Arquivo da tag: hospitais

Hospitais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste terão novas tecnologias para registro civil de recém nascidos

Hospitais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste vão receber kits com equipamentos para interligar as maternidades aos cartórios de registro civil de nascimento. O objetivo do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) é reduzir o número de recém-nascidos que não são registrados.

Ao todo,155 hospitais públicos vão ganhar um microcomputador e uma impressora para fazer os registros civis de nascimento. A seleção das unidades vai considerar a quantidade de partos realizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O edital exige, ao menos, 250.

Já há uma lista de hospitais elegíveis. No entanto, os interessados em concorrer devem enviar suas propostas até 30 de outubro, preenchendo um formulário online. O resultado das unidades selecionadas vai ser divulgado no site do MMFDH até de 30 de novembro.

Fonte: Brasil 61

 

 

Hospitais universitários receberão mais de R$ 39 milhões de recursos

Mais de R$ 39 milhões serão disponibilizados a cinco hospitais universitários. Portaria do Ministério da Saúde liberou os recursos para unidades de saúde em três capitais –  Salvador, Brasília e São Luís -, além do município mineiro de Uberlândia e da cidade gaúcha de Rio Grande.

O Hospital de Clínicas de Uberlândia é o estabelecimento contemplado com a quantidade de recursos, e vai receber aproximadamente R$ 20 milhões. Os recursos liberados fazem parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), criado em 2010.

No final de agosto, o governo havia anunciado a liberação de R$ 103 milhões a hospitais universitários de todo o país, que serão utilizados utilizado tanto para custeio de insumos hospitalares quanto para investimentos.

Fonte: Brasil 61

 

 

Hospitais universitários vão ter mais de R$ 84 mi para aliviar gastos e despesas

O Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) vai liberar R$ 84,6 milhões para custear os gastos dos hospitais vinculados a universidades. O programa é gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que já liberou R$ 155 milhões neste ano para a gestão de 40 hospitais universitários no país.

A liberação foi feita com base em recursos dos ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS), para permitir melhor gestão de receitas e despesas de cada unidade, conforme estabelecido nos Planos de Aplicação dos Recursos, que contém um contrato de objetivos.

Os hospitais universitários são unidades de saúde vinculadas a universidades federais que atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e ajudam na formação de profissionais de saúde e desenvolvimento de pesquisas.

Fonte: Brasil 61

 

 

Hospitais devem notificar casos de vítimas de acidentes de trânsito por embriaguez, na PB

Uma lei publicada nesta terça-feira (24) obriga que estabelecimentos de saúde da rede pública e privada da Paraíba devem notificar os casos de atendimento de vítimas de acidente de trânsito que apresentem indícios de embriaguez por parte dos condutores dos veículos envolvidos. A publicação foi feita no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça.

A obrigatoriedade faz parte do programa de redução de índice de acidente e mortes no trânsito e foi proposta pelo deputado Lindolfo Pires (Podemos).

De acordo com a lei, a notificação deve atestar o nível de alteração da capacidade psicomotora dos condutores. Além disso, o profissional e o estabelecimento de saúde responsáveis pelo atendimento e assistência devem fazer a notificação ao órgão competente, para a adoção de providências destinadas ao registro. O prazo para notificação é de 72 horas, a contar do momento do atendimento.

A informação contida no cadastro deverá ser encaminhada para o órgão estadual responsável pelo Programa Operação Lei Seca, para garantir o registro e acompanhamento dos índices de acidentes e mortes no trânsito ocorridas devido a ingestão de álcool.

G1

 

Chió reivindica implantação de maternidade e reformas nos hospitais de Serraria e Solânea

Em audiência com o secretário de Saúde do Estado, Dr. Geraldo Medeiros, na tarde da terça-feira, 01 de Outubro, o deputado estadual Chió (REDE) reivindicou atenção do Governo do Estado para melhorias em saúde de alta complexidade, nas regiões do Brejo, Curimataú e Borborema.  

O parlamentar relatou a difícil situação de famílias, em uma região com mais de 400 mil pessoas, que não possuem cobertura de uma maternidade.

