Arquivo da tag: Inaugurado

Hospital de campanha para pacientes com coronavírus é inaugurado em Campina Grande

Um hospital de campanha para o tratamento exclusivo de pacientes infectados pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, foi inaugurado na manhã desta terça-feira (12), em Campina Grande. De acordo com a prefeitura, o hospital conta com 42 leitos de internação e nesta terça-feira, sete deles já contam com respiradores. De acordo com a Secretaria de Saúde, apesar da entrega do hospital, profissionais ainda estão em fase de contratação.

O espaço vai funcionar no complexo do Hospital Municipal Pedro I, na estrutura onde estava sendo construída a central de hemodiálise do município. Todos os 42 leitos do hospital terão pontos de oxigênio, sendo 20 deles reservados para UTI, com respiradores. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, os outros 13 respiradores já foram solicitados.

A estrutura demorou pelo menos 37 dias para ser concluída. Com o novo espaço, o complexo do Hospital Municipal Pedro I, que é referência no tratamento da doença em Campina Grande, passa a ter 138 leitos para o tratamento de pacientes do coronavírus.

Segundo a Secretaria de Saúde, os profissionais que vão atuar no novo hospital estão em fase de contratação, passando pelos trâmites necessários e ainda existem vagas para contratação. O hospital só vai receber pessoas com encaminhamentos de outras unidades de saúde. As pessoas que tiverem sintomas da Covid-19 devem procurar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Alto Branco.

G1

 

Aterro sanitário de Guarabira é inaugurado e receberá resíduos de 25 cidades

Com a presença do prefeito em exercício Marcus Diogo, foi inaugurado na manhã desta segunda-feira (14) o novo aterro sanitário localizado a 800m da Rod PB 73, na altura do Km 43. O ato inaugural se deu com a pesagem e descarregamento de resíduos de Guarabira, sendo acompanhado por Marcus e demais representantes da administração municipal.

O projeto, idealizado pelo prefeito Zenóbio Toscano em fevereiro de 2013, e firmado com mais 24 municípios mediante criação do CONSIRES foi concretizado. Agora, Guarabira viverá uma nova realidade, onde a sustentabilidade estará mais presente na vida do cidadão. Na oportunidade, o prefeito assinou o contrato com a Ecosolo, empresa responsável pela gestão do aterro, para o recebimento e disposição final dos resíduos sólidos produzidos pelo município.

O aterro sanitário acomoda os resíduos sólidos compactados, sem causar danos ao meio ambiente ou à saúde pública. De acordo com uma definição clássica, é um local destinado ao aterramento e tratamento de resíduos, previamente preparado com sistemas de impermeabilização de base e das laterais, de drenagens de líquidos percolados (chorume), de águas pluviais e de gases, de sistema de tratamento de lixiviados.

Em meio a esta nova realidade, o prefeito Marcus se comprometeu em se reunir com os antigos catadores de lixo em breve afim de apoiá-los na criação de uma cooperativa de coleta seletiva de lixo.

Da Ascom

 

 

Núcleo de Atendimento da Defensoria será inaugurado em Guarabira

 

nucleo-defensoriaSerá inaugurado nesta segunda-feira (1), às 10h, o Núcleo de Atendimento da Defensoria Pública em Guarabira, que funcionará na Rua Napoleão Laureano, salas 104 e 105 do Edifício João Rafael, no centro, próximo ao Banco do Brasil.

O Núcleo vai receber moradores de Guarabira, Cuitegí e Pilõezinhos. Quatro defensores públicos atuam na Comarca de Guarabira: Ana Monte, Berthezene Martins, Odonildo Mangueira e Marcos Melo. Além dos casos mais frequentes, como os de divórcio e execução de alimentos, a equipe atua também em casos relacionados à defesa do consumidor, direitos da mulher, dos idosos, crianças e adolescentes, mediação de conflitos e em audiências.

CURTA o FOCANDO A NOTÍCIA no Facebook

Posse Corregedoria – Também nesta segunda-feira (1) o defensor público geral do Estado e presidente do Conselho Superior da Defensoria, Vanildo Oliveira Brito, dará posse a Rizalva Amorim de Oliveira Sousa, no cargo de Corregedora Geral da Defensoria Pública do Estado. A solenidade vai ser realizada no auditório Advogado João Santa Cruz, na sede da OAB/PB, em João Pessoa.

