Arquivo da tag: Ibson

Ibson se apresenta ao Fla, mata saudade e avisa: ‘Não sou a solução’

O reforço que Joel Santana tanto elogiou e esperava chega ao Flamengo. Na manhã desta segunda-feira, Ibson foi apresentado pela presidente Patricia Amorim como principal contratação do clube para o segundo semestre. Trata-se de um retorno. Aos 28 anos, o volante inicia a terceira passagem dele pela Gávea e assina contrato por três temporadas. Com um corte moicano, chegou ao Auditório Rogerio Steinberg acompanhado da mandatária e de dirigentes. Ao receber a camisa 7, respirou fundo e comentou.

– Estava com saudade.

O jogador, no entanto, negou que seja a saída para o fim dos problemas do time, que não jogou bem na estreia no Brasileirão, sábado, no empate por 1 a 1 com o Sport.

– Não sou a solução. Sou um jogador que veio para ajudar esse clube que está no coração de todos nós. Espero corresponder dentro de campo.

Ibson flamengo assinatura contrato (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)Ibson assina contrato de três anos ao lado da presidente  (Foto: Alexandre Vidal / Fla Imagem)

A apresentação começou com uma hora de atraso. Para marcar a volta da cria da base do Rubro-Negro, o clube preparou uma camisa comemorativa. O modelo é bem parecido com o uniforme de jogo número dois da equipe. Na frente, a peça tem o número do lado direito do peito e o autógrafo do jogador. Sobre as faixas horizontais, a frase “O bom filho à casa torna”.

Quando meu pai me ligou, disse a ele que não precisava pensar duas vezes. Pode assinar, passar a caneta.”
Ibson

Em uma das primeiras respostas, explicou a razão para escolher sair do Santos, clube que disputa a Libertadores.

– Hoje o Santos é uma das melhores equipes do Brasil, não tem o que falar. Mas quando meu pai me ligou, disse a ele que não precisava pensar duas vezes. Pode assinar, passar a caneta. Não deveria ter saído daqui, é um clube maravilhoso, minha casa, conheço todo mundo. Muito feliz por estar voltando. Espero voltar a treinar logo e estar com meus companheiros para jogar.

A presidente Patricia Amorim fez um breve pronunciamento e se retirou do auditório.

– É um momento especial, um filho querido que volta à casa. Amado, desejado pela torcida, pelos sócios e pela presidente. Uma negociação difícil, mas com a determinação do Paulo Coutinho, ajuda do Walter Oaquim, Michel Levy, agora do Zinho. Com aval do Joel, lógico. Queria agradecer ao presidente do Santos, Luiz Álvaro. A vinda do Ibson para cá reaproxima bastante o Flamengo do Santos. Quero dizer para a nação rubro-negra que essa foi uma missão cumprida. Algumas vezes achei que não seria possível, mas conseguimos, Ibson. Sabemos que era o seu desejo e é o nosso também. Seja bem-vindo, aqui é sua casa. Vivemos um momento de expectativa, você se encaixa em qualquer situação no Flamengo. Apostamos na sua chegada, vai trazer alma para o time, alegria e muita disposição.

Ibson Patrícia Amorim Flamengo (Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem)Ibson volta a vestir a camisa oficial do Flamengo
(Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem)

O volante treina com o grupo à tarde, às 15h30m, no Ninho do Urubu. A reestreia de Ibson deve ocorrer no sábado, contra o Inter, pela segunda rodada do Brasileirão. A partida será no Engenhão, às 18h30m (de Brasília).

– Espero que seja neste jogo. Está tudo certo. Vou estar à disposição, mas é o Joel quem escala (risos).

Ibson também falou sobre a relação com Joel Santana, com quem trabalhou no clube em 2007, e com Zinho, diretor de futebol. Eles foram companheiros de Flamengo em 2004.

– Estou feliz por trabalhar novamente com o Papai Joel, que é uma figuraça. Quando eu voltei em 2007, ele voltou ao Flamengo, fizemos uma campanha muito boa. É um prazer também encontrar o Zinho, tive a oportunidade de jogar com ele, de aprender, e virou um amigo.

Confira mais trechos da entrevista de Ibson:

Momento ruim do time
Em 2007 eu cheguei o momento também não era bom, mas conseguimos a classificação para a Libertadores. O grupo atual é bom e vamos em busca da conquista do Brasileiro.

Ibson Zinho Flamengo (Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem)Ibson fala sobre o momento do Flamengo ao lado
de Zinho (Foto: Fernando Azevedo / Fla Imagem)

Posição ideal
Eu jogo como segundo volante, mas também posso jogar como meia. O Flamengo sempre foi raça, vontade, coração na ponta da chuteira.

Ronaldinho Gaúcho
Representa muito, é uma referência para todos nós. Espero que a gente possa ajudá-lo, e que ele possa nos ajudar dentro de campo.

Chances da equipe no Brasileiro
O campeonato é longo, o Flamengo está fazendo boas contratações, montando um grupo forte, todos terão oportunidade de jogar. A gente entra com grande chance de conquistar o campeonato.

O melhor elenco do Flamengo?
Em 2004 joguei ao lado de grandes jogadores, tem um aqui do meu lado (Zinho). Agora posso trabahar novamente com ele. Em 2004 tínhamos grandes jogadores. Em 2007 e 2008, também. Que este ano a equipe possa encaixar novamente.

