandes críticos, na qualidade de Celso Mariz, Carlos Romero, Higino Brito, Osias Gomes e outros.

prefeitoRamalho

 

antonio marques solenidade camara

 

Créditos das fotos: Bello Soares

Bananeiras Online com Assessoria

Presidente da Câmara Municipal de Bananeiras transparece gastos do Poder Legislativo

camara bananeirasUma atitude inédita – pelo menos até aonde sei – está sendo tomada pelo presidente da Câmara Municipal de Bananeiras, Ramon Moreira. O jovem vereador, marinheiro de primeira viagem, já deixou claro que fará uma administração transparente. Seus discursos têm sido pautados na seriedade com a qual vai tratar dos recursos que chegam á Casa Legislativa.

 

 

A Câmara recebeu em Janeiro/2013, segundo a transparência da Casa Legislativa, uma receita de pouco mais de R$ 86.000,00 (Oitenta e seis mil) e um gasto de pouco mais de R$ 71.000,00 (setenta e hum mil), com um saldo positivo de R$ 15.000,00 (Quinze Mil reais).

 

 

“Nosso objetivo é tornar transparente todas as nossas ações, principalmente os recursos que entram e saem da casa.” Pontuou Ramon Moreira.

 

 

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

 

camara de bananeiras
Acompanhe as informações da Câmara Municipal de Bananeiras pela página do Facebook. Click Aqui!
Por Júnior Campos

Câmara de Bananeiras abre com solenidade os trabalhos legislativo

sessaoNessa quarta-feira dia 20, o Poder Legislativo do Município de Bananeiras, deu início aos seus trabalhos da Casa “Odon Bezerra”. Em sua primeira sessão onde se fizeram presentes o representante do Poder Executivo o Prefeito Douglas Lucena, Vice Prefeito Matheus Bezerra, do Presidente da Câmara Ramom Moreira, e dos demais vereadores (as) Guga Aragão, Biu do Taboleiro, Douglas Bubu, Eraldo Azevedo, Cristina de Chagas, Gilson, Kilson Dantas, Professor Antonio Marques, Marcelo Bezerra, só não esteve presente a vereadora Alline Giselle (Aline de Merces), e com a presença de secretários municipais, ex-vereadores, autoridades religiosas, e a população em massa.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

A abertura da primeira sessão do ano de 2013 teve a leitura da Bíblia pedindo que a proteção do Divino Espírito Santo iluminasse a todos em seus trabalhos naquela Casa. Logo em seguida apresentação dos representantes dos bananeirenses no Poder Legislativo na Gestão de 2013 a 2016, em seguida a solenidade de abertura com o canto do Hino Nacional.

A sessão deu continuidade com a leitura da Ata, a qual foi lida pelo 1º secretário da casa o vereador Kilson.

 Na tribuna as palavras do Presidente da Casa Ramon Moreira dando boas vindas ao Prefeito Douglas Lucena, Vice Prefeito Matheus Bezerra, demais vereadores, as autoridades religiosas, secretários, ex-vereadores e ao público presente, o mesmo mencionou que a Câmara Municipal de Bananeiras esta aberta aos bananeirenses independente de raça, cor, religião ou partido e que o foco principal daquele egrégio é buscar investimentos nas áreas de educação, saúde, cultura, turismo entre outros, pra melhorar a vida da nossa população. Ainda o mesmo citou a necessidade do melhoramento da estrutura física da Câmara Municipal, com vista na necessidade do tal investimento o mesmo irá buscar recursos para que seja efetivado os serviços da nova estrutura da Casa “Odon Bezerra”.

O Vereador Guga, logo de início de ar de felicidades e o tom pra que veio a Casa “Odon Bezerra”, o mesmo se mostrou preocupado e indignado com o tempo de recesso que os parlamentares do seu município e se colocando a elaborar um projeto de Lei pra mudar essa regalia aos quais os vereadores de nossa cidade se beneficiam o mesmo falou a respeito da diferença do servidor público, quanto ao legislador. Enquanto o funcionário público goza seus 30 dias de férias, os representantes do povo gozam cerca de 120 dias ao ano com 2 recessos de 60 dias cada, por isso o mesmo se prontificou em colocar em pauta esse assunto, O vereador mencionou um assunto importante a respeito do Conselho Municipal do Idoso o qual existe mais falta mais pra que o referido possa atender melhor aos nossos idosos, pra isso ele citou que irá trabalhar junto com o Prefeito Douglas Lucena, pra que seja buscado recursos a favor desse projeto. Falou também a respeito da situação dos viciados em drogas, um problema que deve ser enfrentado por todos, ele se mostrou preocupado com a situação quando se é mencionado que o trabalho é feito pela prefeitura, enquanto isso alguns falam que o problema é do Estado e o mesmo ainda diz que é do Governo Federal. O vereador falou que irá trabalhar junto com a Prefeitura pra buscar parcerias de todas as esferas do Poder Público pra solucionar esse problema. Guga ainda fala a respeito que irá apresentar projetos e requerimentos para beneficiar a todos os bananeirenses sem ver a quem e sim buscar o melhor pra nossa terra. Porque devemos nos unir para que nossa cidade seja cada vez melhor.