 

Secom-PB

Inaugurado primeiro complexo prisional do Brasil construído pela iniciativa privada

 

penitenciariasOKPrimeiro presídio privado construído no Brasil

O primeiro complexo prisional do país construído e administrado pela iniciativa privada foi inaugurado nessa sexta-feira, 18, em Ribeirão das Neves, Região Metropolitana de Belo Horizonte. O novo modelo de gestão é baseado no sistema prisional inglês e o consórcio não poderá lucrar com o trabalho dos presos.

Foram três meses somente para elaborar o projeto, com apoio de consultorias nacionais e internacionais. Apenas um pavilhão do Complexo Penitenciário Público-Privado (CPPP) ficou pronto e outros quatro serão construídos.

Na terça, 15, o Comando de Operações Especiais fez uma simulação no prédio, que tem duas portarias de acesso: uma de identificação e outra para revista, com pórtico com detector de metais. As áreas de serviço e administração são separadas das galerias e tudo que entrar e sair do presídio passará por raio X. Há banheiros para pessoas com necessidades especiais e oito salas de aula. As portas serão abertas e fechadas a distancia, a partir da sala de monitoramento.

penitenciario                 Instalações modernas no complexo penitenciário

Os investimentos privados na infraestrutura da unidade serão de R$ 280 milhões. As despesas para o estado só começarão quando os presos já estiverem ocupando o espaço. Das 3.040 vagas, 608 serão ocupadas ainda este mês. Outros dois pavilhões devem ficar prontos neste semestre e dois até o fim do ano.

O CPPP será apenas para presos do sexo masculino, condenados em regimes fechado (1.824 vagas) e semiaberto (1.216). Alimentação, segurança das muralhas e uniformes também ficam por conta do consórcio, cabendo ao estado a fiscalização dos serviços.

O presídio terá 1.240 câmeras de segurança, além de sensores de presença e de calor, que acionam alarmes, bem como comandos eletrônicos para abrir e fechar grades das celas, além de comando de voz para acordar os presos.

penitenciário                  Um dos pavilhões do moderno complexo penitenciário

Para impedir a escavação de túneis para fugas, o piso das celas terá 18cm de concreto, uma chapa de aço de meia polegada e mais 11cm de concreto. Vasos sanitários e bebedouros foram projetados para que os presos não consigam esconder drogas ou outros materiais ilícitos neles. Se o detento põe algo dentro do vaso, o material é automaticamente descartado.

Os presos começarão a ser transferidos para a nova unidade depois da inauguração, oriundos de presídios da Grande BH e tidos como aptos para trabalhar e estudar. Apenas os não perigosos. Oito empresas estão interessadas em instalar galpões de trabalho no CPPP, como fábricas de móveis, calçados, refrigerantes e confecção de uniformes. (Com informações da internet).

Penitenciária - Parceria Público Privada (PPP).<br /><br />Crédito: Carlos Alberto/Imprensa MG<br />Data: 14-01-2013<br />Local: Ribeirão das Neves               Consultório odontológico do complexo penitenciário


Fotos: Carlos Alberto / Imprensa MG

Focando a Notícia

Museu de Arte Popular, obra de Niemeyer, é inaugurado na Paraíba

 

Museu de Arte Popular da Paraíba, obra Oscar Niemeyer, será inaugurado em Campina Grande (Foto: Divulgação/UEPB)Museu de Arte Popular da Paraíba, obra Oscar Niemeyer, será inaugurado em Campina Grande (Foto: Divulgação/UEPB)

O Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), batizado de Museu dos Três Pandeiros, será inaugurado nesta quinta-feira (13) em Campina Grande às 18h. Obra assinado pelo arquiteto Oscar Niemeyer foi construída às margens do Açude Velho. Ela foi orçada em R$ 10,5 milhões, totalmente com recursos próprios, o MAPP faz parte da Universidade Estadual da Paraíba.

O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, morreu no Rio de janeiro no dia 5 deste mês. Ele é reconhecido internacionalmente por suas obras.