Convivência com Neymar
O Neymar é diferenciado como jogador e pessoa. No Flamengo, temos Ronaldinho, Love, Deivid, grandes referências. Eles vão me ajudar bastante e espero ajudá-los também.

Ficha do atleta:

Nome: Ibson Barreto da Silva
Data de nascimento: 7 de Novembro de 1983
Naturalidade: Niterói (RJ)
Altura: 1,77m
Peso: 74 kg

Globoesporte.com

Presidente e Muricy ‘já admitem’ saída de Ibson para o Flamengo

 

Ibson no treino do Santos (Foto: Ricardo Saibun / Divulgação Santos FC)O Fla está cada vez mais perto do volante santista
Ibson (Foto: Ricardo Saibun / Divulgação Santos FC)

Ainda não é oficial, mas o acerto já concretizado para a saída de Ibson do Santos para o Flamengo, em troca do zagueiro David Braz e do lateral Galhardo, fica cada vez mais evidente. Os novos fortes indícios do acordo, que já está selado e só não foi anunciado pelos clubes, foram dados pelo presidente Luis Alvaro Ribeiro e pelo técnico Muricy Ramalho, ambos do Peixe.

Antes completamente arredio a sequer comentar sobre o assunto, Laor já mudou de postura. Mesmo colocando a transferência na condicional, o mandatário do Alvinegro já vislumbra um bom negócio com a confirmação da troca, que ainda inclui o repasse da dívida do Peixe com o Spartak Moscou, ex-time de Ibson, ao Rubro-Negro.

– Se for concretizado, imagino que sim (seja um bom negócio). Mas me recuso a fazer negócio antes da final do Paulista. Nem vi a minuta (do contrato), nem nada. Me recuso a examinar. Só vamos tratar a partir de segunda-feira. Parece que pode ser um bom negócio, mas nosso elenco é muito bom – afirma o presidente.

– Não me lembro do zagueiro central que jogou no Palmeiras. Nunca vi o Galhardo jogar, mas temos as melhores referências possíveis. Ele só não joga porque tem o Léo Moura (na posição). Neymar e ele são amigos, jogaram juntos nas seleções de base – completa Luis Alvaro, sobre a dupla de jogadores já liberada do Flamengo.

Mantendo parte do discurso já adotado anteriormente, Muricy também segue dizendo que só falará do assunto após a decisão do estadual. Mesmo assim, o treinador deixa escapar que há situações inevitáveis no mundo da bola.

Montagem Galhardo e David Braz Flamengo (Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)Galhardo e David Braz a um passo do Santos
(Foto: Editoria de Arte / Globoesporte.com)

– O futebol não são só os clubes e jogadores, têm outras coisas também. O Santos leva tudo muito na ponta da caneta. É assim que funciona e só assim consegue manter as coisas. Quando aparecem grandes negócios, o Santos faz – diz o treinador, deixando clara no ar a possibilidade de perder o jogador em breve.

Após a primeira final do Campeonato Paulista, com vitória santista por 3 a 0 sobre o Guarani, no Morumbi, no último domingo, o GLOBOESPORTE.COM questionou Ibson na saída da delegação alvinegra sobre a transferência para o Flamengo, mas o jogador apenas sorriu e preferiu não responder.

Logo depois da definição do provável tricampeonato estadual do Santos, tudo indica que os clubes devem anunciar oficialmente a transferência.

GLOBOESPORTE.COM

Operação Ibson no Fla: Galhardo, David Braz e dinheiro ao Santos

Ibson quando estava no Flamengo em 2009 (Foto: Arquivo Pessoal)

A operação encadeada entre Flamengo e Santos para a transferência de Ibson envolve jogadores e dinheiro. Em troca de 100% dos direitos econômicos do volante santista, o Rubro-Negro dará as partes que tem do lateral-direito Galhardo (70%), do zagueiro David Braz (60% – o restante pertence ao Panathinaikos) e mais € 1 milhão (R$ 2,4 milhões), valor que o time paulista precisava pagar ao Spartak de Moscou.

Os detalhes da negociação foram encaminhados na sexta-feira, dia 20, e mantida em sigilo porque o Santos só pretende liberar Ibson após as finais do Campeonato Paulista e das oitavas de final da Libertadores. Falta apenas redigir e assinar os contratos.

Os dois jogadores do Flamengo incluídos na negociação foram escolhidos por Muricy. O treinador disse que precisava de lateral-direito, zagueiro e primeiro volante. O Flamengo colocou Galhardo, Welinton e David Braz à disposição – o clube alegou que não tem primeiro volante disponível – e o comandante do Santos fez a opção.

Galhardo, aliás, vive situação curiosa. Enquanto o Flamengo contratou Wellington, ex-Resende e indicado por Joel Santana, para a reserva de Léo Moura, o lateral campeão mundial sub-20 no ano passado foi procurado, além do Santos, por São Paulo e Cruzeiro. Escolheu clube da Vila Belmiro visando ao sonho de disputar as Olimpíadas.

Os três jogadores estão cientes da negociação e vão assinar contratos longos com os novos clubes. O de Ibson, por exemplo, será até o fim de 2015.

Globoesporte.com