Não diferente de Guga o vereador eleito e líder do Governo Municipal Kilson, falou da emoção e alegria de esta naquela tribuna representando o povo de Bananeiras e que fará jus o seu cargo, o mesmo mencionou a necessidade da interligação entre o Legislativo com o Executivo, por isso estará sempre apresentando requerimento de interesse do povo e junto com a Câmara e a Prefeitura irão realizar parceiras voltadas ao desenvolvimento de nossa terra. O mesmo já apresentou 26 requerimentos e espera que os colegas parlamentares possam entender as solicitações e que estejam voltados ao trabalho para o beneficio da população.

Já o Prefeito Douglas, ao se pronunciar na tribuna se mostra confiante e sincero com seu projeto político pra nossa terra, onde o mesmo falou a respeito da situação financeira a qual a nossa cidade esta sofrendo em virtude de cortes por parte dos repasses federais, mesmo assim não nos deixemos abater, diferente de outros procuramos buscar soluções pra que nossos servidores municipais não pagassem o preço, mostramos como isso era possível e foi realizado cortando e deixando de existir algumas secretarias, mais isso não quis dizer que nossa administração ficasse sem trabalhar, pelo contrario agora estamos mostrando em pouco tempo a nossa forma de se governar, mesmo com dificuldades.

 

Encontramos uma finança equilibrada que por sinal fomos contemplados com a liberação de recursos por não estamos inadimplentes junto ao governo federal. A ex Prefeita Marta Ramalho, deixou tudo quitado e equilibrado, para o andamento de nossa administração, por isso temos que buscar novas formas de alternativas pra buscarmos os investimentos necessários pra nosso município. Conseguimos através de Emendas Parlamentares o valor de R$ 1.500.000,00 (um milhão e meia de reais), destinados ao turismo de nossa terra. Turismo esse que tem levado nossa gente a uma economia bastante razoável e mostramos que nossa cidade e nossa gente são capazes de produzir e atender a demanda do crescimento nessa área que tanto cresce em nosso País. A cerca do problema enfrentado pela seca o município hoje conta com 5 (cinco) carros pipas, sendo 3 pelo Governo do Estado e 2 pelo Município, estamos elaborando o calendário de pagamento dos servidores municipais, para que os mesmos possam se organizarem nos seus orçamentos. Vamos implantar o orçamento democrático nas comunidades de nossa cidade, para levarmos e colhermos o que se necessita em cada região, temos a parceria entre Governo do Estado e Município, com intuito de trazer melhorias cada vez mais pra nossa terra. Devemos esta unidos e deixar problemas do passado de lado e sim trabalharmos em prol de nossa cidade e pelo seu desenvolvimento. O Prefeito Douglas, ainda menciona o assunto da oposição que a mesma deve ser transparente e trabalhar sem prejudicar os trabalhos que beneficiam ao povo bananeirense.

Por último o mesmo falou que Bananeiras é uma terra pequena em território, mais bem maior pelo fato de ter um povo forte e aguerrido que não se deixar abater por nada. Por isso meu governo irá trabalhar pelo o melhor pra nossa Bananeira nesse ano de 2013, pra que no próximo ano, eu possa esta aqui novamente não só trazendo novas notícias para investimento, bem como a prestação de contas da minha administração referente a esse ano. Muito obrigado ao povo bananeirense e que DEUS nos ilumine.

Bananeiras Agora

Bancada de oposição no legislativo da Capital elege seu líder e promete muito trabalho

camaraA bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, em pequeno número, promete fazer barulho e dar muito trabalho à gestão de Luciano Cartaxo (PT).

Reunida na manhã desta terça-feira (22), os três integrantes da bancada – Renato Martins (PSB), Zezinho do Botafago (PSB) e Lucas de Brito (Democratas) – definiram uma pauta de ações.