“Na Paraíba há uma região descoberta de serviços públicos obstétricos de alta complexidade. Falta uma maternidade para atender as mães de toda uma região compreendida entre as cidades de Esperança, Areial, Remígio, Areia, Algodão de Jandaíra, Arara, São Sebastião de Lagoa de Roça e muitas outras. São mães que precisam não só de atendimento, mas, de todo um acolhimento e humanização na hora mais importante de suas vidas”, defendeu Chió.

O parlamentar informou que segundo o secretário de Saúde do Estado, Dr. Geraldo Medeiros, já existem estudos técnicos para implantação da maternidade e para que as reformas dos hospitais Solânea e Serraria, de fato aconteçam. “O nosso trabalho é para que esses dois hospitais sejam contempladas o mais rápido possível, com essas necessárias reformas”, enfatizou Chió.

Fonte: Ascom Deputado Estadual Chió (REDE)

 

 

Justiça Federal da PB leiloa hotel, hospitais, postos e prédio de rádio

Diversos bens serão leiloados pela Justiça Federal na Paraíba (JFPB) na próxima quinta-feira (16). O evento, que será realizado presencialmente no auditório do edifício-sede do órgão, em João Pessoa, está agendado para às 9h. Os itens listados no edital são relativos a processos que tramitam nas seguintes Varas: 5ª (João Pessoa), 8ª (Sousa), 11ª (Monteiro), 12ª (Guarabira) e 14ª (Patos). Os interessados também poderão participar por meio das modalidades telepresencial (videoconferência nas Subseções Judiciárias de Guarabira, Monteiro, Patos e Sousa) e virtual, diretamente nos sites dos leiloeiros cadastrados (ver edital).

Na lista de bens constam: o prédio onde funciona atualmente o Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (antigo Prontocor), o prédio do antigo Hotel Ouro Branco (atual Aram Beach e Convention), o prédio do Instituto de Psiquiatria da Paraíba, o prédio do Instituto de Pneumologia da Paraíba, o prédio onde funciona a Rádio Santa Rita, propriedades da Companhia Usina São João, além de posto de combustíveis, apartamentos, casas, lotes, ônibus, caminhão, automóveis, motocicletas, máquinas industriais, entre outros.

A maioria dos itens poderá ser arrematada, salvo os casos previstos no edital,  por um preço mínimo de 50% do valor da avaliação, conforme determina o Novo Código de Processo Civil. Qualquer cidadão, acima de 18 anos, poderá se apresentar na sede da Justiça Federal e oferecer os lances. Já o interessado em participar do leilão via internet deverá se cadastrar, previamente, com antecedência mínima de 72 horas da data do evento e de modo absolutamente gratuito, ficando o interessado responsável civil e criminalmente pelas informações lançadas no preenchimento do cadastro, oportunidade que preencherá os dados pessoais e aceitará as condições de participação previstas no Edital e no Termo de Compromisso, constantes no site http://web.jfpb.jus.br/leilaoJFPB.

Dentro do projeto “Leilão Eficaz” da JFPB, o evento se repetirá, em 2ª data, no dia 28 de maio também em João Pessoa, com transmissões nas modalidades telepresencial e virtual.

PB Agora

 

Queda e acidentes com moto lideram ocorrências nos hospitais da PB

Os hospitais de Trauma de Campina Grande e João Pessoa realizaram mais de 1 mil atendimentos, só neste final de semana. Casos envolvendo quedas e acidentes de moto lideraram as ocorrências.

CONFIRA

EM CAMPINA GRANDE

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, atendeu 492 pacientes, durante o último fim de semana (6 e 7/4). O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora do sábado (6) até as primeiras horas desta segunda-feira (8). Os casos envolvendo motos lideraram as entradas nos plantões durante o período.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, dos 492 atendimentos, 89 foram vítimas de acidentes de moto. Ainda foram registradas vítimas de acidente de automóvel (cinco), agressão física (15), e de arma branca (cinco). Os demais atendimentos foram na clinica médica e na pediatria.

Desse total de 89 dos casos envolvendo acidentes com motocicletas e motonetas, 31 foram da cidade de Campina Grande (27,5%).

A unidade de saúde disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas.  O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

EM JOÃO PESSOA

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou, durante o fim de semana, 636 atendimentos. Nesse período, a unidade de saúde fez 36 procedimentos cirúrgicos de alta e média complexidades. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora da sexta-feira (5) até as primeiras horas desta segunda- feira (8).

