Arquivo da tag: indiretas

Câmara marca eleições indiretas para prefeitura de Taperoá, no Cariri da Paraíba

A Câmara Municipal de Taperoá marcou para 11 de setembro as eleições indiretas para a escolha de prefeito e vice do município do Cariri paraibano. A resolução foi publicada em cumprimento a decisão judicial emanada do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

De acordo com a resolução, os interessados em assumir o cargo tem até as 17h de terça-feira (8) para registrar a chapa. Para se candidatar é preciso atender os seguintes requisitos:

  • ter nacionalidade brasileira;
  • o pleno exercício dos direitos políticos;
  • alistamento eleitoral;
  • domicílio eleitoral em Taperoá
  • filiação partidária (prazo mínimo de 6 meses)
  • idade mínima de 21 anos.

O pleito está previsto para acontecer no plenário da Câmara Municipal às 18h do dia 11 de setembro. Os vereadores votarão abertamente e o presidente da Câmara dará posse aos candidatos eleitos.

A eleição acontece após a cassação de Jurandi Gouveia Farias e Francisco Antônio da Silva Filho, respectivamente, ex-prefeito e ex-vice da cidade. Eles foram acusados de conduta vedada, abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

G1

 

Eleições indiretas: TRE mantém cassação em Uiraúna e tira mandato de prefeito e vice de Riachão

Duas cidades da Paraíba vão realizar eleições indiretas devido à cassação de seus prefeitos e vices. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu na tarde desta terça (22) pela manutenção da cassação da prefeita do Município de Uiraúna Glória Geane (PSDB) e da Vice Benilde Santiago e determinou a realização de eleições indiretas, assim como o prefeito de Riachão Paulo da Cunha Torres (PMDB) e o vice Edvaldo Moura do Nascimento.

A prefeita de Uiraúna teve seu mandato cassado pelo juiz da 53ª Zona Eleitoral, de acordo com o TRE a tese da condenação foi a compra de votos na eleição de 208, confirmada em 17 de janeiro pelo Tribunal por unanimidade. Na época foi determinada a realização de eleições indiretas que foram suspensas, por conta do julgamento de embargos de declaração, mas o TRE reiterou a determinação.

De acordo com a assessoria do TRE, o autor do pedido de vista, juiz Márcio Accioly, divergiu dos votos anteriores acolhendo os embargos com efeitos infrigentes. Após esclarecimentos do juiz João Batista, a votação foi encerrada e os primeiros embargos de declaração da prefeita foram rejeitados por 4×2.

Os segundos embargos também foram rejeitados e a cassação da prefeita e vice foi mantida e foi determinada a realização de eleições indiretas.

Em seguida o TRE julgou o recurso em Ação de Investigação Judicial originada de Riachão, o Relator entendeu pela cassação de Prefeito e Vice e realização de eleições indiretas. Apesar da divergência do Juiz Sylvio Porto que entendeu apenas pela aplicação de multa ao Prefeito.

Marília Domingues / assessoria TRE