Os vereadores confirmaram Renato Martins como líder da oposição na CMJP. Ele passará um ano na função. Eles também decidiram que vão brigar pela presidência da Comissão de Constituição e Justiça ou de Finanças e Orçamento, as duas mais importantes, em favor de Lucas de Brito. Outra decisão foi de cumprir agenda semanal de visitas a órgãos e secretarias da prefeitura. A primeira visita deve ter início na Secretaria de saúde.

Os três vereadores ainda vão querer atrair o vereador tucano Marcus Vinícius que, apesar de ser oposição, está evitando “se misturar” com os apoiadores do governador.

Com a confirmação de Renato Martins na liderança da oposição, o Legislativo da Capital será uma dos poucos no Brasil, talvez a única Câmara Municipal, em que o mesmo partido tem como integrantes o líder da oposição e o da situação.

Da redação com Blog de Luís Torres

Reuniões da ONGIFA buscam acompanhar de perto o Poder Legislativo de Solânea-PB

 

Aconteceu na terça-feira (18) na sede da ONGIFA (Organização não governamental de Integração da Família), uma reunião com estudantes e representantes de ONG’s da cidade de Solânea-PB, tendo o objetivo de acompanhar o Poder Legislativo (vereadores) e sugerir melhoras para a população em geral.[bb]

A ONGIFA é uma ONG (organização não governamental) que funciona em Solânea desde os anos 90 e que partiu de problemas sociais enfrentados pelo município. Pertence à Catequese da cidade e é presidida por Maria do Socorro Silva Fernandes. Seu objetivo principal é dar uma qualidade de vida melhor aos moradores da zona rural, através de assistência as famílias e oficinas com cursos diversos, e também à área urbana. Porém, as reuniões mais específicas e voltadas para certa fiscalização dos vereadores, vêm desde o início de 2011. O intuito das reuniões surgiu com o foco na mobilização contra as drogas que ocorreu no início de junho também em 2011, o qual foi justamente um dos frutos dessas conversas entre os representantes das ONG’s. “Não há apoio algum da prefeitura, é uma entidade de controle social sem envolvimento da gestão. Porém, dialogamos com os gestores”, afirma Rosângela Vital (44), membro da entidade e representante do Cordel Vida.  Os fóruns de discussões em defesa dos direitos humanos existem em todo o país e são diversos, a ONGIFA, porém, é uma organização municipal.[bb]

Esteve presente também o radialista Cristiano Ricelli da Rádio Integração do Brejo (Bananeiras-PB) onde discutiu questões relevantes para Solânea: “os vereadores não querem que a população saiba sobre o funcionamento político e nem de seus direitos, por isso a importância de um grupo como esse”, ressaltou. Ainda declara Ricelli que “o grupo busca conscientizar a população para reivindicar seus direitos junto aos vereadores e uma resposta ao uso das verbas da cidade. É uma forma de tornar público os assuntos discutidos na Câmara dos Vereadores, com base nas leis municipais”.

Podemos destacar algumas entidades que também fazem parte da discussão e apoiam o projeto, como: PJMP (Pastoral da Juventude do Meio Popular), Política em Solânea (grupo pelo Facebook), Pastoral da Criança, Cordel Vida, AAPIS (Associação dos Aposentados, Pensionistas e Idosos de Solânea) e a Associação dos Agentes Comunitários de Saúde.
Luís Soares (29), membro do grupo, declarou que “as reuniões ainda não são regulares, e partem das necessidades, como: o evento de mobilização contra as drogas, conscientização da população no período eleitoral e o acompanhamento das sessões da Câmara dos Vereadores”. O espaço onde funciona a ONGIFA fica na Rua Getúlio Vargas, 228, próximo ao Bar do Palmeiras e é aberto à população que queira discutir as questões sociais solanenses. A próxima reunião está prevista para o dia 09 de Janeiro de 2013 às 17:00hs, onde serão definidas e sistematizadas as metas para o ano novo.

Eduardo Araújo.

diariodobrejo.com

Decisões sobre mensalão e royalties alimentam crise entre Judiciário e Legislativo

Ministro da Justiça defende STF e diz que decisões transitadas em julgado valem como lei


Decisões sobre mensalão e royalties alimentam crise entre Judiciário e Legislativo As decisões sobre o mensalão e a respeito dos vetos de Dilma aos royalties levantaram

um bate-boca entre os poderes (Foto: Carlos Humberto. STF)

O ano de 2012 se aproxima do fim marcado pelo acirramento da tensão entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional. Duas decisões tomadas na segunda (17) pelo Supremo – ter a palavra final sobre a cassação dos deputados condenados no julgamento do mensalão e suspender a votação dos vetos presidenciais ao projeto de redistribuição dos royalties do petróleo – jogaram gasolina em uma fogueira que continuará ardendo ao longo de 2013. A crise entre Legislativo e Judiciário suscitou também em diversos setores da sociedade o surgimento de discussões sobre a separação dos Poderes e o limite de ação de cada um deles.