Neste fim de semana, as ocorrências envolvendo quedas lideraram as entradas da emergência, com 116 casos, superando motocicletas (89). Outros casos de emergência foram de trauma (26), atropelamento (15), queimadura (13), pancada (12), agressão física (11), acidente de bicicleta (10), arma de fogo (oito), automóvel (oito), arma branca (quatro), e choque (quatro). As demais ocorrências foram clínicas com destaques para corpo estranho (59) e acidente vascular cerebral (39).

Perfil – O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena atende casos de urgência e emergência, contudo, muitos procuram a instituição para atendimentos clínicos, não levando em consideração o tipo de assistência prestada pela unidade de saúde, voltado para situações de média e alta complexidades, a exemplo de vítimas de trauma (acidentes e desastres), violência, queimadura, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias digestivas.

Motivo do atendimento Quantitativo

05/04 à 08/04

QUEDA 116
ACIDENTE DE MOTO 89
CORPO ESTRANHO 59
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL 39
TRAUMA 26
AGRESSÃO FÍSICA 11
ACIDENTE DE AUTOMOVEL 08
QUEIMADURA 13
ARMA DE FOGO 08
ATROPELAMENTO 15
ACIDENTE DE BICICLETA 10
ARMA BRANCA 04
ACIDENTE VASCULAR 06
TRAUMA FACIAL 0
CHOQUE 01
CASOS CLÍNICOS 213
TOTAL GERAL 636
CIRURGIAS 36

 

pbagora

 

 

Quedas e acidentes com motos lideram entradas em hospitais na PB

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga, em Campina Grande, realizou 495 atendimentos neste final de semana (16 e 17). O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora do sábado (16.03.19) até as primeiras horas desta segunda-feira (18). Os casos envolvendo motos lideraram as entradas nos plantões durante o período.

De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, dos 495 atendimentos, (73) foram vítimas de acidentes de moto, acidente de automóvel (08), agressão física (05), vítimas de projéteis de arma de fogo (03) e arma branca (05). Os demais atendimentos médicos foram na clinica médica e na pediatria.

A unidade de saúde disponibiliza 292 leitos, 340 médicos, sendo 64 em regime de plantão presencial 24 horas. O hospital dispõe de seis salas no bloco cirúrgico.

O Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande é referência em trauma para 203 municípios da Paraíba, além de alguns municípios do Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

EM JOÃO PESSOA

Já na Capital da Paraíba, o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou durante o final de semana 630 atendimentos, destes, 118 foram referente a quedas. Neste período, a unidade de saúde realizou 45 procedimentos cirúrgicos de alta e média complexidade. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da zero hora da sexta-feira (15) até as primeiras horas desta segunda- feira (18).

Neste final de semana, as ocorrências envolvendo quedas lideraram as entradas da emergência, com 118 casos, superando motocicletas (78). Outros casos de emergência foram de trauma (25),agressão física (14),acidente de automóvel (13), queimaduras (12), arma de fogo (12), atropelamento (08), bicicleta (07) e arma branca (05). As demais ocorrências foram clínicas com destaques para corpo estranho (62) e acidente vascular cerebral (26).

Motivo do atendimento   Quantitativo

15/03 à 18/03

Quantitativo

08/03 à 11/03

QUEDA   118 113
ACIDENTE DE MOTO   78 84
CORPO ESTRANHO   62 48
ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL   26 24
TRAUMA   25 39
AGRESSÃO FÍSICA   14 10
ACIDENTE DE AUTOMOVEL   13 06
QUEIMADURA   12 14
ARMA DE FOGO   12 01
ATROPELAMENTO   08 04
ACIDENTE DE BICICLETA   07 09
ARMA BRANCA   05 04
ACIDENTE VASCULAR   03 07
TRAUMA FACIAL   02 01
CHOQUE   01 01
CASOS CLÍNICOS   244 250
TOTAL GERAL   630 615
CIRURGIAS   45

pbagora

 

 

Embriaguez infantil deve ser informada por hospitais da Paraíba

jatuyNa Paraíba, as unidades de saúde como hospitais, clínicas e postos de saúde que integram a rede pública e particular são obrigadas a comunicar ao Conselho Tutelar e aos pais ou responsáveis todo tipo de ocorrência envolvendo embriaguez ou consumo de drogas por criança ou adolescente, confirme a lei 10.237 de autoria do deputado estadual Jutay Meneses (PRB).