Segundo o arquiteto Luiz Marçal, da equipe de Niemeyer, as diversas toneladas de aço que
saíram da imaginação e dos desenhos do arquiteto foram erguidas por profissionais de
Campina Grande.  “O que mais ele sempre gostou de ressaltar era que o MAPP foi construído, totalmente, com mão de obra paraibana, com trabalhadores locais. Ele amava essa coisa de uma obra maravilhosa como é este museu ser fruto do trabalho de gente da terra, de gerar emprego e renda para a cidade. Isso o encantava e o fazia olhar com um carinho especial para esta que é a última obra concluída que ele deixa para o mundo”, relata Marçal.

No total, mais de 60 operários trabalharam na obra entre pedreiros, mestre de obras, serventes, pintores, eletricistas, entre outros. A grandiosidade da obra se traduz nos números contidos na planilha de custo. De acordo com os dados apresentados por Aderson Rodrigues, foram gastos na construção do Museu dos Três Pandeiros, 1.500 metros cúbicos de concreto; 40 toneladas de estruturas metálicas; 940 metros quadrado de vidro de fachada; 203 toneladas de ferro e 1.100 metros quadrados de piso de granito.

A obra ocupa 972 metros quadrados de área construída e se destaca pelos traços ousados.

De acordo com o engenheiro Aderson Rodrigues, a parte mais complexa do projeto foi a área construída de 25 metros dentro do espelho d’água do Açude Velho. Erguer o braço que sustenta uma das bases exigiu esforço que só a engenharia moderna consegue realizar. Para construir a estrutura de um dos pandeiros, a equipe teve que se desdobrar e fazer um trabalho de escoramento para proteger os operários. A solidez da obra foi feita com a instalação de tubos de aço.

Quando estiver em funcionamento, o museu, conforme explicou o pró-reitor de Cultura da UEPB, professor José Pereira, vai acolher trabalhos dos mais talentosos artistas genuinamente paraibanos, como Sivuca, Jackson do Pandeiro, Marinês, Elba Ramalho, entre outros. A ideia é que cada uma das três estruturas circulares remeta a um determinado gênero de arte.

G1 PB

Inaugurado em Bananeiras (PB) o restaurante Chick-chick; mais uma opção gastronômica para a região

 

Foi inaugurado recentemente mais um espaço gastronômico em Bananeiras, município da microrregião do Brejo paraibano. Tratas-se do restaurante Chick-chick, o sabor do momento. É o novo empreendimento de Paulo Edno e Evite, que está localizado no centro da cidade, próximo a prefeitura.

Paulo Edno explicou que o restaurante esta oferecendo uma grande variedade em pratos quentes, saladas, sobremesas, tábua de frios e noite com sopas, além de uma adega com vários tipos de vinho, bebidas destiladas e cervejas.

“A idéia é oferecer um espaço aconchegante não só aos bananeirenses, mas também aos moradores dos municípios vizinhos.

 Fotos:

 

 

Redação/Focando a Notícia

Inaugurado Posto de Atendimento da Polícia Civil no centro de Guarabira

 

Movimentação na inauguração do Posto de Atendimento

Foi bastante movimentada, nesta quarta-feira (25), a solenidade de inauguração do Posto de Atendimento da Polícia Civil em Guarabira (PB), que vai funcionar na Casa da Cidadania, na Avenida Padre Inácio de Almeida – centro.

O ato, que reuniu representantes da área de segurança pública de parte da região do Agreste, a exemplo do tenente coronel Ysmar Mota e o delegado Luciano Soares (3ª DRPC), trouxe para a cidade Cláudio Lima (secretário de Segurança e Defesa Social do Estado), Severiano Pedro (delegado Geral da Polícia Civil). O padre da paróquia da Catedral de Nossa Senhora da Luz, Adauto Tavares, foi convidado para dar a benção.

“Com a instalação do posto, pretende-se descentralizar o atendimento oferecido pela Delegacia Central de Polícia de Guarabira, permitindo que a população tenha acesso a este mesmo serviço de registro de ocorrência de extravio e perda de documentos na Casa da Cidadania”, explicou o delegado Luciano Soares.

Secretário Cláudio Lima

Delegado Luciano Soares (3ª DRPC)

Redação/Focando a Notícia