Ao reafirmar a supremacia do Judiciário dizendo durante o seu voto que “a insubordinação legislativa ou executiva” a uma decisão judicial caracterizaria “comportamento intolerável, inaceitável e incompreensível”, o ministro Celso de Mello procurou colocar a Câmara no que entende ser o seu devido lugar. Ao acrescentar que “qualquer autoridade pública que descumpra uma decisão emanada do Poder Judiciário transgride a própria ordem constitucional”, o decano do STF encostou na parede os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado.[bb]

A reação não tardou, e o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), afirmou que a decisão do STF é uma “ingerência indevida e que não dialoga com o bom entendimento entre os Poderes”. Voz ativa desde o início da polêmica, Maia, no entanto, adotou uma postura mais recuada, pregou paciência e lembrou que, com a chegada de dois novos ministros ao Supremo, tudo pode mudar: “É uma decisão precária, e os votos dos dois novos ministros podem virar o placar. A medida não é imediata, há um período de recursos e debates sobre o tema”, disse.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou que “as divergências entre os Poderes não ajudam o país”, mas já projeta uma trégua com o STF: “Até que seja publicado o acórdão determinando a perda dos mandatos haverá tempo para que encontremos uma solução e evitemos essa desarmonia. É o que eu espero”, disse.

Já sobre a questão dos royalties do petróleo, Sarney prometeu recorrer da decisão liminar do ministro Luiz Fux que suspendeu o processo de apreciação dos vetos feitos pela presidenta Dilma Rousseff sobre esse tema até que sejam apreciados todos os 3.060 vetos que estão à frente na fila de espera – alguns há mais de uma década – pela atenção de deputados e senadores: “Essa é uma questão interna do Congresso e vamos pedir ao ministro Luiz Fux a reconsideração ainda antes do recesso”, disse.

No fim da tarde, um grupo de parlamentares entregou a Sarney um requerimento com as assinaturas necessárias para a criação de uma comissão especial mista que se encarregará de analisar e encaminhar para votação todos os vetos presidenciais em espera. O deputado Júlio César (PSD-PI), integrante da comissão, afirmou que o objetivo do grupo é apreciar todos os 3.060 vetos até esta quinta (19): “A intenção da base do governo é de manter todos os três mil vetos e derrubar apenas aquele à lei dos royalties do petróleo”, disse.

‘Mandato é do povo’

Durante evento realizado nessa terça (18) no Palácio do Planalto, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, evitou comentar a questão dos royalties. Já sobre a cassação dos parlamentares, saiu em defesa do STF: “As decisões do STF, depois de transitadas em julgado, valem como lei e devem ser obedecidas independentemente de avaliações subjetivas”, disse.

Em entrevista ao jornal O Globo, o constitucionalista Dalmo Dallari afirma que a Constituição “deu atribuição ao Legislativo para que decida” sobre a cassação de parlamentares condenados: “O Parlamento, em cada caso, verifica se é a hipótese de perda de mandato”, disse. Dallari diz ainda acreditar que “haverá embargos infringentes” à decisão do STF, fruto da discussão sobre se a perda de direitos políticos inclui a perda do mandato parlamentar em pleno exercício: “O mandato parlamentar é um dos direitos políticos, mas ele pertence essencialmente ao povo”, opina o jurista.

Maurício Thuswohl, da Rede Brasil Atual
Focando a Notícia

Legislativo de Bananeiras comemora sessão de número 2 mil


 

Uma solenidade na Câmara Municipal de Bananeiras (PB), na noite da sexta-feira (20), comemorou a sessão de número 2 mil naquela Casa, que leva o nome de Odon Bezerra. Na ocasião, os ex-vereadores (vivos) foram homenageados com uma placa comemorativa.

Presente ao ato, a prefeita Marta Ramalho (DEM) fez a leitura da carta ao Poder Legislativo prestando contas das ações do ano anterior.

O líder do governador Ricardo Coutinho na Assembleia legislativa, Hervásio Bezerra, sobrinho de Odon Bezerra, se fez presente. Um coquetel no Bananeiras Clube encerrou as homenagens ao legislativo local.

Redação/Focando a Notícia