De acordo com o deputado, ao Conselho Tutelar caberá tomar a providência cabível a cada caso, nos termos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. “É preciso se ter um controle dos casos que acontecem na paraíba até mesmo para que o Governo do Estado tome medidas que possam reduzir o uso de drogas por parte de crianças e adolescentes. E essa lei vai ajudar a termos uma visão geral da atual realidade enfrentada pelo Estado”, disse.

Jutay explicou ainda que em caso de descumprimento, sem justificativa, o estabelecimento de saúde responsável pelo atendimento à criança ou adolescente incorrerá em penalidades como advertência e até o pagamento de multa no valor de 100 UFEPB (Cem Unidades Fiscais do Estado da Paraíba) e, em caso de reincidência, o valor será cobrado em dobro, sendo sempre destinado às clínicas de recuperação de dependentes químicos do Estado.

Assessoria

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br

 

 

Hospitais dão alta a 62 das vítimas de acidente com ônibus no Sertão da PB

FeridosPassadas 24 horas do acidente envolvendo dois ônibus de estudantes e uma moto no Sertão paraibano, 62 das 67 pessoas que ficaram feridas e deram entrada em hospitais já receberam alta médica, até o fim da tarde desta terça-feira (23). As outras cinco vítimas, que tiveram fraturas graves, seguem internadas no Hospital Regional da cidade de Sousa, na mesma região. Uma delas está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com estado de saúde regular.

Segundo o diretor clínico do Hospital Regional de Sousa, Kézzyo Medeiros Lacerda, a vítima que está na UTI teve duas fraturas nos membros inferiores, sendo uma delas exposta, e perdeu muito sangue.

“Por conta disso, o paciente teve complicações e está na UTI para ter um acompanhamento melhor. Mas o caso está evoluindo bem”, disse o diretor. O hospital recebeu, ao todo, 10 vítimas e cinco já tiveram alta médica.

Ainda segundo o diretor do Hospital de Sousa, entre os outros quatro pacientes internados, um deles também teve uma fratura exposta e os outros três sofreram fraturas fechadas. Todos já passaram por cirurgia e estão em observação, enquanto se recuperam. “Acreditamos que estes três pacientes que tiveram fraturas fechadas devem receber alta em breve”, explicou Kézzio Lacerda.

Também no fim da tarde desta terça-feira, a diretora do Hospital Regional de Piancó, Inês Cristina, confirmou que os 27 pacientes que estavam internados no local receberam alta médica neste dia. Na noite da segunda-feira (22), o hospital havia recebido 37 vítimas, mas 10 delas foram transferidas de imediato para o Hospital Regional de Sousa, devido à gravidade dos ferimentos.

Já de acordo com a diretora do Hospital Distrital de Itaporanga, Iara Maysa, a unidade de saúde atendeu 30 pessoas feridas no acidente. Ela explicou que todos tiveram apenas ferimentos leves e a maioria fez exame de raio-x, mas nenhuma lesão grave foi detectada. Todas as vítimas também já foram liberadas entre a noite da segunda-feira e a manhã desta terça-feira.

O acidente
Um motociclista caído na estrada teria causado o acidente que envolveu dois ônibus e matou um homem e feriu 67 pessoas no fim da tarde da segunda-feira (22) entre as cidades de Itaporanga e Piancó, na rodovia federal BR-361, no Sertão paraibano. O motociclista tinha acabado de sofrer uma queda. Essa é a primeira linha de investigação da Polícia Civil, de acordo com a delegada que acompanha o caso, Sílvia Alencar.

A batida entre os veículos aconteceu por volta das 17h. Segundo as informações da polícia, os ônibus transportavam estudantes de cursos de nível técnico e superior para a cidade de Patos. Onze ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e duas do Corpo de Bombeiros participaram do socorro às vítimas.

G1 PB

Acompanhe mais notícias do FN nas redes sociais: FacebookTwitterYoutube e Instagram

Entre em contato com a redação do FN:  WhatsApp (83) 99907-8550. 

E-mail: jornalismo@focandoanoticia.com.br